Quem segura o envio documentos da Babel ao MPF?

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Quem está segurando envio de inquérito policial da Operação Babel ao MPF?  A procuradora do MPF, Eunice Dantas, tão logo foi informada do      

Manchetes do Cinform desta semana. 

resultado da Operação Babel, realizada pelo Deotap, pediu cópia a Justiça de todo processo. Desde o dia 26 de junho  que a juíza de direito Valéria Libório, autorizou o envio ao MPF. Até hoje nada!

No inquérito tem todas as mídias, o pedido de busca e apreensão e a quebra do sigilo telefônico.

Só para lembrar como foi noticiado pelo Cinform dessa semana: “Há provas documentais, enviadas pelo Conselho de Contyrole de Atividades Financeiras – COAF, de saques suspeitos de elevadas quantias, efetuadas na boca do Caixa pelo sócio da Torre Empreendimentos, José Antônio Torres, às vésperas do segundo turno das eleições de 2016, aliadas a provas de contatos telefônicos mantidos entre o empresário e o então candidato a prefeito, Edvaldo Nogueira, detentor de foro de prerrogativa de função…”

Em caso de condenação Lembra o Cinform “Se condenado, Edvaldo pode pegar mais de cinco anos de prisão por ter omitido, em documento públkico, declaração que devia constar, ou por ter feito declaração falsa para fins eleitorais. A pena é agravada quando o réu que pratica o crime de falsidade ideológica é agente público… Ainda há a possibilidade de Edvaldo ser processado por omissão na prestação de contas de sua campanha eleitoral ao TRE, o que caracteriza o uso de caixa dois…"

É preciso que a Justiça se pronuncie. É preciso que a procuradora Eunice Dantas investigue quem está travando. A sociedade agradece.

Mais um emergencial Enquanto isso só para não perder a piada… vem aí mais uma licitação emergencial em Aracaju…Também…pelas últimas  

Nas redes sociais ontem, Cunha e as malas antes da prisão. 

 notícias se depender do TCE essa história passará pela via de todos os pontos cardeais.

Sobre André Moura numa chapa majoritária E não tem jeito não, nem de um lado, nem de outro. Em 2016, em Aracaju, só porque teve o apoio e ele nem apareceu na campanha, Valadares Filho, perdeu, imagine André numa chapa majoritária. O estrago será gigante. Será um gol de placa para o competente marqueteiro Cauê.

A Lista dos 56,9 milhões gastos por Eduardo Cunha  O delator Lúcio Funaro, através de relatório já comprovado pela PF, pagou ao ex-deputado Eduardo Cunha R$ 56,9 milhões mesmo depois do início da Lava Jato, em março de 2014. A Lista dos 56,9 milhões gastos por Eduardo Cunha.  É que o Brasil espera. Ainda bem que não aparecerá ninguém de Sergipe: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/09/1919366-cunha-recebeu-r-57-mi-de-funaro-apos-inicio-da-lava-jato-aponta-pf.shtml

Show Agnaldo Timóteo pago TCE, R$ 22 mil foi errado, mas cadê a indignação com os desmandos na saúde?  Sergipe Del Rey tem algumas respostas que se calam. Clóvis Barbosa errou ao contratar Agnaldo Timóteo por R$ 22 mil para evento no TCE/SE. Porém, os mesmos ciosos do dinheiro público se calam com os desmandos na saúde, o gasto de milhões num prédio particular e até o dinheiro que o próprio TCE, transferiu para a saúde, numa relação não muito republicada. A indignação deve ser total e não seletiva por instituição e poder.

Em respeito a biografia do governador Déda. Ele auditou as contas de João Alves É preciso lembrar para respeitar a biografia do governador Marcelo Déda, que teve erros, mas na balança foi o maior dos últimos anos e, efetivamente, foi o único que governou Sergipe de verdade nos últimos governos.      

 Irregularidades  Marcelo Déda auditou sim as contas de João Alves, até 2006, nas quais encontrou uma série de irregularidades, a exemplo da "Navalha X Gautama, da FUBRAS, dos crimes contra as finanças públicas, da Maternidade Fantasma, cujos processos foram remetidos ao TCE, ao MPE  e ao MPF.

Pizza grande Na parte do TCE, terminou numa pizza gigante. O MPE levou cinco anos para ajuizar a ação do caso FUBRAS, cujo processo dorme em armário "esplêndido" do judiciário.

Atuação forte do MPF Mais forte foi a atuação do MPF, que livre das prevaricações, levou João e seus "auxiliares" às  baias do Judiciário Federal, com a "Navalha" que ainda hoje corta a carne do "desgoverno" de  João Alves, cujo processo havia subido para o TRF-5, por conta do foro de prerrogativa de funcão de João-Prefeito, mas já deve ter retornado para a Justiça Federal em Aracaju, onde João terá a oportunidade de repor os mais de R$ 178 milhões desviados da deso, com a "Navalha -Gautama"!

Só para lembrar as contas de 2006 Em tempo, as contas anuais de 2006, de João houve uma rombo de mais de R$ 150 milhões, o que configura crime contra as finanças públicas, mas o TCE "entendeu" que "foi sem querer, querendo"… Então, passou a mão na cabeça de João, cujo processo passou em brancas nuvens pelo julgamento da Alese…

Contas de 2015 Por falar em contas anuais, há um pergunta que não quer calar: em que pé está o processo das contas anuais de 2015 do governo do estado, no TCE? Que é o relator (a)? Qual foi o tipo de parecer prévio emitido? Houve ou está havendo algum tipo de "pressão" de fora ou dentro? Estaria aí a justificativa para André Moura tomar o comando do PMDB estadual? Perguntar não ofende! Ou ofende?

AJU terra sem ação social. Número crianças nas ruas aumentou Quem circula por Aracaju pelas principais avenidas dá de cara com crianças nos semáforos, geralmente com um adulto sentado numa calçada próxima. Ou seja, exploração de menores. Na orla crianças andam com caixas de bala vendendo e um adulto acompanhando de longe. Ou seja, exploração de menores. Não tem política de ação social, só mídia: se tiver emissora de televisão então, os dois gestores (estadual e municipal) aparecem até em aniversário de boneca…tudo por 2018…

SEED está falida? Nas últimas semanas o blog recebe quase que diariamente reclamações de terceirizados, empresas pequenas e médias que venderam a Secretaria de Estado da Educação e até veículos de comunicação que estão esperando receber pagamentos desde o início do ano.  Sei não…

Título de cidadania Será realizada hoje, 19, às 17h, no Plenário da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), a Sessão Solene de entrega do Título de Cidadão Aracajuano ao Músico-Chefe do Naipe de Contrabaixos da Orquestra Sinfônica de Sergipe (ORSSE), Jair Rabelo Maciel Barbosa Filho. O requerimento nº 8/2017 é de autoria do parlamentar e presidente Nitinho (PSD).

3,5 mil cisternas para Sergipe O governador Jackson Barreto e o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, anunciaram ontem, 18, em Tobias Barreto, investimentos que superam o valor de R$ 19 milhões para implantação de 3.576 cisternas e aguadas em municípios sergipanos (R$ 15 milhões) e para incluir 2 mil famílias sergipanas no Programa de Inclusão Produtiva Rural (R$ 4,8 milhões).

Armazenamento de água O convênio firmado entre o Ministério do Desenvolvimento Social e o governo do Estado de Sergipe, por meio da secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), no âmbito do Programa Nacional de Apoio à captação de Água de Chuva e Outras Tecnologias – Programa Cisternas possibilitará a construção de barreiros (aguadas) e cisternas de placas de 16 mil litros para armazenamento de água para famílias rurais de baixa renda atingidas pela seca nos municípios do semiárido sergipano.                                                                             

Sindicalistas em frente a sede da TV Sergipe. 

Apoio comunicadores  Ontem, 18, o Sindicato dos Radialistas de Sergipe realizou um ato em frente a TV Sergipe, filiada à Rede Globo, reivindicando melhorias. Desde o mês de fevereiro a categoria tenta negociar na Delegacia Regional do Trabalho, mas os patrões não atendem as reivindicações, e segundo os sindicalistas, fazem pouco caso da situação precária dos trabalhadores da Comunicação.

Perdas salariais A principal reivindicação da categoria é reposição das perdas salariais de 4% mais um de ganho real. “É humilhante e deprimente o que os patrões fazem com nós, trabalhadores fazem com nós radialistas de Sergipe”, disse Alex Carvalho, vice-presidente do Sindicato do Radislistas.

Causa justa O vereador Isac se sensibilizou com a luta da categoria e participou do ato. “O salário do trabalhador não é para comprar lancha, nem avião, é para comprar comida, pagar escola dos filhos, é para manter suas famílias. Portanto, eu quero prestar a vocês a minha solidariedade, e a minha compreensão, da justeza que é esse movimento de vocês, em exigir uma efetiva negociação com a recuperação das perdas inflacionarias”, disse o parlamentar.

Alvaro Dias concede entrevista ao Jornal da Ilha Ontem, 18, o senador Álvaro Dias (Podemos), concedeu uma entrevista exclusiva ao Jornal da Ilha. Pré-candidato à Presidência da República nas eleições de 2018, Álvaro falou sobre esse projeto, fez um diagnóstico sobre a crise política que o Brasil enfrenta e disse que o partido ainda está em busca do seu representante em Sergipe.

Caminho  “O partido já definiu. Eu só não serei candidato se Deus não quiser ou se acontecer algum problema grave. E nós vamos seguir esse caminho difícil de ser caminhado, ouvindo o povo, olhando onde estão as dificuldades. Onde está o sofrimento é onde devemos estar. Apesar de não poder dizer ainda que se é candidato, mas sim pré-candidato. Todos já estão por aí fazendo campanha, pedindo votos, caminhando pelas estradas e fazendo até promessas impossíveis”, destacou o senador confirmando a pré-candidatura.

Conversa com JB e Edvaldo Sobre as conversas e possíveis negociações entre o Podemos e o governador Jackson Barreto (PMDB) e também com o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), Álvaro confirmou.“Realmente houve contato, não sei dizer de quem para quem. Mas sei que a presidente do partido, Renata Abreu conversou tanto com o governador Jackson Barreto quanto com o prefeito Edvaldo Nogueira. Eu fiz uma ligação para o governador e o convidei para uma conversa quando viesse à Brasília, sem compromisso. Não houve ainda nenhuma conversa objetiva e concreta. Não sei se eles têm intenção ou não. Nós estamos apenas abrindo portas para quem quer lutar pela população”, explicou ele.                                

Deputado Garibalde disse que vai priorizar solução para conflito.

Zona de Expansão Ontem, 18, Karina Drummond, presidente do Combaze, e  o ex-deputado José Carlos Machado reuniram-se com o deputado estadual Garibalde Mendonça, que preside a Comissão Parlamentar de Assuntos Territoriais, para tratar dos conflitos de limites entre Aracaju e São Cristóvão.

Conflito Garibalde se comprometeu a dar prioridade a esse conflito a partir desta semana, quando os trabalhos da Comissão começarão, com uma reunião que definirá o plano de ação e para a qual fomos convidados a participar. O encontro ocorrerá na sexta, 22, e espero contribuir para a solução desses impasses.

Reforço em Japaratuba Ontem, 14, o município de Japaratuba recebeu um novo carro para o policiamento ostensivo na zona urbana e rural da cidade.A chegada da viatura atende ao pedido da prefeita Lara e de vereadores de Japaratuba em visita à chefia da Segurança Pública de Sergipe em maio passado.Nos últimos meses, Japaratuba tem sido alvo de constantes assaltos e mortes. Com a nova viatura, será reforçado o policiamento da região, garantindo maior segurança à população.

Apoio Embora a segurança pública seja responsabilidade do Estado, a Prefeitura de Japaratuba concede todo o apoio necessário ao destacamento local. “O que podemos fazer é cobrar das forças de segurança mais proteção à população. Para isso, precisamos de maior contingente e melhor aparato para que os policiais possam realizar seu trabalho a contento”, explicou a prefeita.

Inclusão de Pessoas com Deficiência “Somos diferentes em nossos voos, mas iguais no direito de voar” é o tema da I Semana da Inclusão de Pessoas com Deficiência realizada pela Prefeitura de Boquim, através da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, que deu início ontem, 18, e segue até o próximo dia 22/9.

Educação inclusiva Durante a abertura, a coordenadora de Inclusão do município de Boquim Vera Lúcia ressaltou a importância do evento, “pois a educação inclusiva busca atender as necessidades educativas especiais fundamentadas nos princípios éticos, políticos, da sensibilidade, da dignidade humana e da inclusão, numa concepção integradora. Queremos através desses encontros, aprimorar nossos conhecimentos na perspectiva de uma Educação Inclusiva e sensibilização dos direitos das pessoas com deficiência”.                                                                                

Destaque na revista Caras 

PELO ZAP 99890 2018

Sergipano entregou imagem de Aparecida a maestro João Carlos Martins Foi destaque na revista Caras (print ao lado) a entrega pelo padre sergipano Luiz Eduardo Pinheiro Baronto (responsável pela Cura da Sé), de uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, na apresentação que fez em uma das missas aos domingos na Catedral da Sé (SP). O maestro é protagonista do projeto cultural “Música Clássica nas igrejas” criado por Sidney Oliveira, presidente da Ultrafarma.

Reforma trabalhista Cerca de 60 participantes entre empresários, analistas de RH e advogados empresariais, participaram ontem, 18, da transmissão do seminário "Entendendo a Reforma Trabalhista",  realizado na CNC, no Rio de Janeiro. A transmissão está sendo assistida pelos participantes no auditório do Sesc Centro. A abertura do evento na CNC Rio foi feita pelo presidente da Fecomércio, Laércio Oliveira.

Coronel da reserva em duas funções Ontem, 18, circulou pelos grupos de Zap contra Cheque do coronel da reserva da PMSE, Luiz Fernando no Batalhão Especial de Segurança Patrimonial – Besp, que abriga os PMSE da reserva que foram convocados para o trabalho, como também o Diário Oficial de Aracaju com a posse dele como secretário da Defesa Civil, nomeado desde 01 de junho. O coronel não enviou para imprensa nota com os esclarecimentos. O decreto do governo do estado dispensando ele do Besp saiu no dia 15 de setembro. E os três meses e meio?                                                                                                                                                                                                             

PELO E-MAIL E FACEBOOK

I Fórum de Pacientes Renais de SE  A Associação de Renais Crônicos e Transplantados do Estado de Sergipe – ARCRESE, realizará nos dias 26 e 27 de setembro do corrente ano, no auditório da UNIT, o I FÓRUM de Pacientes Renais de Sergipe.O evento tem como objetivo geral trazer ao conhecimento da sociedade a situação da Nefrologia em Sergipe em especial as dificuldades enfrentadas pelos Renais na busca por um tratamento digno.

Participarão do evento como palestrantes: Dr. Manoel Pacheco – Nefrologista;Dr. Kleyton Bastos – Nefrologista;Drª Viviane Fernandes – Antropóloga e idealizadora do Projeto DOAR –SE;Dr. Benito Fernandes – Coordenador da Central de Transplantes;Dr. Saulo Lamartini – Defensor Público;Dr. Cezário Siqueira Neto – Presidente do Tribunal de Justiça;Drª Fernanda Moisés – Advogada Previdenciária e Professor José Lúcio Alves Costa – Presidente da ARCRESE.

Linha de cuidados Segundo Lúcio Alves, como contribuições objetivas desse primeiro Fórum pretende-sepropor uma Linha de Cuidados para o Paciente Renal, do diagnóstico inicial da DRC  ao Pós Transplante bem como a elaboração da Carta da Nefrologia de Sergipe.

                                                                                                                                                                                                                                       

PELO TWITTER

www.twitter.com/fredsonnavarro   A vida é uma roda gigante… a roda até pode estacionar mas gira em seguida e tudo muda com muita velocidade…

www.twitter.com/JorgeRibeiroSE @jornalistacf alerte a todos , perdi 2 pneus ontem, buraco antes do sinal da UNIT , em frente Atalaia Hotel , UMA VERGONHA!

www.twitter.com/Katsonabreu  Aracaju todo sofre com crateras nas ruas, que vergonha.

www.twitter.com/ValtenesPorto  Na verdade Edvaldo herdou sua própria herança com juros e correção!

www.twitter.com/braynerr   A saída de Janor da PGR foi comemorada aos gritos por alguns políticos envolvidos em corrupção. Acha agora que o roubo será consentido

ARTIGO

Políticos de procissão por Antônio Samarone                                                                                                                                                                

Duas coisas não faltam em procissão: andor e político. Em procissões menores, de povoados, pode até faltar o padre, ter poucos fies, faltar as congregações, andor sem enfeite, mas com certeza, os políticos estarão presentes. Pode-se acusar os políticos brasileiros de tudo, menos de falta de devoção. Muitas vezes rezam e cantam alto sem ao menos saber o nome do padroeiro.

Já existe uma ordem hierárquica nos cortejos religiosos: na frente, em fila indiana, as congregações com os seus estandartes; em seguida o clero, sacristão e coroinhas, na frente do andor enfeitado; logo atrás vem a banda de música (quando tem); separado por um pequeno espaço para dar visibilidade, surge o comboio de políticos (situação e oposição), e na rabeira, o povo em geral, um amontoado de gente sem prestar a menor atenção a reza. Com exceção dos que estão pagando alguma promessa, quase sempre uniformizados, para serem vistos.

Parece absurdo, mas funciona. Mesmo todo mundo sabendo que os acenos, sorrisos, apertos de mãos e abraços são falsos; os contemplados ficam felizes, e guardam o nome do político para as próximas eleições. Os mais críticos e sonhadores ainda afirmam: que nada, isso acabou. Nas próximas eleições o povo já está escaldado e não vai votar em ninguém, os políticos terão uma surpresa. Escuto isso há cinquenta anos. Enquanto acompanhar procissão por estratégia política tiver importância eleitoral, as mudanças estão longe de acontecer no Brasil.

DO BLOG

Samarone resgatando a verdadeira história de Sergipe É bom saber que muitos estão aplaudindo o trabalho de formiguinha de Antônio Samarone que aos poucos vem resgatando a história de sergipanos que foram esquecidos por muitos, inclusive de vários médicos. Como bem escreveu Marcélio Bomfim. “SAMARONE…voce está sendo a verdadeira Comissão da Verdade. Parabéns amigo.”

José Nunes da Silva Ontem, 18, Samarone publicou uma breve história sobre José Nunes da Silva, gráfico que foi líder sindical e presidente do Centro Operário Sergipano. Avô deste jornalista que também escreveu em diversos jornais e revistas. Como escreveu um amigo “A vida traz histórias interessantes das origens. Vem de berço essa sua história na comunicação e na política. Uma história que faz falta em tempo de tanta iniquidade política, tanta ausência de valores éticos em nossa sociedade.”                                                                                                               

                                                                                         

JOSÉ NUNES DA SILVA – Histórias do povo sergipano  por Antônio Samarone

José Nunes da Silva, nasceu em 13 de novembro de 1904, em Aracaju, e faleceu em 26 de setembro de 1986. Filho de Antônio Nunes da Silva e Adelaide Nunes da Silva. José Nunes foi casado com a professora pública Júlia Canna Brasil (estanciana). Teve quatro filhos: Hélio Nunes da Silva, Célio Nunes da Silva (escritor e jornalista), Neyde Nunes da Silva e Layde Nunes da Silva (única viva, mora em Houston – EUA). Fonte: jornalista Claudio Nunes.

José Nunes foi gráfico, dirigente sindical, funcionário público, presidente do Centro Operário Sergipano*, entidade que teve marcante atuação nas décadas de 20 e 30, retornando na década de 50, sendo fechado pelo Golpe militar de 1964. Participou de movimentos sindicais e revolucionários em Sergipe, sendo preso em 1935 e processado pelo Governo Militar em 64. Sempre esteve ligado, desde 1922, (data de fundação nacional) ao Partido Comunista Brasileiro – PCB. José Nunes, Manoel Vicente, Gervásio Santos (Careca), Gilberto Burguesia, Major João Teles, Lídio Santos, Pedro Hilário, Tonico Alfaiate, Seu Brás do Siqueira, Antonino Pedreiro, Hélio Nunes, Álvaro Pedreiro, construíram a história do movimento social em Sergipe. Parodiando Ferreira Gullar, “quem contar a história de Sergipe e a do seu povo, tem que falar deles, ou estará mentindo”.

*O Centro Operário Sergipano, fundado em 11/12/1910, teve os seus estatutos aprovados em 09/07/1911, assinados   por Olympio Mendonça, Manuel Júlio da Silva e Avelino dos Reis; e teve como primeiro Presidente o Major Xavier de Assis. A primeira realização do Centro Operário foi a criação da Escola Horácio Hora (08/12/1911), com funcionamento noturno para os operários. A Escola funcionou inicialmente num salão cedido por Thales Ferraz, proprietário da Fábrica Sergipe Industrial. Essa escola funcionou até 1964, quando os militares mandaram fechar. O Centro Operário publicava o jornal “O Operário”, para informar e educar os trabalhadores.  Em 01 de maio de 1911, foi inaugurada a Escola Federal de Aprendizes e Artífices, destinada a qualificação dos trabalhadores, sob a direção do Dr. Augusto Leite, com três oficinas: alfaiataria, marcenaria e mecânica.

Mais textos de Samarone: https://blogdesamarone.blogspot.com.br/

PETISTAS PELA VERDADE – Uma resposta às agressões do SINTESE

Na política, por vezes, prevalece a lógica do “parece, mas não é”. Quem vê, por exemplo, o aguerrido SINTESE e seus ataques ao líder do governo na Assembleia Legislativa, o deputado Francisco Gualberto, tende a pensar que a motivação dos ataques é a defesa da classe e dos interesses dos que trabalham com educação no estado. Parece, mas não é.

O SINTESE, nos últimos anos, se consolidou como o mais estruturado sindicato do estado, mas as bandeiras de lutas da classe do magistério servem ao mesmo de instrumento para sua real razão de existir: a barganha política. Funcionando como apêndice extrapartidário do agrupamento liderado pela deputada Ana Lúcia, o SINTESE inicia agora seu processo de demarcação eleitoral para 2018. É necessário enfurecer a horda novamente contra seu tradicional inimigo, o governo, para que no próximo ano contem com um grupo grande e mobilizado. É assim com Jackson, foi assim com Déda.

O estranhamento de muitos ao ver a deputada Ana Lúcia atacar aos governos aliados faz crer que as motivações para isso justificam-se com a plural democracia interna do Partido dos Trabalhadores. Novamente parece, mas não é. Trata-se do mais puro pragmatismo eleitoral.

Aqueles que têm responsabilidade com seu projeto político e respeitam sua própria história, sabem que ao conseguir chegar ao poder, carregarão, junto com seus companheiros e aliados, os bônus e também os ônus de estarem no governo. Terão espaço e possibilidade para tocar e implantar seus projetos, mas também terão que se defender ante os ataques dos adversários e o desgaste natural que advém em qualquer governo. Foi assim com Francisco Gualberto, que quando as elites conservadoras do estado mobilizavam-se incomodados com a ascensão de Marcelo Déda ao governo, se tornou um soldado na defesa do projeto petista e puxou para si a responsabilidade da defesa de seu governo, como o faz até hoje, por indicação do seu próprio partido.

Ana Lúcia, infelizmente, não vê as coisas dessa forma.

Seguindo a lógica da pedra que não quer vir a ser vidraça, a deputada foi, dentro da Assembleia Legislativa, uma das principais fomentadoras do discurso da oposição, que chegava a se pautar pelas cartilhas agressivas e sensacionalistas do próprio agrupamento da deputada para construir os discursos contra o governo Déda. Sem contar, os lamentáveis episódios de demonstração de ódio visceral, que fizeram o SINTESE e a própria Ana Lúcia promoverem um funeral de um homem já enfermo.

A relação de Ana com o SINTESE parece ser baseada na afinidade pelo exercício profissional, mais um engano. Sabe-se que efetivamente, os anos que a “professora” passou em sala de aula não completam os dedos de uma mão, nem sequer, tem-se conhecimento de obras ou publicações que a caracterizem como teórica da educação. Assim como hesitou, diante da possibilidade de ser Secretária da Educação para poder, então, colocar em prova aquilo que discursa com tanta ferocidade. A deputada sabe que uma eventual ida ao executivo a faria perder aquela que é, justamente, a sua maior ferramenta eleitoral: a mobilização do SINTESE.

Agora, novamente querendo jogar poeira frente aos olhos da população, tentam se colocar como aqueles que estão “do lado certo da história”, de certo, já preparando a tônica dos discursos eleitorais que farão ano que vem.

Se é com a história que se preocupam, deveriam reescrever a própria.

Anderson Defon – Secretário de Comunicação do PT / Aracaju

Fabiano Sant’anna – Secretário de Juventude do PT / Aracaju

Ivanete Santos – Membra da Executiva Estadual do PT / Sergipe

Renê Jean – Membro do Diretório Estadual do PT / Sergipe

Cláudio D’eça (Zé da Liga) – Setorial de Combate ao Racismo – PT / Sergipe

Nicanor Farias (Popô) – Membro do Diretório Municipal do PT / Aracaju

Clísthenes Guedes (Júnior Torres) – Membro do Diretório Municipal do PT / Aracaju

Cláudio Nunes no Face e no twitter:

https://www.facebook.com/blogclaudionunes/

Frase do Dia
“Não podemos conhecer nada de exterior a nós próprios que nos supere (…) o universo é o espelho em que podemos contemplar apenas o que aprendemos a conhecer em nós.” Italo Calvino, escritor italiano, morreu em 19 de Setembro de 1985 (n. 1923).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais