Pregador Luo no 1º Aracaju Solidário

0

O rapper Pregador Luo será a atração especial para o 1º Aracaju Solidário que traz dois dias com o melhor da música gospel sergipana no mês

Divulgação

de maio. A iniciativa sem fins lucrativos pretende reunir cristãos de todas as denominações em bons momentos de adoração a Deus na Praça do Mercado e, além disso, arrecadará alimentos em prol de instituições beneficentes.

Marcado para os dias 11 e 12 de maio, o evento contará com a participação de Lucas Abreu, Abraão Lima, Léo Vitor e Banda, Débora Cristiane, Dicla Soares, Renovart, Amanda Neuman e Anderson Silva, este último lançando o seu 1º CD.

A entrada é 2kg de alimento não perecível (exceto sal), e todo o material recebido será doado para as instituições APAE, Lar Cristo Redentor, Reviver e Casa da Comunidade.

A cantora e jornalista, Amanda Neuman, subirá ao palco com a sua banda e revela que já preparou muitas canções para louvar ao Senhor. “'Tenho agradecido a Deus todos os dias pelas portas que vêm se abrindo pra mim, e essa é uma delas. Estamos preparando um repertório que mostra o que eu tenho feito há um tempo, algo que chama as pessoas pra perto e mostra o amor do Deus que me motiva. Ah, e também vou fazer algumas composições minhas. Vai ser bênção, tenho certeza!', enfatiza Amanda.

Pregador Luo

Envolvido com o hip hop desde 1988, o rapper Pregador Luo, é líder e fundador do grupo “Apocalipse 16” e proprietário do selo independente 7 Taças, selo pelo qual lançou seus dez títulos, incluindo o lançamento: “Pregador Luo – Música de Guerra, 1ª Missão”. ?
Ao longo de sua carreira dentro do hip hop, Luo já trabalhou com outros nomes e grupos que hoje são destaques dentro do cenário do rap. Fez mais de 150 participações em músicas de outras bandas e artistas que o convidaram para colaborar em seus trabalhos.

Entre os convites para fazer participações especiais, destacam-se os mais recentes: DVD da Jamily; DVD do Pastor Adhemar de Campos; CD de Quelinah (Seriado Antônia – Rede Globo) lançado em 2007; e no CD do grupo KLB, na faixa “Obsessão”, que dá nome ao CD do trio lançado em 2006, sendo uma das músicas mais executadas daquele ano nas rádios em todo o Brasil.

Luo é responsável também pelos Temas de Entrada dos principais lutadores de Vale-Tudo, em campeonatos nos EUA e Japão, entre eles: Vitor Belfort, Pedro Rizzo, Vanderlei Silva, Jorge Patino Macaco, Thiago Silva, Rogério Minotouro, Gezias Cavalcante (JZ Calvan), Anderson Silva, Rafael Feijão, Maurício Shogun e Lyoto Machida.

Em dezembro de 2008, foi lançado o CD “Música de Guerra – 1ª Missão”, álbum temático que contém os temas de entrada criados por Luo,

Pregador Luo

especialmente para os lutadores de MMA. O álbum traz faixas inéditas que contam com as participações especiais do “Ministério Trazendo a Arca”, Chorão “Charlie Brown Jr.”, e Deise “Fat Family”.

Na liderança do grupo Apocalipse 16 já fez apresentações em quase todos os Estados do Brasil e em diversas cidades do interior de São Paulo. Ganhou com o “Apocalipse 16” os prêmios de melhor álbum do ano e grupo de hip hop, com o CD “2ª Vinda – A Cura”, e também de melhor selo de hip hop (7 Taças), ambos conferidos pelo prêmio “Hutús”, além de vários outros prêmios.

Pregador Luo ganhou o Troféu Talento 2009, na categoria melhor “Álbum Rap”, com o CD “Música de Guerra – 1ª Missão”. Foi indicado também na categoria Álbum Independente. Esta premiação recebeu os principais nomes da música cristã nacional. No Troféu Talento 2008, o Apocalipse 16 recebeu o prêmio “Melhor Álbum de Rap”, com o CD “7T SP”. No Troféu Talento 2007, o CD e DVD “Apocalipse 16 – Ao Vivo” recebeu 7 indicações, levando 3 prêmios nas categorias: melhor “Selo Independente”, melhor “Banda”, melhor álbum em estilo “Rap e Alternativos”. No ano de 2006, Luo foi premiado pelo álbum “D’Alma”, na 11ª edição do Troféu Talento, que elegeu o CD do Apocalipse 16 como o melhor “Álbum Rap”.

Somados, todos os lançamentos do selo 7T, ultrapassam a marca de quatrocentas mil cópias comercializadas.

O nome “Luo” foi escolhido pelo próprio rapper para se rebatizar, prática que é muito comum entre os rappers, já que eles, muitas vezes, têm nomes e sobrenomes herdados de antigos donos de escravos de procedência européia. Não sabem na sua maioria, nem mesmo o significado da origem de seus próprios nomes. “Foi em busca de identidade própria que me rebatizei, embora seja mestiço sei que sou mais africano do que qualquer outra coisa, então queria algo que me religasse com a África. Luo é o nome da segunda maior tribo do Quênia. Também coloquei este nome porque gosto muito da lua. Acho a lua muito bonita mesmo, é ela que clareia a noite e nos traz luz na escuridão. Mas a lua não tem luz própria, sua luz é um reflexo do sol, assim como a minha pequena luz é um reflexo da luz de Deus. Espero ser o Luo das madrugadas sombrias e levar um pouco de luz para a vida daqueles que estão perdidos nas trevas mundo afora”, afirma Luo.

Está rolando na imprensa gospel…

Damares faz  turnê em Sergipe

A cantora fará três shows em terras sergipanas. No dia 18, Damares estará na Barra dos Coqueiros. No dia 19, em Nossa Senhora da Glória e no dia 20, em Japaratuba. Eventos organizados pelas prefeituras de cada município com a coordenação do Projeto Sergipe no Altar. Próxima semana traremos mais informações.

Aracaju receberá os Batistas de todo o País

No ano em que será comemorado o aniversário de 100 anos da presença Batista em Sergipe, o estado receberá a 93ª Assembléia Anual da

Divulgação

Convenção Batista Brasileira, que acontecerá em Aracaju no período de 25 a 29 de janeiro de 2013. Este é um encontro anual que reúne os batistas de todo o Brasil para tratarem de assuntos relacionados à denominação Batista. “Com esta Convenção, iremos receber cerca de 6 mil pessoas em nosso estado, que além de participarem do evento, poderão desfrutar e conhecer os nossos destinos e a beleza que o estado oferece aos turistas”, afirmou o secretário de Turismo, Elber Batalha.

Com o tema “Desafiados a ser padrão na valorização da nova geração”, a convenção tratará de assuntos que visem incentivar a valorização de crianças, adolescentes e jovens através de ações educacionais e sociais que contribuam também para o seu crescimento espiritual, além de promover o combate a violência, pedofilia, prostituição e trabalho infantil. A Convenção Batista Brasileira é formada por um grupo evangélico que reúne mais de 1,3 milhões de pessoas em cerca de 7.800 igrejas espalhadas por todo o País.

O evento será realizado no Centro de Convenções de Sergipe e conta com o apoio de todos os batistas do estado “Os principais hotéis de Aracaju já estão lotados para o período da assembléia e a gente espera que daqui para o fim do ano, os hotéis e pousadas de pequeno e médio porte também tenham sua ocupação preenchida”, disse o Pastor Marivaldo Queiroz, presidente da Convenção Batista Sergipana.

Em comemoração aos 60 anos de monarquia, Rainha Elizabeth II distribui Bíblias em igrejas e escolas

A Rainha Elizabeth II completa o Jubileu de Diamante de 60 anos como monarca em 2012, e para comemorar a data, mais abrangente que uma festa ou desfile, um projeto interessante no Reino Unido está sendo idealizado pela Rainha juntamente com o ministério de ajuda à igreja e tradução de Bíblias, o “Biblica”: a distribuição de Bíblias através de escolas e igrejas.

“Nós desenvolvemos e trabalhamos por um Novo Testamento da Bíblia que realmente inclui algumas notas, e inclui alguns recursos visuais”, disse o diretor do Biblica da América do Norte, Doug Lockhart.

O ministério Biblica conscientizou igrejas e escolas da oportunidade de distribuir Bíblias em honra da Rainha, mas a ideia tomou grandes proporções.

“O objetivo inicial era de 250.000 unidades, o que todos pensavam que era uma meta muito elevada para o Reino Unido, mas as denominações e igrejas estão muito animadas com isso. O número agora é de 450.000 unidades”.

Doug Lockhart diz que o resultado está sendo positivo em um momento que a frequência à igreja está em baixa no Reino Unido. Mas os jovens, segundo Doug, têm mostrado mais interesse no Evangelho.

“Estas estão sendo entregues pessoalmente pelas igrejas e escolas. Portanto, não é apenas colocar uma Bíblia na mão de alguém, é uma experiência de ombro a ombro em que alguém está realmente entregando uma Bíblia para alguém. E a esperança é que a interação se traduza em uma vida transformada”.

As Bíblias serão entregues no final de maio e início de junho, e a expectativa é de distribuir até 450.000 cópias do Novo Testamento.

Piloto da Nascar perde patrocínio por ser cristão

os Estados Unidos, o piloto da Nascar, Blake Koch, tem enfrentado preconceito religioso, o que teria motivado até perda de patrocínio por ele ser cristão, o que o impediu de correr em uma das provas que disputaria. A polêmica começou quanto Koch começou a participar de uma campanha incentivando os cidadãos votarem, porém o canal que divulgaria a propaganda, a ESPN, não aprovou o comercial porque o site oficial da campanha tem links para o site do piloto, que é cristão.

Muitos estão classificando o episódio como “perseguição religiosa”, já que tudo teria sido motivado pelo fato de Blake Koch declarar publicamente sua fé e ainda fazer ministrações em igrejas. A ESPN se defendeu comunicando que é uma norma da empresa a não aprovação de mensagens tendenciosas ou de instituições religiosas.

Koch comentou sobre o caso em entrevista ao cana Fox, “Não pensei que minha fé em Cristo teria tanto impacto para um patrocinador transmitir um comercial ou não”. Mas o piloto mostrou-se decidido, “A única coisa que não vou fazer é renegar minha fé, só porque um dos meus patrocinadores em particular não gosta da maneira como eu expresso minha crença, que é o que eu faço quando tenho um tempo livre”.

O piloto foi impedido de correr há duas semanadas, por não ter um patrocinador oficial, diante disso, o site cristão Christian Cinema resolveu patrocinar Koch e apoiá-lo para que não deixasse de disputar as provas seguintes. “Isso me mostra que muito tem Deus em suas mãos e por isso Ele me enviou o ChristianCinema.com justamente no momento adequado”, relatou o piloto.

O site também começou uma campanha nas redes sociais para conseguir outro patrocinador, “Essa é uma grande oportunidade para manter sua carreira e ao mesmo tempo divulgar os filmes cristãos que refletem os valores da família”, disse o diretor do site sobre o apoio dado a Blake Koch.

Fernandinho prepara gravação de novo CD com canções inéditas

Com canções inéditas, a gravação do Cd intitulado Teus Sonhos acontece a partir das 19 horas no novo Templo da Segunda Igreja Batista de Campos – Batistão, em Campos dos Goytacases – Rio de Janeiro. A entrada é franca.

Segundo Fernandinho precisamos entender que o sonho de Deus é maior que nossos sonhos. Às vezes a gente luta pelos nossos sonhos, mas, Deus tem um sonho maior ainda para nós. Que você possa descobrir o sonho de Deus para sua vida, para sua casa, pois, Ele nos chama para coisas bem maiores que nosso tamanho”.

Sucesso de público e de vendas, a discografia de Fernandinho é composta por sete álbuns entre CDs, DVDs e playbacks que somam juntos mais de um milhão de cópias vendidas. “Uma Nova História” seu último disco de canções inéditas, lançado em 2009, ainda hoje, situa-se entre os mais vendidos no ranking das principais livrarias evangélicas e suas canções estão entre as dez mais tocadas nas emissoras de rádios gospel de todo o país. Sou Feliz – Hinos ao Vivo (2011), foi o último disco lançado por Fernandinho.

Série bíblica “Rei Davi” chega ao fim na Record aclamada pela critica e com ótimos índices de audiência

A TV Record levou ao ar no dia 03/04, o último episódio da minissérie bíblica “Rei Davi”, considerada por especialistas na área como uma superprodução.

A minissérie de 29 capítulos alcançou ótimos resultados de audiência, conquistando a liderança no horário em que era exibida em 20 capítulos.

No décimo episódio, a minissérie escrita por Vivian de Oliveira alcançou 20 pontos de audiência, contra 14 da TV Globo, segunda colocada. Esse episódio registrou a maior diferença entre os dois canais no período. No episódio exibido ontem, a audiência da Record marcou 13 pontos, contra 17 da Globo.

A autora da série afirmou que a dedicação da produção em compreender a história e o comportamento de Davi fez diferença: “Eu consegui compreender a alma do Davi e entender por que ele teve tantas atitudes contraditórias. A história dele é muito forte. A gente sempre conversou (ela e a produção) sobre ir bem ao extremo na podridão humana. E isso foi mostrado; tudo foi muito bonito”, disse Vivian de Oliveira ao site Arca Universal.

Segundo ela, é necessário manter a fidelidade ao texto bíblico para que os personagens não percam a essência: “É preciso entender o personagem de quem você está falando. Foi muito difícil criar Davi, que uma hora se mostrava generoso e, em outras, mentiroso; tocava harpa e, logo depois, mandava matar um soldado. É preciso respeitar a essência do personagem”.

O sucesso alcançado foi acima do esperado pela equipe que produziu a minissérie: “Às vezes, coisas que ninguém espera dão certo ou algo muito esperado dá errado. Os próprios atores não imaginavam que teria toda essa repercussão”, confessou a autora.

O personagem Davi foi interpretado por Leonardo Brício, que afirmou ter estudado sobre o rei israelita para interpretá-lo bem: “Quando eu leio sobre um personagem, uma história, tento entendê-lo e procuro saber por que me escalaram para fazer. Tive aulas da época com um historiador e, desde criança, assistia a muitos filmes bíblicos e adorava, como ‘Os 10 Mandamentos’ ou ‘O Manto Sagrado’, disse em entrevista ao portal Terra.

José: de escravo a governador

Com os resultados alcançados, a TV Record já se prepara para a próxima produção bíblica, que deverá ser novamente escrita por Vivian de Oliveira, que já havia escrito “A história de Ester”anteriormente.

Segundo o The Christian Post, nomes para o elenco da minissérie já começaram a ser especulados, como as atrizes Larissa Maciel, contratada da emissora, e Rita Guedes, que vem sendo sondada.

gleicequeiroz@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários