Questão de tempo

0

A Polícia sergipana deu um grande passo para localizar o foragido Floro Calheiros, o principal acusado pelo atentado contra o desembargador Luiz Mendonça. Ao prender em Pernambuco quatro pistoleiros, que confessaram participações no crime, os delegados também devem ter conseguido informações importantes sobre o paradeiro de Floro, que fugiu em 2008 quando estava internado no Hospital São Lucas, em Aracaju. Contando com muito dinheiro e proteção de bandidos, Calheiros tem conseguido driblar a Polícia durante todo este tempo. Contudo, a prisão dos pistoleiros deve abrir sua guarda, permitindo que os investigadores localizem seu paradeiro e o prendam. Pelo menos, é isso que espera a sociedade sergipana, cansada dos atos criminosos praticados por este cidadão em Sergipe.  

 

Muita grana

 

Mais de R$ 100 milhões já foram emprestados pelo Banese, de 2007 até hoje, através do Microcrédito e de Fundo de Aval, que beneficiam pessoas físicas, geralmente desempregadas, micros e pequenos empresários.  Edson Freire Caetano, diretor de Crédito de desenvolvimento do Banese, revela que a inadimplência é baixíssima: cerca de 3% em média. Segundo ele, somente o Microcrédito já emprestou de 2007 até agora cerca de R$ 65 milhões distribuídos em operações que vão de R$ 100 até R$ 3 mil.

 

Rua do Turista

 

A Rua do Turista (antiga Rua 24 horas), volta a funcionar a partir das 19h desta segunda-feira. Interligando a Praça Olímpio Campos e a rua Laranjeiras – centro de Aracaju – o novo espaço comercial abriga 17 lojas, uma cafeteria, três lanchonetes, uma representação do Senac, um cinema e um Centro de Atendimento ao Cidadão (Ceac). O horário de funcionamento será das 8 às 20 horas, de segunda a sexta-feira, abrindo aos sábados das 9 às 14 horas.

 

Lei Geral

 

Prefeitos, secretários municipais, servidores municipais e vereadores vão participar, terça-feira próxima, do “Encontro de Municípios sobre a Lei Geral”. O evento acontecerá no auditório do Sebrae/SE, das 9h às 13horas. A proposta é ampliar do número de municípios sergipanos com a regulamentação da Lei Geral. Até o momento, 23 deles já aprovaram a Lei, que cria um ambiente favorável para o desenvolvimento dos pequenos negócios, que passam a ter um tratamento jurídico e tributário diferenciado.

 

Casas Bahia

 

Quem estará em Aracaju nesta segunda-feira, é o presidente do Conselho da Nova Casas Bahia, Michael Klein. Às 9h, ele concederá entrevista coletiva durante a abertura da primeira loja da Rede em Sergipe. Localizada no shopping Riomar, a nova unidade tem o formato de loja conceito, especialmente desenvolvido para shoppings. Além disso, a loja – com 750m² de área de vendas e mais de 30 colaboradores – propicia ao freguês vários ambientes que podem ser reproduzidos em suas próprias casas.

 

Leão de olho

 

A Receita Federal criou equipes de excelência para detectar eventuais manobras de grandes empresas que podem legitimar deduções tributárias e levar à evasão fiscal.

Além do faturamento declarado, para selecionar as que serão fiscalizadas, a Receita usará outros dois critérios: o da massa salarial e o de débitos fiscais. Entre os mais ricos, um dos critérios para a seleção da fiscalização é o ganho em bolsas de valores.

 

Tenha cuidado!

 

Com a proximidade do Natal, os consumidores devem ter atenção redobrada ao ir às compras. Para evitar ser vítima de roubos e furtos, deve-se evitar carregar sacolas e bolsas na frente do corpo em lugares de grande circulação. Se presenciar alguma situação suspeita no estacionamento, chame a segurança do shopping e, se surpreender alguém mexendo no seu carro, procure ajuda sem ser notado; Evite também andar com muitas sacolas, pois elas chamam a atenção dos bandidos.

 

Novas regras

 

Novas regras para a cobrança de tarifas nos cartões de crédito, pelos bancos, entram em vigor a partir de 1º de junho de 2011. Os contratos de cartões já existentes terão até junho de 2012 para se adaptar. Já a partir de junho de 2011, o pagamento mínimo da fatura de cartão de crédito será de 15% do valor total, subindo a 20% em 1º de dezembro de 2011. Atualmente, em média, os cartões fixam as parcelas mínimas do crédito rotativo em torno de 10%.

Hora de conciliar

 

Tribunais de Justiça de todo o país se empenharão para solucionar conflitos. A ação será desenvolvida durante a 5ª edição da Semana Nacional da Conciliação, que começa hoje e vai até o próximo dia 3. A ação inclui audiências, a formulação de acordos e a redução do volume de processos em tramitação. No ano passado, quase metade das audiências realizadas resultou em acordos de conciliação.

 

Do baú político

 

Em 1962, o jovem José Carlos Teixeira disputava pela primeira vez um mandato, o de deputado federal pelo PSD. Foi a Itabaiana, terra de sua família, fazer campanha e violou uma regra básica da cidade: pregar cartazes nas paredes das casas. Ninguém, a não ser o chefe político udenista Euclides Paes Mendonça, podia fazer isso. E por que Zé Carlos foi lá, colou a propaganda e não aconteceu nada? É o jornalista Luiz Eduardo Costa quem explica. Em sua coluna de ontem, no Jornal do Dia, o colega conta que, ao perceberem o jovem candidato pregando os cartazes, os homens do líder itabaianense tentaram impedir. Como não conseguiram foram ao chefe: “Nós fomos empatá-lo, mas ele é neto de Dona Caçula”. Euclides ouviu calado e revogou a ordem, acrescentando: “Vá lá e diga a ele que pode pregar os cartazes onde quiser”. E por que o ‘manda chuva’ político de Itabaiana recuou como se fosse um cordeirinho? Segundo Luiz Eduardo, porque Euclides e os irmãos Pedro e Mamede Paes Mendonça – três meninos pobres -, colocavam seus cavalo no pasto de capim farto pertencente a Dona Caçula, que nunca lhes cobrou nada pela alimentação dos quadrúpedes. 

 

Confira outras informações

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários