Reeditando os comícios

0

Reeditando os comícios

 

O governador Marcelo Déda (PT) e os candidatos da coligação governistas realizam hoje à noite, a última grande manifestação da campanha eleitoral em Sergipe. Será nos mercados centrais de Aracaju com a presença do presidente Lula. Pela expectativa gerada em torno da presença do líder maior do PT, tudo leva a crer que o ato de logo mais reeditará os comícios gigantes realizados em Sergipe, até o final da década de 80. Era tradição dos partidos promoverem grandes manifestações para encerrar a campanha ao governo com chave de ouro. Todos se esforçavam para colocar mais gente na praça, pois o sucesso da manifestação repercutia em todo o Estado, refletindo diretamente no resultado da eleição. Realizados na Praça Fausto Cardoso, centro da capital, os grandes comícios atraiam eleitores de todos os municípios, transportados em ônibus alugados pelos partidos e carros de candidatos.  O comício desta quarta repetirá aqueles do passado, quando o povo ia às praças ouvir os grandes discursos e torcer pelos candidatos, diferente de hoje, quando as campanhas eleitorais já não despertam tanto interesse do eleitor.

 

Engessado

 

O debate promovido ontem pela TV Sergipe trouxe pouco contribuição à campanha. Os candidatos Marcelo Déda (PT), João Alves Filho (DEM) e Avilete Cruz (PSOL) praticamente repetiram o que já haviam dito nos debates que participaram anteriormente. O formato engessado do programa terminou provocando confusão até mesmo na mediadora. Foi tão insosso que só houve um pedido de direito de resposta concedido ao petista.

 

Compra de votos

 

A partir do próximo sábado e até o final da eleição, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral fará plantão para acompanhar todo o processo eleitoral em Sergipe. Nestes dois dias, haverá equipes atuando na seccional da OAB para recepcionar denúncias que envolvam quaisquer ameaça à livre manifestação do voto. A Sede da Ordem em Aracaju fica na Avenida Ivo do Prado, 1072, no bairro São José. Também foi disponibilizado o Disk Denúncia (3301 – 9130) o para recepcionar acusações sobre crime eleitoral. A população pode, ainda, usar o e-mail eleicoes2010@oabse.org.br.

 

De prontidão

 

A Procuradoria Regional Eleitoral em Sergipe intensificou seu trabalho nesta semana que antecede as eleições. Como nas eleições de anos anteriores, servidores e procuradores estarão de plantão nos próximos sábado e no domingo. Qualquer irregularidade poderá ser denunciada através do telefone (79) 3301-3700, pelo e-mail pre@prse.mpf.gov.br ou pessoalmente, na sede do Ministério Público Federal (avenida Beira Mar, 1064, bairro 13 de Julho, Aracaju). Nas cidades do interior, as denúncias poderão ser feitas também junto às Promotorias Eleitorais.

 

PF nas ruas

 

A Polícia Federal iniciou ontem, uma operação especial com foco nas eleições do próximo domingo. A PF também receberá denúncias de irregularidades, através do e-mail denuncia.srse@dpf.gov.br, pelo telefone 0800 284 4565, em sua sede na capital (avenida Augusto Franco, 2260, bairro Siqueira Campos) ou nos postos onde os policiais federais trabalharão no interior. Em Lagarto e Itabaiana, estes postos ficarão na sede da Polícia Civil, já em Canindé de São Francisco será na Promotoria Eleitoral.

 

Tropas federais

 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve definir pelo envio de tropas federais para Ilha das Flores, Santo Amaro, Rosário do Catete, Itabaiana, Laranjeiras. Ontem, o TRE deferiu pedido dos juízes nesse sentido e enviou a decisão para homologação do TSE, o que deverá ocorrer nas próximas horas. O pedido de tropas federais para Canindé foi rejeitado pelo Tribunal Regional Eleitoral.

 

Terrorismo eleitoral

 

A Procuradoria Geral do Estado e a Deso vão buscar os meios legais para defender a população e a própria Companhia de Saneamento de Sergipe de uma série de acusações infundadas veiculadas recentemente pela Internet, através de sites, e-mails e panfletos eletrônicos apócrifos. A atitude do Governo estadual se deve aos conteúdos injuriosos que circulam na internet difamando e desmerecendo o trabalho da Deso, além de atacar de forma vil a qualidade da água oferecida aos sergipanos.

 

Assalto

 

Dois bandidos assaltaram onde o escritório político do deputado federal Pedrinho Valadares (DEM), em Aracaju. Os assaltantes chegaram em uma moto, renderam a irmão do parlamentar e levaram a bolsa dela com documentos e o celular, além de cheques e documentos da campanha. Ontem mesmo, Pedrinho prestou queixa, solicitou a sustação dos cheques e entrou em contato com a Justiça Eleitoral para saber que providências adotar visando justificar o roubo do material.

 

Está no fim

 

Hoje é o último dia do Programa Eleitoral Gratuito para candidatos ao Governo do Estado. Amanhã, será a vez dos presidenciáveis se despedirem do rádio e da televisão. Até o próximo sábado, os candidatos podem distribuir material de campanha, fazer carreatas e corpo a corpo. No dia da eleição é proibida qualquer manifestação, mas, certamente, os bocas de urna vão encher o Estado na tentativa de mudar votos em favor dos candidatos que estão lhes pagando.

 

Do baú político

 

Em 1951, o destemor do médico Edezio Vieira de Melo (PSD) garantiu a preservação do estado de direito em Sergipe. Com sua coragem, ele impediu que o desembargador João Dantas Martins dos Reis, alegando vacância do cargo, substituísse José Rollemberg Leite (PSD) no governo. O magistrado queria ocupar o cargo porque problemas ocorridos na apuração do pleito impediram a proclamação do resultado para governador. Eleito vice na chapa encabeçada por Arnaldo Garcez (naquela época votava-se separadamente em cada um) Edezio foi diplomado pela Assembléia e decidiu assumir o governo até que a Justiça Eleitoral chegasse a um veredicto sobre a eleição. Reuniu um grupo de amigos e aliados políticos e marchou rumo o Palácio Olímpio Campos, mas deu com a porta na cara. Sem perder o controle, retornou ao Legislativo e tomou posse como governador, tendo permanecido no cargo por exatos 24 dias. Neste espaço de tempo, foram recontados os votos das seções onde ocorreram problemas e realizada uma nova eleição em Itabí, confirmando a vitória de Arnaldo Garcez. No dia 12 de março, o eleito recebeu a chefia do Executivo das mãos do destemido aliado.

 

Resumo dos jornais

Clique aqui para ler os destaques de capa dos principais jornais do Brasil

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários