Será que João Alves surtou?

0

O ex-governador de Sergipe, João Alves Filho (DEM), parece não  acreditar na capacidade de discernimento dos aracajuanos. Para espanto  de todos, o democrata foi ao horário eleitoral gratuito insinuar que  as pesquisas divulgadas até agora sobre as eleições em Aracaju são falsas. Na tentativa de justificar o discurso, Alves Filho acusa o  governo do Estado de usar a força do poder para evitar a veiculação  das verdadeiras consultas de opinião pública. Ora, estaria o  ex-governador esquecido de que nas eleições passadas foi justamente o DEM que tentou – e quase conseguiu – impedir que a TV Sergipe  divulgasse uma pesquisa do Ibope? Ao fazer tão ilação, o “pefelista”  afronta todos os institutos que realizaram e registraram pesquisas na  Justiça Eleitoral de Sergipe. Além disso, deixa transparecer que enxerga o eleitor aracajuano como um inocente. Com todo respeito, no  interior afirma-se que o sujeito surtou quando acha que todo mundo é  idiota, incapaz de saber o que é uma falácia.


Pão salgado


A cotação do trigo ao produtor agrícola caiu 22%, nos últimos dois meses, mas o preço do popular pãozinho recuou apenas 0,22% nesse período. Entre janeiro e maio, o trigo em grão teve alta de 30,1%. Segundo o IBGE, o pãozinho aumentou 18,1%, acompanhando a tendência do mercado naquela ocasião.  Os panificadores, no entanto, garantem que ainda estão no prejuízo, pois os custos no varejo cresceram 40%, mas o repasse foi de apenas 25%. Enquanto governo e produtores buscam um culpado pela subida dos preços, o consumidor vai pagando cada dia mais um pouco para comprar o pãozinho.

Contra a multa

O deputado federal Laércio Oliveira (PSDB/SE) defende a atualização da Lei Complementar que obriga o empregador a pagar multa de 10% sobre o saldo do FGTS do empregado quando este for dispensando sem justa causa, além dos 40% já definidos por norma legal. O tucano apresentou um projeto que desobriga o empregador a pagar a multa de 10% do FGTS. “Enquanto gasta parte dos lucros em impostos, o empresário brasileiro deixa de investir no desenvolvimento de sua empresa, no aprimoramento e qualificação da mão-de-obra, na compra de maquinário e equipamentos”, argumenta Laércio.

Investindo na fisiatria

O Ipesaúde inaugura, às 16 horas desta quinta-feira (11), a reforma física do Centro de Reabilitação Maria Virgínia Leite Franco, localizado na rua Dom José Tomaz, nº 339, em Aracaju. O prédio do antigo Centro de Fisiatria ganhou novos e modernos equipamentos, além de terem sidos recuperados alguns dos já existentes. Durante o período de realização das obras de reforma, os beneficiários do instituto foram encaminhados para clínicas credenciadas. Entre outros serviços, o Centro oferece exercícios ativos, passivos, corretivos e respiratórios; forno de Bier, ginástica corretiva, infravermelho, massagens terapêuticas e ultra-som.

Sempre aos domingos

O diretor de redação do Jornal da Cidade, jornalista Marcos Cardoso, lança às 18 horas de hoje (11) o seu livro “Sempre aos domingos”. A noite de autógrafos será na Sociedade Semear, na rua Vila Cristina, em Aracaju. O livro traz textos jornalísticos publicados por Marcos em alguns veículos de comunicação em que atuou na Bahia e Sergipe, além da revista Veja. No mercado há mais de 20 anos, Cardoso publica todos os domingos no Jornal da Cidade uma coluna política muito bem informada e melhor ainda redigida. Pode apostar, a noite de autógrafos vai bombar!

Visita à Crown

Quem chega hoje a Aracaju é o presidente nacional da Crown Embalagens, Rinaldo Lopes. Ele vem visitar as obras da fábrica que a empresa está montando em Estância para a produção diária de dois milhões de latas de alumínio para bebidas. O secretário estadual do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia, Jorge Santana, acompanhará o empresário na visita à futura fábrica. Além de estar a pouco metros da fábrica de bebidas AmBev, a planta deve abastecer as operações da Kaiser em Feira de Santana (BA) e da Coca-Cola em Arapiraca (AL).

Dia das Crianças

No Dia das Crianças deste ano, os consumidores deverão gastar entre R$ 30 e R$ 70, de acordo com a classe social ao qual pertencem. Segundo a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping, as pessoas das classes A e B chegarão a gastar R$ 70, enquanto os da C e D escolherão presentes entre R$ 30 e R$ 40. As vendas deverão apresentar um crescimento entre 10% e 12%, em relação aos resultados apresentados no Dia das Crianças do ano passado graças a série de lançamentos de brinquedos que acontecem em outubro.

Falta
de garantia

A união faz a força. Esta é uma das premissas básicas de uma ferramenta que pode resolver o problema de boa parcela de micro e pequenas empresas no acesso ao crédito: as Sociedades de Garantia de Crédito. Pesquisas comprovam que o problema que mais afeta esse segmento não é a falta de linhas de crédito, mas a insuficiência de garantias exigidas pelo sistema financeiro. De acordo com pesquisa do Sebrae, cerca de 22% dos empresários de micro e pequenas empresas não conseguiram concretizar operações de crédito com o sistema financeiro por falta de garantias.

Excesso de anfetamina

O Brasil é o terceiro maior consumidor de remédios inibidores de apetite produzidos à base de anfetamina no mundo. A informação está no último relatório do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes. O estudo revela que o consumo dos estimulantes à base de anfetaminas entre os brasileiros é de dez doses diárias por 1.000 habitantes. A anfetamina é a principal substância de diversos remédios para perda de peso e estimulantes, como o Anfetramona e Fenproporex, produzidos licitamente.

Energia total

A Energisa leva hoje ao conjunto residencial Fernando Collor, em Socorro, o Programa Energia Total. Durante todo o dia, a empresa executará serviços como ligação e religação de energia, parcelamento de débitos, iluminação pública, informação de padrão de entrada, entre outros. Serão distribuídas mais de 2,2 mil lâmpadas compactas eficientes a quem apresentar a conta de energia em dia. Cada conta garante três lâmpadas. O Programa prevê a apresentação da peça teatral “As novas aventuras do Zé da Luz”.

Comentários