Segurança falida

0

É assustadora a insegurança no interior de Sergipe. Nem mesmo os policiais militares sentem-se protegidos. Alguns deles já não dormem nas delegacias temendo ser atacados pelos bandidos que, na calada da noite, explodem com dinamites agências bancárias. Ora, se nem a Polícia está segura, imagine a indefesa população. Tem município sergipano que não dispõe de um único soldado para protegê-lo. Ontem, a prefeita de Brejo Grande, Fernanda Tenório (PTC), disse à cúpula da Polícia Civil que em sua cidade quase todos os comerciantes já foram assaltados pelo menos uma vez. Inteirados sobre a falência da segurança pública, os marginais estão aterrorizando os cidadãos. Até parece que voltamos ao século passado, quando cangaceiros comandados por Lampião entravam nas cidades e botavam os policiais pra correr, quando não os sangravam em praça pública.

Contra greve

E o vereador aracajuano Agamenon Sobral (PP) voltou a fustigar o Sindicato dos Professores por conta da paralisação organizada ontem pela categoria. Segundo o parlamentar, os grevistas não se preocupam em repor as aulas não ministradas, contentando-se em passar trabalhos escolares. Agamenon garante que, enquanto os professores lutam por vantagens salariais, os estudantes deixam de aprender. Vixe Maria, será?

Ração

Já pensou em ajudar a alimentar gatos e cachorros? Em parceria com a ONG Educação e Legislação Animal (Elan), o Hiper Bompreço da avenida Gonçalo Prado começa amanhã uma campanha de arrecadação de ração. O objetivo é ajudar na alimentação dos cães e gatos que ficam na ONG aguardando para serem doados. A coordenadora da ONG, Nazaré Moraes, garante que os cães e gatos localizados nas ruas passam por tratamento ante de serem doados.

Cesta básica

Aracaju segue tendo a cesta básica mais barata do país (R$ 222,55). É o que revela pesquisa do Dieese sobre o preço dos alimentos em outubro passado. Os produtos com elevação na maioria das capitais foram carne, tomate, pão francês, leite e manteiga. O feijão, por outro lado, foi o único produto que mostrou redução, sendo que a maior ocorreu em Aracaju (13,28%).

Troca-troca

O conselheiro Carlos Pinna de Assis voltará a presidir o Tribunal de Contas de Sergipe em substituição a Carlos Alberto Sobral, que passará a comandar a Escola de Contas. Clóvis Barbosa será o futuro vice do TCE, enquanto Ulices Andrade foi escolhido corregedor-geral. A posse da nova diretoria vai acontecer na segunda quinzena de dezembro.

Leilão da ANP

A produção brasileira de gás não convencional, de extração mais complexa, como o Xisto, deve começar pelas bacias de Sergipe e Alagoas e do Recôncavo Baiano. Foi o que garantiu ontem a diretora da ANP, Magda Chambriard. A ANP realiza nos dias 28 e 29 deste mês a 12ª rodada de licitação específica para áreas de potencial de gás natural convencional e não convencional. Nas bacias de Sergipe e Alagoas estão sendo oferecidos 80 blocos.

Mudança na folha

Ângela Andrade Dantas Mendonça, contadora e especialista em Gestão Fiscal e Planejamento Tributário, fará palestra hoje sobre ‘SPED Social e as mudanças na folha de pagamento para 2014’. Será no Mercure Hotel, durante a 8ª edição do Almoço com Negócios promovido pela Associação Comercial e Empresarial de Sergipe.

Mais Médicos

O apoio da população ao Programa Mais Médicos cresceu nos últimos meses e chega a 84,3%. Pesquisa divulgada pela Confederação Nacional dos Transportes mostra que 66,8% acreditam que os médicos estrangeiros do programa estão capacitados para atender à população. Apesar do aumento do apoio ao programa, 90,6% das pessoas ouvidas não conhecem alguém que tenha sido atendido por um médico estrangeiro do programa.

Ninguém quis

Ninguém apresentou lance para arrematar o Hospital Regional Amparo de Maria, localizado em Estância. Realizado ontem, o leilão visava vender a unidade de saúde para arrecadar R$ 6 milhões que seriam usados na quitação de dívidas. Hoje, o hospital deve mais de R$ 50 milhões referentes a débitos com a Previdência, Caixa Econômica Federal e passivos trabalhistas. Outro leilão deverá ser marcado pela Justiça Federal.

Desagrada

O anúncio de medidas feitas pelo governo estadual visando economizar R$ 80 milhões/ano não agradou aos sindicalistas. O presidente do Sindicato dos Servidores Estaduais, Valdir Rodrigues, acha que os cortes deveriam ser mais profundos. Já o presidente do Sindifisco, Abílio Castanheira, considerou as medidas do governo como perfumaria, pois os R$ 80 milhões não representam nem 1% das despesas do governo.

Do baú político

Convidado pelo então governador Albano Franco (PSDB), o coronel de Exército Antônio Freitas Alcântara comandou a Polícia Militar de Sergipe por nove meses, tendo deixado o cargo após um aquartelamento que durou oito dias. O coronel era visto por alguns policiais como vacilão. Essa pecha, contudo, caiu por terra numa manhã, durante a formatura matinal no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cefap). Após falar sobre respeito aos superiores, coronel Alcântara orientou que ao seu comando todos deveriam se agachar. Gritou “um, dois” e se agachou, sendo seguido pela tropa, com exceção de dois oficiais que permaneceram de pé. Aí a coisa ficou feia, pois o oficial do Exército sacou a pistola, engatilhou e se dirigiu aos ‘rebeldes’. Conversou baixinho com ambos e, em seguida, repetiu o comando de “um, dois”. Ele e toda a tropa se agacharam, inclusive os dois oficiais. Foi um alívio para todo mundo.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais