Rio cheio

0

A pesquisa divulgada ontem pela revista Época, colocando o presidenciável Aécio Neves (PSDB) nove pontos à frente de Dilma Rousseff (PT), assemelha-se a um rio cheio, que pode retornar ao leito natural a qualquer momento. Aconteceu a mesma coisa quando Marina Silva (PSB) lançou-se na disputa em substituição ao falecido Eduardo Campos (PSB). De um dia para a noite, ela cresceu à estratosfera, ultrapassando Aécio e empatando técnicamente com a petista. No decorrer da campanha, contudo, Marina viu seus percentuais minguarem e, na véspera do 1º turno, perdeu a segunda colocação para o candidato mineiro, que agora infla como um balão de gás. Como a corrida do 2º turno está apenas começando, é bom a tucanada ter cuidado com o andor. Como dizem os mais experientes, cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém.

Arte em cartaz

O artista plástico Edidelson Silva abre hoje a exposição “Coisas do chão da minha terra”. Quem for à Sociedade Semear a partir das 19h poderá apreciar 20 obras que retratam a sensualidade da mulher sergipana. Também excelente chargista, Edidelson coloca em suas obras as feirantes, catadoras de caranguejo e lavadeiras em locais conhecidos dos sergipanos, a exemplo da Orla de Atalaia, Rio Sergipe, Mangue da Coroa do Meio e mercados centrais de Aracaju. Prestigie!

Bola da vez

Nem bem terminaram as eleições proporcionais e os deputados estaduais eleitos já estão envolvidos com outra disputa. Desta vez, eles se articulam para garantir espaços na Mesa Diretora da Assembleia. Garibalde Mendonça (PMDB), Zezinho Guimarães (PMDB), Jeferson Andrade (PSD) e Gustinho Ribeiro (PSD) querem presidir o Legislativo a partir de fevereiro. Até o opositor Augusto Bezerra (DEM) já colocou seu nome à disposição para comandar a Casa. Essa briga promete!

Malandragem

Em alguns estados, deputados não reeleitos exoneram os comissionados para nomear parentes e agregados visando ficar com os salários daqueles nos últimos dois meses de mandato. Há casos em que o detentor do cargo em comissão só fica sabendo que perdeu a “boquinha” quando vai ao caixa eletrônico e verifica que o salário não foi depositado. Ainda bem que essa malandragem não acontece aqui em Sergipe.

Corda bamba

O PSB planeja expulsar de seus quadros o filiado Manoel Messias Santos, vulgo “Sukita”. Acusado de fazer acusações sem provas contra a direção do partido, ele deixou de se defender no processo aberto pela comissão de ética da legenda. Tendo obtido mais de 30 mil votos para deputado estadual, “Sukita” tenta no TSE suspender a impugnação de sua candidatura, motivada por uma carta renúncia que assinou durante a campanha eleitoral.

Com Dilma

E por falar em PSB, o diretório estadual do partido vai reunir os filiados para discutir o 2º turno das eleições presidenciais. Diferente da maioria dos peesebistas brasileiros, os sergipanos não devem apoiar o presidenciável Aécio Neves (PSDB). Em Sergipe, o PSB é adversário dos tucanos e marcha ao lado do PT há anos. Nas eleições passadas, Belivaldo Chagas (PSB) foi eleito vice na chapa encabeçada pelo governador Jackson Barreto (PMDB), aliado de primeira hora da presidente Dilma Rousseff (PT).

Festa popular

Acontece domingo em Laranjeiras mais uma edição da festa dos Lambe-Sujos e Caboclinhos. Realizada anualmente sempre na primeira semana de outubro, a manifestação cultural transforma trabalhadores e estudantes em reis e rainhas, tornando as ruas daquela cidade histórica o palco principal da centenária festa popular. As indumentárias trazem uma beleza irradiante e a folia dos maracatus são atrativos unânimes, além da divertida brincadeira de melar e das corridas dos chicotes dos taqueiros.

Campanha

Quem chega hoje em Aracaju para pedir votos aos sergipanos é a presidenciável Dilma Rousseff (PT). Após desembarcar à tarde no aeroporto, ela segue em carreata para o Espaço de Eventos Emes, ali na avenida Tancredo Neves. No início da noite, a petista e comitiva avionam com destino a Maceió, onde cumprem agenda idêntica.

Lero-lero

A propaganda eleitoral na televisão será retomada às 20h30 desta quinta-feira. No rádio, recomeça ás 7h de amanhã. O tempo para cada candidato à Presidência da República será igual agora no 2º turno. Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) terão 10 minutos cada. A petista será a primeira a se apresentar, porque teve a maior votação no primeiro turno.

Pelas costas

Tiverem juízo, os prefeitos de Dores e Muribeca, respectivamente, Fernando Lima e Fernandinho Franco, deixam o PDT o quanto antes. É que o presidente estadual do partido, prefeito Fábio Henrique, deseja vê-los pelas costas depois que ambos votaram contra o governador eleito Jackson Barreto (PMDB). O líder pedetista disse que não pretende expulsá-los, porém deixou claro para os dois que a soleira da porta é a serventia da casa. Arre égua!

Recorte de jornal

Publicado no Diário de Sergipe em 28 de fevereiro de 1958

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais