Reisado não muda

0

O governo merece elogios por retirar os nomes de ditadores das escolas públicas de Sergipe. Os generais Castelo Branco, Costa e Silva e Médice foram, como tantos outros covardes, responsáveis por um dos períodos mais sombrios deste país. Mas, além de substituir os nomes dos ditadores, o que o governo pretende fazer para melhorar o ensino público? A péssima qualidade da educação oferecida pelo estado não é novidade para ninguém. Ontem mesmo, enquanto a alta cúpula do governo e ex-presos políticos participavam do evento que mudou oficialmente os nomes de três colégios, uma professora da rede estadual era assaltada dentro da sala de aula. Quer dizer, além de o ensino oferecido ser péssimo, não há qualquer segurança dentro e fora das escolas. Para os assustados professores e alunos, é muito mais importante ter uma educação de qualidade e dispor de proteção para ir e vir do que a barulhenta substituição dos nomes de colégios. Portanto, de nada adianta mudar as figuras se o reisado continuar o mesmo.

Piso maior

O piso salarial dos professores agora é de R$ 2.135,64. O reajuste de 11,36% representa um aumento real de 0,69%, considerando a inflação oficial de 10,67%. Resta saber se, diante da crise financeira vivida pelo país, as prefeituras e os governos estaduais terão condições de pagar o novo piso já na folha salarial deste mês. Tomara que sim!

GBarbosa punido

A Cenconsud Brasil, dona da rede de supermercados GBarbosa, foi condenada a pagar R$ 6 mil de indenização por danos morais a uma balconista de Aracaju, por ter feito anotações dos atestados médicos na Carteira de Trabalho da moça. Na decisão, o Tribunal Superior do Trabalho considerou o ato danoso à imagem da profissional, uma vez que esses registros podem dificultar a sua reinserção no mercado de trabalho. Tá certo!

TRE muda

As eleições municipais deste ano serão comandadas em Sergipe pelo desembargador Osório de Araújo Ramos Filho. Ele foi empossado ontem, na presidência do Tribunal Regional Eleitoral, tendo como vice o também desembargador Edson Ulisses. Osório substitui Cezário Siqueira Neto, desembargador que presidiu as sessões do TRE responsáveis pela condenação de 18 deputados e ex-deputados estaduais por mau uso das verbas de subvenção da Assembleia.

É só escuridão

E o governo não tem qualquer alternativa para amenizar a grave crise financeira. Segundo o governador Jackson Barreto (PMDB), apesar do esforço da equipe econômica, “ainda não enxergamos uma luz no fim do túnel”. Isso quer dizer que os investimentos seguem suspensos e a folha de pessoal vai continuar sendo paga com atraso de, no mínimo, 11 dias. Lastimável!

Até que enfim!

Dois anos após a sua morte, o ex-governador Marcelo Déda (PT) terá finalmente um monumento para homenageá-lo. Será um espaço para contemplação com som ambiente o canto de pássaros. Do chão, brotará a água. Com um jornal ‘A Semana’, de Simão Dias, no colo, a estátua de Déda será um dos destaques da obra. Localizado no Parque da Sementeira, em Aracaju, o monumento deverá ser concluído ainda no primeiro semestre deste ano. Legal!

Crime ambiental

O Pelotão Ambiental da Polícia Militar flagrou o desmatamento de uma grande área de caatinga no município sergipano de Cumbe. Os dois tratoristas confessaram terem sido contratados pelo dono da fazenda visando preparar o terreno para o plantio de cana de açúcar. A área desmatada era formada por dezenas de espécies nativas como pau-pombo, catingueira, mandacaru e marmeleiro.

Na terrinha

E quem estará hoje em Aracaju é o ministro dos Esportes, Jorge Rios. Vem prestigiar a posse de Milton Dantas, o “Miltinho”, na presidência da Federação Sergipana de Futebol. Também confirmaram presenças na solenidade, marcada para às 19h no auditório do Banese, o presidente em exercício da CBF, coronel Antônio Carlos Nunes, e o vice-presidente e diretor de seleções, Gustavo Feijó. “Miltinho” substitui Carivaldo Souza, que dirigiu a FSF por longos 25 anos.

Cadê o Plano?

O vereador Lucas Aribé (PSB) insiste em cobrar do prefeito João Alves Filho (DEM) o envio para a Câmara do projeto de revisão do Plano Diretor de Aracaju. O parlamentar questiona “por que algo tão importante é relegado ao segundo plano? Uma cidade sem disciplina não tem objetivos comuns e muito menos bem-estar social”, destaca. Lucas Aribé tá corretíssimo!

Tirou o time

E quem desejava votar em Eliane Aquino (PT) para prefeita de Aracaju pode procurar outro candidato. A viúva do ex-governador Marcelo Déda disse não pretender disputar a cadeira do prefeito João Alves Filho (DEM). Ouvida pelo Jornal da Cidade, Eliane não afastou a hipótese de participar do processo eleitoral, desde que não seja como candidata majoritária.

Apoio pífio

De um gaiato ao saber que do PSD sergipano, praticamente só o presidente do partido em Aracaju, Fábio Mitidieri, está fechado com o prefeiturável Valadares Filho (PSB): “Homem, assim fica difícil para Vavazinho. Se tivesse esses votos todos na capital, Mitidieri não teria sido derrotado quando tentou se reeleger vereador em 2012”. É, pode ser!

Recorte de jornal

Publicado no Diário de Sergipe, em 28 de fevereiro de 1958.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários