SE: oposição mais forte ao governo em 2022 sairá do próprio governo

0

                                  Blog Cláudio Nunes: a serviço da verdade e da justiça
“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.


O governador Belivaldo Chagas deve rir à toa. Pelo andar da carruagem,a oposição ao governo do Estado que estava junta em 2018 estará mais dividida ainda em 2022. Uma candidatura do senador Alessandro Vieira ao governo pode até sair, mas não terá suporte e força suficiente no interior do Estado para competir e chegar ao segundo turno eleitoral com os dois candidatos oriundos do governo estadual.

Isto mesmo! O senador Rogério Carvalho é candidatíssimo e conta, além da força de Lula, com o bloco que será formando nacionalmente com partidos de esquerda, como o PDT, PCdoB, PSB, entre outros que devem ficar alinhados a ele em Sergipe. Aliás, a votação de Lula em Sergipe independe do apoio do grupo do governo se – como se configura – tiver outro candidato a governador que hoje se encontra entre os nomes de Ulisses Andrade, Laércio Oliveira e Fábio Mitidieri. Se o PT quiser apoiar o candidato de Belivaldo terá que se contentar com a vice, neste caso, Eliane Aquino iria para à reeleição.

Dos candidatos preferidos por Belivaldo, Fábio Mitidieri botou o bloco nas ruas nos últimos meses. Laércio Oliveira manifesta publicamente que vai disputar um mandato majoritário e é um nome que não pode ser desprezado pelo governo. Outro nome que está à disposição é o do presidente da Alese, Luciano Bispo, que muitos colocam como candidato a vice, mas lideranças governistas o colocam como o nome de consenso para não dividir o bloco. Já o prefeito Edvaldo Nogueira os próprios aliados dizem que não tem como renunciar e sair candidato. A maré está ruim para ele, vide o episódio da retirada dos sem tetos sem diálogo e o incêndio do hospital Nestor Piva cujas responsabilidades aparecerão, cedo ou tarde.

Outro nome que também é cogitado como vice na chapa da oposição é Valmir de Francisquinho. Nos bastidores dizem que, tanto Rogério Carvalho como Alessandro Vieira, querem ele na chapa majoritária. O problema da oposição é que perdeu um nome de peso: André Moura que já está ao lado do governo e com o nome à disposição para a chapa majoritária.

A verdade é que a fragilidade da oposição, aliada ao ajuste que o governo conseguiu realizar na gestão nos últimos meses, voltando a pagar servidores e fornecedores em dia e melhorando algumas áreas além da fazenda, como a saúde e ação social, deixam Belivaldo Chagas rindo à toa neste momento.

A possibilidade de dois candidatos hoje aliados do governo chegarem ao segundo turno eleitoral é concreta. Ou seja, o grupo que assumiu o poder com Déda em 2006 tem quase certa a quinta vitória consecutiva para o governo estadual.

Um detalhe importante: é mais por incompetência da oposição do que competência do atual grupo que perdeu a oportunidade quando o pior governador da história de Sergipe estava no poder: Jackson Barreto.


Bairro 13 de Julho: moradores pedem socorro. Parte II Desabafo de um morador: “Após menos de um mês de noticiado aqui no blog (13.05.2021) sobre o roubo de casas na Avenida Beira Mar no bairro 13 de julho, a mesma casa foi novamente roubada(06.06.2021) e levaram então o segundo portão da residência. Os bandidos agem na certeza da impunidade, pois agem no silêncio da madrugada com marretadas para quem quiser ouvir, quebrando o portão de alumínio para vender em ferro-velho. À 1h40 da manhã acordei com marretadas na casa vizinha e chamei a Polícia Militar. Rapidamente atenderam, mas as buscas nas redondezas foram infrutíferas. Às 3h40 vieram pegar mais pedaços do portão e novamente requisitei uma viatura. Vieram mas não encontraram nada. Às 6h30 um segundo meliante veio pegar os restos aí então filmei e fotografei.À tarde o meliante estava no Posto Petrox e chamei novamente a PM e, após eu mesmo correr atrás do marginal o alcancei no Calçadão da 13 e a Polícia o enquadrou e levou preso, porém…meia hora após estava solto, por “falta de provas se foi ele que quebrou ou apenas levou pedaços.” Um bairro tão aristocrático está à mercê de larápios, arrombadores de residências, drogados, loucos, vagabundos e toda uma sorte de meliantes que se alojaram nas redondezas e principalmente no Calçadão 13 e Formosa. SSP poderia iniciar uma campanha para “limpar” o bairro e fazer retornar o sossego e a segurança que sempre se fizeram presentes. “

Socorro: caminhoneiros residentes no município começam a ser vacinados A Prefeitura de Socorro, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), comunica que irá iniciar nesta terça-feira, 8, a vacinação contra a COVID-19 em caminhoneiros que residem em Nossa Senhora do Socorro. A imunização para esses trabalhadores ocorrerá na SMS, localizada na sede do município, até sexta-feira, 11, das 08 às 12h. Para ser vacinado é necessário apresentar RG, CPF, cartão de vacinação, cartão do SUS, comprovante de residência, CNH e nota fiscal de carga com validade de até 06 meses.

Itabaiana lidera vacinação  E no município de Itabaiana o prefeito Adailton Sousa vem destacando na imprensa que 100% das doses da vacina contra a Covid-19 recebidas na última remessa foram aplicadas, conforme dados do mais recente Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde. “Em Itabaiana, é mais vacina no braço e menos no freezer!”, destacou.

Nova lei das startups abre o mercado de capitais a pequenas e médias empresas O setor de Inovação e Tecnologia comemora sanção do presidente Jair Bolsonaro ao Marco Legal das Startups. A nova lei melhora o ambiente de negócios para essas empresas. Protocolado pelo deputado Laércio Oliveira (PP-SE) em 2012, o projeto conhecido como “PL da Sociedade Anônima Simplificada” foi absorvido pela nova legislação e promoveu uma mudança significativa na composição das empresas de pequeno e médio porte A Lei Complementar 182 — chamada “Marco Legal das Startups” —altera a Lei 6.404 (das sociedades por ações), incorporando a ela uma série de medidas que prometem facilitar a vida do empreendedor brasileiro.

Sem norma “Até então, a gente não tinha nenhuma norma que definia o que era uma startup. Agora outras regulamentações devem vir de Estados e municípios”, afirmou Laércio. “É uma revolução. Agora as sociedades limitadas podem entrar no mercado de capitais migrando para o regime simplificado. Estudamos as leis mais modernas da América Latina e Europa para chegarmos nessa proposta”, explicou a Revista Carta Capital o advogado Walfrido Warde, um dos criadores do projeto de lei apresentado pelo deputado Laércio.

Licença Basicamente, sociedades anônimas de capital aberto, fechado e as startups, a partir de agora, terão licença para simplificar o regime e a composição societária, podendo, entre outras, contar com apenas um diretor. Além disso, a nova lei elimina a obrigações de publicações dos balanços — o que pode reduzir os gastos em até 100 mil reais ao ano — e libera a distribuição de dividendos de maneira desproporcional. A proposta, que aguarda regulamentação da Comissão de Valores Imobiliários. Tudo isso, somado à desburocratização, tende a aquecer a abertura e a manutenção dessas empresas, com destaque para os novos empreendimentos, que só no primeiro trimestre de 2021 tiveram um recorde de investimentos de 11 bilhões de reais, segundo dados do estudo Inside Venture Capital. A critério de comparação, de janeiro a março de 2020 foram investidos 3 bilhões.

Audiência Pública sobre “Cannabis medicinal” O mandato do vereador Ricardo Vasconcelos (REDE Sustentabilidade) realizou ontem,7, importante Audiência Pública com o tema: “O Cultivo da Cannabis Sativa para uso medicinal”, referente ao Projeto de Lei 399/2015 de autoria do deputado federal Fábio Mitidieri (PSD). A audiência aconteceu por meio virtual. A população teve acesso por meio das suas redes sociais e dos canais oficiais da Câmara Municipal de Aracaju e pôde colaborar com perguntas que engrandeceram o debate.

Participantes A mesa foi composta pelo autor do projeto (deputado Fábio Mitidieri), pelo também deputado Federal Diego Garcia (PR/Paraná), pela vereadora de Recife (Michelle Collins), pelo médico especialista em neurociência Pedro Mello, pelo presidente da Associação Sergipana de Psiquiatria Antônio Aragão, pelo Delegado André Davi (DENARC) e por Uziel Santana, Presidente da ANAJURE (Associação Nacional dos Juristas Religiosos). Além dos debatedores diversos vereadores participaram da sessão, tais como: o presidente da casa Nitinho (PSD), Pastor Diego (PP), Linda Brasil (PSOL), Breno Garibalde (DEM), Emília Correia (Patriotas) e os vereadores Binho (PMN) e Byron (Republicanos).

Votação hoje A sessão foi presidida por Ricardo Vasconcelos que fez a sua explanação inicial acerca do tema e, a posteriori, franqueou a palavra aos palestrantes e a cada parlamentar que quisesse se manifestar. O público participou interagindo por meio do chat do canal do YouTube da TV Câmara e enviando perguntas a partir das redes sociais.De acordo com informações do deputado Fábio Mitidieri, o projeto deverá ser votado hoje, 08, e mesmo aprovado, deverá ter recurso postulado para o plenário da casa. Apesar de muita polêmica, Mitidieri diz ter certeza de que o projeto será aprovado.

50 países “Mais de 50 países do mundo já regulamentaram o uso da cannabis medicinal. Eu lamento as fakenews, mas estamos aqui para eliminar as dúvidas da sociedade.”. Afirmou o parlamentar que comentou ainda: “Nesta pauta, as pessoas falam muito em ‘defesa das famílias’. Mas, existe defesa maior das famílias do que salvar a vida das pessoas que fazem parte das famílias? Eu acho que não!”, finalizou Fábio.

Dúvidas Para Ricardo Vasconcelos, a audiência foi fundamental para esclarecer as dúvidas da população acerca do tema. “Esse debate que travamos aqui hoje é de suma importância para que as pessoas tirem suas dúvidas e entendam melhor o tema. Foi por isso mesmo que fizemos um importante trabalho nas redes sociais para tirar essas dúvidas. Todos somos a favor da vida e do bem-estar das pessoas. Quanto mais informação temos, sobre o uso da cannabis medicinal, cada vez mais teremos força para defender esta pauta”, concluiu Ricardo.

13 milhões de brasileiros portadores de doenças crônicas Esse é um projeto que tem sido atacado diariamente com mentiras, com fake news para desconstruir um projeto que pode salvar vidas ou, pelo menos, melhorar a qualidade de vida de quem tem doenças graves. De acordo com a ANVISA, até 13 milhões de brasileiros são portadores de doenças crônicas como Mal de Parkinson, Câncer, Epilepsia Refratária, Autismo, Alzheimer e Dores Crônicas – entre outras patologias – em que a oferta de tratamentos terapêuticos é reduzida, insuficiente ou de custo elevado. Isso significa que cerca de 5,9% da população brasileira precisa da Cannabis Medicinal para seus tratamentos e terem qualidade de vida. Desde o fim de 2014, o Conselho Federal de Medicina (CFM) autoriza a prescrição de medicação à base de canabidiol e milhares pacientes já fazem uso. Mas com os insumos importados o medicamento fica muito caro. Nacionalizar a produção vai baratear muito o tratamento para os pacientes.

Sergipe é escolhido para projeto piloto no sistema do CFF de averbações O estado de Sergipe foi escolhido como piloto para o projeto de averbação do Conselho Federal de Farmácia (CFF). Com o objetivo de ter um cadastro único com as especializações de todos os farmacêuticos do país, o novo sistema será disponibilizado pelo Conselho Regional de Farmácia de Sergipe (CRF/SE) durante o mês de junho para sua avaliação e melhorias. Para tal, dois membros da Comissão de Ensino do Conselho Federal de Farmácia (Comensino/CFF) apresentaram ontem, 07 e apresentarão hoje, 08, o sistema e seu funcionamento aos servidores da Casa.

Fundamentos Além do tamanho do Estado, a escolha por Sergipe se deu por outros fundamentos. “Além da predisposição da conselheira federal, Fátima Aragão, e do presidente do CRF/SE, Marcos Rios, em receber o projeto piloto; Sergipe tem uma demanda menor. Já que é um projeto piloto, teríamos que estar testando um local com a quantidade menor de colegas, para depois partir para o restante do Brasil”, disse um dos idealizadores do projeto e membro da Comensino/CFF, o farmacêutico Jairo Sotero.

Sistema para todo país Depois de Sergipe, o sistema será testado na Bahia e, sendo aprovado, utilizado em todo país. “Vamos utilizar o sistema, verificar usabilidade e depois dos ajustes necessários vamos testar num segundo Estado, a princípio a escolha foi pela Bahia. Um Estado maior que poderemos estar avaliando também nosso banco de dados com uma quantidade maior de profissionais. Sendo aprovado, passaríamos a todo país”, explica Rui Reis, farmacêutico e também membro da Comensino.

Importância Sempre adepto a inovações e melhorias, o presidente do CRF/SE, Marcos Rios, ressalta a importância do novo sistema também para impedir qualquer irregularidade administrativa. “Com este sistema, acreditamos que as normativas educacionais vigentes para realizar o registro dos certificados serão atendidas e poderemos erradicar os pedidos de registro de certificados sem validade”, lembra.

Para averbar seus documentos Por causa da pandemia, o farmacêutico que quiser averbar sua documentação precisa agendar sua vinda ao CRF/SE por telefone (através dos números 3025-1650; 3211-9985; 3211-8577; 3214-5297) e trazer presencialmente suas declarações de especializações. O Conselho irá verificar a veracidade da documentação e se atende a legislação, depois averbará na carteira profissional e no sistema disponível para todo país.


PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Até quinta-feira, 10, campanha para doação de leite UHT Da organização: “É com enorme satisfação que essa semana encerraremos mais uma campanha para doação de leite UHT. Você ainda pode realizar a sua doação de R$ 14,90 até o dia 10/06. Toda a campanha será divulgada no nosso instagram: https://www.instagram.com/leiteonline/?hl=pt-br . Qualquer pessoa pode fazer a sua doação de forma simples e rápida. Essa campanha é comemorativa ao dia 01 de Junho que é o Dia Mundial do Leite. A verba será convertida para doação de leite UHT para instituições que cuidam de crianças e de idosos.
Ao doar você também participará do sorteio de 4 kits do LeiteOnLine.
– 02 kits – 01 Camisa LeiteOnline + 4 adesivos #leitesemprefazbem
– 02 kits – 01 MousePad + 4 adesivos #leitesemprefazbem
Campanha válida até 10/06/2021. Sorteio dia 22/06/2021, acompanhe as doações e o sorteio pelo instagram @leiteonline
Façamos um mundo melhor, com mais amor e mais leite.
É só clicar aqui. É rápido. Sua doação fará a diferença.”



PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br E FACEBOOK


MPSE lança Campanha “Aglomeração na festa junina, só quando todo mundo tiver tomado a vacina!”

O Ministério Público de Sergipe, por meio do Centro de Apoio Operacional dos Direitos à Saúde e do Gabinete de Monitoramento da Saúde, lançou a Campanha “Aglomeração na festa junina, só quando todo mundo tiver tomado a vacina!”. O intuito é conscientizar a população sergipana para manter as medidas de segurança sanitária no período junino.

“O objetivo da Campanha é conter o avanço da transmissão da Covid-19 em decorrência de eventos de circulação e aglomeração de pessoas durante os festejos juninos em Sergipe, o que gera risco de aumento do número de casos ativos e óbitos, bem como o colapso da rede de saúde”, explicou a Promotora de Justiça e Membro do Gabinete de Monitoramento da Saúde do MPSE, Sílvia Leal Albuquerque.

Assim como foi a Campanha promovida pelo MPSE no período do Carnaval, a ideia é reforçar que a pandemia continua e ainda é preciso manter todos os cuidados. “A pandemia não acabou. Apesar de a vacinação ter começado, o vírus ainda está circulando e a Covid-19 continua fazendo vítimas, independente da idade. A festa junina é uma tradição no nordeste e muitas pessoas mantêm as comemorações em família, mas as medidas de segurança sanitária devem ser respeitadas. O MPSE lembra que o ato de provocar aglomerações em locais públicos ou privados constitui atentado à saúde pública e é passível de responsabilização criminal, civil e administrativa”, frisou o Diretor do CAOp dos Direitos à Saúde, Promotor de Justiça Raymundo Napoleão Ximenes Neto.

Em maio, o CAOp da Saúde e o Gabinete de Monitoramento enviaram expediente com modelo de Recomendação e Ação Civil Pública (ACP) para os Promotores de Justiça com o intuito de subsidiar, respeitando a independência funcional de cada membro, o combate à violação das estratégias estabelecidas pelos Poderes Públicos no enfrentamento à pandemia da Covid-19 durante o período junino.


Siga Blog Cláudio Nunes:


Instragram

 Facebook

 Twitter



Frase do Dia
“Faça o seu pouco de bem onde você está; são esses pequenos pedaços de bem juntos que inundam o mundo.”
Desmond Tutu.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais