Prisão de Floro

0

A Polícia Federal de Sergipe e Bahia, com a participação efetiva do Comando de Operações Especiais (COE), da Secretaria de Segurança, prendeu, ontem, por volta das 12 horas, na BR-101, trecho que liga os municípios de Itamaju e Teixeira de Freitas, o indiciado Floro Calheiros Barbosa, com mais de seis pedidos de prisões preventivas. Uma das quais por ter sido um dos participantes do plano para assassinar o deputado estadual Joaldo Barbosa (PL), embora o seu nome não conste do inquérito policial. Floro teria sido o cidadão que emprestara R$ 400 mil reais para as eleições do indiciado Antônio Francisco, que ficou em primeira suplência, mas, para honrar seus compromissos financeiros, precisaria assumir o mandato. Para que isso acontecesse um dos titulares deveria ser eliminado e o escolhido fora Joaldo Barbosa, embora o grupo tivesse tentado os deputados Mardoqueu e Adelson Barreto, que também abririam vaga para o então suplente Antônio Francisco. Floro Calheiros é um homem riquíssimo em Teixeira de Freitas, onde freqüenta a sociedade e é respeitado até pela Polícia do município, que teve receio de efetuar sua prisão. Foi preso em flagrante, quando conduzia uma caminhonete Toyota/Hilux, placa GYX-8227, de cor prata. Foram apreendidas com ele duas pistolas Taurus: uma 9 mm, privativa das forças armadas e da polícia, e outra 380. A Polícia estava em Teixeira de Freitas, para prender Floro Calheiros, há 15 dias, mas sem oportunidade de encontra-lo. A primeira chance aconteceu na semana passada, no centro de Teixeira de Freitas, onde ele inaugurou a Concessionária Ford Roger Car, que está registrada no nome de Rogério, um dos seus mais próximos homens de confiança. A Polícia esteve presente à festa de inauguração, com o objetivo de prende-lo, mas Floro Calheiros não compareceu ao evento. Ele foi detido na rodovia, ontem, por ajuda de informantes. Floro tinha viajado a Itamaraju para tratar da compra de um avião. Segundo informações de setores da Polícia, ele deve estar desembarcando hoje em Aracaju e segue direto para a Penitenciária de São Cristóvão, aonde também se encontra o seu antigo chefe, ex-prefeito de Canindé do São Francisco, Genivaldo Galindo, de quem Floro já foi secretário das Finanças. Teria sido demitido porque se transformara em um cidadão mais esperto do que o chefe. As prisões preventivas pedidas para Floro Calheiros foram por roubo de urnas eleitorais em Canindé do São Francisco, cujo processo ainda hoje navega na Justiça. Seis mandados de prisão por improbidade administrativa na Prefeitura de Canindé do São Francisco e outro por envolvimento na morte do deputado estadual Joaldo Barbosa. Um cidadão que conhece bem o estilo do indiciado Floro Calheiros, cujo nome Plenário se reserva a não divulgar, tranqüiliza todas as pessoas que tiverem envolvimento com o atual preso: “Floro é um profissional da melhor qualidade e não diz o nome de quem o contratou para alguma coisa. Ele não vai falar nada”, garantiu. A Polícia Federal, entretanto, já tem em mãos um dossiê elaborado por Floro Calheiros e encontrado em sua residência, na cidade de Teixeira de Freitas. A documentação, de grosso volume, consta de uma série de atos que envolve nomes importantíssimos de personalidades da alta cúpula que domina e dominou todos os poderes em Sergipe. O maior cuidado agora é manter Floro em segurança máxima, para que ele não seja vítima do conhecido processo de queima de arquivo. Há necessidade da sociedade tomar conhecimento do que podem fazer alguns homens considerados de bem em Sergipe, inclusive que têm poder de decidir o destino de cidadãos ou coloca-los livres, em convivência com pessoas honestas e sérias, que têm pouca vez no Estado. Sob Floro Calheiros pesam algumas suspeitas de crimes praticados e não solucionados pela Polícia, como o do agiota Motinha, assassinado friamente em um dos sanitários do bem freqüentado restaurante Paraty, na praia do Robalo. No inquérito policial consta a prisão de elementos que teriam eliminado Motinha e que foram ao comprovar o êxito do trabalho no Instituto Médico Legal. Utilizaram um carro em cuja mala haviam armas, inclusive fuzis e metralhadoras. Foram soltos porque um delegado pagou a fiança e por determinação de uma juíza. Floro também é suspeito de ter assassinado sua mulher e um agiota no município de Piau, em Piranhas (AL), utilizando metralhadora, fuzil AR-15 e queimado o carro da vítima, além de ficar com uma bolsa contendo documentos. Segundo um policial que vasculhou a casa de Floro Calheiros, em Teixeira de Freitas, a vasta documentação encontrada vai deixar alguns membros do judiciário sem dormir. Além dos documentos, foram encontradas metralhadoras, revolveres e pistolas de grosso calibre. Em Teixeira de Freitas, Floro Calheiros tinha documentação falsa e usava o nome de Ricardo de Souza Barbosa. Quem tiver rabo preso que se segure. O homem vem ai… PREFEITOS Vários prefeitos que participaram da abertura da reunião da Frente cercaram o governador João Alves Filho, para conversar sobre o seu pronunciamento. A maioria concordou com o seu ponto de vista e acha que o Nordeste já ofereceu muito para São Paulo e está na hora de receber a retribuição. AMBASSAY O prefeito de Salvador, Antônio Ambassay, também cumprimentou o governador João Alves Filho, sobre seu pronunciamento em relação à reforma tributária. Não fez subterfúgio para dizer que “foi o melhor discurso que já ouvi, até hoje, em defesa do Nordeste”. João, realmente, deu um tom diferente ao encontro. DOCUMENTO O presidente da Assembléia Legislativa, Antônio Passos, entregou documento ao presidente Lula da Silva, ao lado de outros parlamentares, mostrando tecnicamente a inviabilidade da transposição do rio São Francisco e a necessidade de sua revitalização. O deputado Augusto Bezerra disse ao presidente que era um estudo técnico, “não é político e temos que fazer a revitalização do rio”. INDIFERENÇA O presidente Lula simplesmente balançou a cabeça, não disse uma única palavra e entregou o envelope fechado a um dos seus seguranças. Tratou com absoluta frieza… Augusto Bezerra disse que ficou envergonhado e voltou para a mesa: “se eu soubesse que era daquele jeito, não teria ido lá, afinal não sou do partido dele e não precisava ir só para almoçar”. LULA FALA O presidente Lula da Silva falou sobre o rio São Francisco no auditório onde se realizava a solenidade e reconheceu que ele precisava de revitalização para se fortalecer. Embora não se referisse a transposição, Lula disse que o semi-árido do Nordeste estava precisando de água. Não informou aonde iria busca-la. BOSCO O deputado federal Bosco Costa (PSDB) também se revela contra a transposição do rio São Francisco, sem que se faça uma revitalização. Fez até uma comparação bem ao estilo do homem do sertão: “transpor da forma que estar é a mesma coisa que tirar leite em boi”. ALBANO Sobre o ex-governador Albano Franco (PSDB), o deputado Bosco Costa acha que ele só deveria ter ficado no Governo se fosse para fazer seu sucessor. “Albano não foi candidato, não conseguiu fazer o seu sucessor e está aí apenas olhando as reformas”, disse. Bosco esteve com Albano em Brasília. RECICLAGEM Bosco Costa diz que o governador João Alves Filho não voltou ao Governo reciclado em nada: “pelo contrário, está pior do que antes”. Segundo o deputado tucano, se João Alves Filho não cumprir o que prometeu, vai ficar em situação difícil. Para ele, “o atual momento não é cômodo”. FREI ENOQUE O prefeito de Poço Redondo, frei Enoque, está esperando a confirmação da aposentadoria para deixar a Prefeitura e se dedicar ao sacerdócio. Quer ter certeza de que não está no lugar errado. Acha que outras pessoas estão mais aptas a suportar tudo isso: “Eu não acredito nesse país que chove e não se tem semente para plantar”. INDÚSTRIA Frei Enoque diz que a seca continua sendo uma indústria rentável para muitas pessoas, principalmente para quem vive da politicagem. “Quê país é esse que as pessoas querem trabalho e não tem e depois a gente mesmo fica chamando-os de mendigos?” Segundo Enoque, “tudo só fica bonito e bom no período de eleição”. COMISSÃO A Comissão Processante que levanta a participação do deputado Antônio Francisco no crime de Joaldo Barbosa reúne-se hoje e analisa a defesa do parlamentar acusado. Em sua defesa, por escrito, Antônio Francisco diz que só foi indiciado o filho Júnior e deixou claro que as provas contra ele são imprestáveis. PREVENTIVA A juíza da 5ª Vara Criminal, Iolanda Guimarães, disse a um parlamentar que já tem indícios suficientes que incriminam o deputado Antônio Francisco. Adiantou que, se a Assembléia Legislativa cassar o seu mandato, ela pedirá sua prisão preventiva imediatamente. PROJETO Já chegou à Assembléia Legislativa o projeto de lei que cria a Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer, cujo secretário, Vovô Monteiro, já foi nomeado. O projeto vai tramitar pelas comissões e deve ir a plenário no início da próxima semana. A partir daí a nova pasta nasce e passa a tomar corpo. Notas ANIVERSÁRIO O deputado federal Jackson Barreto (PTB) estava muito feliz, ontem à noite, em Brasília: “meu aniversário foi comemorado ao lado do presidente Lula da Silva, com todo mundo que estava no “Sobre as Ondas”cantando. Estou satisfeito, foi tudo uma grande festa e quem ganhou foi Sergipe com a presença do presidente. Jackson Barreto reconheceu que o prefeito Marcelo Déda demonstrou muito prestígio com o presidente da República, que veio a Aracaju com vários ministros de Estado e transformou a reunião da Frente dos Prefeitos em grande acontecimento. MINISTRO O jurista Carlos Ayres Brito foi anunciado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ontem, em Aracaju, para ministro do Supremo Tribunal Federal. Há informações de que Lula não iria anunciar Carlos Brito publicamente, mas teria atendido a um pedido do compadre Marcelo Déda. Carlos foi uma unanimidade nacional. A indicação de Carlos Brito surgiu de um movimento acadêmico, que tomou corpo no setor jurídico e se expandiu na área política como o nome mais forte para uma das três vagas do Supremo Tribunal Federal. Foi muito bom para Sergipe. MENTIRINHA O vereador Joaldo Barreto (PDT) faz oposição de mentirinha ao prefeito Marcelo Déda (PT). Ele tem vários cabos eleitorais com cargos em comissão na Empresa municipal de Serviços Urbanos (Emsurb). Se votar contra o prefeito Marcelo Déda perde o que tem na Prefeitura e se mantém apoiando todos os projetos do executivo. Joaldo Barreto sempre revela que segue a orientação maior do líder do seu partido, senador José Almeida Lima, que faz oposição ao prefeito de Aracaju. Nas especulações que fazem sobre a sucessão municipal, o nome de Almeida aparece como candidato. É fogo JOÃO E LULA O governador João Alves Filho, indiscutivelmente, é um profundo conhecedor do Nordeste e sabe das suas potencialidades, da sua capacidade de trabalho, da exploração de sua gente a da discriminação em relação à região Sul. Ontem, ao discursar na solenidade em que estava presente o presidente Lula da Silva, o governador insistiu no ponto de vista de que a reforma tributária provocaria danos às regiões menos desenvolvidas e mostrou que o crescimento de São Paulo, desde a sua história, advém da utilização da mão de obra nordestina, de sua potencialidade agrícola e até das dificuldades naturais da região. O governador João Alves Filho deixou claro que seria injusto, para o Nordeste, uma reforma em que a tributação seja feita na origem de venda do produto e não no destinatário. João Alves sugeriu que o presidente liberasse a bancada, para que fizesse as emendas que fossem melhor para a região, assegurando que a Reforma Tributária não é boa para o Nordeste. O presidente Lula da Silva também resolveu falar de improviso, diante das argumentações do governador João Alves Filho e lembrou que é nordestino e, além disso, sofreu como retirante que teve de deixar sua terra, no interior de Pernambuco, para tentar a vida em São Paulo, praticamente fortalecendo o que João Alves Filho relatara. Só que Lula deu certo. Quanto à reforma, o presidente disse que ela se destinava a favorecer os Estados não industrializados e menos desenvolvidos. João Alves Filho mantém seu ponto de vista discordante e acha que a reforma continua privilegiando os Estados industrializados da região Sul. João foi muito aplaudido e se destacou como o cidadão que, hoje, mais entende de Nordeste… brayner@infonet.com.br

Comentários