Reforma nas Escolas

0

Um diretor de escola pública, encontrou-se casualmente com o Governador Belivaldo Chagas e reivindicou dele a recuperação da sua escola que estaria precisando, pelo menos, de um banho de tinta, face os cem dias de “lockdown”. Argumentou ele que a escola não estaria frequentada pelos estudantes, mas a ação do tempo é mais inclemente do que a ação dos alunos. Sua Excelência ficou imaginando que iria gastar uma  “nota preta” se todos os diretores de escolas fizessem a mesma reivindicação. E aí pensou com os seus botões se não seria mais prático deixar a gurizada de férias até o final do ano e só reabrir os colégios no início do próximo ano. Não quebraria a cabeça agora e, em dezembro ou janeiro próximo, faria  um bocado de reforma nas  escolas. Foi despertado dos seus pensamentos por um senhor, de paletó e gravata que queria saber quando as aulas das escolas públicas retornariam as atividades. O Governador apenas respondeu:

– Quando eu terminar a reforma de todas elas… Entre outras coisas pretendo fazer como em São Paulo: mudar o nome de todas elas. Vou homenagear os revolucionários deste país em todos os tempos.  Nada de Colégio Estadual, mas sim Escola Carlos Marighella…

O devaneio de Sua Excelência acabou ali para  espanto do inspetor do Ministério da Educação.

SONIA DEL VECCHIO

O Estado perdeu ontem a médica Sonia Del Vecchio, que estava hospitalizada há alguns dias combatendo o corona-vírus. Ela perdeu a batalha mas ficará lembrada como profissional  de mãos cheias que sempre foi. Esse coronavírus já está demais…  Bastaaaaa! Chegaaaaa! Esse mantra foi repetido ontem pelo jornalista Augusto Nunes num dos programas vespertinos do qual participa em São Paulo…

OTIMISMO

O Governo Federal encontra tempo para se mostrar otimista com relação ao corona-vírus. É que o número de casos estaria se reduzindo nas grandes capitais e a tendência é de queda mesmo. Rio, São Paulo e Belo Horizente já estariam com o número de casos em queda. Mas não é bom facilitar. Como todo e qualquer  vírus, esse corona é realmente muito perigoso.

ATIVIDADES LIBERADAS

O Governo do Estado liberou as atividades de salões de beleza e de barbearias para funcionamento em apenas 3 dias por semana, as 3as., as 5as. e aos sábados  e em horários especiais. O suplicio prossegue. O neguinho investe uma nota preta no seu negócio mas quem manda nele é o governo do Estado.  Já a mulher do governador Belivaldo Chagas não deixou de frequentar salões de beleza. Para ela não tinha quarentena.

HOSPITAIS DE CAMPANHA

Para combater a pandemia de corona-vírus inauguraram-se muitos hospitais de campanha em todo o País – inclusive em Aracaju. O daqui nem chegou a funcionar direito, apesar do investimento de  milhões de reais. A qualquer momento eles começarão a fechar, até porque também não tem público para ele que o pico da pandemia só vai ocorrer em agosto próximo. Mas, mas  já anunciaram a mesma coisa em março, abril, maio, junho, etc. Quem quiser que acredite…

DITADURA  BRANCA

Se analisarmos direitinho estamos vivendo uma “ditadura branca” sob o comando do STF – não o de Dias Toffoli, mas a do Ministro Alexqandre de Moraes.  que prende e arrebenta sem dar bolas para o que a lei manda. Um dos detidos por ele é Osvaldo Eustáquio a quem não se acusa de absolutamente nada. Assim foi com a blogueira Sara Winters, afinal já liberada depois de curtir de dez dias de cana dura, inclusive em prisão fechada. Nem habeas corpus resolve… O Sr.Dias Toffoli não apita em nada mesmo… É um zero à esquerda. A ditadura do Judiciário é a pior possível, vocês leitores estão carecas de saber disso..

DRA RAISSA

Se você se liga na internet, deve estar por dentro da situação da médica Raissa Soares, . lá de Porto Seguro, no sul da Bahia. Ele fez uma live de grande repercussão pedindo ajuda ao governo para lhe dar medicamentos que possam combater o corona vírus. Ela hoje atende a todo os municípios vizinhos a Porto Seguro, uma região muito pobre.  Ela fez o apelo através uma live de grande repercussão.Deu certo. A live chegou até o Presidente Bolsonao, que imediatamente providenciou o encaminhamento dos remédios para a dra.Raissa Ele telefonou para ele pedindo que aguardasse a chegada dos medicamentos para daí alguns dias (deve estar chegando hoje em Porto Seguro).  Logo depois seguiu-se a noticia de que ela fora demitida do serviço público, por causa do contato que mantivera com Bolsonaro. Foi  uma revolta geral. Mas, ontem, no final da tarde, a dra, Raissa voltou as redes sociais que ela não foi demitida do cargo que ocupa lá em Porto Seguro. Ela apenas pediu para sair do chamado Banco de Horas justamente por causa do excesso de trabalho. Mas, continuará a atender a todos os seus clientes, agora inclusive com os remédios enviados pelo Presidente.,Ah, bom!

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários