Segurança deve ser tratada com prioridade

0

A segurança é os dos itens fundamentais no mundo de tecnologia de informação. Entretanto, o que tenho visto nas empresas (mesmo naquelas consideradas grandes) é um pouco de amadorismo na hora de lidar com esse importante aspecto. Algumas empresas começam empolgadas, traçam metas, indicam responsáveis, criam documentos e, pouco tempo depois, tudo volta ao nível de quando começaram.

 

Eu sempre brinquei dizendo que os profissionais que lidam com segurança são neuróticos. Com o passar do tempo vi que eles realmente precisam ser assim, para conseguir lidar com todos os tipos de problemas que aparecem. Segurança em TI envolve muitos aspectos e, muitas vezes, mesmo quem trabalha com informática desconhece os problemas. Porém, o que mais me deixa mais triste são aqueles profissionais desleixados.

 

Vou citar apenas dois exemplos para que vocês vejam o tamanho do problema.

 

Imagine uma empresa de e-commerce, como as Americanas, por exemplo. Já imaginaram o prejuízo de ter seu sistema fora do ar por algumas horas? Para isso ela precisa investir em segurança, montando uma infra-estrutura física com sites redundantes, telecomunicações, softwares de controle, processos bem definidos em caso de falhas, entre outras coisas. Tudo isso para ter uma alta disponibilidade da sua aplicação, já que não tem somente o prejuízo financeiro, mas também o da imagem da empresa. O que vocês achariam das pessoas da área de TI de uma empresa como essa, que não se preocupasse com isso? 

 

Vamos pensar agora numa empresa como o Banese. Sendo o banco usado pelo governo do estado pagar seus funcionários, a base de clientes é grande. Já imaginaram se acontece um desastre, como uma enchente ou um incêndio, e os dados fossem perdidos? Eu sinceramente, não consigo imaginar o caos que se instauraria neste Estado. Por este motivo o banco possui uma caixa cofre, que dá uma proteção contra esses desastres. E se não tivesse? Você colocaria seu dinheiro lá? Duvi-de-o-dó.


Tem muitas outras questões de segurança que poderiam ser abordadas, daria para escrever todas as semanas somente sobre isso. Entretanto, o meu objetivo é tentar abrir seus olhos. Se você não tem um profissional com perfil de segurança na sua empresa, contrate alguma consultoria que te preste este serviço. 

 

Lembre-se: segurança não se discute, se faz!

 

 

O Twitter é o email de pobre

O CEO do Google, Eric Schmidt, pisou na bola quando disse a seguinte frase: “Falando como cientista da computação, eu vejo tudo isso como um sistema de e-mail de pobre”. Depois ele ainda tentou se explicar, mas a frase causou muita polêmica. Até porque, o Google está em pleno flerte para comprar o Twitter, tendo como rival o Facebook. Como diz aquela velha frase do comércio “quem bota defeito quer comprar”.

 

O que tenho notado é além de usuários normais, o mundo corporativo tem usado massivamente o Twitter como ferramenta colaborativa. Eu até criei o meu perfil, mas tenho usado com pouca frequência, mais por falta de tempo do que pelo valor da ferramenta.

 

Ahhh, ia esquecendo… O Twitter está estimado em R$ 230 milhões de dólares.

 

 

Programa Primeira Empresa Inovadora

Finalmente saiu o Programa Primeira Empresa Inovadora (PRIME). Desde o final do ano passado, a FINEP anunciou o lançamento do projeto, mas na quinta-feira passada é que o Edital ficou disponível.
O PRIME investirá, em 2009, 230 milhões de reais em empresas nascentes, que criem produtos inovadores. Dois mil empreendimentos receberão 120 mil reais da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP). O financiamento é feito em forma de subvenção econômica e os recursos não precisarão ser devolvidos à Finep.
A seleção dos empreendimentos será feita por 17 incubadoras, que repassarão os recursos para as empresas. Aqui em Sergipe, o CISE é o responsável. para maiores informações acesse aqui.

 

 

Microsoft Student Partner

A Microsoft escolheu dois alunos da UNIT para fazer parte do Microsoft Student Partner (MSP), são eles Daniel Ramon Pinheiro e Rafael Oliveira Vasconcelos. O programa MSP tem como objetivo estimular bons alunos a conhecer as tecnologias Microsoft para que eles possam divulgá-las não somente no meio acadêmico, mas também no mundo corporativo.

Para permanecer no programa, os estudantes devem cumprir algumas metas, entre elas, postagens em blogs ou jornais. Para ajudá-los nessa caminhada, eles escreverão regularmente para a nossa coluna, em outro dia da semana, no qual abordarão temas relacionados a Microsoft e suas tecnologias.

 

Novo Windows terá ferramenta para desativar o Internet Explorer (por Hugo Dória)
O Windows 7, próxima versão do Sistema Operacional mais usado do mundo, terá uma ferramenta que dá ao usuário o poder de desativar vários componentes e programas-chave do sistema. Entre os programas estão:

– Internet Explorer 8

– Windows Media Player
– Windows Search
– Reconhecimento de escrita
– Windows Gadget Platform
– Fax e Scan
– XPS Viewer and Services


Uma das razões para esta mudança é acusação, pela União Européia, de que a Microsoft estaria abusando do monopólio e da sua posição no mercado, afastando os navegadores da concorrência ao incorporar o Internet Explorer ao Windows.

 

 

Em tempo: O Gordo do Timão é melhor que qualquer magro do Mengão.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais