Puna os fichas sujas

0

O fato de o Congresso ter empurrado com a barriga a votação do projeto que pune os candidatos fichas sujas não significa que o povo deve ficar calado e, pior ainda, ir às urnas votar em políticos envolvidos com crimes graves, como homicídio, tráfico de drogas, ou naqueles acusados de fazer caixa dois, promover superfaturamento de obras para se locupletar, e que renunciaram para evitar o processo de cassação. O eleitor pode colaborar com o aperfeiçoamento da democracia e a moralização da coisa pública, votando em candidatos que não estejam envolvidos com atos ilícitos. O cidadão precisa entender que, quando se dá o voto a um corrupto, está prejudicando a si próprio. Portanto, precisamos estar conscientes sobre os malefícios causados pelos políticos fichas sujas e puni-los nas urnas. Essa é uma tarefa de toda a sociedade.

 

Briga de foice

 

Oposição e governo estão travando uma verdadeira briga de foice na Assembléia. O clima anda tão quente que nem sempre é possível realizar as sessões, a exemplo do que ocorreu ontem, quando o lide governista Francisco Gualberto (PT) tirou o quorum para impedir os discursos inflamados dos oposicionistas. A confusão, contudo, não interessa à sociedade, pois os senhores parlamentares – com exceção – estão de olho nas eleições. Enquanto eles duelam, o povo pobre continua cada vez mais pobre. Que lástima!

 

Contra o tempo

 

Temendo pesadas multas, boa parte das farmácias já começou a colocar os medicamentos vendidos sem a necessidade de receita médica atrás do balcão. Os estabelecimentos correm para se adptar às regras da Anvisa, que também proíbem a venda de alimentos e outros produtos nas farmácias. A multa para quem não cumprir a determinação vai de R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão. A Anvisa promete realizar blitze em todo o país nos próximos dias.

 

Profissional verde

 

O mercado está de olho em profissionais engajados com a questão do meio ambiente. O reflexo disso é a oferta de cursos ligados a este mercado em crescimento. Segundo o jornal Metro, universidades públicas e privadas apostam em novos cursos para preparar os profissionais do futuro. Os salários variam entre R$ 4 mil e R$ 15 mil. O setor está em alta e tem muito emprego, porém é bem exigente. É preciso preparação e muita dedicação.

 

Cadeirinha obrigatória

 

Fique atento: a partir de 9 de junho próximo, motoristas que trafegarem com crianças sem a cadeirinha infantil no banco traseiro estarão sujeitos a multa de R$ 191,54 (gravíssima), além de perder sete pontos na carteira. A mudança na legislação foi determinada dois anos atrás pelo Contran, para valer em junho que vem. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, a utilização correta da cadeirinha reduz em 70% a possibilidade de morte de um bebê em acidentes.

 

Dívidas parceladas

 

O secretário da Fazenda, João Andrade, participou ontem de uma reunião-almoço na CDL/Aracaju para apresentar o Refis Estadual. O Programa é destinado às empresas em débito com o ICMS, desde que estes tenham sido apurados em infrações lavradas até 31 de dezembro de 2008. Estão aptas também as empresas que tenham débitos de parcelamentos em curso, e aquelas com parcelamentos anteriores rescindidos até agosto de 2009. O Refis deve ser aprovado pela Assembléia na próxima semana. A Fazenda tem a receber de ICMS algo em torno de R$ 2,7 bilhões. Vôte!

 

Reajuste a caminho

Poderá ser decidido nesta sexta-feira o reajuste dos aposentados que recebem acima de um salário mínimo. Setores do governo federal dizem que já se discute a possibilidade de elevar de 6,14% para 7% a proposta enviada ao Congresso. Dois motivos fazem o governo tratar o tema com cautela: o impacto orçamentário do reajuste e o provável desgaste com os aposentados em pleno ano eleitoral.

No pedal

O Dia do Trabalhador  – 1º de maio – será comemorado com um grande passeio ciclístico. A segunda edição da Pedalada do Trabalhador está sendo preparada pela Prefeitura de Aracaju. A concentração acontecerá na praça do 28º BC, no bairro 18 do Forte, e a saída está prevista para as 16 horas. Os ciclistas passarão pela avenida Minas Gerais, rua Salgado, avenida Maranhão, avenida São Paulo, avenida Centenário, avenida Poço do Mero, chegando no final de linha do Bugio. Tá nessa?

 

Penhor em alta

A linha de Penhor da Caixa Econômica Federal emprestou nos primeiros três meses deste ano 8,8% a mais do que montante negociado de janeiro a março do ano passado. Segundo a Caixa, o Penhor e o Micropenhor são modalidades de financiamento muito atrativas por suas características de facilidade de acesso, rapidez e juros baixos. O pagamento do empréstimo, que varia de R$ 50 a R$ 50 mil por operação, pode ser feito em até 180 dias. O crédito é limitado a 85% do valor de avaliação do bem. As taxas de juros são de 2,03% ao mês na modalidade Penhor e de 1,7% ao mês no Micropenhor.

 

Aviso do Leão

 

A Receita Federal reafirmou ontem que vai manter o prazo da entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2010 para o dia 30 de abril. O “Leão” alerta o contribuinte para não deixar a entrega da declaração para a última hora porque pode descobrir, no ato de preencher a declaração, que falta um documento ou informação relevante. Outro problema que pode ocorrer é uma falha com o provedor de acesso à internet do contribuinte, em seu computador, ou mesmo na rede que interliga a máquina à internet.

 

Dá-lhe Mengão

 

Não foi dessa vez que os corvos de plantão tiraram a alegria da urubuzada. Graças à combinação de resultados, o Flamengo garantiu, ontem à noite, a vaga na Libertadores. Agora o Mengão vai se preparar de olho no próximo adversário: o Corinthians do gordo Ronaldo. O jogo entre os dois times de maior torcida do Brasil está marcado para a próxima quarta-feira, no Maracanã. Quer apostar uma mariola como o Urubu papa o Timão?

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários