Soneto de Camões para as mudanças

0

 

 

Como ocorre aos sábados, a coluna publica hoje um artigo de um leitor. O espaço está aberto para os leitores e, os artigos, são de inteira responsabilidade dos seus autores e não necessariamente refletem a opinião deste jornalista sobre algum assunto. Hoje o artigo do advogado Manoel Dantas:

 

   O tempo não pode mais ser tratado apenas como uma grandeza física. Necessário é atribuir-lhe o valor de postulado sociológico. A ele não se deve dar a compleição daquilo que principia e finda, limitado pelas divisões milimétricas de uma régua. Entre uma marca e outra há o sabor do infinito. Cada ação, no tempo, eterniza-se de tal forma que é como se nunca tivesse acabado. Fica fotografada e registrada perenemente na memória. Daí, a evolução; daí, o aperfeiçoamento do agir humano. O passar do tempo faz com que o homem procure aprimorar-se; jamais, regredir. Na literatura, por exemplo, o gênio de Camões cantou a mudança, que deve vir à tona com o tempo, como uma necessidade da qual não se pode abrir mão. Diz a lírica do imortal: “mudam-se os tempos, mudam-se as vontades, muda-se o ser, muda-se a confiança; todo o mundo é composto de mudança, tomando sempre novas qualidades”.

 

  Vê-se que a lógica do poeta não é unicamente matemática. Mudar não ocorre apenas e tão-somente porque o tempo passa. Mudar ocorre porque os homens pedem. Com efeito, os tempos mudam porque mudam as vontades; o ser muda porque muda a confiança; o mundo muda porque as pessoas querem novas qualidades. Por isso, o povo elegeu Déda: havia uma nova vontade. Não se confiava mais no antigo sistema e a gestão da coisa pública deveria passar a ser conduzida com a nuança de novas qualidades. Vontade, confiança e qualidade: eis a trilogia que impulsiona a tomada do novo. A ascensão de Déda teve como combustível os dois primeiros elementos (vontade e confiança). Sua estabilização no poder, todavia, dependerá da qualidade dos atos que sua administração vem diuturnamente apresentando à sociedade. Atentem para o termo: não se fala em velocidade, mas em qualidade.

 

     É bom ressaltar que Camões, além de poeta, foi soldado. Perdeu um olho na guerra. Mas não perdeu o juízo. Entendia de estratégia. Sabia que uma ação se notabiliza não pela velocidade com que é apresentada, mas pela qualidade com que é exibida. Déda não é o gestor que inaugura obras inacabadas. Déda primeiro acaba; depois, inaugura. O povo mostrou vontade em vê-lo no poder. O povo confiou no projeto que ele apresentou. O povo, agora, quer ver qualidade nas obras que ele tem para apresentar. É isso o que vem ocorrendo. Um exemplo: as rodovias estaduais, na condição em que foram deixadas pelo governo anterior, transpareciam a sensação de que a segunda grande guerra também tinha passado por aqui. O cenário era de terra arrasada. O que fez Déda diante disso? Tapa-buraco? Não. Recapeamento. Tapa-buraco é coisa de governo sem planejamento. A meta de Déda, porém, é a qualidade.

 

   Mas não é só. Déda está estruturando (não apenas reestruturando, mesmo porque não se reestrutura o que nunca foi estruturado) toda a rede hospitalar do Estado. Déda tem reconstruído todo o arcabouço legislativo, dando uma nova dimensão ao tratamento que se deve outorgar ao stablishement público: nada de privilégios pessoais, mas de prerrogativas para o cargo em seu efetivo exercício. Déda, diferentemente de governos anteriores, e seguindo a mesma filosofia de Lula, não tem medo de investigações. Vejam-se os exemplos das questões afeitas à Deso, à FUBRAS e à merenda. Daí, o otimismo para 2008. Não poderia ser diferente. A mudança que Déda preside é de concreto. Ele não está edificando um castelo de areia, mas uma muralha indevassável, quilométrica, colossal. Veio bem a calhar o poema de Camões. Déda também é soldado, com uma vantagem sobre o português: enxerga com os dois olhos. (Manoel Dantas, advogado).

 

 

Pirambu: insegurança jurídica I

O desembargador José Alves Neto reconsiderou a decisão proferida há poucos dias e cassou a liminar que afastava dos cargos o prefeito, o vice e a presidente da Câmara. A ação foi do vice-prefeito Guilherme Jullius, do grupo de André Moura que deseja assumir a Prefeitura. Detalhe: Guilherme tem o nome envolvido nas investigações do MP, tanto no desconto de R$ 52 mil para o DEM, do qual era presidente e não prestou contas, como também na aplicação de mais de R$ 1 milhão para o time de Pirambu, do qual era dirigente. De última hora, Guilherme fez uma retificação na Justiça Eleitoral do dinheiro não repassado para o partido.

 

Pirambu: insegurança jurídica II

Deixar Guilherme assumir a prefeitura é a mesma coisa de Juarez Batista ficar como prefeito. Aliás, o MP e outro órgão importante estão tomando as providencias cabíveis. Detalhe: depois que o vice-presidente da Câmara assumir a prefeitura Pirambu saiu das manchetes. Parece que a ordem administrativa teve continuidade depois da intervenção. Essa decisão da Justiça colocar Pirambu novamente nas manchetes por conta da insegurança jurídica é lamentável…

 

Soldado vai ganhar mais do que cabo

Com o reajuste do salário mínimo a partir de hoje, 01, passando para R$ 415, 00, o soldado passará a ganhar mais do que o cabo e o sargento na PM de Sergipe. O reajuste do soldo do soldado, que é um salário mínimo é automático e no ano passado, através de um projeto de lei, o atual governo resolveu este problema. Agora ele retorna. Detalhe: no ano passado, mesmo com a mudança salarial, o cabo continuou recebendo mais do que o sargento. Isso cria sérios problemas para a hierarquia e a disciplina da PM.

 

Péssimo exemplo de veículo do TJ

Na última quinta-feira, 28, às 17hs, o veículo do TJ de placa 009, estava estacionado no Shopping Riomar. Até aí nada demais porque no local tem um CIAC, que tem diversos serviços públicos, porém o veículo estava ocupando duas vagas de deficientes físicos. Um péssimo exemplo para os outros motoristas…

 

Candidatos ganham processo na Justiça Federal

Ontem, 28, foi julgado o mérito do processo que alguns candidatos a vaga de desembargador ingressaram na Justiça Federal, tendo a frente o advogado Edson Ulisses. Pela decisão da juíza Telma Maria Santos – que cabe recurso – foi declarado sem efeito a eleição ocorrida sob o manto das novas resoluções “porque estão em frontal ferimento ao disposto no artigo 16, da Constituição Federal, dispositivo de obrigatória observância, no mínimo, por força do artigo 137-C, do Regulamento Geral do Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil”. Com isso a juíza determinou a realização de nova eleição sem as alterações realizadas no Regimento da OAB no ano passado, e que “o Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Sergipe proceda à confecção de um novo Edital que tornem públicas as regras estabelecidas para o processo eleitoral”.

 

Lula debate cinco horas com os governadores

O Fórum dos governadores do Nordeste realizado em Sergipe mostrou a força política e administrativa do governador Marcelo Déda. Ontem, 29, o presidente Lula mudou a agenda para passar cerca de cinco horas debatendo numa sala com os nove governadores e alguns ministros, temas como a reforma tributária e o PAC. Estava previsto que Lula abriria o encontro e deixaria Sergipe imediatamente. Ele resolveu participar do debate durante toda manhã e só foi embora depois do almoço, às 15hs. Neste segundo ano que é realizado o Fórum do Nordeste é a primeira vez que o presidente participa ativamente do debate.

 

Conhecimento profundo sobre o PAC

Durante a exposição do PAC para os governadores, pela ministra Dilma Roussef, por duas vezes o presidente Lula corrigiu a auxiliar, mostrando aos nove governadores que tem um conhecimento profundo do programa para o Nordeste. Na discussão sobre a reforma tributária os governadores reconheceram que a proposta enviada pelo Governo Federal ao Congresso é uma das melhores apresentadas, mas apresentaram algumas sugestões de alterações da mesma.

 

Caixa com produtos para comemorar superávit da balança

Durante o almoço dos governadores com o presidente Lula, ocorreu a tradicional troca de presentes. De Sergipe, o governador presenteou com produtos do artesanato local, livros de escritores sergipanos e doces. Para comemorar o  superávit comercial do Estado no ano passado, Marcelo Déda presenteou Lula e os governadores com uma caixa de madeira rústica, com o carimbo “Made in Sergipe” com a sintese de vários produtos da indústria de Sergipe, como da Maratá, vidro de petróleo, potássio, leite de rosas, chuveiro elétrico, sandálias e outros produtos que foram cedidos gratuitamente pelas indústrias. “Disse ao presidente Lula e aos governadores que no próximo ano quero apresentar não uma caixa, mas duas com os produtos das novas indústrias que chegarão ao Estado”, disse Déda.

 

Canal de Xingó será implantado

O presidente Lula anunciou na reunião que o dinheiro, cerca de R$ 10 milhões, para realização do projeto inicial do Canal de Xingó será liberado em breve. E mais: que os R$ 600 milhões para as obras serão alocados. O governador Marcelo Déda disse que o Fórum dos governadores do Nordeste é a articulação política mais conseqüente do Brasil atualmente, porque ele e os colegas deixaram de lado as siglas partidárias para se somarem em projetos comuns a região. Ele lembrou que existem divergências sérias em alguns pontos, como no caso da transposição, mas que não impedem que ações positivas sejam viabilizadas para toda região. “Estamos ganhando de goleada nas outras regiões na união em defesa das questões estratégicas”, registrou Déda, lembrando que a região tem quase um terço da bancada da Câmara dos Deputados, 151 parlamentares.

 

Governador comemora sucesso de evento

Ontem, 29, à noite o governador Marcelo Déda comemorava o sucesso do evento. Todos os governadores e a assessoria do presidente Lula elogiaram a organização e a estrutura colocada à disposição. Todas as pastas contribuíram para o evento, mas secretarias da Casa Civil, de Comunicação Social, do Gabinete Militar e o cerimonial foram as principais responsáveis pelo sucesso do evento. A área da comunicação foi alvo de elogios da imprensa de fora do Estado que cobriu o fórum, por conta da estrutura e do atendimento montado pela secretária Eloisa Galdino, de Comunicação Social. Na grande maioria das vezes a imprensa fica renegada a lugares sem as mínimas condições de trabalho. Sem dúvida foi importante para mostrar outra imagem do Estado para a imprensa nacional.

 

Manifestação na saída do hotel

A presença de vários ônibus com produtores rurais de Alagoas na saída do hotel onde foi realizado o Fórum dos governadores preocupou a segurança do presidente Lula, quando ele deixava o local no início da tarde. Mais uma vez o presidente mostrou desprendimento e quando passou pelos produtores rurais desceu do carro e foi conversar com alguns deles. Saiu do local sendo ovacionado com uma música da campanha dele quando foi eleito presidente pela primeira vez.

 

Só um reparo…é mesmo complicado…

Muito bom o pronunciamento do presidente Lula, em geral, aqui em Aracaju. Mas quando saiu da pauta dos assuntos em discussão, eis que escorregou e disse que seria bom que os poderes legislativo, judiciário e executivo cada um metessem o nariz (na verdade ele disse dedo) nas suas coisas, isso é, um poder não se incomodasse com as coisas (problemas) dos demais…Escorregão feio…na democracia, os poderes não são isolados, não pode trabalhar e viver isolados, cada um tem que avaliar e fiscalizar o outro, sim. Senão, o sistema não é democrático e democracia é difícil de funcionar justamente por causa disso. Mas não inventaram até aqui um melhor do que esse. E ainda existe a imprensa que foi inventada e existe para se meter em tudo e comentar tudo.

 

Depoimento sobre a fita da saúde I

O delegado Ronaldo Marinho, responsável pelas investigações da fita na qual estaria gravado um diálogo que trata de uma possível corrupção no âmbito da Secretaria de Estado da Saúde, convidou os deputados Gilmar Carvalho (PSB) e Augusto Bezerra (DEM) para que possam prestar depoimento à Polícia Civil sobre a localização da fita original. O laudo do Instituto Nacional de Criminalística, enviado à Secretaria da Segurança Pública, já detectou dois pontos com possíveis edições e montagens no diálogo de 44 segundos, no entanto, os peritos da Polícia Federal não deram um parecer definitivo por se tratar de uma mídia com baixa qualidade, sugerindo que a SSP envie a mídia original. 

 

Depoimento sobre a fita da saúde II

O deputado Gilmar Carvalho já se posicionou publicamente e vai dizer à Polícia Civil quem foi o cabo eleitoral do interior do Estado que trouxe a fita para Aracaju. O delegado Ronaldo Marinho também aguarda explicação do deputado Augusto Bezerra, que tem cobrado na tribuna da Assembléia Legislativa seriedade nas investigações da Polícia Civil. O democrata adiantou que não confia nos trabalhos da Polícia Civil e que estará encaminhando a denúncia para o Ministério Público.      

 

Oportunidade para Augusto Bezerra

Esse convite do delegado é uma oportunidade para que o deputado Augusto Bezerra, o que mais cobra a conclusão da investigação, possa ajudar no trabalho policial. Certamente na conversa com o delegado, Augusto Bezerra, dará detalhes que pode mudar o rumo da investigação. Pelas entrevistas dele na imprensa, parece que o deputado sabe de mais coisas que não foram ainda investigadas pela polícia.

 

CT&I: Fórum regional será realizado em Sergipe

O Estado de Sergipe recebe na próxima segunda-feira, dia 03, Secretários Estaduais para assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) de toda a região Nordeste. Nesse dia, será realizado no Celi Praia Hotel, o Fórum Regional do Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de CT&I (Consecti), sob a coordenação local da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec). O evento que acontece durante todo o dia, será aberto oficialmente pelo secretário Jorge Santana, a partir das 8h30.

 

Mendonça Prado critica atitudes do presidente Lula I

O deputado federal Mendonça Prado acredita que um dos momentos mais curiosos para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva em sua visita a Sergipe, foi a sua passagem pela ponte Aracaju – Barra dos Coqueiros, para pernoitar no Starfish Resort. Na época que o então governador João Alves Filho construiu a obra, ele foi um dos que mais criticou. Essa observação foi feita pelo parlamentar, após tomar conhecimento das ironias do presidente em relação a oposição sergipana. “Na época ele falou que a obra era desnecessária”, comentou o parlamentar.

 

 

Mendonça Prado critica atitudes do presidente Lula II

Mendonça acredita que Lula dizer que fez oposição no Brasil é demonstrar que não tem capacidade para fazer autocrítica. “Na verdade, ele nunca foi oposicionista, apenas dissimulava. Tanto é assim que ao chegar ao governo executa ações totalmente distintas do discurso anterior. Além disso, basta verificar quem são os seus atuais aliados para perceber que era tudo conversa fiada. Figuras como Gedel Vieira Lima, Renan Calheiros, Romero Jucá, Jader Barbalho, Delfim Neto, dentre outros que hoje são seus irmãos siameses, ajudam na avaliação criteriosa da sua biografia”, afirmou Mendonça Prado.

 

Vereador é ameaçado de morte em Itaporanga

O vereador César de Bebé, PMDB, foi ameaçado de morte pelo vereador César de Pentcha. Os dois parlamentares são do município de Itaporanga. Eles estavam participando de uma reunião, na última quarta-feira, na Secretaria de Infra-estrutura, Osvaldo Nascimento, para discutir a falta de água na cidade. Após a reunião, que contou com a presença de oito vereadores e a prefeita de Itaporanga, Maria das Graças, César de Pentcha teria agredido moralmente César de Bebé e o ameaçando de morte. A vitima se dirigiu a primeira Delegacia Metropolitana de Aracaju, onde prestou queixa, solicitando providências as autoridades policiais. Em entrevista ao programa Jornal da Milenius, da Milenius FM 90.3 de Itaporanga, na sexta-feira, 29, o delegado Alessandro Vieira, confirmou a denúncia e ressaltou que as providências estão sendo tomadas e que os envolvidos serão chamados para prestar depoimento.

 

Frase do Dia

“Precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido”. Charles Chaplin.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários