Prefeitura mente

0

A Prefeitura de Aracaju mentiu quando alardeou que havia risco de colapso iminente na Avenida Beira Mar devido à ação das águas na balaustrada de proteção daquela via. É o que mostra estudo da Fundação Centro Tecnológico de Hidráulica da Universidade de São Paulo e divulgado hoje pelo Jornal do Dia. Assinado pelos professores Moisés Tessler e José Carlos Bernadino, o trabalho revela que uma vistoria técnica feita no local não identificou indícios visíveis de perda de material de composição do aterro ou mesmo danos maiores ao pavimento para justificar o fechamento da avenida ao trânsito de veículos. Portanto, fica evidente que ao elaborar projeto para aterrar o rio Sergipe a Prefeitura deseja unicamente fazer uma grande obra de fachada visando inflar a possível candidatura do prefeito João Alves Filho (DEM) ao governo de Sergipe.

Latas velhas

Por que será que a SMTT não pune a empresa de ônibus VCA, que há meses cria problemas no sistema de transporte coletivo de Aracaju? Agora mesmo os empregados da concessionária estão com os salários atrasados e prometem uma nova manifestação para hoje. O Setransp informou que tem repassado o dinheiro das passagens à VCA, mas esta prefere pagar outras dívidas.

Não Pago

O Movimento Não Pago, que realiza hoje à tarde uma nova manifestação em Aracaju contra o reajuste da tarifa dos ônibus, divulgou ontem uma nota criticando o prefeito João Alves Filho (DEM) e se solidarizando com os jornalistas agredidos no último ato. Segundo o Movimento, a população permanecerá nas ruas enquanto o prefeito não revogar o reajuste das passagens e apurar as fraudes existentes na planilha de custo das empresas.

Sol quadrado

O plenário do Senado aprovou ontem projeto de lei que inclui as práticas de corrupção ativa e passiva, concussão, peculato e excesso de rigor na lista dos crimes hediondos. É bom o governo federal liberar recursos para a construção de novos presídios, pois, se o projeto também for aprovado pela Câmara dos Deputados, muita gente metida a honesta vai ver o sol nascer quadrado.

Unidos na fé

O vereador aracajuano Jony Marcos (PRB) classificou como boatos as informações dando conta que ele e o prefeito de Canindé, Heleno Silva (PRB), estão brigados. “Isso nunca aconteceu. Pastor Heleno é um grande irmão e companheiro”, disse Jony. Ele aproveitou para anunciar sua pré-candidatura a deputado federal com o irrestrito apoio do prefeito.

Terceirizando

A coluna Periscópio do Jornal da Cidade publica hoje a seguinte nota: “Depois de propor a terceirização da saúde municipal, o prefeito João Alves Filho (DEM) conseguiu aprovar ontem na Câmara de Vereadores projeto para terceirizar os abrigos de ônibus. O que será que vem depois nessa onda de terceirização. Políticos da oposição dizem que daqui a pouco vão terceirizar até a administração da cidade, contratando um gestor”. Cruz credo!

Desafinou

E o deputado estadual Gilson Andrade (PTC) defende uma rigorosa apuração da denúncia de superfaturamento dos shows nos festejos juninos de Estância. Segundo ele, a Prefeitura precisa explicar porque contratou a banda Garota Safada por R$ 270 mil se o mesmo grupo musical tocou em Itabaiana por R$ 165 mil. Gilson apoiou o trabalho do Ministério Público, que investiga os gastos da Prefeitura com a contratação de bandas para as festas juninas.

Protocolo

O governador Jackson Barreto (PMDB) assina na manhã de hoje o Protocolo de Intenções com a Amsia Motors. De capital árabe, o grupo pretende construir uma montadora de carros em Sergipe, com investimentos estimados em R$ 1 bilhão. O empreendimento industrial deverá produzir veículos automotores híbridos e elétricos, com expectativa de gerar aproximadamente quatro mil empregos diretos.

Sem aperreio

O dublê de político e empresário Edvan Amorim garante não ter ficado triste por ter pedido o comando do PTB em Sergipe para o deputado federal Almeida Lima. Ouvido pela colega Rita Oliveira, do Jornal do Dia, ele disse que “vai um partido e vem três”. Segundo Amorim, nos próximos dias três novas legendas vão compor seu grupo político, composto hoje por 10 partidos.

Do baú político

Nas eleições municipais sempre surgem os candidatos irreverentes. Na maioria dos casos, eles são pouco votados, porém ajudam a aumentar a audiência do horário eleitoral gratuito. Nas eleições de 2008, em Aracaju, um desses candidatos era Pedro Luciano da Silva (PSL). Nascido em Quebrangulo (AL), ele chegou na capital sergipana ainda muito jovem e adotou o carinhoso apelido de “Fofinha”. Trabalhador na área dos mercados centrais, este carnavalesco irreverente passou a campanha distribuindo simpatia e apertos de mão em troca de votos. Apesar de ter batido perna por toda a cidade e de ser considerado a “rainha dos taxistas do lotação”, “Fofinha” só obteve minguados 128 votos, mas não ficou triste: “Queria me eleger para ajudar quem precisa. Como o povo não quis, então tá bom”, declarou ele, que morreu em 2010. No carnaval de 2009, “Fofinha” foi homenageado pelo prefeito de Edvaldo Nogueira (PC do B) com o troféu ‘Antônio Lisboa’, outro grande carnavalesco, que também tentou sem sucesso a carreira política na capital sergipana.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais