Tapa na cara do povo

0

A Câmara Municipal de Aracaju deu um violento tapa na cara dos eleitores ao homologar ontem o reajuste proposto pela Prefeitura para a passagem dos ônibus. A partir de agora, o cidadão vai pagar R$ 2,45 para viajar em deploráveis latas velhas. O aumento é um exagero. Considerando a péssima qualidade dos coletivos, irregularidade dos horários, superlotação e o terrível estado de conservação dos terminais de passageiros, o povo já pagava muito caro (R$ 2,25) para ser transportado como bois. Antes de fazer qualquer coisa para honrar a promessa eleitoral de oferecer à população um transporte de primeiro mundo, o prefeito João Alves Filho (DEM) preferiu massacrar a classe trabalhadora para beneficiar financeiramente os empresários do setor. Lastimável.

Fique atento

Está querendo comprar ingresso para festas na Praça de Eventos da Orla de Atalaia, em Aracaju? Pois pense duas vezes. A juíza de Direito, Cláudia do Espírito Santo, determinou a suspensão de qualquer show no local. Segundo ela, os eventos particulares realizados naquele espaço público visam exclusivamente a obtenção de lucro por particulares, além de desrespeitar a lei do silêncio. É tal qual o Pré-Caju?

Maçaroca

Chegaram ontem na Câmara Municipal de Aracaju mais 13 projetos do prefeito João Alves Filho (DEM). Na maçaroca estão as proposituras que reorganizam a Fundação de Formação para o Trabalho e a Secretaria da Defesa Social e da Cidadania, além da que abre concurso público para os cargos de analista e técnicos ambientais. Todas as matérias devem ser votadas em regime de urgência, ou seja, a toque de caixa e repique de sino.

Oxente!

Quem ouviu ontem o governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), falando sobre a grave crise do Hospital da Polícia Militar de Sergipe (HPM) pensou que ele é o líder da oposição. Segundo o petista, a unidade de saúde só tem duas alternativas para continuar funcionando: ser transformado em hospital aberto, para receber recursos do SUS, ou passar para o comando do Ipesaúde. Oxente, e por que o governador não escolhe logo a melhor opção antes que o HPM feche as portas de vez?

Eleição

Hoje tem eleição no Iate Clube de Aracaju. O comodoro Fernando Sobral será reeleito pela quarta vez, já que é candidato único. Os sócios também vão escolher os novos vice-comodoro, intendente e integrantes do Conselho Deliberativo. Com início previsto para as 12h, o pleito prosseguirá até as 21h. Participe!

Perdido

Um espevitado cidadão tentou explicar a ausência do líder do governo, deputado estadual Gustinho Ribeiro (PSD), na sessão da Comissão de Justiça para apreciar vetos do Executivo a cinco projetos de parlamentares. “Ele é um menino novo e conhece pouco Aracaju. Deve ter se perdido no caminho para a Assembleia”. É, pode ser!

Um a zero

Na disputa pelo lixo da Grande Aracaju, a paulista Estre está levando vantagem contra a empresa Torre, responsável pela coleta. Ontem, as Prefeituras da capital e de Socorro anunciaram que todo o lixo das duas cidades será levado para o aterro sanitário da Estre, em Rosário do Catete. Com isso, os infectos lixões dos bairros Santa Maria e Palestina serão desativados para sempre. Legal!

Enigma

De um inveterado gaiato: “Tem petistas tão encabulados com as bobagens feitas pelos aliados no poder que até mascararam o número 13 da legenda. Veja o site genérico do partido, batizado de 247. Só sabe que é do PT quem soma os três algarismos”. Quanta maldade, gente!

Definido

Os dirigentes do PSD em Sergipe informarão hoje ao ex-prefeito paulista Gilberto Kassab que já sabem em quem votar nas eleições de 2014. Será durante o encontro realizado em Brasília para discutir o rumo político da legenda. Segundo o secretário-geral do partido no estado, Jorge Araújo, os pessedistas sergipanos apoiam Jackson Barreto (PMDB) para o governo, Marcelo Déda (PT) para o Senado e a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).

Sol a pino

Com a temperatura em Sergipe quase estourando os termômetros, só resta à galera recorrer à música de Maria Alcina para reclamar da suadeira dos diabos: “Papai, ai qui calor, ai qui calor na bacurinha”.

Do baú político

Essa é da lavra do jornalista veterano Sebastião Nery: “Euclides Pais Mendonça, prefeito de Itabaiana, era dono de Sergipe. Tinha terra, dinheiro e voto. Semi-analfabeto e inteligente veio ao Rio e procurou o brigadeiro Eduardo Gomes, ministro da Aeronáutica: ‘Senhor ministro, Itabaiana precisa de um aeroporto. Sou da UDN, fui seu eleitor duas vezes. Vossa Excelência sempre ganhou em minha cidade. Agora queria que Vossa Excelência mandasse fazer o aeroporto lá.” – Pois não, senhor prefeito. Vou estudar o assunto. Se Itabaiana estiver dentro de nossas normas e houver possibilidade, o aeroporto será construído, disse o ministro. Coronel Oclides (o povo o chamava assim) saiu desolado. Procurou o governador Leandro Maciel: ‘Doutor Leandro, agora eu sei porque aquele caboclo não ganha eleição. Político que precisa de possibilidade para servir aos amigos não ganha eleição’.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais