São João silencioso

0

O São João, data mais animada e barulhenta do calendário festivo sergipano, está sendo lembrado, nesta segunda-feira, sem uma bombinha sequer. Antecipado em um mês, visando reduzir a mobilidade urbana nesta época de Covid-19, o dia do santo junino transcorre sem os sons da sanfona, triângulo e zabumba, que animam o forró pé de serra. Também não teremos os tradicionais foguetórios, as fogueiras nas portas das casas e as gostosas comidas típicas à base de milho. O São João da pandemia vai passar como qualquer outro dia desta quadra sombria, onde a melhor alternativa para quem deseja superar esse mortal obstáculo é ficar em casa. Portanto, que os católicos rezem para São João do carneirinho nos proteger, e os agnósticos torçam pela descoberta, o quanto antes, de uma vacina contra o coronavírus. Amém!

Viola de boca

Pré-candidata a prefeita de Aracaju, a delegada de polícia Danielle Garcia (Cidadania) critica a Prefeitura da capital e o Governo de Sergipe pela forma como tem sido conduzido o combate a Covid-19. A moça cobra do prefeito e do governador planejamento das ações, mais leitos de UTI, diálogo com os setores da sociedade, etecetera e tal. O release propagandístico da distinta policial, contudo, não dedica uma única vírgula de cobrança ao governo Bolsonaro, para quem ela trabalhou até o dia desse. Será que Danielle acha certa a política do governo federal contra o coronavírus. Marminina!

Beabá

A pesquisa Retrato da Leitura revela que 44% da população não leem e 30% nunca comprou um livro. Segundo a consulta, temos analfabetos funcionais entre 27% dos brasileiros que concluíram o ensino fundamental. Também apurou que somente 23% dos entrevistados dominam a leitura. Em resposta à questão sobre como leem, 64% informam que costumam largar um livro sem terminar, e 62%, que leem somente parte ou capítulos de um livro. Santo Cristo!

Pra todos os gostos

O ex-deputado federal Mendonça Prado (DEM) acha que o polêmico vídeo da reunião ministerial agrada gregos e troianos. Segundo ele, há um debate infrutífero sobre o assunto que não altera posições e não convence absolutamente ninguém. “Observa-se apenas que os debatedores continuam nos seus respectivos lados. Quem admira Bolsonaro não viu nada demais, e quem não o admira viu algo a mais”. Crendeuspai!

Família curada

E a vice-governadora de Sergipe, Eliane Aquino (PT), está curada do coronavírus. Pelas redes sociais, a petista anunciou que a mãe dela e a irmã também já se recuperaram: “A todos que oraram pela minha recuperação e da minha família, em especial, da minha mãe, os meus mais sinceros agradecimentos”, escreveu, acrescentando que “nossas preces foram ouvidas”. Cinco pessoas da família da vice-governadora testaram positivo para a doença, mas todas já estão curadas. Que bom!
Pedetista generaliza

O deputado federal Fábio Henrique (PDT) fez uma grave denúncia, mas omitiu o nome do acusado. Segundo o pedetista, tem um prefeito do interior de Sergipe visitando e comprando lideranças e pré-candidatos a vereadores. Ao omitir o nome do dono da mala preta, Fábio Henrique coloca sob suspeita os 74 gestores interioranos, inclusive aqueles seus aliados políticos. Tomara que o deputado tenha em mãos provas robustas contra esse grave crime e diga logo quem é esse safado comprador de consciências. Do contrário, vai parecer mais uma denúncia vazia!

Alvo do Rei Artur

E quem está novamente nas manchetes é o ex-deputado federal e secretário do governo carioca, André Moura (PSC). A Revista Veja publica que o empresário Arthur Soares, vulgo “Rei Arthur”, acusa o sergipano de ter intermediado uma propina de R$ 1,7 milhão. André nega a grave acusação, explicando que o objetivo do “Rei Artur” é obter uma delação premiada para reduzir os mais de 200 anos de cadeia a que foi condenado. Por que será que, de vez em quando, alguém acusa André Moura de ter feito uma coisa errada? Homem, vôte!

Números positivos

O governador Belivaldo Chagas (PSD) foi às redes sociais informar que o Estado vem fazendo todos os esforços para evitar ao máximo a propagação do coronavirus. Segundo ele, o trabalho do governo e das prefeituras já vem dando resultado: “Sergipe tem 1,7% de taxa de letalidade da doença, a menor do Nordeste e a segunda menor do Brasil”. Chagas conclui afirmando que “vamos vencer esta batalha juntos”. Oremos!

Armando as milícias

O senador Rogério Carvalho (PT) participou, ontem, um debate na rede CNN com o também senador Márcio Bittar (MDB). Dentre os temas tratado, se destacou o desejo de Jair Bolsonaro (sem partido) de armar os brasileiros até os dentes. Segundo Rogério, o presidente não pretende entregar armas o povo para diminuir a criminalidade, mas para equipar as milícias. “Bolsonaro quer constituir uma força paralela para um projeto autoritário”, acusa Carvalho. Misericórdia!

Salvo das águas

As poucas atividades desenvolvidas pela Universidade Federal de Sergipe em Laranjeiras neste momento não foram afetadas pela cheia do rio Cotinguiba que, na semana passada, inundou a parte histórica da cidade atingindo o Campus da UFS. “A água entrou no hall, no auditório e na parte externa, mas por sorte não atingiu os nossos laboratórios. Na parte onde nada foi atingido estão os laboratórios, o acervo de arqueologia e de museologia. Nossas reservas técnicas estão preservadas”, informou o diretor do Campus Laranjeiras, professor Gilson Rambelli. Então, tá!

Pelo retrovisor

De um bebinho lá de Carira, sobre o polêmico vídeo da reunião de Bolsonaro com seus ministros: “Essas marchas e contramarchas do capitão são do tempo que Adão era cabo do Exército e Eva ganhava a vida como vedete do Teatro de Revista”. Danôsse!

Recorte de jornal

Publicado no jornal estanciano A Razão, em 20 de dezembro de 1910.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários