Quebra de braço

0

Governo e oposição voltam a medir força hoje na Assembleia. A causa do embate é o requerimento do líder governista Francisco Gualberto (PT) pedindo urgência na tramitação do projeto autorizando o Executivo a contrair empréstimo de R$ 250 milhões para a saúde. Se aprovado o requerimento, a matéria tem análise rápida nas comissões temáticas, pois a oposição não poderá protelar seu andamento com sucessivas solicitações de vistas. A previsão é que o pedido de urgência seja aprovado. Em isso acontecendo, a novela deste empréstimo, que se arrasta desde agosto do ano passado, entra em seus últimos capítulos e terá um final feliz. Aguardemos, portanto!

Com pressa

E o deputado estadual Zé Franco (PDT) não vê a hora de assumir em definitivo a presidência da Assembleia. Tem rezado com fervor para Santa Terezinha convencer a deputada Angélica Guimarães (PSC) a assumir logo a cadeira de conselheira no Tribunal de Contas do Estado. Eleita ontem para o cargo por unanimidade, a parlamentar cristã não tem demonstrado vontade de renunciar ao mandato imediatamente.

Adesão

O PMN pode apoiar a reeleição do governador Jackson Barreto (PMDB). A possível aliança foi discutida ontem entre o peemedebista e o presidente do PMN em Sergipe, Antônio Luiz. Os dois garantem que outras conversas acontecerão antes que a coligação seja sacramentada.

Recado

Os que tentam isolar o PSB para forçá-lo a apoiá-los devem esperar por isso sentados. A advertência foi feita ontem pelo líder maior do PSB em Sergipe, senador Antônio Carlos Valadares, que, no entanto, não revelou o alvo de seu recado. Os peessebistas sergipanos se reúnem sexta-feira próxima para definirem qual rumo tomarão na campanha eleitoral deste ano.

Deselegante

Repercutiram muito mal os ataques feitos pela professora Avilete Cruz (Psol) ao falecido ex-governador Marcelo Déda (PT). Entre outras coisas, ela acusou o petista de ter quebrado Sergipe. Aliás, na campanha eleitoral de 2010, Avilete acusou a presidente Dilma Rousseff (PT) de ser assassina e assaltante de bancos, atitude reprovada pela maioria dos eleitores.

De porta em porta

O tucano José Carlos Machado passou o dia ontem em Brasília conversando sobre as eleições deste ano. Primeiro se encontrou com o senador Eduardo Amorim (PSC) e depois foi conversar com os Valadares (pai e filho). Disposto e disputar um mandato eletivo, Machadão trabalha visando construir uma boa coligação para o PSDB sergipano, até porque precisa montar palanque para o presidenciável Aécio Neves.

Prazo final

Os 32 partidos políticos têm até a próxima segunda-feira para entregar a lista com as datas de filiação e os números dos títulos e das seções eleitorais em que os filiados estiverem inscritos. Caso o prazo não seja respeitado, prevalecerá para a Justiça Eleitoral a filiação constante da última relação apresentada pela legenda.

Alerta ao eleitor

O eleitor deve ter muito cuidado com candidatos que investem em compra de votos e boca de urna. O alerta é do vereador aracajuano Roberto Morais (SDD). Ele sugere que a população analise o currículo dos candidatos, as propostas apresentadas e denuncie aqueles que tentam se eleger comprando a consciência do cidadão. Morais, que é pastor evangélico, entende que a qualidade dos parlamentos depende da boa escolha feita pelo eleitorado. Está certíssimo!

E a carnalita?

Alguém sabe qual a decisão da Vale sobre o projeto de exploração da carnalita em Sergipe? Depois de tantas brigas, e após o acordo firmado entre o governo estadual e as prefeituras de Capela e Japaratuba, a mineradora não falou mais no assunto. O que está faltando para a Vale anunciar o início do projeto de R$ 4 bilhões para ampliar a produção de potássio em Sergipe? Aqui pra nós, esse silêncio da empresa está cheirando a enrolação.

Obstrução

O deputado federal André Moura, líder do PSC na Câmara, anunciou ontem que o partido vai obstruir os trabalhos legislativos até que o Projeto de Lei fixando o piso salarial dos agentes de saúde e de combate às endemias entre na pauta de votação. O parlamentar sergipano ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pelos profissionais que atuam de forma preventiva.

Recorte de jornal

Publicado no Sergipe Jornal em 31 de outubro de 1936

Resumo de Jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais