Sergipe quer gás

0

Amanhã é o dia D para o desenvolvimento sustentável de Sergipe. Nesta terça-feira, o presidente da Petrobrás, Sérgio Gabrielli, estará em Aracaju para discutir com o governo o aumento da oferta de gás no Estado e, conseqüentemente, já assinar uma carta de intenções para a duplicar a Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen). O gás é fundamental para a duplicação, que se encaixa na política do governo federal de buscar a autosuficiência na produção de adubos. Com mais gás, também se viabilizará um dos maiores investimentos de fertilizantes do Brasil, capitaneado em Sergipe pela Vale do Rio Doce. A Companhia vai investir mais de US$ 1 bilhão visando aumentar a produção de potássio. O projeto, que pretende extrair potássio das jazidas de carnalita, precisa de grande quantidade de energia. A Petrobras poderá garantir o suprimento de gás natural na ordem de 500 mil metros cúbicos por dia, necessários para a viabilização do empreendimento da Vale. E Gabrielli tem como atender Sergipe, pois hoje a Bahia possui gás suficiente e não se negará a repassar uma parte a um Estado que sempre enviou essa mistura de hidrocarbonetos para viabilizar os importantes projetos baianos.

 

Fica Motinha!

 

Enquanto torcedores do Sergipe querem ver o presidente Antônio Soares da Mota pelas costas, as torcidas dos demais times sergipanos são pela continuidade de ‘Motinha’ à frente do clube vermelhinho. Esse desejo aumentou ainda mais ontem, depois que a equipe do Siqueira Campos levou uma baita goleada do fraquinho Sete de Julho, de Tobias Barreto. Aliás, já tem torcedor do Confiança pensando em mandar confeccionar adesivos com a frase “Fica Motinha”. É que ele permanecendo na presidência, o Sergipe não ameaça ninguém.

 

Malha fina

 

A Receita Federal libera hoje o pagamento de dois lotes de restituição do Imposto de Renda das pessoas físicas que saíram da malha fina, referentes a 2008 (ano calendário 2007) e 2009 (ano calendário 2008). A consulta ao lote pode ser feita na internet, no endereço www.receita.fazenda.gov.br, ou pelo telefone 146 (ReceitaFone).

 

Aracaju em fotos

 

Uma viagem no tempo em 21 fotos. Essa é a proposta da exposição “Aracaju: o passado e o presente é o futuro”, promovida pela Secretaria Municipal de Comunicação, em comemoração ao aniversário de 155 anos da capital. A abertura acontecerá na próxima sexta-feira, no Mirante da 13 de Julho. A mostra convida o público a conhecer como eram pontos simbólicos da cidade entre as décadas de 1920 e 1960, para então revê-los atualmente sob a ótica do desenvolvimento urbano.

Vendendo mais

 

Em fevereiro passado esboçou-se um início de recuperação nas exportações sergipanas. Elas atingiram o valor de US$ 6,9 milhões no mês, se situando 72,8% acima do montante de janeiro e 28,3% maiores do que fevereiro de 2009. As importações de fevereiro alcançaram US$ 13,4 milhões, resultando em saldo comercial negativo de US$ 6,5 milhões. As importações de fevereiro se situaram 29,1% acima das de janeiro e foram 31% maiores que as de fevereiro de 2009. A informação é do Boletim Sergipe Econômico Fies/UFS.

 

Correção salarial

 

A coluna foi levada ao erro pela informação veiculada em um jornal local, tendo divulgado que o salário de um delegado de Polícia no início da carreira é R$ 8,3 mil. Neste final de semana, uma delegada alertou para o equívoco do matutino, que foi aqui amplificado. Na verdade, R$ 8,3 mil é o salário básico de quem está no final da carreira profissional. O delegado que começa agora ganha pouco mais de R$ 6 mil.

 

Abra o olho

 

Os juros no crediário variaram de 2,47% a 8,66% ao mês em fevereiro, dependendo do setor. A principal explicação para esta variação entre as taxas é a competição. No mês passado, o consumidor pagou menos juros na aquisição de veículos (2,47% ao mês) e mais em artigos de ginástica (8,66% ao mês). Além da inadimplência, o prazo e a competição ditam a diferença das taxas de juros. A demanda é outra determinante, uma vez que a taxa cai quando a procura pelo produto é baixa.

 

Cerco aos caminhões

 

O recadastramento que pretende regularizar o segmento rodoviário de cargas está de volta. Empresas, cooperativas e caminhoneiros autônomos devem aderir às novas regras para obter a atualização do Regis­tro Nacional de Transporta­dores Rodoviários de Cargas (RNTRC), que passa a ser obrigatório. As multas para quem não aderir variam de R$ 550 até R$ 5 mil. Uma das principais mudanças está na exigência de responsáveis técnicos para as empresas e cursos específicos para os caminhoneiros.

 

Almoço da Fitec

 

A edição 2010 da Feira da Indústria e Inovação Tecnológica (Fitec) será lançada na próxima sexta-feira, durante almoço na sede da Federação da Indústria do Estado de Sergipe (Fies). Do evento participarão patrocinadores, representantes das indústrias e expositores da Feira, que objetiva reunir toda cadeia produtiva de Sergipe em um só lugar, favorecendo a realização de negócios entre elas, além de mostrar para a sociedade todos os produtos que são fabricados no Estado.

 

Dá-lhe Mengão!

 

E a urubuzada amanheceu sorrindo de orelha a orelha com a vitória do nosso Mengão sobre o freguês Vasco da Gama. A satisfação foi maior porque o goleiro Bruno defendeu dois pênaltis batidos por Dodô. Já Adriano, recuperado da escaramuça com a louraça quebra barraco, sacramentou um pênalti e deu a vitória ao Flamengo. De quebra, aqui o Confiança encontrou o caminho da vitória. Depois de oitos jogos sem ganhar, venceu apertado o São Domingos.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais