Protesto silencioso

0

Não se surpreenda se a abstenção agora no 2º turno for ainda maior do que o elevado percentual registrado em Aracaju no último dia 2. No 1º turno, dos 397.228 eleitores aptos a votar, 71.646 (18%) não compareceram às urnas, enquanto outros 14.015 (4,30%) votaram em branco e 54.062 (16,60) anularam os votos. Uma série de fatores deve contribuir para aumentar ainda mais a ausência do eleitorado no próximo dia 30. O principal deles é baixo nível das campanhas dos prefeituráveis Edvaldo Nogueira (PCdoB) e Valadares Filho (PSB). Ademais, os dois seguem prometendo mundos e fundos sem explicar de onde tirarão os recursos para honrar as mirabolantes promessas. Conta ainda em favor da abstenção a redução do leque de opções para votar no 2º turno e a ausência da figura do candidato a vereador. Também afastará os eleitores das urnas o feriadão, previsto para começar no dia 28 (sexta-feira) com o Dia do Servidor Público, devendo se prolongar – para muitos – até o Dia de Finados (2). Por fim, o cidadão anda tiririca com a classe política, que segue olhando para o próprio umbigo e, na grande maioria, só pensa em se locupletar com o dinheiro do contribuinte. Por tudo isso e por “otras cositas mas”, é muito mais agradável ir à praia do que às urnas, mesmo pagando R$ 3,51 pela ausência.

Quebrou na solda

É bom os candidatos Edvaldo Nogueira e Valadares Filho colocarem as barbas de molho, pois quem for eleito encontrará uma prefeitura totalmente esculhambada. Segundo o presidente do Tribunal de Contas de Sergipe, Clóvis Barbosa, a situação é de caos em Aracaju, pois a administração do ainda prefeito João Alves Filho (DEM) não tem cumprido muitas das suas obrigações. Misericórdia!

Mão grande

E a Polícia está investigando o furto de um motor e uma caixa de marcha de caminhões pertencentes à Prefeitura de Estância. Interessante é que o pátio onde estavam os produtos furtados fica ao lado do 6º Batalhão da Polícia Militar. Informado da gatunagem, o prefeito eleito Gilson Andrade (PTC) disse esperar que os responsáveis pelo crime sejam identificados e punidos. Tomara!

Comendo veneno

A abobrinha foi o alimento no qual foram encontrados mais resíduos de agrotóxicos. Estudo da Avisa revela que entre as 229 amostras de abobrinha, 48% foram consideradas insatisfatórias, 45% por terem ingredientes ativos não autorizados. O levantamento também constatou excesso de veneno no feijão, alface, fubá de milho, tomate e uva. Com tanto agrotóxico na lavoura, o difícil é descobrir qual alimento não está envenenado.

Zero, zero!

De um eleitor que anulou o voto no 1º turno e vai fazer o mesmo no próximo dia 30: “Não adianta buscar a liberdade de expressão nesta democracia burguesa, num sistema político que nos obriga a votar. Prova isso é que a urna eletrônica não possui a tecla do voto nulo. Portanto, é preciso contestar, dizer não ao que está aí, digitando zero, zero e confirmando”. Homem, vôte!

Marcação serrada

A Frente Brasil Popular se reúne nesta quarta-feira em Aracaju para protestar contra a PEC 241, que corta os investimentos públicos, e o PL 257, que a entrega do pré-sal para as petroleiras estrangeiras. Também será elaborada uma Carta Política e de Compromissos sobre as eleições em Aracaju, com uma leitura da Frente sobre o momento político atual. A reunião plenária está marcada para às 17h, no Sindicato dos Bancários. Participe!

Fique atento

O motorista que deixa o veículo aberto e com a chave na ignição não tem direito ao seguro se o carro for furtado. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que essa conduta voluntária do segurado ultrapassa os limites da culpa grave, incluindo-se nas hipóteses de agravamento de risco, determinando o afastamento da cobertura securitária. Portanto, abra olho e feche o carro.

Prisão domiciliar

Embora a Polícia negue, moradores do bairro Santa Maria, em Aracaju, não podem sair de casa durante a noite. A bandidagem, que infesta aquela localidade, decretou toque de recolher e quem desrespeitar a “ordem” pode amanhecer com a boca cheia de formiga. A ousadia dos marginais expõe a incompetência do governo para reduzir a criminalidade em Sergipe. Lastimável!

Estado incapaz

Diligente como é, bem que o Ministério Público Estadual poderia processar o governo de Sergipe pela total falta de segurança pública. Ao deixar de cumprir o artigo 144 da Constituição Federal, que estabelece ser o direito à segurança uma prerrogativa indispensável, o Executivo deixa os cidadãos entregues à vontade dos criminosos.

Bons de ‘cana’

Cerca de 47% dos usuários de bebidas alcoólicas começou a beber com menos de 18 anos. Segundo estudo do IBGE, 34,5% dos usuários tiveram o primeiro contato com a “birita” entre os 15 e os 17 anos e 12,5%, antes dos 15 anos. Um dado preocupante da pesquisa é que 24,3% dos usuários de álcool assumiram já ter dirigido sob efeito de bebida. Uma lástima, né?

Greve branca

Com os salários atrasados e sem previsão de botar a grana no bolso, os médicos da Prefeitura de Aracaju estão em greve por tempo indeterminado. Portanto, quem estiver doente não deve procurar os postos de saúde do município. Só falta a esculhambada administração do prefeito João Alves Filho sugerir aos aracajuanos que recorram a um pai de santo ou a uma simpática rezadeira. Aff Maria!

Recorte de jornal

Publicado no site acertodecontas.blog.br em 8 de outubro de 2008

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários