SE Pódio? Governo q destruiu esportes cria factoide. Enganará a quem?

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Nos últimos dias o titular deste espaço vem recebendo diversas reclamações de desportistas sergipanos. Tudo porque o governo Jackson/Belivaldo, que destruiu tudo o que foi feito na área esportiva em Sergipe pelos governos anteriores resolveu criar um factoide: o projeto “Sergipe no Pódio,” com a desculpa de ajudar os praticantes de esportes olímpicos.

Além de ser uma demagogia para quem deixou os esportes em frangalhos, o governo mostra toda falta de sintonia com os esportistas. Em tempos de coronavírus, onde todos estão preocupados com a pandemia e as soluções e ações para enfrentamento dela, o governo perdeu o time da história. A Olimpíada do Japão foi adiada para 2021.

Aliás, este projeto se fosse apresentado por um governo que realmente fomentasse o esporte como instrumento de inclusão social e aprimoramento dos atletas seria bem-vindo. Porém, um governo que não faz nada na área não tem sentido algum.

Aliás, não seria um favor e sim uma obrigação que ele não vem fazendo há muito tempo. E olha que o projeto, pela ótica de muitos dirigentes sergipanos, mostra também uma segregação: por que só esportes olímpicos?

Governadores Jackson/Belivaldo cadê o ginásio Constâncio Vieira? Sem a principal praça de esportes como as federações e atletas podem realizar seus eventos?

Cadê as políticas públicas para o esporte? Nunca existiu e agora com esse factoide mostra que já era de uma vez.

Esse anúncio num momento desse parece piada, mas não é. Partiu de um governo que acabou com o esporte sergipano, sem rumo e afeito a factoides para um ano eleitoral…

 

UTILIDADE PÚBLICA

Campanha Todos pela Vida, contra o Coronavírus: associações mostram na prática como a sociedade pode ajudar e não esperar apenas do Poder Público

A AMASE (Associação dos Magistrados de SE), em conjunto com a ASMP (Membros do Ministério Público), ADPESE (Defensores Públicos), APESE (Procuradores de Estado), ADEPOL (Delegados de Polícia), e OAB/SE (Advogados), deflagram, no dia de hoje, a Campanha Todos pela Vida, contra o Coronavírus, visando a arrecadação de recursos para a aquisição de equipamentos, insumos e EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) para serviços de saúde em Sergipe.

Preocupação das entidades de classe Não obstante toda a mobilização em torno da pandemia da nova vertente do Coronavírus (COVID-19), e das medidas já encetadas pelo Poder Público, nos níveis federal, estadual e municipal, são bastante conhecidas as carências de nosso sistema público de saúde, que tendem a se potencializar nesse cenário epidêmico. Essa preocupação já foi externada publicamente em nota firmada pelo Conselho Regional de Medicina (CREMESE), Sociedade Médica de Sergipe (SOMESE), Sindicato dos Médicos (SINDMED) e OAB/SE.

Responsabilidade social Por tais razões, as associações representativas das carreiras jurídicas e a OAB/SE somam esforços para buscar meios de colaborar para minoração dos efeitos dessa crise de saúde, junto aos seus associados, órgãos públicos, empresários e sociedade em geral. A responsabilidade social neste momento é compartilhada por todos, devendo se traduzir na busca da ampliação do acesso aos serviços e ações de saúde à população e da melhoria das condições de trabalho dos profissionais de saúde.

Conta As doações poderão ser feitas por depósito ou transferência para a conta bancária identificada no material de divulgação da campanha. Os valores arrecadados serão destinados por consenso das entidades envolvidas a projetos devidamente formalizados, dentro do escopo do projeto: promoção da vida e enfrentamento às consequências da COVID-19.

Aporte para o projeto Nesse contexto, a AMASE estuda realizar um aporte financeiro direto ao projeto, a partir dos valores que seriam aplicados em diversos eventos já programados para o 1º semestre, que deverão ser cancelados em razão das medidas relacionadas ao isolamento social, a partir de levantamentos já conduzidos por nossa Tesouraria e escritório de contabilidade. Esse encaminhamento também deve ser adotado por outras entidades participantes. A AMASE convida todos os colegas a participarem desta campanha e, desde já, agradece a sensibilidade e a disponibilidade de todos.

NOTAS

Tava demorando! Mesmo tendo sido uma das primeiras cidades a apresentarem casos suspeitos de infecção pelo Coronavírus, já descartados, graças a Deus e ao trabalho de profissionais qualificados da sua saúde publica, Itabaiana segue livre do vírus, mas não está livre da canalhice política. É que, apesar de todo o trabalho e esforços dos profissionais da área, duas emissoras, a Princesa FM, ligada editorialmente ao deputado Luciano Bispo na parte de seu radiojornalismo, e a Capital FM, ligada inclusive familiarmente a deputada Maria Mendonça, têm, mais uma vez, demonstrado que a Operação Marilu segue a pleno vapor nos bastidores, já que os ditos programas jornalísticos das referidas emissoras estão produzindo fake news em série acusando a prefeitura da cidade de não estar fazendo nada no combate a pandemia.

Fábricas de fake news Maria e Luciano, como se sabe, são adversários políticos do prefeito Valmir de Francisquinho. Mas nada justifica a veiculação de fake news pela emissoras ligadas à eles dizendo que a Prefeitura está inoperante nesse momento, pois Itabaiana tem se destacado pelas ações, pela velocidade nas respostas e pelo trabalho eficiente no combate ao coronavírus, tanto é que a cidade segue livre desse mal. Mas como o ódio contra o prefeito move essa turma, eles não se preocupam nem com a vida e nem com o bem estar da população, pois insistem em aterrorizar e gerar intranquilidade na sociedade itabaianense, numa atitude que, aí sim, pode levar ao caos social e a problemas graves no âmbito da saúde pública.

Alô autoridades Ao responder com nota de repúdio a essa atitude insana de uma parcela pequena de comunicadores descompromissados com a informação, a Prefeitura sinaliza que deve entrar na Justiça para coibir a veiculação dessas fake news que só prejudicam a população. E é interessante que o Ministério Público e a própria Anatel verifiquem o que tem ocorrido no jornalismo dessas emissoras. O MP pode, inclusive, recomendar o pedido de desculpas públicas dos radialistas como forma de tranquilizar a população e evitar tumultos desnecessários e arriscados para os itabaianenses. E a Anatel, por ser órgão fiscalizador dos veículos de comunicação que operam como concessões públicas, pode punir exemplarmente as emissoras no sentido de impedir que elas ou outras, com objetivo meramente politiqueiro, prejudiquem a saúde e a paz da população.

Hotel em Lagarto Em meio a todo o caos por conta da pandemia do coronavírus, o empresário sergipano Geraldo Majella Barbosa Prata, do Parque das Palmeiras, em Lagarto, está em fase final de construção de um hotel. Geraldo é um exemplo de empreendedorismo depois de construir um dos maiores parques de Vaquejada do Brasil e agora um hotel de várias estrelas, valorizando o Bairro Hortas, na Zona Urbana de Lagarto.

PMA: servidores receberão sexta-feira, 27 E o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, anunciou ontem, 24, que está antecipando os salários de todos os funcionários da prefeitura de Aracaju para dia 27/03. Mais uma medida que visa diminuir os problemas econômicos das do nosso município, fazendo com que 85 milhões sejam colocados na economia e tente atenuar os problemas econômicos.

Lagarto: Em meio a pandemia de coronavírus e paralisação dos trabalhos, Hilda Ribeiro prevê gastar R$ 6 milhões com aluguel de máquinas O portal Lagarto Notícias publicou ontem, 24, matéria informando que em meio a pandemia e falta de insumos básicos para atender a pandemia, a prefeita de Lagarto abre licitação de 6 milhões de reais para alugar máquinas. “A pergunta que surge é: qual a necessidade da Prefeitura de Lagarto marcar um pregão presencial, isso mesmo, aglomerar pessoas, prevista para dentro de alguns dias, para gastar R$ 6 milhões em locação de máquinas?” Toda matéria aqui.

O que o MPE em Lagarto acha de tudo isso? Já este espaço pergunta: O que o MPE em Lagarto acha de tudo isso? É só os membros do MPE passarem alguns minutos nas unidades de saúde de Lagarto e conversarem com os profissionais de saúde para constatar que falta desde álcool em gel, mas medicamentos e equipamentos de proteção individual (EPI) para eles. O álcool que tem em algumas unidades não informa nem mesmo o percentual, se chega a 70%. Sem contar a falta de médicos e outros profissionais. O MPE precisa analisar se esse aluguel de máquinas neste momento é prioridade. Ou não seria melhor direcionar os recursos para a saúde, comprando materiais e equipamentos para os profissionais?

Emendas para o coronavírus E o deputado federal Laércio Oliveira, anunciou ontem, 24, que remanejou R$ 25,6 milhões de emendas parlamentares para o combate ao coronavírus. “A SeGov antecipará o cronograma de utilização desses recursos com o objetivo de auxiliar estados e municípios na realização das políticas públicas de apoio à população. Essa ação é resultado do trabalho do Executivo em parceira com o Legislativo e corroborado pelos líderes do governo na Câmara, no Senado e no Congresso”, informa a nota.

OAB Nacional cria Fundo Emergencial de Apoio à Advocacia O Conselho Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil criou um Fundo Emergencial de Apoio à Advocacia com o objetivo de minimizar os impactos da crise causada pela pandemia de coronavírus (Covid-19). O Fundo já está ativo e pode receber doações da advocacia e de toda a sociedade. A Resolução Nº 10/2020 publicada na última segunda-feira, 23, regulamenta a organização e utilização dos recursos que forem depositados.

Temporário De caráter temporário, o Fundo irá receber e administrar doações financeiras com o objetivo de prover as necessidades mínimas dos advogados que se encontrem em grave crise financeira. Os recursos do fundo também servirão para a adoção de ações que promovam a sobrevivência e a dignidade da advocacia, sem prejuízo das Caixas de Assistência.

Doação O presidente da OAB/SE, Inácio Krauss, aprovou a criação do Fundo Emergencial de Apoio à Advocacia. “É uma excelente iniciativa da CFOAB e vai beneficiar muito aos advogados e advogadas nesse período de crise por conta da pandemia do Covid-19”, afirmou. Segundo ele, a conta para a doação já está ativa: Banco do Brasil, Ag: 4200-5 – Conta Corrente: 52.903-6, CNPJ: 33.205.451/0001-14. Mais detalhes da resolução aqui.

Laboratórios da Embrapa realizarão testes para identificação da Covid-19 Laboratórios da Embrapa realizarão testes para identificação da Covid-19 Os centros de pesquisa da Embrapa estão colocando à disposição do governo federal sua estrutura instalada de equipamentos, produtos e pessoal para ajudar na realização de testes laboratoriais para identificação da Covid-19. Os testes estão baseados no uso do equipamento RT-PCR, comumente empregado em estudos de biologia molecular.

Parceria A contribuição atende demanda do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que está atuando em parceria com o Ministério da Saúde. A ministra Tereza Cristina solicitou à Embrapa o levantamento dos laboratórios capazes de conduzir testes com a técnica RT-PCR e terem seu uso rotineiro redirecionado para identificar a eventual presença do coronavírus em amostras biológicas.

Etapa Os laboratórios da Embrapa poderão ser utilizados na etapa de amplificação e detecção do material genético (RNA fita simples) do coronavírus nas amostras recebidas. Os testes serão supervisionados pelo Ministério da Saúde em conjunto com instituições como a Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) e o Instituto Adolfo Lutz.

47 laboratórios A capacidade instalada na Embrapa indica a possibilidade de uso de 47 laboratórios. As estruturas geralmente são usadas para tarefas como detecção de genes de interesse agronômico em plantas, animais e microrganismos e podem ter seu uso adaptado para a necessidade prevista pelo Ministério da Saúde. Com base na infraestrutura disponível a Embrapa pode, potencialmente, contribuir com quase 43 mil análises por dia.

Sede em Aracaju Com sede em Aracaju, a Embrapa Tabuleiros Costeiros dispõe em seus laboratórios de dois aparelhos capazes de realizar análises para identificação da doença. A Unidade da Embrapa aguarda orientações detalhadas de protocolos e procedimentos dos Ministérios da Agricultura e da Saúde para definição de quando e como essa estrutura será empregada. A Empresa já vem colaborando com a Fiocruz para a realização de testes de detecção de Chikungunya, dengue e zica vírus, com o emprego da mesma tecnologia, visando aliviar as demandas do sistema de saúde.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Ação positiva da Prefeitura Itabaiana: todos unidos espiritualmente contra a Covid-19 Neste momento em que a *humanidade está unida no combate ao coronavírus, toda boa iniciativa que nos ajude a superar esse terrível suplício pandêmico é válido. Irmanados nessa luta, independente da sua profissão de fé, elevemos nossas preces a Deus, juntamente com o Papa Francisco, que nos lançou o convite para rezarmos a oração do Pai-Nosso na próxima *quarta-feira, 25, às 08:00h da manhã, aqui no Brasil, observada a diferença de horário que há entre o *Brasil e a Cidade do Vaticano.

 

PELO E-MAIL E FACEBOOK

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A defesa de George Magalhães Andrade e Antero Alves da Cunha Neto, representada pelos advogados Evânio Moura, Matheus Meira e Getúlio Sobral Neto,
após tomar conhecimento da sentença condenatória lavrada nos autos do Processo no. 201820100809, informa o seguinte:

01. Inicialmente estranha-se a ampla divulgação de uma decisão judicial lavrada em processo sigiloso, sendo a mesma lançada no sistema do TJSE no dia de hoje as 07:20 horas, não havendo sequer divulgação no Diário de Justiça Eletrônico, o que somente ocorrerá no dia de amanhã. Referida situação demandará a apuração necessária para descobrir quem por ventura violou o sigilo profissional, sendo relevante registrar que a imprensa cumpre sua missão constitucional de informar.

02. Quanto a condenação dos réus, aduz a defesa que a mesma se encontra equivocada, notadamente porque dissociada da prova dos autos, situação que será
melhor explorada quando da interposição dos recursos cabíveis.

03. De logo, informa a defesa que assim que seja retomado o curso normal dos prazos processuais, suspensos por determinação do CNJ e do TJSE, em razão da
pandemia do Covid-19, serão interpostos os competentes recursos, acreditando nas decisões oriundas do Poder Judiciário.

04. Por fim, relevante destacar que o réu deve ser considerado presumidamente inocente, nos termos do art. 5o, LVII, da Constituição Federal, não sendo possível falar em decretação de prisão ou quaisquer outros efeitos da condenação criminal,
posto que, segundo recente decisão do Supremo Tribunal Federal o cumprimento da pena somente deve ocorrer após o trânsito em julgado da decisão condenatória.
Esses os esclarecimentos necessários.

Aracaju/SE, 24 de março de 2020.

EVÂNIO JOSÉ DE MOURA SANTOS
OAB/SE 2.884 – OAB/BA 19.306
MATHEUS DANTAS MEIRA
OAB/SE 3.910
GETÚLIO SÁVIO SOBRAL NETO
OAB/SE 4.194

 

Coronavírus

Sinpol/SE cobra medidas emergenciais para policiais civis à delegada-geral Katarina Feitoza

A diretoria do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol/SE) esteve reunida na terça-feira, 24, com a delegada-geral da Polícia Civil, Katarina Feitoza, para cobrar medidas urgentes e necessárias à continuidade do serviço prestado pelos policiais civis nas delegacias dos 75 municípios.

“Ao longo dos últimos dias nós temos acompanhado as necessidades dos policiais civis. O nosso trabalho precisa continuar, mas os agentes, agentes auxiliares e escrivães precisam estar devidamente amparados. Enquanto em muitas profissões as pessoas são orientadas a ficar em casa nesse período de isolamento social imposto pela situação do Coronavírus, nós temos que estar nas ruas e nas delegacias. Nosso trabalho de combate ao crime não parou e já temos uma atividade de risco. Mas os riscos agora são ainda maiores e precisam ser evitados”, destacou Adriano Bandeira, presidente do Sinpol/SE.

Durante a reunião, que também contou a presença do diretor Jurídico do sindicato, Ênio Nascimento, o Sinpol/SE reforçou a necessidade do cumprimento de medidas sugeridas por meio de ofício recentemente e que até o momento não teve retorno por parte da Superintendência da Polícia Civil (Supci).

Durante a reunião, a delegada-geral da Polícia Civil mencionou que os materiais de proteção básicos estão sendo providenciados. “Estou me comprometendo a apenas sossegar quando tiver todos os insumos necessários para todos os policiais civis, mesmo com as dificuldades de aquisição no mercado de máscaras e álcool em gel. Nossos contatos com a Secretaria da Saúde têm sido diários e a pequena quantidade adquirida está sendo priorizada para unidades que permanecem realizando atendimento da população”, mencionou Katarina Feitoza.

Outras medidas emergenciais foram colocadas em pauta durante o encontro. “A delegada-geral também se comprometeu em ampliar a limpeza nas delegacias da capital do interior, por meio da contratação emergencial de terceirizados. Fizemos questão de demonstrar o nível de revolta dos policiais civis, das denúncias que temos recebido de todas as partes do estado”, completou Adriano Bandeira.

Diálogo com o Banese No tocante ao Banese, Katarina Feitoza informou que buscará diretamente dialogar com o governador Belivaldo Chagas e com o presidente do banco solicitando a prorrogação dos vencimentos das parcelas de empréstimos e financiamentos que irão vencer a partir do mês de abril, sem ônus, para que sejam cobradas a partir do mês de julho em diante. “O custo de vida do policial civil e de suas famílias aumentará nesse período de crise, então essa intervenção junto ao Banese é urgente. Além disso, bancos públicos e privados de todo o Brasil já estão prorrogando os vencimentos das parcelas de dívidas de seus clientes. Quanto às indenizações dos aposentados e pensionistas, ponto de solicitação anterior do sindicato, já começaram a ser pagas e estaremos também acompanhando essa demanda”, pontuou o presidente do Sinpol/SE.

Grupos de risco e vacinação Durante o encontro, o sindicato destacou a importância dos policiais civis que se enquadram no grupo de risco permanecerem afastados do serviço policial em virtude do Coronavírus. Cada caso específico será devidamente avaliado pela Supci. Em relação à vacinação dos policiais civis contra a gripe, a situação também está sendo avaliada junto à Secretaria de Saúde e logo será dado retorno aos policiais civis. “Nossas solicitações foram devidamente oficiadas e continuaremos acompanhando os desdobramentos dessa reunião. Embora o atendimento ao público externo esteja suspenso no Sinpol/SE entre os dias 25 de março e 02 de abril por conta do Coronavírus, nossa atuação sindical e luta pelos direitos dos policiais civis vai continuar. Se os policiais civis estão nas ruas se expondo, é nosso dever acompanhar de perto tudo que está acontecendo. Enquanto muitos precisam ficar em casa, nosso trabalho não pode parar e sabemos disso. Estamos fazendo a nossa parte. Cabe agora à gestão da Polícia Civil apresentar as devidas contrapartidas”, finalizou Adriano Bandeira.

PELO TWITTER

www.twitter.com/Fernando_Negrao O jornalista @BlogClaudioNun tem conhecimento de que agências do @Banese não estão respeitando o Home Office determinado pela direção do banco para os empregados maiores de 60 anos e que estão no grupo de risco da Covid19?Há caso no interior de empregado diabético e hipertenso.

www.twitter.com/gilmarmendes A imprensa brasileira tem dado um exemplo de excelência na cobertura do #covid19. Os jornalistas tem cumprido a missão de informar a população de forma técnica, mesmo que, para isso, esses profissionais tenham que se expor a riscos. A imprensa livre é um pilar da nossa democracia.

www.twitter.com/frednavarro O presidente prometeu kits de testes para 10 bilhões de brasileiros. Caramba, até o ano 3.520 vai ter gente fazendo teste.

www.twitter.com/jgprates 10 BILHŌES? Vamos testar até os marcianos!
Eita presidente bom.

www.twitter.com/anterogreco Torço por pequenos e médios empresários. Conheço vários (até parentes meus) que ralam, empregam muitas pessoas, são responsáveis, corretos, respeitosos, lutadores e temem por eles e pelos funcionários. Mas não perdoo aqueles que sentem mais dor no próprio bolso do que no coração.

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“Há um certo momento na trajetória de toda e qualquer nação em que ela se considera a escolhida. É nesse momento que ela dá oo melhor e o pior de si.” E.M. Cioran, 1973.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários