Servidor de 2ª classe

0

Ao enviar para a Assembléia projeto reajustando em míseros 7,97% os salários dos professores, o governo considera de 2ª classe os demais servidores estaduais, já desesperançados de terem seus minguados vencimentos majorados neste ano. Nada contra o benefício proposto para os educadores, mas por que apenas eles terão as perdas inflacionárias repassadas aos contracheques? E como ficam as demais categorias? Admitamos, tem pouca valia a justificativa do Executivo de que não pode reajustar os salários para não ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal. Para quem está com a corda no pescoço, a explicação cheira a incompetência para aumentar a arrecadação, ou má vontade mesmo, pois, se a situação é tão grave quanto se pinta, o governo não seguia contratando comissionados aos montes.

Férias menor

O vereador aracajuano Emmanuel Nascimento (PT) tenta convencer os colegas a reduzirem as férias parlamentar de 90 para 45 dias ao ano. O petista entende que um mês e meio é tempo suficiente para a galera descansar dos afazeres legislativos. Aqui pra nós, uma redução drástica dessa é capaz de estressar os vereadores, que de segunda a quinta-feira trabalham algumas horas por dia. Ufa!

Bom de dedo

A casa caiu para o pistoleiro sergipano Gildevan Norberto de Jesus. Preso na Paraíba, “Vandinho”, como é conhecido o matador de aluguel, afirmou ter recebido dinheiro para executar em Sergipe vários inimigos de um forte empresário envolvido com contrabando. Candidamente, ele confessou à Polícia seu arrependimento e disse viver cheio de remorsos pelos crimes praticados. Coitadinho!

Pé no freio

A Mesa Diretora da Assembléia preferiu não colocar em votação ontem a Moção de Repúdio contra a roqueira Rita Lee, que postou no twitter mensagem com indiretas a policiais militares sergipanos. Alguns deputados acham que aprovar uma Moção de Apoio aos PM’s seria mais prudente e se evitaria uma exposição do Legislativo na mídia nacional.

Água na boca

E o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), está convidando a imprensa e o povo para conhecer o modelo de ônibus BRT, que ele promete colocar no sistema de transporte coletivo da capital. O busu está exposto na Orla de Atalaia, e quem aparecer por lá vai poder passear alguns quilômetros no moderno BRT. Depois, é se conformar com as latas velhas e caras que circulam em Aracaju.

Não Pago

Insatisfeitos com a resposta da Prefeitura às suas reivindicações, os integrantes do Movimento Não Pago voltam às ruas de Aracaju nesta quinta-feira à tarde. Durante a passeata, eles vão denunciar fraudes no sistema de transporte coletivo, reivindicar a redução do preço da tarifa dos ônibus e exigir da Prefeitura um transporte de qualidade. Estão certíssimos!

Orações

Jackson Barreto (PMDB) postou ontem no twitter a seguinte mensagem para o governador licenciado Marcelo Déda (PT): “Sua presença em Aracaju nos enche de alegria. Deus seja louvado, que ele lhe traga sempre, com saúde e paz. Continuaremos rezando, hoje e sempre. Como amigo e companheiro estou às suas ordens. Feliz Dia dos Pais ao lado do seu quinteto e de Eliane”.

A casa caiu

Acusado de assediar a jornalista Sayonara Hygia, o diretor de jornalismo da global TV Sergipe, Roberto Gonçalves, foi afastado do cargo. Os acionistas da emissora, Albano e Lourdes Franco, já comunicaram o afastamento à direção geral da TV Globo, assim como que Roberto foi substituído interinamente pela competente jornalista Rosa Vasconcelos.

Entre os 100

O Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) considerou o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) um dos 100 mais influentes parlamentares do Congresso Nacional em 2013. Satisfeito, o neosocialista sergipano lembra que esta é a sétima vez que aparece na lista do Diap.

Folclore

Para celebrar o mês do Folclore, o Museu da Gente Sergipana desenvolverá a partir de amanhã uma vasta programação cultural. Estão previstas rodas de conversas sobre patrimônio cultural e literatura de cordel, apresentação de grupos folclóricos e cortejos de grupos culturais de Japaratuba. E você, já visitou o Museu da Gente Sergipana? Pois não sabe o que está perdendo.

Do baú político

Alguém aí sabe por que o líder político de Lagarto, José Raimundo Ribeiro, é chamado de “Cabo Zé”? Quando elegeu-se deputado estadual em 1961, ele era citado na imprensa como José Ribeiro do Lagarto. Após o golpe militar de 1964, o deputado lagartense foi “convidado” ao quartel do 28º Batalhão de Caçadores para prestar alguns esclarecimentos. Lá chegando, tomou um chá de cadeira de quase duas horas. Conta que estava com muita sede, mas ninguém aparecia. Quando, finalmente, entra na sala um militar e começa a interrogá-lo, José Raimundo Ribeiro, completo ignorante em patentes, pede licença e dispara: “Cabo, o senhor poderia me conseguir um copo d’água?”. O ‘milico’ subiu nas tamancas: “Você me respeite que não sou cabo. Sou tenente do Exército brasileiro com muito orgulho. Já vi que vocês políticos são todos iguais”, reagiu o militar. Ao deixar o quartel, o deputado contou a ‘saia justa’ aos amigos e, a partir de então, passou a ser chamado de “Cabo Zé”.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais