Quem cala consente

0

Alguém pode explicar o silêncio do governo sobre a gravíssima informação de que a saúde pública teria sido usada na reeleição do governador Belivaldo Chagas (PSD)? Ora, não se trata de uma denúncia anônima, mas de uma afirmação feita pelo ex-secretário da Saúde Valberto Oliveira (MDB). Segundo ele, de maio a outubro de 2018, a estrutura da pasta que dirigia foi direcionada para a campanha política de Belivaldo. Essa é uma denúncia muito séria, principalmente porque esse mesmo governador já teve o mandato cassado, sob a acusação de usar outros setores da máquina do estado em favor de sua reeleição. Muito por isso, a afirmação feita agora pelo ex-secretário caberia um imediato desmentido do governo, até para não admitir o famoso ditado “quem cala consente”. Também é estranho o silêncio da maioria da Assembleia, do Ministério Público e da chamada grande imprensa. Será que as constatações do médico Valberto Oliveira não merecem crédito ou é conveniente não apurar esta denúncia contra o governador Belivaldo Chagas? Mistééééério!

Câmara se explica

A Câmara de Vereadores de Aracaju nega que o seu novo contratado Jorge Araújo Filho (PSD) ganha um salário de R$ 19 mil no Legislativo para coordenar a campanha de reeleição do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). Em nota, o Parlamento jura que o ex-secretário da Prefeitura “não goza de privilégios” e que a denúncia peca “por desinformação ou má fé”. Por sua vez, Jorginho explicou que coordena a campanha do amigo prefeito nas horas vagas. Então, tá!

Delegada vira alvo

Os marqueteiros da candidata a prefeita Danielle Garcia (Cidadania) precisam agir rápido para tirá-la do foco dos ataques dirigidos pelos dos demais prefeituráveis. Por aparecer como segunda melhor colocada na pesquisa do Ibope, a moça tem apanhado mais do que pandeiro em samba. O desejo de todos é desbancá-la, de olho no 2º turno. Ontem, o candidato do PTB, Rodrigo Valadares, perguntou à delegada “por quanto você se vendeu?”. Misericórdia!

Calado por resposta

Quando esteve em Sergipe, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ouviu do governador Belivaldo Chagas (PSD) que gostaria de ser recebido por ele em audiência no Palácio do Planalto. Já se passaram dois meses do pedido sem que o encontro solicitado tenha sido agendado. Será que, agora como vice-líder do governo na Câmara, o deputado federal Gustinho Ribeiro (SD) não poderia quebrar esse galho para o governador? Crendeuspai!

Novo vereador

O PDT voltou a ter cinco cadeiras na Câmara Municipal de Aracaju. O novo vereador pedetista é o tenente/PM Heliomarto Rezende Silva, que substituiu o sargento Vieira (Cidadania). Tendo assumido a cadeira do vereador Jason Neto (PDT), que morreu vítima de um infarto, o cidadanista só passou um mês na Câmara, pois o PDT pediu seu mandato por infidelidade partidária, já que ele mudou de legenda antes da janela eleitoral. Tanto o tenente, quanto o sargento são candidatos a vereador nas próximas eleições. Ah, bom!

Safra recorde

Caso as previsões do IBGE se confirmem, Sergipe deve produzir, agora em 2020, a maior safra de milho dos últimos 10 anos: 847.797 toneladas. Segundo a Secretaria da Agricultura, o volume de grãos previsto para este ano representará 29,9% da produção em relação apurada em 2019. O recorde também será contabilizado no rendimento médio de 5.509 kg/ha, pois a área colhida (154.893 ha) será 11,8% maior. Os municípios de Carira, Simão Dias e Frei Paulo são os maiores produtores de milho em Sergipe. Maravilha!

Tanque cheio

Muitos candidatos têm evitado promover carreatas por falta de dinheiro. Segundo denúncias, em alguns municípios de Sergipe os políticos estão distribuindo R$ 50 e R$ 100 para abastecer, respectivamente, motocicletas e automóveis. Portanto, quanto maior a carreata, maior a despesa com gasolina e álcool, sem contar uma granazinha para bancar a cachaça da galera. Foi-se o tempo em que era bonito cantar “ideologia, eu quero uma pra viver”. Agora, é na base da bufunfa ou nada feito. Desconjuro!

Campanha franciscana

O PSTU faz o que se pode chamar de uma “campanha franciscana”. Sem dinheiro e tempo no horário eleitoral gratuito no rádio e na TV, os candidatos do partido utilizam as redes sociais e as entrevistas para expor suas propostas à população. Segundo a prefeiturável Gilvaní Santos, a tendência é continuar assim até o final. “Dependemos da ajuda financeira dos trabalhadores que, nesta conjuntura de pandemia e crise econômica, passam por muitas dificuldades”, afirma Gilvaní. Esta informação é do Blog Primeira Mão.

Agora vai!

O candidato a prefeito Juraci Nunes (PMB) garante que, se for eleito, acabará com o desemprego e a fome em Aracaju. E o moço vai além: renuncia se não cumprir o prometido em dois anos. Aos que têm tempo para ouvi-lo, o prefeiturável enumera uma séria de medidas, segundo ele, capazes de tornar a fome e o desemprego coisas do passado na terrinha. Em sendo verdade o que Juraci afirma e se ele for eleito, Aracaju finalmente será transformada num pedacinho do paraíso aqui na terra. Home vôte!

Agência de empregos

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) protocolou um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para impedir a sabatina de Jorge Oliveira. O dito cujo foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para uma vaga no Tribunal de Contas da União (TCU). Segundo o Vieira, a vaga ainda não existe, só devendo ser aberta em dezembro, com a aposentadoria do ministro José Múcio Monteiro. “O Senado não pode se portar como uma agência de emprego, formadora de cadastro de reserva”, afirmou Alessandro. Cruz, credo!

Recorte de jornal

Publicado no jornal O Maruinense, em 30 de agosto de 1891

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários