Seca SE: Mudaram apenas figuras. 50 Anos tudo igual!

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

A vida continua como dantes no quartel de Abrantes!

Não podia deixar de registrar a indignação com a falta de políticas públicas que tragam solução para os problemas da sociedade e, em especial, dos mais necessitados do nosso país.

Ontem o blog recebeu uma foto (print ao lado) que registra uma reunião ocorrida nos anos de 1967-70, onde estão presentes o governador 

Lourival Baptista e mais 10 prefeitos da região do semiárido sergipano para buscar soluções que amenizem o sofrimento da população daquela região que é provocado pela seca!

Ontem, 07/02/2017, cinquenta anos depois estavam em Brasília, salvo engano, 28 daquela região para buscar aquilo que ainda não foi resolvido, mesmo depois de tantos anos e “muitos esforços” dos nossos políticos. Sem falar governador, senadores, deputados e as promessas do ministro com assinaturas de recursos para amenizar a seca.

Todos disputando a “paternidade” dos recursos, mas ninguém pede a ajuda dos órgãos como MPF, MPE e outros, para fiscalizarem a aplicação dos recursos que chegarão a Sergipe. Para que eles sejam aplicados
diretamente para ações concretas da convivência com a seca. É não para a “bolsa água” como se fosse esmola para o sertanejo.

Enquanto isso o  sertanejo questiona: onde vai parar se todos da região sofrida, que tem um grande potencial eleitoral e econômico significativo, não se conscientizarem politicamente.

Vão esperar mais cinquenta anos?

Vão soltar Eduardo Cunha
Como diz um amigo: é claro que vão soltar o Cunha, para exercer o mandato e rir da nossa cara como se fôssemos otários…

BR-101 e aeroporto
O presidente da República, Michel Temer, determinou a retomada de duas obras de infraestrutura no estado de Sergipe. Assinadas ontem (7), as ordens de serviço incluem a volta das obras na BR-101, desde o município de Capela (SE) até a fronteira com estado de Alagoas, assim como do aeroporto Santa Maria, na capital Aracaju.

Lado Norte e trecho Sul
“Lembrei ao presidente da última reunião que tivemos, dia 11 de janeiro. Na ocasião, Temer ligou para o ministro cobrando o reinicio das obras da BR-101 sendo prontamente atendido por Maurício Quintela. O presidente prometeu retomar as obras do aeroporto e da BR-101. Agradecemos, mas precisamos de mais, queremos mais. Não queremos apenas o trecho de Capela-Propriá. Queremos toda a conclusão da BR-101 do lado norte e a licitação do trecho Sul, de Estância até a divisa com a Bahia. Pelo tempo que estamos aguardando, não dá mais para o povo sergipano esperar”, declarou o governador Jackson Barreto.

Emenda
“Não posso deixar de dar uma atenção especial à atuação do líder André que trabalhou diretamente junto ao Ministério dos Transportes para que a obra fosse retomada e convencendo os pares na liberação da emenda de bancada no valor de R$ 40 milhões”, destacou Maurício Quintela, ministro dos Transportes.

Transferência
Já o senador Valadares lembrou que solicitou ao ministro Quintela uma audiência com a bancada e o governo para o direcionamento de R$ 40 milhões de emendas para a obra do aeroporto. “Faremos a transferência assim como já fizemos de R$ 30 milhões para o hospital do câncer.”

Saúde
Ainda ontem o senador Valadares e o deputado Valadares Filho tiveram uma audiência com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, onde reivindicaram  mais investimentos para a saúde em diversos municípios sergipanos.

Lagarto: prefeito nomeia candidato derrotado a vereador em Simão Dias e aliados criticam
O blog recebeu a informação que alguns candidatos a vereador que apoiaram o prefeito eleito Valmir Monteiro em Lagarto, estão chateados porque ele resolveu nomear para o cargo de chefe de assessoria de educação permanente em saúde. Ele foi candidato pelo PMDB e obteve apenas 404 votos em Simão Dias.

Serviço prestado pela Via Mídia TV e outras empresas desperta cobiça de ex-assessor executivo público
E nos bastidores comenta-se que existe em curso uma operação nos bastidores, com o apoio até da Receita Federal, por conta de uma empresa que está sendo montada, com vultosa soma de recursos, que entrará no mercado que tem hoje, entre as empresas, a Via Mídia TV, através de centenas de pontos de TVs espalhados por restaurantes e outros estabelecimentos, como também painéis de LED.

Serviço prestado pela Via Mídia TV e outras empresas desperta cobiça de ex-assessor executivo público II
O problema da investigação não é a concorrência, E sim a origem dos recursos e os futuros contratos, principalmente nos poderes executivo, legislativo e judiciário. A investigação quer saber também se o novo “pseudo” empresário vai usar do tráfico de influência para os contratos vultosos.

Movimento turístico no Carnaval
Valor: As atividades turísticas ligadas ao Carnaval devem movimentar em 2017 cerca de R$ 5,8 bilhões, valor 5,7% menor que o de 2016, segundo pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. O estudo indicou que a área de alimentação fora do domicílio vai movimentar R$ 3,31 bilhões, e a de transporte rodoviário mais R$ 977,9 milhões.

Capela: estudantes pagarão transporte
O ex-prefeito de Capela, Ezequiel Leite (PR), ficou surpreso quando foi procurado por um grupo de estudantes universitários do município reclamando da mais recente medida da prefeita Silvany Sukita (PTN): estabeleceu a taxa mensal de R$ 180 para que os ônibus da Prefeitura façam o transporte dos alunos que se deslocam para Aracaju, diariamente, para cursarem o ensino superior na Universidade Federal de Sergipe e nas Faculdades particulares.

Quatro anos de graça
Segundo Ezequiel, durante os quatro anos de sua gestão em Capela os universitários sempre tiveram um ônibus pela manhã e outros sete veículos a disposição para o transporte, a tarde e a noite, para a Capital. “Essa é uma tradição que já se arrasta por mais de 30 anos. Os estudantes Universitários de Capela sempre tiveram direito ao transporte gratuito cedido pela prefeitura. Ora com veículos próprios, ora com veículos alugados. Mas o serviço era prestado sem qualquer cobrança”.

Salário de dezembro servidores Aracaju
Os partidos da oposição da Câmara Municipal de Aracaju, representados pelos vereadores Lucas Aribé (PSB), Elber Batalha (PSB), Fábio Meireles (PPS) e Cabo Amintas (PTB), participaram de uma reunião na última segunda-feira, na sede do Sindicato dos Enfermeiros – Seese, com os dirigentes dos sindicatos da saúde para tratar sobre o salário de dezembro de 2016 em atraso.

Debate
A proposta para o salário de dezembro ser pago em 12 parcelas ou em empréstimo consignado nos bancos da Caixa Econômica e Banese com juros que não são aceitos pelos servidores municipais foi amplamente discutido entre a bancada de oposição e os sindicalistas. Para o vereador Lucas Aribé os servidores não podem ser prejudicados e a Prefeitura Municipal de Aracaju precisa resolver o quanto antes essa situação.

Oposição contra parcelamento
“É uma obrigação constitucional. Os trabalhadores não podem ser prejudicados e não podem deixar de receber seus salários. A oposição é contra o parcelamento do salário e o que nós queremos é que a prefeitura busque resolver o quanto antes o problema. Nós, da oposição, estamos abertos a ouvir as demandas dos sindicatos, buscando o melhor para eles”, relatou o vereador Lucas Aribé.

Greve
Os servidores municipais da saúde já vinham no movimento de luta desde o ano passado por conta dos atrasos reiterados nos salários. Hoje, eles estão em greve e pedem o pagamento salarial integral de dezembro de 2016 ou redução no número de parcelas. Com a reunião os sindicalistas acreditam que conseguirão um canal de diálogo com o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), já que o legislativo se comprometeu em mediar essa negociação.

I encontro de Vereadores Evangélicos do Brasil
O deputado estadual pastor Antônio dos Santos ( PSC / SE ) participou ontem, 07, da reunião preparatória para a realização do I encontro dos Vereadores Evangélicos do Brasil. A reunião com a equipe responsável acontece no gabinete do senador Magno Malta em Brasília.

Mobilização
De acordo com o deputado Antônio, o objetivo do evento é mobilizar e nortear os vereadores evangélicos quanto as atividades parlamentares, principalmente no que condiz com a defesa dos menos favorecidos e dos valores cristãos.

Bandeiras
" Vamos nos unir na defesa das bandeiras que nós cremos enquanto seguidores de Cristo, como a defesa da família, valores morais, da criança e adolescente, dos índios contra o infanticídio, liberação das drogas e discriminalizacao do aborto" , citou o parlamentar.

Reconhecimento da verdade
Por meio de liminar, deferida  ontem (7), o Tribunal de Justiça de Sergipe garantiu a Associação dos Oficiais Militares PM e BM de Sergipe (Assomise) que o Jornal Cinform se abstenha de publicar conteúdo ofensivo à honra da entidade ou de qualquer membro do seu corpo diretivo, sob pena de incidência de multa diária de R$ 10 mil, caso haja descumprimento. A medida decorre de o Cinform utilizar uma manchete de capa para atacar e ferir a imagem pública da Assomise, com uma matéria ofensiva e caluniosa, utilizando denúncias vazias e de fonte sem credibilidade.

ASSOMISE acredita na justiça
O presidente da Assomise, tenente-coronel Adriano Reis, se disse confiante na Justiça sergipana e comentou a vitória: “Nossa intenção não é cercear a liberdade de expressão do veículo de comunicação, mas evitar que matérias contendo denúncias vazias e ofensivas à entidade sejam publicadas, mesmo depois de apresentarmos documentação que prova a lisura de nossa gestão. O processo está apenas começando. No entanto, essa liminar já mostra que fatos mentirosos e cujo principal interesse é denegrir a imagem da nossa instituição não serão tolerados.”

Meia-entrada para , radialistas ,publicitários e jornalistas.
A Radialista e  vereadora, Emília Corrêa (PEN), apresentou  ontem, 7, no Sindicato dos Radialistas de Sergipe, o projeto de Lei nº 12/2017  que assegura o benefício de meia-entrada para radialistas , publicitários e jornalistas em estabelecimentos e eventos culturais, esportivos, lazer e entretenimento no município de Aracaju.

Integração
O projeto de Lei – que foi protocolado na Câmara Municipal de Aracaju no último dia 3, – passará pela apreciação dos demais vereadores e, se aprovado por maioria, segue para a sanção do prefeito Edvaldo Nogueira.Para Emília Côrrea, os comunicadores são símbolos da democracia e o projeto amplia o acesso dos profissionais, facilitando a integração cultural, gostos e ritmos.

Sugestão
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Rádio e Televisão de Sergipe (STERTS), Fernando Cabral, afirmou que no ano passado procurou a parlamentar para sugerir o projeto.  “Conversei com Emília e vislumbramos a necessidade de um projeto que ampliasse o acesso da categoria nos estabelecimentos e eventos culturais. É um projeto muito importante porque dará aos trabalhadores de comunicação o direito a meia-entrada tanto no teatro, como no cinema, nas praças esportivas e outros estabelecimentos e eventos, uma vez que nossa remuneração é muito baixa e com o desconto de 50% poderemos beneficiar todos os comunicadores. No cinema, por exemplo, um ingresso custa R$ 24 reais e com a meia- entrada cairia pela metade”, pontuou.

Bem estar e saúde
Pratique bem estar e ganhe saúde. De segunda a quinta das 7h às 8h (nas areias ao lado do estacionamento da Passarela do Caranguejo). Mais 

Mais informações Gladston e Nick Maia: 99839-1718/98813-4407. 

informações Gladston e Nick Maia: 99839-1718/98813-4407. 

DAQUI DA ARQUIBANCADA*

Estaduais:
Neste início de temporada do futebol brasileiro, alguns times começam a despertar maiores interesses: alguns pelo bom futebol apresentado; outros, no caminho inverso, pelo baixo nível técnico. Na primeira situação encontram-se Santos e Flamengo, sendo que o Peixe já de algum tempo vem jogando o futebol mais vistoso do país, enquanto o Flamengo desde o final do ano passado tem conseguido fazer bons jogos e este ano tem sido arrasador no campeonato carioca até aqui. Em relação aos times que malograram até o momento, podemos citar Vasco, São Paulo e Corinthians. O time carioca por não ter um padrão de jogo definido e por ter uma defesa muito frágil. O São Paulo pela expectativa que se criou com a estréia de Rogério Ceni, e que acabou virando tragédia, diante da goleada que sofreu para o versátil e dinâmico Audax. O Corinthians é o mesmo do ano passado: um time sem alma, sem brilho e sem ritmo. Os problemas internos no parque São Jorge parecem se avolumar e o futebol dentro de campo parece diminuir a cada dia. Ah! E o Palmeiras? Bem, o verdão ganhou do bom Botafogo/SP, mas não empolgou, fez o dever de casa. Tem um bom time, mas falta conjunto e o time precisa sair do modo “Cucabol” (estilo de jogo que marcou o período do treinador Cuca, notável por ser adepto do chuveirinho na grade área) e jogar mais com a bola nos pés, pois tem jogadores hábeis para tanto. Se tivesse que fazer um exercício de futurologia, ainda que nesse estágio limiar das competições, diria que os campeões estaduais deste ano nos principais certames serão: Santos, Flamengo, Atlético/MG e Grêmio.

Gabriel Jesus
E o Gabriel Jesus está tendo um início arrasador no campeonato inglês. Além de bom de bola, o menino Jesus é carismático e já ganhou a simpatia da grande mídia e dos torcedores dos “Citizens”. Em dois jogos, três gols. Ainda é prematuro para tirar conclusões sobre o futuro do “golden boy” do Manchester City, mas não é de hoje que o mesmo tem demonstrado uma áurea incomum, pois saiu, como juvenil, da Copa São Paulo de 2015 direto para o time principal do Palmeiras, e já no ano seguinte (2016) se tornou titular da equipe, melhor jogador e campeão brasileiro, isso sem falar da medalha olímpica conquistada, sendo um dos destaques do time canarinho, senão o melhor, em que pese a presença do festejado Neymar. Não à toa que a grande imprensa já começa a fazer comparações  entre Gabriel Jesus e Neymar para saber quem será o protagonista da seleção brasileira nos próximos ciclos. Eu aposto em Gabriel Jesus, pois é mais comprometido, é mais profissional. Gabriel Jesus tem estrela!

MANOEL DANTAS – Advogado e Santista*
(http://daquidaarquibancada@gmail.com)

PELO TWITTER

‏www.twitter.com/minc_rj  Não tenho tempo de odiar quem me odeia. Meu tempo é para amar quem me ama! Renato Russo: poeta maior e 

coerente. Contra Intolerância e Ódio.

www.twitter.com/o_colecionador   É possível compreender quem rouba um pão pq tem fome; mas como classificar quem invade uma loja e sai carregando uma TV nas costas?

www.twitter.com/ThalesBrandao   No Espírito Santo, ninguém pode sair nas ruas. Um cemitério urbano – dominando pelos marginais.

www.twitter.com/requiaopmdb   Francamente não é a indicação de Moraes que incomoda, mas a circunstância em que ocorre que causa espanto.

www.twitter.com/gdoweber   Quando se está blindado, o lastro torna-se quase infinito…

www.twitter.com/sargentoedgard   O usuário do @IPESAUDE se não morrer da doença morre de raiva, atendimento ruim e cobertura péssima, as clinicas não aceitam o plano.

DO LEITOR

Inoperância da SMTT na Avenida Ministro Nelson Hungria
Do leitor Paulo César: “A SMTT é inoperante mesmo.  O caos instalado na rua Min. Nelson Hungria vem da administração anterior.   Agora, agravou-se de vez, no trecho que vai da esquina do GBarbosa, onde funciona um bar, com aglomeração de motoboys e ambulantes, estendendo-se até depois do CEPI na direção oeste.   Se tentar trafegar pelo local é um tragédia, principalmente nos horários de pico.   O remédio seria a transformação em mão única imediatamente e uma fiscalização severa, os taxistas tomam os dois lados da rua em frente ao GBarbosa, uma verdadeira tortura para nos que usamos as vias diariamente.”

Tocando em frente
Por: Geraldo Lima Feitosa, o Geraldo dos Correios: “Na próxima sexta – feira, dia 10/02, estarei me desligando dos Correios.  Não foi fácil tomar a decisão, afinal são quase 35 anos de bons convívios e a construção de grandes amizades, as maiores  de uma vida profissional que costumo dividir em três etapas: o trabalho itinerante em 63 cidades de Sergipe, 3 mandatos consecutivos à frente do Sindicato da Categoria e 13 anos no exercício da função de assessor técnico regional. Nesse período, estive sempre com os olhos voltados para o bem das pessoas. A gratidão que levo no coração pelo apoio recebido nos quatro cantos do estado, pelo reconhecimento de colegas que tiveram seus empregos de volta e outras tantas ações trabalhistas em benefício de parte significativa dos ECTistas, sempre pelas mãos do Dr. César Britto e sua renomada equipe de advogados da  Advocacia Operária, bem como o importantíssimo e inesquecível apoio político do Dr. Jackson Barreto de Lima, um companheiro de primeira hora, que esteve sempre ao nosso lado nos momentos em que precisamos de uma voz firme em defesa da categoria, um verdadeiro amigo de fé, um irmão camarada. Aos amigos dos Correios que ficam e aos que passaram, um forte abraço de todo coração”.

ARTIGO

Vereador sem mandato!  Por Hebert Pereira *

Não podemos observar calados tantas irregularidades e desrespeitos às leis na Administração Pública. O povo de Aracaju ainda não me confiou o mandato parlamentar, mas me sinto vitorioso por ter conseguido 1.514 votos conscientes (o que é muito difícil no cenário atual) e legitimado a exercer uma cidadania ainda mais ativa em prol da coletividade.

Por esta razão, farei valer minha voz enquanto cidadão e utilizando-se de todos os mecanismos que a Lei nos dispõe, lutarei pelo respeito aos interesses da coletividade e pela melhoria da política.

Nesse sentido, trabalharemos para concretizar o máximo de propostas do nosso Plano de Mandato, apresentado durante a eleição, utilizando-se da Iniciativa Popular, da Cidadania Fiscal e, quando necessário, de ações e representações aos órgãos judiciais e de fiscalização e controle.

Sempre buscamos nos posicionar sobre assuntos relevantes que estão sendo discutidos, fazer denúncias, considerações e dar sugestões. E iniciamos nosso trabalho com duas importantes ações:
– Uma Ação Popular para anular o edital da AGRESE acerca da privatização da DESO, por identificarmos vícios que podem comprometer lisura de futura licitação, prejudicar a população de Aracaju e de todo o Estado de Sergipe; e

– Uma representação no Tribunal de Contas do Estado, para fazer valer algo que seria objeto de um projeto de Lei que apresentaríamos na Câmara, a fim de acabar com qualquer autopromoção de governantes através da publicidade institucional.

Sabemos que são grandes nossas limitações, mas lutaremos!

*2º Suplente de Vereador em Aracaju pela REDE Sustentabilidade.

ARTIGO

Valadares e Jackson polarizam disputa em 2018 por Edson Júnior*

O ano de 2016 marcou um novo tempo na política sergipana – talvez o mais barulhento dos últimos 20 anos – e a mudança responde pelo nome de Valadares, que deve dar o tom das eleições de 2018.

Desde o ano passado, o filho de Caçula Valadares parece ter cansado de ser situação em Sergipe e resolveu radicalizar sua posição em relação ao governador Jackson Barreto.

Na verdade, Valadares percebeu que ao lado do governador seria sempre o comandado e que havia chegado a hora de voltar a comandar.

Ano passado, a eleição municipal em Aracaju, com Valadares Filho como adversário do candidato do governador, serviu de ignição.

Valadares rompe e passa a fazer oposição ao governo; principalmente, a Jackson Barreto.

A meta? Polarizar com Jackson e ganhar o imaginário do eleitorado como o novo nome da oposição, fazendo o que Eduardo Amorim não conseguiu: vencer o governador.

Valadares é sagaz, anda com as próprias pernas, tem inteligência política e sabe chegar onde quer.

Entrou na política depois da morte de seu pai, em 1965, como prefeito de Simão Dias, e, desde então, milita na política ao lado de grandes nomes, tanto da ala conservadora, quanto progressista.

Tem origem na ditatorial Arena, do regime militar, e se "esquerdou" no progressista PSB, onde é o líder absoluto no Estado.

Dos dois lados, ensinou e aprendeu a arte de fazer política e costurar acordos.

Em nível nacional, tem o nome reconhecido na sala dos grandes. Tem destaque no senado e prestígio nos poderosos corredores da república. O que ele fala, torna-se pauta nas discussões.

Vai aproveitar o ônus de governar que Jackson Barreto carrega e explorar com cargas ácidas de tinta.

É um adversário de peso.

Do outro lado, não tem um menino ingênuo. Jackson Barreto é o governador do estado e não descuida da política. Sabe jogar o jogo como ninguém. Tem feito movimentações que já conseguiram desfalcar a oposição de nomes importantes, com outros tantos na agenda para fechar uma nova aliança.

Tem sua história nascida nos movimentos em prol das liberdades e da democracia, mas também já caminhou ao lado de políticos conservadores. É um político hábil, que também tem trânsito nas duas alas com prestígio, poder e história.

Além de tudo, é um estrategista meticuloso. Parece estar sempre a frente dos adversários.

Tem problemas no governo, mas sabe se dirigir à massa para explicar as dificuldades de sua gestão. Em meio às inaugurações de obras pelo interior, aproveita para assinar ordens de serviços que vão montando uma espetacular agenda para as eleições de 2018 e a percepção para o eleitorado de que o governador não para.

Jackson sabe que Valadares é um risco real aos seus planos e partiu para a atração de políticos do bloco do senador. O objetivo, claro, é neutralizar a capacidade de Valadares em construir um bloco com força política capaz de ameaçá-lo.

Já conseguiu apoios importantes como Laércio Oliveira (SD) e, dizem, até da senadora Maria do Carmo (DEM) e Ricardo Franco (sem partido); apoios que causam  mal-estar entre os seus históricos aliados, entre eles o PT, mas, na relação custo/benefício, o governador, certamente, já fez seu balanço, concluindo que terá lucro.

Valadares já conseguiu o olhar da sociedade como oposição a Jackson. Até 2018, os dois bunkers vão estar em permanente estado de vigilância e estudo.

As frequentes participações de Valadares em redes sociais – sempre dando espetadas no governo, em Jackson e quem mais se coloque ao lado do governador – mostram que não haverá Vavazinho Paz & Amor.

Vai ser "pau na moleira" e "madeira de dar em doido".

Jackson aproveita sua vigorosa agenda governamental e entrevistas em meios de comunicação para dar respostas aos ataques e fazer novas provocações.

O jogo vai ser bruto entre os dois veteranos ases da política.

Por hora, Jackson ganha aliados e Valadares, a posição de oposição. Não é pouco isso.

Será candidato ao governo? Não se sabe, mas é o adversário do governador Jackson Barreto, podendo disputar o governo ou o senado e sair vencedor, sim.

Os dois vão querer provar – um para o outro – quem será o grande vencedor e quem será o grande derrotado.

*Jornalista

Cláudio Nunes no Face e no twitter:

https://www.facebook.com/blogclaudionunes/

Frase do Dia
“As prisões são universidades do crime, mantidas pelo Estado.” Piotr Kropotkin, anarquista russo,morreu em 08 de Fevereiro de 1921 (n. 1842).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários