Senador de costas para Sergipe

0

Pensando bem, o senador Alessandro Vieira (Cidadania) age certo ao pensar em concorrer à Presidência da República. Eleito como a grande zebra do pleito de 2018, o cidadanista tem feito um mandato de costas para Sergipe. Prefere disputar espaços na mídia nacional a aparecer na imprensa da terrinha. Vieira segue a cartilha dos ex-senadores Gilvan Rocha (MDB) e Zé Eduardo Dutra (PT), também eleitos graças a alta rejeição de seus adversários, respectivamente, Leandro Maciel (Arena) e Lourival Baptista (DEM). No fim dos mandatos, considerados pela imprensa nacional como excelentes, o emedebista e o petista se candidataram ao governo de Sergipe e foram fragorosamente derrotados por João Alves Filho (DEM), em 1982 e em 2002. Conclui-se que, se tentar disputar a sucessão do governador Belivaldo Chagas (PSD), Alessandro pode ter o mesmo destino de Gilvan Rocha e Zé Eduardo Dutra. Portanto, se é para ser derrotado na disputa estadual, é melhor concorrer logo à Presidência da República. Sem contar que se o cavalo selado passa novamente na porta do senador, ele tira a sorte grande pela segunda vez. Marminino!

Viva a vida

Sergipe completou, ontem, 72 horas sem registrar nenhuma morte por convid-19. Desde o princípio da pandemia, esta é a primeira vez que isso acontece. Nem precisa dizer que todo mundo está sorrindo de orelha a orelha. O governador Belivaldo Chagas (PSD), foi as redes sociais comemorar a boa nova: “um recorde pela vida! Graças a Deus, ao trabalho dos nossos profissionais e ao avanço da vacinação”, postou. Apesar da satisfação, o gestor voltou a alertar a população sergipana para não baixar a guarda. Certíssimo!

Vidas secas

Em 14 municípios sergipanos cerca de 79 mil pessoas sofrem com a seca inclemente. Deste total, 35.278 estão sendo assistidos pelo governo através da Operação Carro-Pipa. Os flagelados residem em Frei Paulo, Pinhão, Monte Alegre, Ribeirópolis, Feira Nova, Tobias Barreto, Canindé do São Francisco, Poço Redondo, Carira, Ilha das Flores, Nossa Senhora da Glória, Poço Verde, Nossa Senhora Aparecida e Gararu. Esta informação é do blog Primeira Mão!

Fedentina

Interessado em comprar um imóvel em Aracaju, um cidadão perguntou a outro se nos bairros 13 de Julho e Jardins o ar é puro. Resposta: “É, puro esgoto”. Cruz, credo!

Espada de Deus

O deputado federal João Daniel (PT) e o frei Roberto botaram a conversa em dia após anos sem se encontrarem. O religioso, que está completando 50 anos de sacerdócio agora em 2021, morou em Sergipe nas décadas de 80 e 90, atuando no Baixo São Francisco e no sertão sergipano. Em suas pregações, frei Roberto costumava dizer que “o povo unido é a espada de Deus”. João Daniel fala do o reverendo como “um grande homem, que fez opção na vida em defesa dos pobres, da classe trabalhadora e da Teologia da Libertação”. Amém!

Cego de tesão

Um levantamento feito com homens entre 25 e 35 anos revelou que 20% dos pacientes utilizaram medicamentos para disfunção erétil sem prescrição médica. São jovens que acham que tomando a medicação vão virar super-homens, vão ter um aumento da potência. O coordenador do estudo, urologista Cláudio Murta, diz que a utilização inadequada de estimulantes pode ocasionar efeitos colaterais como dor de cabeça, nariz entupido, rosto vermelho, diarreia, náusea, vômito e, em casos mais raros, pode provocar cegueira. Home vôte!

Acordo negado

E o ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL), se apressou em negar qualquer acordo político com o governador Belivaldo Chagas (PSD). Ele explica que está ouvindo e, principalmente, buscando compreender a vontade dos sergipanos para 2022. O ex-prefeito tem se insinuado como pré-candidato ao governo, mas há quem diga que o sonho dele é compor uma chapa como vice, desde que lhe garantam a reeleição do filho e deputado estadual Talysson de Valmir (PL). Ah, bom!

Paz e conciliação

Presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Edvaldo Nogueira (PDT) não esconde a preocupação com o esgarçamento do tecido democrático no país. Diante das manifestações pró e contra o presidente Bolsonaro, o gestor aracajuano sugeriu ser este “o momento de unirmos a nossa voz e pedir por paz social e conciliação nacional”. Nogueira entende que “as diferenças políticas não podem nos desvirtuar do progresso, do crescimento econômico, da redução das desigualdades, do respeito e da busca por um país mais justo, mais humano e solidário”. Aff Maria!

País de negativados

Mais de um quarto da população com ganhos de até R$ 2 mil, gasta metade dos rendimentos com cartão de crédito, empréstimos consignado e pessoal, financiamentos de automóvel e imobiliário, além de cheque especial. Entre as pessoas com renda acima de R$ 10 mil, o percentual com estas despesas é de 13%. Segundo o estudo da Serasa Experian, a maioria (69%) das pessoas negativadas tem renda de até R$ 2 mil. Danôsse!

Conversa fiada

Essa conversa de fechar o Supremo Tribunal Federal e coisa e tal, não passada de lorota pra enganar os bobos. Quem pensa assim é o presidente do Avante em Sergipe, Clóvis Silveira. Ele lembra que “desde 2019 a conversa é a mesma: vão acabar com o judiciário, com o congresso e blá-blá-blá-blá. Haja insensatez. Nem os comandantes das Forças Armadas concordam com uma nova ditadura militar no Brasil”, afirma Silveira. Crendeuspai!

Letra morta

Tramita na Câmara de Aracaju um projeto proibindo os estabelecimentos comerciais de a fornecerem produtos de plástico descartáveis, como copos e pratos. Alguns vereadores entendem que se a punição aos infratores não for dura e se não houver fiscalização, o projeto não tem razão de ser. Eles estão certos: em 2019, a mesma Câmara aprovou propositura proibindo o uso de canudos de plásticos em Aracaju, mas o produto continua sendo usado, principalmente nas praias e bares da periferia. Misericórdia!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Tarde, em 2 de dezembro de 1933

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais