Sobre o Factóide do “Avião”

0

Amigas e amigos, prezados colegas advogadas e advogados, há pessoas que entram numa disputa eleitoral dispostas a tudo para vencer. Quando aceitei o desafio de concorrer à Presidência da OAB/SE, sabia do clima acirrado, até mesmo em razão de o processo sucessório favorecer a oposição. De minha parte, faltando apenas dois dias para a eleição, independente do resultado final, levarei no coração a certeza de ter combatido o bom combate, respeitando a advocacia e apresentando propostas. Lamentavelmente, o mesmo não posso dizer dos adversários.

A campanha da Chapa 02 tem sofrido ataques rasteiros, mesquinhos e mentirosos, próprios dos covardes e dos destituídos de ética. Após tantas tentativas de prejudicar a nossa imagem junto à classe, maldosamente tentam agora tratar como “escândalo” o fretamento de um avião feito na minha gestão para atender aos advogados que quisessem participar do maior evento da advocacia que ocorre a cada três anos – a Conferência Nacional da OAB –, à época realizada em Natal (RN). O citado frete custou para cada um dos passageiros apenas R$ 700,00, podendo ser dividido em 7 parcelas e ainda com inscrição gratuita para a Conferência Nacional da OAB.

Foram ao evento cerca de 200 advogados e advogadas, dentre os quais o atual presidente, Carlos Augusto Monteiro, além dos colegas Silvio Costa, Emilia Correa, Evânio Moura e Genisson Silva. Todos – inclusive eu – pagamos as nossas respectivas passagens e hospedagens, exceto Carlos Augusto Monteiro, que viajou e se hospedou às expensas do Conselho Federal da OAB. Nada houve de errado no fretamento! No entanto, para eles o que importa é o efeito do marketing eleitoreiro, ainda que o intento dessa nefasta ação seja o de buscar a destruição de uma história de vida construída com ética e destemor.

Fretamos aquele voo e vamos fretar DE NOVO, caso haja necessidade, a fim de possibilitar melhor acesso para os colegas ao maior evento jurídico da América Latina, que reúne mais de 10 mil advogados do Brasil inteiro. Os que se sentem donos do poder, desesperados diante de uma campanha vitoriosa porquanto propositiva, resolveram abusar desse episódio como se fosse um “ato impróprio”, a fim de macular a minha honra e a da Casa da Advocacia.

Neste tocante, alias, ressalto que as CONTAS REFERENTES ÀS MINHAS GESTÕES foram todas elas APROVADAS, SEM RESSALVAS pelo Conselho Federal da OAB.

Entendo que a advocacia de Sergipe está atenta a tudo isso e saberá separar a verdade da mentira; uma campanha respeitosa e propositiva, do golpe de marketing eleitoreiro. Diante das tantas baixarias que temos sofrido – não apenas eu, mas outros membros de nosso grupo –, peço a todos os militantes da Chapa 02 que preservem a tranquilidade e a temperança. Vamos nos manter serenos e prontos para a cada ataque responder apresentando uma proposta. Assim se chega à vitória.

Sigamos em frente com fé e com a força irresistível da VERDADE, por uma OAB FORTE, DE NOVO.

Henri Clay Andrade
Chapa 02 “OAB Forte, de novo”

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários