Tapete vermelho

0

Apesar da correria das compras de Natal e do clima de sentimento de paz momentânea que invade as pessoas nesse período, há indícios de movimentação política na superfície dos partidos. O presidente do Partido Liberal, deputado federal Heleno Silva, teve o tão noticiado encontro com o ex-governador Albano do Prado Franco (PFL), para conversar sobre a possibilidade de filiação na legenda. A princípio, o pastor Heleno rejeitava qualquer hipótese desse tipo, porque imaginava que Albano, alicerçado por um grupo político forte, viria para o PL com o objetivo de dar as ordens. Mas, na conversa, depois que o ex-governador lhe disse que entraria sem pretensões de comando, Heleno Silva sorriu e foi solícito: “se é assim, estendo-lhe o tapete vermelho”.

 

O ex-governador Albano Franco não tem pressa. Aliás, sempre trabalhou em política dessa forma, buscando os últimos minutos para uma definição. Já sabe o caminho a seguir e outros estão se abrindo para o seu desempenho político. Disse que se entendia bem com o líder do Partido Liberal, deputado federal Sandro Mabel, e que era amigo pessoal do vice-presidente da República, José Alencar. Tem certeza que não terá qualquer problema na nova legenda, mas ainda espera. Admite que o PSDB é um caso mal resolvido e vai se manter no partido, até que tudo fique absolutamente definido. Para o deputado Sandro Mabel, por exemplo, os tucanos sergipanos devem bater em revoada para o aconchego liberal em janeiro próximo. É possível, mas só em fevereiro é que os tucanos de densa plumagem aportarão em Aracaju para participar da filiação do bloco liderado pelo senador Almeida Lima. E é aí que o PSDB pode mudar de comando e atingir os liderados pelo ex-governador, que certamente baterão em retirada.

 

É verdade que o Partido Liberal cresceu muito em Sergipe, depois que membros da Igreja Universal o escolheram para seguir o caminho da política. Aconteceu em todo o Brasil e o comportamento da legenda fez com que cristãos novos fossem engrossando as fileiras e formando uma cruzada nas Câmaras Municipais, Assembléias Legislativas e Congresso Nacional. Hoje integra a cúpula administrativa do país, através do vice-presidente José Alencar, um empresário de comportamento progressista, que defendia reformas estruturais em um país que vivia em um sistema neo-liberalista. Quando o Governo Lula começou a descaminhar, seguindo a orientação de um projeto econômico que não era bom para o Brasil, foi o primeiro a grita e foi ouvido. Assim, através de posições desse tipo, é um partido que cresce e amanhã pode seguir caminhos diferentes, em busca de um projeto mais ousado, de tendência absolutamente republicana.

 

Em Sergipe, o Partido Liberal já serviu ao então governador Albano Franco. O deputado federal Heleno Silva, quando tinha representação estadual, trocou os debates no plenário para fazer a política agrícola do Governo, como secretário do setor. Heleno, entretanto, tem hoje um projeto definido e irrevogável: ser candidato ao Senado Federal. Não pensa em outra coisa e só participará de qualquer composição se o seu nome constar da chapa majoritária. Embora seja só uma vaga, numa disputa arrojada e difícil, o deputado acredita que tem popularidade e liderança suficientes para chegar lá. Por sua cabeça passa até mudar de rota, caso não lhe permitam essa candidatura. Até já houve conversa nesse sentido. Por essa razão, havia o receio da filiação do ex-governador Albano Franco no Partido Liberal, tanto que Heleno ameaçou trocar de sigla caso ele chegasse para comandar ou desejasse disputar o Senado Federal.

 

Na avaliação de segmentos do partido, Albano será candidato a deputado federal, o que dá alívio ao pastor Heleno. Tanto que vai continuar insistindo para que ele assine ficha de filiação. E será com tanta honra que até o tapete vermelho já está pronto para ser estendido na hora do desembarque em campo liberal…

 

MUDANÇAS

O governador João Alves Filho (PFL) já está conversando com alguns nomes importantes para a formação de sua nova equipe, que funcionará a partir de janeiro.

O objetivo do governador é forma um grupo coeso, mais ágil e politicamente influente, sem perder a característica técnica.

 

LIBERAL

O líder do Partido Liberal na Câmara Federal, deputado Sandro Mabel, disse ontem que a direção nacional do partido tem conversado com o ex-governador Albano Franco (PSDB).

Segundo Mabel, a idéia é que a filiação do grupo de Albano ao PL seja feita o mais rápido possível, ainda no mês de janeiro.

 

CONVERSA

O presidente regional do PL, deputado Heleno Silva, conversou ontem com o ex-governador Albano Franco (PSDB) sobre a filiação do seu grupo na legenda.

Albano primeiro vai esperar os acontecimentos. Disse ainda se for para o PL, não entrará querendo o comando. “Se for assim, lhe estendo o tapete vermelho”, avisou Heleno.

 

CONSÓRCIO

A Justiça acatou a Ação Cautelar Inonimada contra a eleição do consórcio que administra o Hospital Regional de Nossa Senhora da Glória e que é formado por três políticos da região.

Além de desfazer o consórcio para uma nova eleição, a Justiça quer que seja eleito o Conselho Curador.

 

ESTIAGEM

O prefeito de Poço Redondo, Salvador Enoque, está desesperado com a situação de seca em sua cidade: “não tem ajuda nem de Deus e nem dos homens”, disse ele.

Para Enoque, o que dói mais é ele não poder ajudar, porque está fechando a contabilidade da Prefeitura e lamenta que o Governo Federal sequer reconheceu a situação de emergência.

 

CRÍTICAS

O senador Almeida Lima disse ontem que tem notado que os adversários estão preocupados demais com sua filiação no PSDB e começam a fazer-lhe críticas.

“Uns criticam e outros criam dificuldades por baixo do pano, na tentativa de nos desqualificar”, revelou Almeida Lima.

 

JOGO

O senador Almeida Lima já detectou um jogo de queimação junto às pessoas que vão integrar o bloco, principalmente jogando uma contra a outra.

Acredita que o objetivo é criar uma insatisfação geral dentro do bloco, para desarticular o projeto.

 

FILIAÇÃO

Almeida Lima manteve contato com o pessoal da direção nacional do PSDB sobre a solenidade de filiação. Ainda não há data definida…

Segundo ele, tudo deve acontecer em fevereiro, logo depois do carnaval, com muita gente da cúpula tucana em Aracaju.

 

CITAÇÃO

O senador Antônio Carlos Valadares registrou, no Senado Federal, o encontro de prefeitos eleitos da oposição, ocorrido em Aracaju, que integram a base de aliança formada pelo PT, PSB, PTB e PCdoB.

Disse que os “quase 30 prefeitos estiveram com o senador Valadares, com os deputados federais Jackson Barreto, pastor Heleno e Bosco Costa”, este último do PSDB.

 

DENÚNCIA

O senador Almeida Lima aproveitou o discurso do senador Valadares, grifou o nome do deputado federal Bosco Costa (PSDB) e distribuiu com a bancada tucana.

Fez isso para mostrar aos líderes do PSDB com quem o partido está em Sergipe, inclusive participando de reunião como aliado petista.

 

MAX ANDRADE

O senador suplente Max Andrade (PFL) pode assumir a cadeira no Senado Federal, em março, pelo período de quatro meses.

O titular, senador Almeida Lima (PSDB), já comunicou a Max Andrade que vai pedir licença na segunda quinzena de fevereiro.

 

PROJETOS

Mais dois projetos chegaram ontem à Assembléia Legislativa. Um deles concede aumento aos procuradores do Estado e aos defensores públicos.

Apesar de ter chegado ontem, todos os projetos serão aprovado hoje, quando se encerra a convocação extraordinária. Nove dos 13 projetos já foram assinados.

 

ANTECIPAÇÃO

Um membro da oposição disse ontem que estão discutindo, em Brasília, a prorrogação dos mandatos para coincidência das eleições.

“Enquanto isso, em Sergipe, o pessoal de Lagarto está querendo antecipar as eleições ao Governo do Estado”, concluiu.

 

EMBRATUR

O presidente da Embratur, Eduardo Sanovisk, telefonou, ontem, para o secretário do Turismo, Pedrinho Valadares, e o parabenizou por mais uma opção de vôo para Aracaju.

Segundo Pedrinho, o presidente da Embratur foi um dos que colaboraram para que a Gol incluísse Aracaju em seu roteiro de vôos.

 

Notas

 

CANINDÉ

O juiz de Canindé do São Francisco, Sérgio Luca, comunicou ontem que os funcionários públicos municipais vão receber hoje o salário referente ao mês de novembro. Na próxima semana será pago o 13º Salário e o mês de dezembro quando o prefeito eleito, Orlando Andrade Filho, estiver no comando do município.

Sérgio Lucas não autorizou o pagamento dos fornecedores, porque em primeiro lugar estão os servidores. O dinheiro foi bloqueado pela Justiça, porque a prefeita Rosa Feitosa atrasou o salário e não sinalizava para pagamento.

 

DIFICULDADE

Forças não declaradas impediram que a prefeita de Canindé do São Francisco, Rosa Feitosa, efetuasse o pagamento dos servidores públicos municipais. O juiz substituto que estava na comarca deu oito dias para ela pagar os salários sob pena de bloquear a conta bancária da Prefeitura em favor do servidor.

Na véspera do prazo marcado, a Rosa Feitosa foi ao juiz e solicitou que ele efetuasse o bloqueio, porque não estava conseguindo pagar. É preciso apurar as razões da prefeita ter apelado para que a Justiça cumprisse a ordem.

 

VALADARES

O senador Valadares (PSB) lamentou que as emendas coletivas de iniciativa dos parlamentares, em cada estado, não estão sendo levadas na sua devida conta pelos sub-relatores. Disse que emendas no valor de R$ 15 milhões estão sendo reduzidas  R$ 500 mil, “o que caracteriza um desprestígio”.

Valadares disse que notou que, dependendo do estado que o sub-relator representa, a emenda pode aumentar ou diminuir. Segundo Valadares, “houve discriminação contra alguns estados e privilégio para outros”.

 

É fogo

 

O jornalista Luiz Eduardo Costa e o advogado Francisco Dantas (ambos do PL) também participaram do encontro do deputado Heleno Silva com Albano Franco.

 

A tendência natural do ex-governador Albano Franco é embarcar na nau liberal com todo o seu grupo político.

 

O deputado federal João Fontes continua conversando com segmentos do PDT histórico, para formar a comissão provisória do partido em Sergipe.

 

Pelos menos cinco deputados estaduais e quatro secretários de estado viajam para o exterior, em férias, na próxima semana.

 

O roteiro desse pessoal é Portugal, Espanha, Itália, França, Suíça, Bélgica e Holanda, o que não faz mal a ninguém.

 

O deputado estadual Gilmar Carvalho (PV) está desconfiado pela retirada dos policiais que lhe davam segurança.

 

O senador Almeida Lima, o empresário Max Andrade e o superintendente do Sebrae, José Guimarães, almoçaram em Brasília.

 

Muita gente boa está sendo convocada para trabalhar no Jornal do Dia, que começará a circular a partir de 11 de janeiro.

 

O jornalista Elenildo Pereira, da gráfica Texto Pronto, já trabalhou no extinto Jornal de Sergipe, no Cinform e sempre sonhou em montar um jornal diário.

 

O presidente do STJ, ministro Edson Vidigal, afirmou que acredita que é possível buscar um acordo entre a União e as companhias Aéreas.

 

A Receita Federal quer popularizar o uso do CPF e do CNPJ digitais. Hoje, só 30 mil contribuintes possuem a versão eletrônica do documento.

 

brayner@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários