Sangue novo no TJ

0

O Tribunal de Justiça de Sergipe ganha um novo desembargador. É o juiz de Direito Ricardo Múcio, que vai substituir a desembargadora Célia Pinheiro, aposentada compulsoriamente. A escolha feita ontem, pelo Pleno do TJ é o reconhecimento à atuação de um magistrado sério, antenado com a realidade em sua volta e grande defensor da ética. Portanto, é a sociedade sergipana a grande beneficiada com a escolha de Ricardo Múcio. O comportamento sempre correto do futuro integrante do Pleno do Tribunal de Justiça se encaixa como uma luva no que escreveu Rui Barbosa em suas Obras Completas: “A ninguém importa mais do que à magistratura fugir do medo, esquivar humilhações, e não conhecer covardia. Todo o bom magistrado tem muito de heróico em si mesmo, na pureza imaculada e na plácida rigidez, que a nada se dobre, e de nada se tema, senão da outra justiça, assente, cá em baixo, na consciência das nações, e culminante, lá em cima, no juízo divino”.

Mudanças na PMA
O médico sanitarista Antônio Samarone deixa a SMTT para assumir a Secretaria da Saúde de Aracaju. Vai substituir Marcos Ramos, que estava na Pasta há quase três anos e solicitou desligamento para se dedicar mais à Medicina. O secretário-chefe de Gabinete da Prefeitura, Bosco Rollemberg, responderá interinamente pela SMTT. Ontem, ao saber que Samarone foi escolhido para a Saúde, um gaiato saiu com essa: “Bem que ele poderia multar os mosquitos da Dengue que insistem em dar voos rasantes para picar pessoas indefesas”.

Suplica carioca
Lastimável a tragédia vivida pelos cariocas em função do dilúvio que caiu esta semana no Rio de Janeiro. Já são mais de 150 mortos, sem contar com as pessoas que estão desaparecidas desde ontem por conta de um grande deslizamento de terra, que soterrou dezenas de casas no Morro do Bumba, em Niterói. A agonia carioca lembra a música Súplica Cearense, de Gordurinha e Nelinho: “Oh! Deus, perdoe este pobre coitado, Que de joelhos rezou um bocado, pedindo pra chuva cair sem parar”.

Ato eleitoreiro
A menos de seis meses da eleição, o governo federal prepara medida provisória que dará o perdão a todas as dívidas de até R$ 10 mil dos agricultores do Semiárido com o Banco do Brasil e com o Banco do Nordeste. O benefício soma R$ 1 bilhão e atingirá cerca de 270 mil agricultores, de uma região que inclui o Nordeste e áreas de Minas Gerais e Espírito Santo. Sabe quem vai pagar caro por essa “boa ação” do governo? O coitado do contribuinte.

Consulta do Leão
A Receita Federal liberou hoje consulta a lote residual multiexercício do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2008 e 2009. O dinheiro estará disponível para saque a partir de 15 de abril. A relação dos beneficiados estará disponível na página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov.br). A consulta também pode ser feita pelo telefone 146. Caso o valor não seja depositado, o contribuinte deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001.

Mais em conta
Aracaju teve em março a cesta básica mais barata entre as 17 capitais acompanhadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O conjunto de 12 produtos alimentícios essenciais custou na capital sergipana R$ 181,70, refletindo uma elevação de 7,15%. O aumento foi motivado, principalmente, pela alta de 52,90% no preço do tomate. Entre janeiro e março, a cesta básica subiu 7,40% em Aracaju e em 12 meses a alta chegou a 8,56%.

Lucro maior
Os empreendedores sergipanos do ramo de panificação terão oportunidade de participar gratuitamente da palestra “Como Melhorar a Lucratividade da Padaria”. Será às 8 horas desta quinta-feira, no auditório do Sebrae Sergipe. A proposta é tornar as padarias ainda mais eficientes, reduzindo desperdícios e potencializando os lucros. Segundo Emanoel Sobral, superintendente do Sebrae Sergipe, durante o evento acontecerá a entrega dos certificados das 10 empresas participantes do Propan 2009.

Economia da cultura
Aracaju vai sediar no próximo dia 15, o Seminário “Economia da Cultura e Desenvolvimento”. O evento, que acontecerá às 9 horas no Centro de Convenções, é gratuito e é direcionado aos gestores, produtores e atores da cultura, economistas, administradores, sociólogos, profissionais da área de comunicação, entre outros. O Seminário visa incentivar a implementação de ações integradas entre instituições públicas e privadas, objetivando contribuir para a profissionalização do setor.

Pré-pago é preferido
Pesquisa revela que 49% dos consumidores da classe A e que possuem um celular declararam utilizar o pré-pago. O levantamento foi feito NIC.br e divulgado ontem. De acordo com o estudo, desde 2006, o pré-pago lidera entre aqueles que possuem celular e, no ano passado, representou 90% dos planos de telefonia móvel. Nas classes menos abastadas da população (D e E), o pré-pago representa quase a totalidade dos planos: 98%.

Ovos de Páscoa
O preço médio pago pelos consumidores pelos ovos de chocolate na Páscoa passada foi de R$ 15. Os ovos quebrados chegaram a ser vendidos até pela metade do preço. Seguindo uma tendência observada nos últimos anos, os ovos menores (entre 90 gramas e 150 gramas) foram os primeiros a serem adquiridos e responderam pelo maior volume de vendas. Sem razão para manter os produtos estocados, os supermercados realizaram promoções para estimular as vendas depois da Páscoa.

Vendas em queda
O fim da redução tributária a produtos como veículos, fogões e geladeiras, em março, deve não só gerar uma queda nas vendas, como também elevar preços e até pressionar a inflação. A avaliação é da Confederação Nacional da Indústria e foi divulgada pelo Valor Online. A CNI informou que houve uma boa antecipação de compras em março. 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários