Proinvest: Armistício à vista

0

Recentemente lideranças sergipanas tiveram entraves políticos por conta da votação do Proivest na Assembleia Legislativa.

A disputa pelo poder é normal numa democracia. Porém, é preciso cautela no atual momento político de Sergipe. Os dois lados (oposição e situação) exageram nas doses e chegou o momento de desarmar os espíritos, apagar os excessos cometidos, os lamentos, as reclamações e seguir em frente.

O blog foi informado que durante a votação do orçamento para o próximo ano na AL na semana passada o novo secretário Chefe da Casa Civil, Silvio Santos atuou (ao lado de outros secretários) conversando com deputados e a presidente da AL, Angélica Guimarães. O diálogo foi importante para que o orçamento fosse aprovado como o governo estadual desejava, sem maiores problemas.

Na festa aniversário do conselheiro do TCE, Reinaldo Moura, no último sábado, Silvio Santos bateu papo não só com a presidente da AL, Angélica Guimarães, mas com os deputados Raimundo Vieira e José Franco.  Estiveram presentes também outros políticos, entre eles, o senador Eduardo Amorim.

Neste primeiro momento parece que a chegada de Silvio Santos a Casa Civil está servindo para uma retomada do diálogo respeitoso entre os poderes legislativo e executivo. É um bom sinal.

Um armistício neste momento é salutar para todos. Não com subserviência, mas com respeito aos interesses dos dois lados. O governo sinaliza para dialogar com alguns deputados sobre a possibilidade de encaminhar em janeiro um novo projeto do Proinvest. Através de uma maior discussão, inclusive detalhando com  maior  clareza as obras e o direcionamento para algumas que os parlamentares acham necessário.

O certo é que a oposição é importante para qualquer governo. E radicalismo só prejudica o Estado de Sergipe.

A retomada da discussão do Proinvest é uma demonstração de maturidade política de ambos os lados. É uma demonstração que oposição e situação podem conviver de forma harmoniosa. E a presidente da AL, justiça seja feita, Angélica Guimarães, vem demonstrando a necessidade de um diálogo mais fraco e respeitoso.

Os grandes líderes precisam sempre colocar à frente dos seus desejos a humildade e o espírito público. A política não é um jogo de mão única.

Parece que o governo do Estado entendeu o recado. E com a chegada de Silvio Santos abriu um diálogo sem traumas, mas respeitoso que poderá culminar com um novo Proinvest alterado que satisfaça não só o executivo, mas também o legislativo.

E o mais importante: Se concretizado o armistício o único vencedor será o povo sergipano.

Sem memória: Crime compensa em SE
De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto. A frase Rui Barbosa cabe bem para Sergipe Del Rey.

Sem memória: Crime compensa em SE II
Em Sergipe, envolvidos, presos e algemados em operações das Policias Federal e Civil, depois retornam as suas vidas como se fossem pessoas normais. E o pior é que alguns colunistas sociais (muitos deles que gostam de criticar políticos) tratam os ex-presidiários empresários como grandes personalidades. Sergipe é uma terra onde ninguém Zela pela memória. Aqui, como escreveu Rui Barbosa o homem de bem tem vergonha de ser honesto.

Lucidez em decisão judicial
No último dia 4 de dezembro, um magistrado sergipano, do alto da sua lucidez, competência e, sobretudo, isenção proferiu uma sentença num processo que merece uma reflexão deste espaço porque envolveu duas pessoas públicas, numa ação descabida de indenização por danos morais, contra uma terceira pessoa, por conta de um processo de separação.

Processo
Como o processo não correu em segredo de justiça, o blog teve a oportunidade de ler a sentença do competente juiz que de forma irretocável julgou improcedente o pedido de indenização por danos morais no valor de R$ 50 mil (cinquenta mil reais) de uma ex-parlamentar contra outra mulher. Na decisão o juiz deixou claro que a ex-parlamentar já não convivia na mesma casa com o marido.

Da prudência e da sensatez
O blog espera que não precise contar toda a história aos leitores e publicar a primorosa decisão judicial. É preciso compreender que muitas vezes “amigos” que estão ao lado incitando a pessoa a ir para a “briga”, na verdade, se fossem verdadeiros Amigos, estariam ajudando no sentido de ir para outro caminho: da prudência e da sensatez. Quem ganhou com toda a exposição pública do fim de um relacionamento?

Caminho
Alguém escreveu um dia que todo excesso de paixão obscurece a razão. A vida é tão pequena para vivê-la com ódio e rancor. São apenas palavras para reflexão. Que cada um siga o seu caminho e lembrem que o mais importante é que os frutos se multiplicaram e eles não deixarão de ser descendentes porque seus pais e avôs escolheram outro caminho a seguir. Para viver de verdade, é preciso deixar viver.

Terreno a venda na praia do Abais
Quem deseja investir na praia do Abais uma ótima oportunidade. Um terreno que mil e oitocentos metros quadrados a um quilômetro da praia. Uma ótima área para restaurante ou pousada. Tratar pelo telefone: 9874-9474.

Itaporanga: 4 nomes e um destino para Câmara
E a disputa pela presidência da Câmara Municipal de Itaporanga D`Ajuda promete. A prefeita eleita torce por Mariza da Mata, mas Tonho de Loquinha, Gilson Me Ajude e Bruno Sobral também querem comer o bolo. O bolo, pelo jeito é gostoso demais. A única certeza que dos treze eleitos um deles ocupará a cadeira de presidente.  Cuidado gente pra não se lambuzar com o bolo.

Mandato
O blog já teve a oportunidade de destacar aqui a competente atuação do vereador reeleito em Aracaju, Dr. Emerson (PT). Ele se destacou na Câmara com o compromisso com as causas populares, facilidade de comunicação e firmeza em suas posições. Como médico tem um atuação destacada na área da saúde.

Aruana será sempre Aruana. A Voz de Deus e a Voz do Povo
O combativo parlamentar, contudo, apresentou um projeto de lei, já aprovado pela Câmara, dispondo sobre a correção ortográfica e até mesmo gramatical de alguns topônimos. Inspirou-se na eminente professora Wilma Ramos, especialista em língua portuguesa, cuja capacidade ninguém discute. A referida propositura, transformada em lei, parece-nos inócua. Vale lembrar que “quem faz a língua é o povo.” Tomando, por exemplo, o vocábulo ARUANA, que designa conhecida praia de nossa cidade, quem acredita que a população vai, a partir de agora, chamá-la de ARUANDA, como estabelece a nova lei? VOX POPULI, VOX DEI. A voz de Deus é a voz do povo. Oportuno é ressaltar a boa intenção da educadora e do vereador.

PT/SE realiza Seminário de Vereadores eleitos
O encontro de vereadores do PT de Sergipe, realizado no hotel Real Classic no último  sábado, 15, promoveu não só reunir vereadores eleitos, mas reafirmar o compromisso de mobilização junto aos diretórios municipais.  Foram abordados no encontro, temas como papel da imprensa, história e origem do PT, governo Lula e Dilma. Rogério Carvalho iniciou a discussão fazendo uma análise de conjuntura, e Silvio Santos falou sobre perspectivas da atuação da imprensa brasileira.

Objetivo
O objetivo de realizar o seminário surgiu em reunião da Executiva do PT com a proposta de discutir a base administrativa do partido: planejamento, organização, formação e atuação política. Pôr em discussão as diretrizes do PT de Sergipe, mantendo uma comunicação afirmativa e somática com os interiores do estado, assim como foi decidido também o encontro com os prefeitos eleitos do partido. Ter como função, estreitar a relação do partido junto aos parlamentares e militantes.

Conhecimento
Em seu primeiro mandado, o vereador eleito do município de Maruim, Jackson Andrade, disse que o seminário proporciona mais conhecimento, sendo participativo e informativo. “É o momento de interagir com os colegas vereadores de outros municípios, como também, conhecer pessoas novas, nos relacionar com as autoridades presentes e assimilar tudo que o PT pode nos trazer de bom e que podemos passar para a nossa comunidade”, destacou. Já o vereador reeleito de Propriá, Heldes, afirmou que é necessário fortalecer as base dos municípios e que cada vereador possa desempenhar um bom mandado em sua cidade.

Interação
No final do evento, a secretária de Comunicação do PT, Rosângela e o secretário de Organização, Lucas Rios, apresentaram o site do PT Nacional e Estadual. Explicaram as ferramentas contidas nos sites, que funcionam como um espaço de interação mais rápida, no qual mantém uma comunicação mais afetiva com os Diretórios Nacional e Estadual do PT.

Censura a imprensa em Sergipe
O blog recebeu alguns documentos mostrando como a censura era feita em Sergipe no período da ditadura militar através de um jornalista (já falecido) que era uma espécie de censor do antigo SNI. Uma vergonha!  Muita gente vai se surpreender com o parentesco do censor.

Guardas prisionais frustram tentativa de fuga no Preslen
Na tarde de ontem,  120 detentos condenados tentaram uma fuga em massa do Presídio Senador Leite Neto em Nossa da Glória. Na expectativa de obter sucesso na empreitada, os internos usaram o método conhecido em presídios por "cavalo doido". Os presos correm para o portão na tentativa de fuga no momento em que as visitas entram. Em Glória eles foram impedidos da fuga pelos agentes penitenciários e pelo diretor do presídio que bravamente enfrentou os internos conseguindo debelar a situação conflituosa.

Conflito
No momento do conflito dois agentes foram feridos, no entanto, sofreram lesões leves tendo sido socorridos de imediato, tendo inclusive um deles já retornado ao serviço no Preslen. Algumas famílias feitas reféns pelos internos foram liberadas aos poucos e no momento há ainda cerca de 50 visitantes além de dois agentes em poder dos presos.  Um ponto importante é que apenas uma pequena parte dos internos tentou fugir e o restante dos presos manifestou indignação com a atitude da minoria.

Sem reivindicação
O secretário de Justiça esteve no presídio ontem a noite, no entanto, não recebeu nenhuma reivindicação por parte dos internos que, na verdade, passaram todo o tempo fazendo churrasco nos presido. Houve destruição de algumas alas a unidade, mas até o momento não foi registrada fuga ou morte. Na manhã da segunda-feira, 17, as negociações serão retomadas a pedido dos próprios internos que preferiram não negociar a noite. A Sejuc assegura e reafirma que não houve rebelião em Glória e sim uma tentativa de fuga em massa frustrada. A situação se mantém tranqüila na unidade.

Galeria dos ex-presidentes da Fundat
Amanhã, 18, às 16h, será inaugurada a galeria dos ex-presidentes da Fundação Municipal do Trabalho (Fundat), localizada na Rua Pacatuba, 104, Centro.  No evento deverão estar presentes o prefeito Edvaldo Nogueira, todos os gestores que estiveram à frente do órgão durante os 15 anos de fundação, autoridades, funcionários e demais convidados.

Homenagens
Serão homenageados cinco ex-presidentes: Iara Viana de Assis, que administrou o órgão no período de 1997 a 2000; a deputada estadual Conceição Vieira (2001 a 2002); diretor da Emsurb, Antônio Carlos Oliveira Motta (2002 a 2003); diretor do Banese, Edson Freire Caetano (2003 a 2007) e o prefeito eleito de Estância, médico Carlos Magno Costa Garcia (2007 a 2011).

Fortalecimento
“É uma merecida homenagem dirigida àqueles que trabalharam para o fortalecimento do órgão que, gradativamente foi ampliando suas ações, sempre voltadas para os cidadãos”, afirmou a presidente da Fundat, Telma Rios Pimentel, acrescentando que os ex-gestores tiveram zelo pelo órgão e que a galeria representa o reconhecimento e o registro dessa dedicação.

Curtas
Venezuelanos votam em eleições regionais com Chávez em Cuba. /// DATAFOLHA aponta: Se a eleição presidencial fosse hoje, os favoritos seriam DILMA e LULA. /// PT consegue aprovar ida de FHC à Câmara, para falar sobre o escândalo da “lista de Furnas”. /// Caixa poderá assumir a endividada REDE ENERGIA. /// Revelados os nomes das vítimas de massacre em escola nos Estados Unidos. /// Pastor que era agente da ditadura brasileira é descoberto no Uruguai. /// Confiança no STF sobe com julgamento do mensalão. /// Em 2013, mais dois escândalos estão na pauta: o mensalão do PSDB e também o do DEM.

Curtas II
Marcelo Vieira, novo presidente da Fundação Hospitalar de Sergipe, afirma que situação é administrável. /// Governo já trabalha para reapresentar o PROINVESTE. /// PSDB e PSD, ambos com 51 deputados, disputam a primeira secretaria da Câmara Federal. /// Aloísio Mercadante é opção do PT para 2018. /// Câmara de Vereadores de Aracaju aprova leis que afetam o sistema de transportes coletivos. /// Empresas são obrigadas a contratar cobradores e a PMA deverá instalar placas em todos os pontos de ônibus com informações sobre trajetos e paradas das linhas. /// Outra lei aprovada garante vagas para negros e índios em concursos realizados pela administração municipal. /// Carlos Batalha, Gilvan Pinto e Nilson Lima são nomes praticamente definidos para o secretariado de João Alves Filho. /// Respectivamente nas pastas de Comunicação Social, Saúde e Finanças.

Futebol
CORINTHIANS CONQUISTA O BICAMPEONATO MUNDIAL DE CLUBES – Em partida emocionante, renhidamente disputada, ontem à noite, no Japão (manhã no Brasil), o Esporte Clube Corinthians Paulista venceu o CHELSEA, da Inglaterra, campeão europeu, na grande final do certame mundial de clubes promovido pela FIFA. O primeiro tempo foi equilibrado, embora com uma leve superioridade do time inglês. No tempo final, aos 23 minutos, GUERRERO, atacante peruano, marcou, de cabeça, o gol da vitória do Corinthians. O grande herói da conquista corinthiana no estádio internacional de YOKOHAMA, no Japão, foi o goleiro CÁSSIO, que realizou, pelo menos, cinco defesas importantíssimas. E o outro grande destaque foi o atacante GUERRERO, que fez os dois gols do Corinthians na competição promovida pela FIFA. Ele já havia marcado contra o AL AHLY, do Egito. 68.275 espectadores assistiram à final do mundial de clubes. O Corinthians, que há cinco anos foi rebaixado para a série B do Brasileirão, conseguiu, sob o comando de Tite, três títulos importantíssimos: Campeonato Brasileiro (2011), Libertadores da América e Mundial de Clubes (2012). Três jogadores brasileiros atuaram defendendo o Chelsea: David Luiz, Ramirez e Oscar. O título conquistado pelo clube brasileiro reveste-se de grande importância para o nosso futebol, no momento em que se aproximam duas grandes competições a serem realizadas no Brasil: a Copa das Confederações (2013) e a Copa do Mundo (2014). /// Reunião no Sergipe, hoje, vai definir a situação administrativa do clube mais querido. O presidente Gênisson Silva renunciou ao cargo. O Conselho Deliberativo estará avaliando a situação. Como o vice-presidente também já renunciou, tudo indica que ocorrerão novas eleições no clube rubro. O presidente ARI RESENDE, do CD, deverá assumir, mais uma vez, a direção interina do Sergipe. /// FIFA ADVERTE CBF – O presidente da FIFA, Joseph Blatter, enviou mensagem à CBF alertando para o aspecto segurança nos jogos da Copa das Confederações e da Copa do Mundo. Posição da FIFA foi externada após os incidentes ocorridos quarta-feira, no Morumbi, em São Paulo, na decisão da Copa Sul-Americana. A CBF já respondeu à entidade máxima do futebol mundial.

PELO TWITTER

www.twitter.com/eugenio_nas São tantos imóveis a R$ 1 milhão e R$ 2 milhões em Aracaju que a sensação que se tem é que o salário mínimo por aqui é de uns R$ 500 mil.

www.twitter.com/rlimaneto Eis que me acordo e vejo que o Curiiiingão ganha o mundial. Realmente em 2012 o mundo se acaba …

www.twitter.com/alanbarretoso É impressionante como o ser humano tem a capacidade de sair do céu para o inferno em um piscar de olhos. #oremos

www.twitter.com/JoseRaimundos Toda vês que o BRASIL tem a sorte de ter um grande PRESIDENTE querem comê-lo cru, comeram GETULIO, JK e o TANCREDO, agora querem o LULA.

www.twitter.com/Gilbertotv Gosto quando sou questionado pelas coisas que digo aqui, isso faz a gente desenvolver um bom papo. Arrogância e cinismo, deleto na hora.

www.twitter.com/betocego Se quiser ser feliz,experimente não se sentir incomodado com a felicidade dos outros. Esse e o grande e primeiro passo para a felicidade.

DO LEITOR

A Volta do Menino…
Denison Castor (denisoncastor@hotmail.com): “Quem assiste ao espetáculo deprimente corporificado no recrudescimento da debilitação política do governador Marcelo Deda, e com olhos voltados para qualquer lugar estranho à trajetória política do mesmo, mal pode se dar conta de quão vitoriosa é tal trajetória.Tendo-se sagrado eleito com um considerável número de votos para deputado federal e, seguindo a linha de sucessos, eleito prefeito da capital por duas vezes ganhando no primeiro turno, bem como governador por duas vezes, também ganhando no primeiro tuno, não se pode negar que, para um político jovem, Marcelo deda é dono de um currículo invejável.Seu estilo de governar é como uma intensa via de mão dupla, agrada a uns e desagrada a outros, com a mesma intensidade. Mas, mesmo assim, as vitórias se sobrepõem às derrotas.Ainda sobre o estilo de governar e dando-se enfoque a uma "classe ímpar de políticos" que apareceu recentemente em nosso Estado, percebe-se, sem esforço, que o atual governador não é um homem com o espírito blindado contra a política sorrateira. Nesse ponto deve-se concordar que o mesmo ainda ostenta a alcunha de "menino".Ocorre que as mutações na política são uma constante. Assim, dentro da via de mão dupla, aqueles que se decepcionaram com o seu estilo de governar, podem, sem esforços, voltarem a ser entusiastas do "menino". Isso porque os eleitores atuais não admitem golpes baixos nem tampouco política sorrateira.Dessa forma, aquele que aposta na desinformação e "burrice" do povo para alcançar objetivos pessoais, usando como artifício manchar a imagem de Marcelo Deda, está dando um verdadeiro tiro que, com certeza, está saindo pela culatra. E assim o é porque, quando se prejudica o Estado objetivando-se prejudicar o governador, dá-se ao governador a verdadeira condição de vítima.É amigos. Em política as coisas mudam. Assim, abdicando da terceira pessoa e, sem embargo de opiniões em contrário, revelo sem medo que: já fui eleitor de Marcelo Deda; posteriormente deixei de ser eleitor dele para agora, depois dos recentes acontecimentos na política sergipana, voltar a ser entusiasta do mesmo. Coisas da vida…”

Resposta a José Evangelista Filho – parte final
Do jornalista Cícero Mendes (cmendes.aju@hotmail.com): “A cada dia fico mais impressionado com este senhor José Evangelista Filho, prefeito de General Maynard até o dia 31 de dezembro de 2012. Coincidente data do meu aniversário, o que me dará mais um motivo para comemorá-lo. Vejam o tamanho do seu cinismo quando ele se refere à minha pessoa como “jornalista (sic)”. Ora, Sr. Evangelista, nunca questionei sua formação de médico, apesar dos anos a mais que levou para concluir o curso, e também não venha colocar em cheque a minha. Também nunca vesti a carapuça. Todas as matérias que foram veiculadas na imprensa com as irregularidades e problemas existentes em sua administração foram encaminhadas através do e-mail da nossa empresa (Empauta Comunicação e Marketing Ltda), contratada pela Câmara Municipal de General Maynard, e que foram pautas das sessões no Legislativo. O senhor diz que as denúncias são inverídicas, mas falsos são seus argumentos pra tentar justificar o caos da sua gestão. Ou as greves dos professores não existiram? O abandono das escolas não foi fato denunciado, inclusive, com várias fotografias? Ou que não existem obras paradas em seu município? Engraçado que o senhor mesmo diz que transcreve um e-mail meu parcialmente, por que não transcreve todo? Por que não conta a história do cheque pago a um instituto de pesquisa? Será que essa despesa com a pesquisa não está na prestação de contas da sua campanha em 2008? Quanto à proposta de assessoria, o senhor mesmo pediu que eu apresentasse, pois dizia que iria precisar desse serviço. Não tenho culpa se a sua ignorância na gestão pública o levou a desconsiderar uma área tão essencial como a comunicação. E o resultado dessa sua falta de visão não poderia ter sido outro: derrota no pleito passado. Tenha mais respeito às pessoas, não somente aos profissionais. Essa sua forma de agir, de denegrir, de achar que o senhor somente é que está com razão já ocasionou sua degola política. Não venha dizer agora que procuro “arrumar um empreguinho” a cada eleição, pois quem me procurou foi o senhor, solicitando o meu apoio. Se achou que investir em comunicação era desnecessário, era só dizer, mas preferiu esconder-se como um covarde, desaparecer, ignorar um profissional que até dias atrás frequentava reuniões constantes durante a campanha e até conseguiu que uma pesquisa favorável fosse publicada, de forma gratuita, em um jornal. Ou o senhor não se lembra também? Não entendi nada quando disse que “Na época, o responsável por um caderno dominical, focado em  municípios, de um grande jornal local, procurou-nos oferecendo mídia de página inteira, muito comum em início de mandato. Comentei que o Cícero fizera-nos uma proposta, onde o mesmo seria o responsável por toda a mídia da Prefeitura, principalmente com os jornais. O cara ficou uma fera, pois cabia ao Sr Cícero justamente contatar com os Prefeitos, para que publicassem no jornal, seu patrão”. Não entendi porque a escrita está horrível, o que torna impossível sua compreensão clara. Além disso, pode dar nomes, melhor do que tratar um profissional como “cara”. Olha novamente a forma como você se refere às pessoas. Isso não é um modo educado de se referir a alguém: “cara”. Melhore o linguajar e a escrita prefeito. Quem sabe agora, depois de deixar o cargo, tenha tempo para fazer mais um curso: o de Letras. Volto a lembrar: concentre seus últimos esforços como gestor público (uma carreira que só durou quatro anos) em organizar a entrega da prefeitura com as contas em dia. Não venha dizer agora, faltando 15 dias para o fim do mandato, que ainda fará a transição. Que piada de mau gosto. Teve tempo suficiente para isso, e não o fez ainda porque o senhor não é um político republicano, democrático e que ainda não aceitou a derrota mesmo tendo uma máquina ao seu favor. Ao contrário do que pensa, não tenho nenhum problema pessoal com o senhor, nem tampouco “sede de vingança”. Nesta vida, graças a Deus, não plantei inimigos, e muito menos o senhor será um. Aprendi nos ensinamentos do império romano, que um inimigo só deve ser alguém igual ou superior a você, e este não é o seu caso. Portanto, não darei mais importância às suas meninices, aos seus gestos pequenos e à sua extrema arrogância. Como afirma o dramaturgo, escritor e poeta irlândes, Oscar Wider, “viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe.” Eu continuarei vivendo. O senhor, para mim, continuará apenas existindo”.

RELATÓRIO

A Maior desgraça da Atualidade. Mata-se gente como  mata-se ratos e baratas

por Jose Raimundo de Sousa – Presidente do CCEP/SE

A superlotação prisional é um grave problema que aflige os encarcerados. Quase todos os estabelecimentos prisionais do estado e do País, estão superlotados. Prisões superlotadas são perigosas, pois aumentam a tensão, a violência entre os presos, as tentativas de fuga e os ataques aos agentes e guardas.

Como não há investimentos em qualificação e formação profissional de maneira permanente no sistema penitenciário, inexistindo recursos humanos especializados e capacitados o suficiente para atender a demanda prisional e nem estruturas físicas apropriadas ou recursos materiais básicos, predomina a concepção de que investir nessa área é um desperdício. Daí a inatividade é outra situação vivenciada pela maioria dos presos. A inatividade é perniciosa na sociedade e ainda mais na prisão.  

Outrossim, a prevenção e correção dos encarcerados foram relegadas a segundo plano, no entanto, a repressão e a opressão são as tônicas dominantes refletindo em distorções na justiça penal e configurando-se nas  péssimas condições físicas do ambiente das penitenciarias, onde os internos fazem de tudo para evadir-se, voltando a delinqüir, a atentar contra o patrimônio, e muitas vezes até contra sua própria familia.

A sociedade é geradora de delinquência. O preso delinquiu a partir do que a sociedade lhe ofereceu:
consumismo, droga, desemprego, exploração de menores, exploração sexual, falta de educação e de cultura. Numa única palavra: injustiça social. Esta mesma sociedade cria delinquentes para depois marginaliza-los e castiga-los. A sociedade está desinformada sobre o que acontece nas prisões.

Acentuando esse quadro, a justiça é demasiadamente lenta e, uma justiça assim, exaspera os ânimos. Uma justiça lenta é uma verdadeira injustiça. Portanto, essa coletividade sente-se injustiçada, maltratada, e não podendo enfrentar os poderes que a reprimem, tende a rebelar-se contra si mesma, expressando assim, de forma ilógica, a sua indignação incontida.

As famílias dos presos sofrem as amargas consequências da prisão, principalmente quando o preso é o provedor do lar já que se perde a única fonte de subsistência. E como se trata de famílias pobres, a pobreza se acentua; Como as famílias vão arcar  as despesas com alimentação, com vestuário, com o colégio dos  filhos com a guarda das crianças, com as contas de luz e agua e, as vezes, até o aluguel do barraco?

Portanto, iniciativas de cunho profissionalizante são necessárias para manter a esperança, o desejo e a possibilidade de recuperação, de não desanimar diante das dificuldades. Assim, os internos precisam também manter relações com pessoas do mundo exterior, realizar experiências de capacitação, agregando conhecimentos, pois o trabalho nas prisões é limitadíssimo e, quando ocorre, é em funções de pouca qualificação, como forma de remir o cumprimento da pena, uma vez que para cada três dias de trabalho, há uma redução de um dia da pena, e salário de ¾ do mínimo vigente, ou cerca de 420,00 mês.

Nesse sentido, os jovens presos merecem uma atenção especial já que mais de 60% do universo prisional é constituído de jovens com menos de 30 anos.  A expectativa é mudar este panorama, que sabemos é muito difícil já que pouca gente tem as infomações e não colaboram com chamadas para que o poder publico se atenha da necessidade das mudanças, mais que urgentes, já que estes tem proteção de seguranças 24 horas, não vendo o que acontece no dia a dia nesta sociedade tão sofrida, que ainda assim  alenta a esperança de dias melhores.

Conscientização da sociedade

Nos presídios do Estado, a maioria dos encarcerados são jovens que sofrem múltiplas carências econômicas, sociais, culturais e afetivas. Os demais tem, e eles não têm; os demais estudam, frequentam universidades, eles não; os demais estão amparados pelo afeto e simpatia ,e eles são desprezados, excluídos; os demais pertencem a famílias favorecidas, eles a famílias destruídas. A desigualdade social é brutal, a igualdade de oportunidades é um mito.

Em condições de pobreza, os jovens são particularmente vulneráveis a serem atraídos para a marginalidade, vista como um meio que pode lhes proporcionar uma chance de ascensão social e enriquecimento fácil. Contudo, existem outros fatores, como as rupturas familiares e a desintegração dos valores tradicionais, que dinamizam a violência ao estimularem a incorporação dos jovens em grupos formados por pessoas repletas de problemas pessoais e que encontram nesses espaços certa valoração, respeito e uma identidade da qual são privados no ambiente em que vivem.

Trata-se de jovens pertencentes às classes mais desfavorecidas que lutam para sobreviver, que vivem sem esperança, com grandes complexos de inferioridade, indiferentes e descontentes. Jovens que se sentem deslocados num mundo construído por adultos, e no qual não encontram lugar pois estão excluídos da sociedade. Vivem na mais pura exclusão social.

Precisamos pensar nossos jovens como um todo

Muitos desses jovens são primários e entraram na prisão pela primeira vez. Sua conduta pauta-se por experiências naturais da juventude; seus comportamentos são de pessoas imaturas em período de formação. 40% dos jovens brasileiros vivem em famílias sem rendimento ou até com meio salário mínimo. A cada dois desempregados do país, um é jovem. Mesmo entre os ocupados, a maioria está na informalidade. Somente 35% têm carteira assinada. Dois em cada três presos são jovens. Somente três em cada dez jovens têm acesso ao ensino médio. Entre os que já pararam de estudar, 51% pararam no ensino fundamental e 12% sequer ultrapassaram a 4ª série. Tornando assim um mundo de alegorias virtuais, onde quase nenhum destes podem desfrutar, enquanto outros desfrutam a bel prazer, a sombra muitas vezes de poderes financeiros escusos, não apoiados mas assistido pelos apoderados dos sistemas governamentais de forma geral. Causa aos miseráveis revolta por não ter por vezes, sequer o que comer , e vendo tais comportamentos se rebelam, partindo pras formas mais fáceis, as drogas, os vícios, que termina por lhe render um futuro sem futuro algum, o que cada vês mais lhe deteriora a consciência, deixando tudo para traz, entrando de cabeça no mundo do crime.

O que estamos vendo atualmente, ninguém quer para si, todos imaginam um mundo melhor, mas o pior é que pessoas que poderiam não  estão fazendo algo para que a melhora aconteça, o CCEP/SE, lutando, não consegue sequer um espaço para realizar suas atividades,ou melhor: não consegue por vezes nem falar com determinadas autoridades, tem um quando autoridade a fim, que solicitamos audiência já fez um ano, e não fomos ainda atendidos,  temos  que pagar ALUGUEL, quando há muitos espaços sem nenhum aproveitamento. Tanto na área publica quanto na privada. Só se vê gritos quando assassinam uma pessoa de posses, enquanto os pobres estão matando-se entre eles, ninguém sabe ninguém viu. Somente o IML dá vergonhosos vereditos. A matança é geral, nos quatro cantos deste Estado de Sergipe, e em todo o NORDESTE, a situação se repete.

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
Felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente. Érico Veríssimo, escritor brasileiro, nasceu em 17 de Dezembro de 1905 e morreu em 1975.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários