PT tomou juízo

0

O encontro estadual do PT, realizado no final de semana em Aracaju, parece ter selado a paz entre os grupos liderados pelos deputados federais Rogério Carvalho e Márcio Macedo. De mãos dadas, os dois prometeram marchar juntos na campanha eleitoral que se avizinha. De quebra, Rogério conseguiu o apoio do partido para, se desejar, concorrer ao Senado. Tomara que a dose de juízo ministrada pelo presidente nacional do partido, Ruy Falcão, tenha chegado a tempo de rearrumar o partido com vistas às próximas eleições e, principalmente, fortalecê-lo para a disputa por espaço na chapa majoritária encabeçada pelo governador Jackson Barreto (PMDB).

Depende de João

A chapa dos sonhos de Jackson Barreto é ele disputando a reeleição, o DEM indicando o candidato a vice e o PT disputando a única vaga para o Senado. A revelação é do senador Antônio Carlos Valadares (PSB), que ontem alertou pelo twitter: “Amanhã não venham acusar o PSB de traição por abandonar um projeto que ajudamos a construir em 1994”. O senador negou ter sugerido ao DEM uma chapa encabeçada por João Alves Filho, tendo como candidato a vice o neosocialista Belivaldo Chagas.

Negando

E o prefeito de Aracaju, João Alves Filho, negou qualquer entendimento com o PSB para a disputa do governo estadual. Em nota, o demista desmente ter discutido sobre o nome de Belivaldo Chagas como candidato a vice numa chapa encabeçada por ele. “Quando qualquer decisão ocorrer, a imprensa sergipana será a primeira a divulgar a informação”, prometeu Alves Filho. Então tá!

Está livre

A Justiça concedeu ontem habeas corpus ao sargento Edgard Menezes, presidente da Associação dos Militares de Sergipe (Amese). Ele foi preso sábado passado sob a acusação de abandonar o serviço para participar de uma reunião da entidade que dirige. O habeas corpus foi concedido minutos antes de Edgard ser transferido para o Presídio Militar.

Shopping maior

Antes mesmo de começar a ser construído, o primeiro shopping de Itabaiana teve seu projeto físico alterado para ganhar um segundo piso: O empreendimento passou das 54 lojas iniciais para 150, tendo o investimento, anteriormente previsto de R$ 18 milhões, saltado para R$ 50 milhões. Segundo o empresário Messias Peixoto, a ampliação do projeto deveu-se à grande procura da classe empresarial pelas lojas colocadas à venda em outubro do ano passado.

Tutela militar

“A Tutela Militar em Sergipe”, livro do professor, historiador e cientista político Ibarê Costa Dantas, será relançado em maior próximo. Segundo o blog Primeira Mão, a iniciativa é da Universidade Federal de Sergipe e o lançamento da 2ª edição faz parte da programação dos 46 anos da fundação da UFS. A ideia é de que também venha a lembrar a todos como foram os anos de chumbo, que completam 50 anos agora, no dia 31 de março, em Sergipe.

Fórum

Aracaju vai sediar o 3º Fórum Nordeste 2030 – visão estratégica de longo prazo – Sergipe, O Nordeste que deu Certo. Será a partir das 8h30 de hoje no auditório da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe. Estão previstas palestras sobre “Uma agenda de desenvolvimento para o NE”, “Os desafios da infraestrutura e logística do NE”, “Petróleo e Gás – Rumo a 2030” e “As MPEs na construção do desenvolvimento do Nordeste até 2030”. Entre os palestrantes está Otaviano Canuto, economista chefe do Banco Mundial para a América Latina.

Obra cara

A terraplenagem da área onde será construído o Hospital do Câncer é uma das obras mais caras do mundo: R$ 12 milhões. Por ser encharcado, todo o solo será substituído por 1.000 m³ de areia visando garantir uma superfície sólida para o andamento seguro da construção. Depois, o local será nivelado com cerca de 200.000 m³ de argila. Será que não existia em Aracaju uma área mais firme para baratear a obra do hospital?

Pedra fundamental

Será lançada hoje em Estância a pedra fundamental da nova unidade de fabricação de embalagens de vidro do grupo Frances Saint-Gobain/Verallia. Marcada para as 10h, a solenidade vai ser prestigiada pelo governador Jackson Barreto. Serão investidos R$ 250 milhões na construção da nova fábrica, que começa a operar no segundo semestre de 2015.

Outra obra

Preso sob a acusação de lavagem de dinheiro e sumiço de provas judiciais, o presidente da REF Brasil, Paulo Roberto Costa, colocou em último plano o projeto de implantação da refinaria em Sergipe. Segundo as más línguas, seu pensamento agora deve estar ocupado com outra obra: a construção de um túnel para cruzar os muros da cadeia rumo à liberdade. Pelo menos este é o sonho de todo preso.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Tempo em 9 de setembro de 1950

 

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários