Siris na lata

0

Siris na lata

 

Um punhado de pré-candidatos a cargos eletivos até parece siris na lata, tal o desespero para conseguir um bom acordo que lhes garanta a vitória nas urnas. A proximidade das convenções e a demora de seus partidos em fecharem os desejados entendimentos estão deixando-os com os nervos à flor da pele. Esquecem eles que o barulho e as farpas lançadas só irritam os possíveis coligados. Estes esperam o momento certo para lançá-los contra as rochas, como fazem as poderosas ondas do mar com os frágeis crustáceos. Se continuarem esperneando, esses políticos serão transformados no ingrediente para a apetitosa moqueca a ser saboreada depois das eleições por aqueles que, sem pressa nem zoada, lançaram o puçá na água para capturar os ingênuos siris.

 

Sanfona furada

 

E os petistas mais radicais não pretendem participar de todas as festas juninas. Já decidiram que convite para forró pé de Serra nem pensar. Se ao menos fosse forró pé de Dilma!

 

Boazinhas

 

As empreiteiras foram as principais financiadoras dos grandes partidos políticos no ano passado, segundo as prestações de contas entregues pelas siglas ao TSE. A Folha de São Paulo publica hoje que as construtoras pasaram 68% do que PT, DEM, PSDB e PMDB receberam. As principais financiadoras têm ou tiveram contratos milionários com os governos. Para políticos e empresas, as doações são normais. Êta Brasilzão, sô!

 

Remissão de débito

 

A Secretaria de Finanças de Aracaju está recebendo as solicitações de remissão dos débitos acumulados até 2009 e de isenção do IPTU a partir do ano de 2011. O pedido de isenção pode ser feito até o dia 30 de junho. Já o requerimento da remissão não tem prazo determinado. Para proprietários de imóveis cujo valor não ultrapasse R$ 5.833,54, a remissão e a isenção do IPTU são automáticas, não sendo necessário solicita-las.

 

Casa cara

 

Mais de um quarto do dinheiro que o trabalhador arrecadar este ano será usado

para manter a própia casa. Água, luz, impostos e taxas e aluguéis representam

os principais compromissos da população. Os dados são de uma pesquisa da Target Marketing. A manutenção do lar encabeça uma lista de 11 intens e não inclui os gastos

com mobília e eletroeletrônicos, que consomem juntos 4,2% da renda. Alimentos e bebidas ocupam o segundo lugar, com 19,7% do total. Transportes e veículos estão na terceira posição, com 7,6%.

 

IR atrasado

 

A Receita Federal dispôs ontem em seu site, www.receita.fazenda.gov.br, a versão 1.1 do programa do Imposto de Renda Pessoa Física 2010 para quem deveria, mas não fez a declaração até o último dia 30. O programa acrescenta automaticamente o valor da multa pelo atraso. Você ta nessa?

 

Roupas e lazer

 

Emprego estável, renda maior e preços mais acessíveis formaram a combinação ideal para que a nova classe média destinasse maior parte do salário para gastar com vestuário e lazer. Pesquisa aponta que as despesas com roupas e sapatos entre essas famílias cresceram 20% no ano passado. Segundo o estudo, 66% das pessoas que integram a faixa C adquiriam roupas nos últimos 90 dias, enquanto na classe AB esta fatia chega a 73% e na DE, a 44%.

 

Seguro atrativo

 

Com a possibilidade de o mutuário poder escolher a operadora do seguro habitacional ao financiar a compra da casa, a Caixa Econômica Federal reformulou o seu seguro. Além das coberturas de morte e invalidez permanente e danos físicos ao imóvel, quem contrata o seguro da Caixa também pode contar a assistência de recolocação profissional e sorteios semanais de R$ 5 mil. No primeiro caso, o cliente só pode usar se estiver empregado no momento de adesão ao seguro e for demitido sem justa causa ou terminar o contrato de trabalho.

 

Menos crédito

 

A concessão de crédito ao consumidor deve desacelerar de forma mais intensa nos próximos meses, por conta, dentre outros motivos, do aumento da taxa básica de juro (Selic). Segundo o Indicador Serasa Experian, em março, a perspectiva de concessão de crédito para o consumidor nos próximos seis meses recuou 1,1%, registrando a quinta queda mensal consecutiva e atingindo o valor de 104,3. Analistas garantem que a desaceleração do crédito se dará de forma mais intensa no segundo semestre do ano.

 

Vem aí a Expoensino

 

Cerca de 20 escolas particulares já garantiram participação no primeiro Expoensino, evento do setor de educação que acontecerá de 14 a 17 de outubro deste ano. Promovida pela Êxito Eventos com o apoio da Federação dos Estabelecimentos de Ensino  Particular do Estado de Sergipe, a exposição vai reunir instituições de todas as esferas da educação, desde o ensino infantil até o superior. A Expoensino acontecerá no Centro de Convenções de Sergipe.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais