TC, doença grave e solução decente

0

Ninguém discute o papel relevante e insubstituível dos Tribunais de Contas na fiscalização e controle das contas públicas em uma sociedade democrática. Por isso mesmo, quando episódios como a Operação Navalha fazem sangrar ainda mais o corpo dessas instituições, é na alma do povo que o corte profundo dói mais.  Todos concordam que, metaforicamente, o nosso TCE estava gravemente ferido e precisava muito de cuidados especiais e tratamento intensivo. Naquele momento não cabiam mais terapias superficiais e o mal teria que ser cortado pela raiz.


E assim aconteceu: para operar a aposentadoria compulsória do conselheiro afastado Flávio Conceição, o ex-presidente da Corte, Heráclito Rollemberg, considerou com a maioria dos conselheiros do tribunal o delicado estado de saúde da instituição, identificou corretamente o agravante da crise com base no diagnóstico do Ministério Público de Contas e atendeu à sociedade civil que, por seu turno, exigia que se procedesse a uma intervenção cirúrgica de natureza moral. Só um bisturi para salvar o TCE da navalha.

Mas, como em toda operação de alto risco, mesmo com todo o conhecimento cientifico, toda perícia e tecnologia disponíveis, uma cirurgia dessa magnitude tende a deixar seqüelas, marcas ou cicatrizes. O fato relevante dessa intervenção, porém, é que uma vida institucional foi salva e o coração Tribunal de Contas voltou a bater. Desviar os olhos da opinião pública apenas para as formalidades em detrimento do conteúdo é perdera visão crítica e o foco da essencialidade dos fatos.  É preciso cuidado. Afinal, recuperação é lenta e o paciente ainda está debilitado.


Outra coisa: nesse imbróglio jurídico, verdade seja dita, envolveram-se e atuaram as principais instituições estaduais: o próprio Tribunal de Contas que declarou o cargo vago, a Assembléia que abriu o processo de escolha e elegeu, por unanimidade, o brilhante e honrado advogado Clóvis Barbosa e o próprio Governo do Estado que, sem pestanejar, nomeou o novo conselheiro. A posse de Clóvis, todos lembram, foi justificadamente uma apoteose. Todo mundo estava lá aplaudindo, apoiando.  Se, como diz o desembargador Cezário Siqueira, açodamento houve, todos foram açodados. Todos, portanto, devem pagar essa conta médico-hospitalar, ou seja, devem buscar juntos uma solução decente, legítima e legal para tentar curar de vez os males da instituição.


Está muito claro que a sociedade cobra ética e moralidade em todo ato público, mas quer a coisa seja feita sempre dentro da lei. Em síntese, os sergipanos desejam apenas o seguinte: que Flávio, mesmo mantido à distância, tenha um julgamento justo e que Clóvis, um nome acima de qualquer suspeita, não seja injustiçado permanecendo no cargo de conselheiro. E, finalmente, quer também que o tribunal cumpra a constituição e não jogue dinheiro fora com o pagamento indevido de salários e vantagens a quem quer que seja. É só isso e nada mais.


A imprensa testemunha e a sociedade reconhece a disposição e o empenho do atual presidente Reinaldo Moura para resolver o caso e preservar a imagem pública do Tribunal de Contas. Sem atropelar procedimentos administrativos e nem afrontar a lei, Reinaldo e os demais conselheiros avançam em busca de uma solução justa para um impasse jurídico complicado e sem precedentes na história da Corte. Mas, o TCE não pode fazer isso sozinho. È preciso que as demais instituições ajudem a resolver o problema, assumindo suas respectivas responsabilidades.   Do jeito que está não dá pra ficar. E quem sabe a solução não seja a anulação da nomeação de Flávio…

 

Mudanças na Sefaz

Alguns meios de comunicação estão estranhando as mudanças que vêm ocorrendo na Secretaria da Fazenda nos últimos dias e denominando de “caças às bruxas”. Nada anormal quando ocorre uma mudança de secretário e mais ainda da forma que aconteceu o rompimento do ex-secretário com a atual gestão. Até que demorou muito por conta da cautela do secretário João Andrade em não misturar as indicações com os técnicos que estão exercendo suas funções com competência.

 

Abutres de olhos nos cargos

Mas nestas mudanças o secretário tem que lembrar que os abutres estão de olhos nos cargos e para isso tem ter visão cirúrgica e cortando apenas o necessário, pois somente algumas peças deverão dar oportunidade a quem tem competência e compromisso com este Governo. Muita calma nessa hora, não devem ter por base a saída daqueles que foram ligados ao antigo Secretário, pois todos sabem que Nilson ajudou muito na campanha do governador e aliou-se com funcionários que tinham o mesmo objetivo.  Ou seja, mudar radicalmente o jeito de governar e a maioria deles continua confiando que o melhor caminho é a reeleição do atual governador. Muitos que eram amigos (e ainda são) de Nilson não aceitaram a ruptura dele com o atual governo.

 

Verdes travestidos de vermelhos

Alguns verdes estão travestidos de vermelho, usando de influências para galgar cargos, nada contra desde que assumam que irão permanecer nesse lado quando a tempestade se aproximar e não abandonar o barco. O estado precisa incrementar a arrecadação para dar sustentabilidade ao Governo e a primeira modificação foi na infra-estrutura. Com certeza com o novo Superintendente a Sefaz ter uma maior agilidade nas condições de trabalho, que estavam insuportáveis, tanto no tocante a viaturas, como também na estrutura física dos postos fiscais e Ceac`s.

 

FM Liberdade

O radialista George Magalhães, da FM Liberdade, disse que não existe nenhuma orientação do proprietário da emissora em direcionar o programa para criticas ao governo estadual. Ele lembrou que quando o ex-governador João Alves teve espaço e criticou o governo, no outro dia o espaço foi dado para as autoridades da área, como da infraestrutura e saúde. Segundo George o próprio governador já foi convidado por diversas vezes para conceder entrevista a emissora.

 

PD do Campus de Lagarto

Alguns leitores enviaram e-mails questionando porque no site da Universidade Federal de Sergipe, há alguns dias, tinha que seria realizada uma licitação ou edital de tomada de preço no dia 30 de julho, para elaboração do Plano Diretor do Campus de Lagarto, composta dos Projetos Arquitetônico Prediais e Maquetes. Depois disso nenhuma outra informação e ninguém encontra nada sobre a licitação. É preciso informar se a licitação foi feita, qual a empresa que venceu e, principalmente, quando será iniciada a tão obra esperada por todos daquela região.

 

Acordo entre MP e shoppings beneficia deficientes

Na capital paulista um acordo entre o MP e os shoppings ajudará na redução do número de motoristas inconseqüentes que insistem em estacionar seus veículos nas vagas reservadas para deficientes físicos. Pelo acordo, os shoppings colocarão correntes em diversas vagas que serão abertas pelos seguranças dos shoppings. Infelizmente a educação de alguns só chega na marra, literalmente…

 

Imortais: Collor em Alagoas e em Sergipe…

Para quem critica a escolha de Fernando Collor como acadêmico e imortal da Academia de Letras de Alagoas isso não é novidade. Aqui em Sergipe tem muita gente que escreveu livros de…deixa prá lá…e estão na Academia Sergipana de Letras…Cada Estado tem os “imortais” que merece…

 

Trânsito: Beira Mar/Farolândia I

Realmente o fechamento do retorno localizado antes do semáforo da entrada para a UNIT melhorou, bastante, o fluxo de veículos que trafegam no sentido Atalaia/Centro. De outra parte, porém, não resolveu o crucial problema dos que residem na Farolândia e que só têm uma opção para dirigirem-se ao centro e a outras regiões da cidade, que é a Av. Beira Mar.

 

Trânsito: Beira Mar/Farolândia II

O Departamento de Engenharia de Trânsito da SMTT precisa, urgentemente, solucionar a questão, pois o fato que poderá causar uma melhora sensível, ou seja, a inauguração da nova ponte sobre o rio Poxim ainda está muito longe de concretizar-se. Enquanto isso, os habitantes da Farolândia continuam visivelmente prejudicados.

 

Trânsito: retorno do Mar Azul

Outra providência urgente é o caso do retorno do Mar Azul, que é imprudentemente utilizado pelos seus moradores. Esse retorno só deve ser utilizado pelos motoristas que trafegam no sentido Atalaia/Centro, para retornarem à Atalaia ou Aeroporto. São frequentes os acidentes no local. Enfim, a SMTT não se tem mostrado capaz de resolver os problemas naquela região.

 

Trânsito: sugestão sábia I

Em recente entrevista, o Superintendente da SMTT, Antonio Samarone, apresentou uma sábia sugestão para resolver os problemas do trânsito de Aracaju: É simples, basta que os proprietários de veículos deixem seus carros na garagem e saiam de casa de bicicleta, o que faz muito bem à saúde.

 

Trânsito: sugestão sábia II

A sugestão é excelente. Mas onde está um sistema de transporte coletivo de boa qualidade, que pudesse garantir a locomoção dos aracajuanos?  A propósito, onde estão os 100 novos ônibus prometidos? As reclamações avolumam-se. E o próprio Superintendente da SMTT declarou, recentemente, que os ônibus de Aracaju têm carrocerias adaptadas a chassis de caminhões. Até quando a população vai ter que suportar tamanha calamidade?

  

Frei Enoque responde

Do prefeito de Poço Redondo: “Minha lealdade de Prefeito ao Governo Déda não me leva a embotar meus sentimentos e convicções. Serei sempre “o cara” que grita e clama por dias melhores, sou aliado do governo e do povo que me escolheu como Prefeito e me acolhe como cidadão, há mais de 30 anos. Com estima, e entendendo que lealdade não é subserviência”. Frei Enoque. Poço Redondo, Em 03 de setembro de 2009

 

Cirurgia responde aos usuários

Da direção do Hospital Cirurgia: “Prezado Cláudio Nunes, tivemos acesso ao conteúdo da sua coluna do dia de ontem, 03 de setembro de 2009, e ficamos entristecidos com a menção de termos algum dos nossos usuários não assistido com a qualidade do cuidado preconizado e defendido por essa direção. Solicitamos que o senhor Marcelo Costa compareça, quando possível, a direção deste hospital, para nos certificarmos da situação e instituirmos, mediante a constatação dos fatos e com a maior brevidade, as medidas corretivas, pois até então não tínhamos recebido queixa de nenhum dos nossos quase 300 pacientes internados bem como de nenhum dos seus familiares. Críticas que nos induzem à melhoria são sempre bem vindas, a permitir a veracidade dessa afirmação estamos em processo de implantação do setor de ouvidoria. Colocamo-nos à disposição para quaisquer outros esclarecimentos e agradecemos pela ajuda”.

 

Valadares defende produtores de laranja I

Preocupado com os rumos da citricultura brasileira, diante das sobretaxas que os EUA impuseram para a importação do suco de laranja, o senador Antonio Carlos Valadares, líder do PSB no Senado, foi a tribuna hoje fazer um protesto contra a atitude dos EUA, que nos acusam de prática de dumping (venda por preço muito baixo para afastar concorrentes) nas exportações do produto.    “Somos o maior exportador de suco de laranja do mundo e um dos maiores produtores da fruta e não podemos sofrer acusações infundadas de dumping por uma grande potência que “exportou” a crise de seu sistema hipotecário para o resto do mundo e até hoje não teve qualquer atitude de compensação para os danos causados aos países, especialmente aos sub-desenvolvidos e aos que estão em processo de desenvolvimento”, enfatizou Valadares.

 

Valadares defende produtores de laranja II

O senador disse esperar que os EUA, que mantém boa relação política com o governo brasileiro, possam deter o processo de retaliação junto à Organização Mundial do Comércio (OMC) e rever sua postura de impor pesadas taxas para a importação do suco de laranja brasileiro. “Os EUA são uma nação exemplo de democracia para o mundo, mas, contraditoriamente, com um sistema econômico fechado e iníquo. Então estou aqui para protestar contra esta política econômica concentradora, exclusivamente capitalista, sem um viés social e que se volta contra o desenvolvimento de outros países”, sublinhou.

 

Câmara aprova a regulamentação da profissão de Turismólogo

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados, aprovou na última quarta-feira, 2 de Setembro, –  por unanimidade – o Projeto de Lei 6906/02, do Senado Federal, que regulamenta a profissão de Turismólogo. Após a aprovação na CCJC, o projeto retorna para o Senado Federal, por ter recebido emendas durante a sua tramitação na Câmara.A CONTRATUH, Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade, juntamente com a NCST, Nova Central Sindical de Trabalhadores e a ABBTUR, Associação Brasileira de Bacharéis em Turismo, estiveram presentes e atuantes em favor desse grande passo em defesa do Turismo nacional.

 

Importância do profissional

O presidente da Associação Brasileira de Bacharéis em Turismo –ABBTUR/SE, o turismólogo Nairson Socorro,  destaca a regulamentação da profissão como um grande avanço em defesa das relações de trabalho, e agradeceu aos deputados que entenderam a nossa luta e sensibilizaram com a importância desse profissional, no desenvolvimento do turismo brasileiro. Ele agradeceu o enorme apoio dado pelos deputados Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP), Maria Lúcia Cardoso (PMDB/MG), relatora do projeto na CCJC, ao ex-presidente da Comissão de Turismo e Desporto da Câmara – CTD, o deputado Albano Franco (PSDB/SE), e ao autor projeto, o então Senador, Moreira Mendes (PPS/RO).O legal exercício da profissão, de acordo com o novo Projeto de Lei, ficará reservado aos bacharéis em curso superior de Turismo ou Hotelaria.

 

Esclarecimento da Deso sobre hidrômetros

Em resposta ao e-mail do leitor, intitulado “Serviço oferecido pela Deso”, esclarecemos que: a) A aferição somente é cobrada do cliente quando este solicita o serviço e a aferição não encontra falhas no hidrômetro.Em qualquer outra situação – havendo falhas no medidor ou se a iniciativa para a aferição for da Deso, o cliente não tem custo.b) As aferições de hidrômetro são feitas em conjunto por técnicos capacitados da Deso e o INMETRO, representado no Estado pelo ITPS.c) Quando o cliente pede a aferição, o hidrômetro é retirado, lacrado e é agendada a aferição para a data e hora escolhidas em conjunto entre a Deso e o cliente. O intuito é que o cliente acompanhe a aferição, caso queira.e) A Deso adquiriu duas novas bancadas, mais modernas, que deverão entrar em operação já no mês de novembro próximo, visando aprimorar a qualidade dos serviços prestados, que hoje já são de boa qualidade, com os equipamentos utilizados homologados pelo INMETRO e atendendo as normas técnicas e legais.f) A taxa anterior era cobrada sem reajuste desde 2004 e não cobria os custos da retirada/aferição/reinstalação do hidrômetro, e os honorários do INMETRO pelos serviços prestados.g) A nova taxa cobrada serve também para disciplinar o serviço, evitando que, por qualquer alteração na leitura, o cliente peça uma aferição, as vezes até de hidrômetros novos, recém instalados.Antônio Sena Ribeiro / Ouvidor da Deso.

 

Funcionamento dos Correios no feriado de 7 de setembro

Os Correios informam como funcionarão suas agências e serviços durante o feriado de 7 de setembro: Agências: Dia 5/9 (sábado) — As agências que costumam abrir aos sábados funcionarão normalmente. Em Aracaju: Agência  Central e Terminal Rodoviário. No interior funcionarão as agências dos seguintes municípios: Itabaiana, Estância, Lagarto, Simão Dias. Dia 6/9 (domingo) — As agências não funcionarão. Dia 7/9 (segunda-feira) — As agências não funcionarão. Central de Atendimentos:A CAC funcionará normalmente neste período: todos os dias, das 8h às 22h. Para solicitar serviços ou pedir informações, os telefones são: 3003 0100 (capitais) e 0800 725 7282 (interior). Para registrar sugestões, elogios ou reclamações, o número é: 0800 725 0100.

 

Workshop de dança cigana e oriental I

Nos próximos dias, o cenário cultural sergipano terá a sua diversidade ampliada. Isto porque, em Aracaju/SE, nos 11, 12 e 13 de setembro, acontecerá o Workshop de Dança Cigana Kalbelia e Oriental Fusion, ministrado pela bailarina, professora e coreógrafa Patrícia Passo.Patrícia é formada em dança pelo Espaço Novo Angel Viana e graduada em artes cênicas pela UERJ, tendo ainda mestrado em Teoria e Prática do Aprendizado da Dança pela Universidade Complutense de Madrid. Atualmente é professora do curso de Licenciatura em Dança Oriental da Universidade Carlos III em Madri, integrando também o corpo docente da Universidade Rei Juan Carlos. Na mesma cidade, tem uma escola com seu nome e encontra-se em processo de escrita de sua tese de doutoramento.

 

Workshop de dança cigana e oriental II

 Interessada pelos estudos da antropologia da dança, investiga diversos tipos de danças orientais, viajando há três anos para a Índia, com o intuito de estudar suas danças e cultura. Além disso, há dois anos, na Turquia, investiga a dança cigana Roman. O evento, que conta com o apoio cultural da Top Tour e do Millor – arte Culinária, trata-se de uma iniciativa da Diretora do Portal Hanna Belly e mestranda em Dança pela UFBA, Cecília Cavalcante, em parceria com Paula Barreto que foi discípula da convidada. Realizando-se na sede do Portal Hanna Belly, situada à Rua José Roberto Ribeiro, n.º 05, Conjunto Jardim Jussara, Bairro Jardins, Aracaju/SE, o Workshop terá início, às 20h, no dia 11 de setembro (sexta-feira), com a realização de uma palestra aberta ao público e, logo após, será demonstrada a dança praticada por Patrícia Passo.

 

Workshop de dança cigana e oriental III

Em continuação, no sábado (12 de setembro) e no domingo (13 de setembro), pela manhã, das 9 às 11 horas e 30 minutos, haverá o curso de Dança Cigana Kalbelia, típica do norte da Índia. A Kalbelia é executada pelas mulheres da comunidade Kalbelia, tribo nômade de ciganos encantadores de serpentes. Seus movimentos se assemelham aos sinuosos movimentos das serpentes, demonstrando flexibilidade, graça e espontaneidade.Nos mesmos dias pela tarde, das 15 às 17 horas e 30 minutos, haverá o curso de Oriental Fusion, um curso de Dança do Ventre combinada com outras danças, em especial a Roman da Turquia.Os interessados em participar do evento, podem efetuar os pagamentos por módulos, ou seja, pelos turnos que queiram participar. O investimento no curso será de: R$ 75,00 (1 módulo); R$ 120,00 (2 módulos), R$ 170,00 (3 módulos) e R$ 200,00 para todos os módulos.  Maiores informações e inscrições através do Portal Hanna Belly. Rua José Roberto Ribeiro 5. Jardins. Fone: (79) 3043-2822. hanna_belly@ig.com.br

 

O Encanto das Possibilidades I

O artista plástico Vicente Coda, em comemoração aos seus 15 anos de convivência com as artes plásticas, convida para a sua exposição “O Encanto das Possibilidades”  de 17/09 a 01/10/09, na Galeria J. Inácio, no hall da Biblioteca Pública Epfânio Dória.  O vernissage será no dia 17/09/09 às 19:30 h.O Encanto das Possibilidades está dividido em quatro momentos: Telas inéditas, uma instalação, artesanato e fotografias. Esta última compõe-se de quatro partes: Pesadelo, Sadomaso, Anatomia e Misticismo.

 

O Encanto das Possibilidades II

O artista acredita que, a Arte pelo seu aspecto inquieto e belo, e pela enorme força criadora que comporta, o faz criar e refletir sobre o alargamento de linguagens usadas em seu nome. É na representação artística, que encontra o poder para apresentar a sua inquieta criatividade e a liberdade para expressar variadas formas e opções, inclusive fazendo uso da tecnologia como parâmetro de criação de um trabalho visual.Diferentes das demais formas até então trabalhadas por ele, a proposta é mesclar o pincel e a cibernética, explorando as tendências que coexistem contemporaneamente, sem preconceitos e sem apego a beleza estética. O diferencial é que, enquanto artista ele optou por não ser o fotógrafo e sim o foco a ser fotografado, interpretando diversos personagens conforme a concepção da obra. A fotógrafa foi Terezinha A. F. Araujo.

 

Obras do Absolutto já iniciaram

As obras do Absolutto Condomínio Clube, da Stanza, já estão a todo o vapor e vem obedecendo ao cronograma de trabalho. Sucesso no mercado imobiliário sergipano, o Absolutto é completo por estar em uma perfeita localização, além de oferecer segurança, conforto, qualidade, pontualidade na entrega, área de lazer de clube, itens sustentabilidade ambiental e a da indiscutível qualidade Celi. O empreendimento possui apartamentos de 77,05 m² e 78,27m², (tendo também opção de 94,46 a 96,11m2, no pavimento térreo, com um jardim privativo no apartamento), áreas privativas com 3 quartos sendo um suíte, living, varanda, cozinha, área de serviço e medição individual de água. A área de lazer também encanta: são mais de 7000m2 de pura diversão. O Absolutto Condomínio Clube é incrível e está superando as expectativas da Stanza, marca do segmento econômico da Construtora Celi.

 

Últimos dias de “Desfiando o Rosário”

Permanece apenas até o próximo dia 11 de setembro, na Galeria Jenner Augusto (Sociedade Semear) a exposição coletiva “Desfiando o Rosário”, que todos os dias tem recebido grande visitação dos amantes da arte contemporânea. O horário de visitação é das 09 às 19 horas. Informações através do 3214-5800.

 

DO LEITOR

 

Na Venezuela é ditadura. Na Colômbia…

E-mail recebido: “É interessante como parte expressiva da nossa imprensa sulista, copiada muitas vezes por aqui, enxerga a democracia como um valor relativo. Exemplo disso está nos processos eleitorais na Venezuela e na Colômbia. Quando Hugo Chavez alterou a legislação para permitir a reeleição presidencial na Venezuela, foi uma gritaria geral. Nesse caso é ele um ditador, autoritário, que não respeita as regras do jogo, etc. etc.Vem o Uribe, presidente Colombiano, único na América do Sul que tem as bençãos absolutas dos EUA, e apresenta proposta que permite um terceiro mandato para ele na Colômbia. Isso depois de conseguir uma reeleição quando não era permitido. E o que diz nossa atenta imprensa? Nada. É como se fosse uma notícia qualquer.Na Venezuela é ditadura. Na Colômbia…Reação mais violenta essa mesma imprensa teve quando se falou aqui em mais um mandato para Lula. O Mundo veio abaixo, a tenra democracia brasileira estava correndo riscos.Eu estou de saco cheio dessa indignação seletiva”.

 

Falta de respeito com passageiros

Do leitor Marcus Azevedo: “Venho por meio desta sua coluna denunciar os absurdos que ocorrem com passageiros que se utilizam dos serviços da empresa Bomfim. Os ônibus são velhos, quebram com grande frequência, sujos (principalmente com baratas) sem contar os diversos atrasos. Falo isso com toda propriedade, pois semanalmente viajo na linha Aracaju – Alagoinhas e devido ao monopólio da Bomfim da linha Sergipe – Bahia, só posso usar os seus serviços. Vou dar um exemplo: o ônibus que faz a linha Aracaju-Itabuna, principalmente aos domingos, que deveria sair às 19:00h, nunca sai. Ele só deixa o terminal rodoviário de Aracaju por volta das 19:25h e sabe por que?Porque lá em cima estão vendendo passagem depois das 19:00h, falta de respeito? veja ainda mais o absurdo, todas as sextas-feiras faço a linha Feira de Santana – Aracaju. Subo na cidade de Entre Rios, onde o ônibus deveria passar às 17:20h, porém o ônibus só chega às 17:50h, atrasando minha viagem em pelo menos meia hora. Mais absurdo foi essa: em um certo dia o ônibus, esse que deveria chegar às 17:20h, só chegou às 20:15h, sabe por que? Porque qd o ônibus saiu de Feira de Santana, nas proximidades da cidade de Alagoinhas, o pneu saiu do ônibus, é isso mesmo saiu do ônibus!!! Acaso? acho que não, pois o ônibus só tinha meia hora que deixou a cidade de Feira. Fora que os ônibus frequentemente quebram no meio BR 101, em locais sem qualquer segurança. O pior é que a Bomfim investe em propaganda, ao dizer que respeita o cliente e que viajou em seus aviões (só se for os antigos teco-teco, porém acho que nem eles podem ser comparados com os ônibus da Bomfim). E o pior é que o governo edita uma lei (que diz ser em defesa das passageiros), porém sem nenhuma punição para as empresas, somente aquela: se o passageiro não gostar peça seu dinheiro de volta, mas punição as empresa, nenhuma. Como o passageiro que precisa ir a Bahia, e só tem a opção de ir pela Bomfim, pode pedir o seu dinheiro de volta e ir por outra empresa? e ele vai através de que empresa, se a Bomfim é que detém o monopólio da linha Sergipe-Bahia, e presta um serviço de péssima qualidade. Mais ainda, quando fazemos reclamação no site da Bomfim não recebemos resposta alguma. Espero que através desse seu blog essa reclamação possam chegar aos ouvidos da alta cúpula da Bomfim, com o único fim, respeitar os passageiros”.

 

Respeitem a nós: “Somos 524.826 eleitores do “Menino” I

Do leitor Messias Gonçalves: “Corre no TSE em Brasília, um processo pedindo a cassação do atual governador de Sergipe Marcelo Déda, porque quando ainda ele era prefeito de Aracaju, em março de 2006, portanto, três meses antes de se tornar oficialmente candidato ao cargo de governador, através das convenções partidárias, teria, ele, segundo denúncia orquestrada pelo PFL, usado e abusado do poder econômico. Ao deixar o cargo de prefeito, ele assim com todos em todos os cinco mil e quinhentos municípios, os vinte e seis estados mais o Distrito Federal, assim como todos os presidentes da republica os fazem. Inauguraram algumas obras. Vejam que, nem candidato oficial ele era. E a eleição era somente seis meses depois e inclusive é bom salientar que quem realmente disputava com ele, era justamente o inquilino do palácio de veraneio, concorrendo a mais uma reeleição. Portanto cai por terra, que ele, Déda, juntamente com o seu vice, Belivaldo Chagas, a acusação de abuso de poder político, ou de autoridade, e econômica durante campanha eleitoral de 2006, como se expressou junto ao TSE, a vice procuradora Sandra Cureau. Ela quer que o processo prossiga de acordo com o parecer que ela enviou ao TSE no último dia 17, no qual opinou a favor da cassação dos diplomas. E o que dizer de quem era governador, inaugurou a ponte inacabada no dia 25 de setembro, uma semana antes do pleito, mesmo contrariando o TRE/SE, que no mesmo instante julgava esse ato? Lembro que na quinta anterior, em entrevista a TV Atalaia, o adversário de Marcelo Déda, disse que sabia que se encontrava atrás 7%. Mas que com o advento da inauguração do domingo, acreditava na virada. Isso sim é que poderia ser considerado abuso. O pior é a insistência da PGE querendo trazer para si a titularidade da ação, iniciada pelo extinto PAN, patrocinado às escondidas pelo PFL, hoje DEM. Acontece que com a incorporação do PAN ao PTB, deveria acabar a ação, já que provocado pelo relator do processo, este partido veio manifestar-se pela extinção do mesmo, desde quando, fez o PTB parte da coligação que elegeu Marcelo Déda”.

 

Respeitem a nós: “Somos 524.826 eleitores do “Menino” II

Continua Messias: “Por coincidência, quando resolvi escrever sobre este tema, encontrei uma entrevista com o ex-governador da Paraíba, cassado pelo TSE, Cássio Cunha Lima (PSDB). Na entrevista a revista NORDESTE, diz ele: “A lei não pode transferir para o juiz a capacidade de dizer que uma eleição é limpa e outra é suja”. A referencia de Cássio não quer dizer que quero fazer comparações. Até porque, no caso do governador da Paraíba, houve culpa. Inclusive assumida pelo próprio. No caso de Sergipe é totalmente diferente. Quem tentou usar o poder político e econômico, fora justamente àquele que se encontrava no cargo. Agora eu pergunto se por acaso haja a cassação: O que a população sergipana tem a ver com um possível erro de avaliação jurídica? Por que o meu voto, assim como os outros 524.827 eleitores sergipanos que disseram querer Marcelo Déda e Belivaldo Chagas, poderá ser anulado? Caberiam neste momento as instituições estarem preocupadas com a estabilidade administrativa do estado. Não está contribuindo para um desequilíbrio. O incrível disso é que o vencedor nesta eleição, fora justamente quem estava em desvantagem no processo eleitoral. Um estava governo, até mesmo no dia da eleição. O outro era simplesmente candidato, sem mandato seis meses antes do pleito. Querer imputar abuso de poder é brincadeira. É querer mangar com a cara dos 524.828 eleitores que escolheram um ao outro, não pelo poder econômico, e sim pelo cansaço de tanta enganação. Respeitem o povo. Ou melhor, os eleitores. Inclusive a minha mãe que à época estava com 67 anos, com um marca passo recém instalado, e mesmo assim não se cansava de está em todos os eventos, inclusive nas passeatas. Será que é pouco pedir respeito?” Messias Gonçalves tem um blog é só acessar: http://mameangon.zip.net/

 

Participe ou indique este blog para um amigo: 

claudionunes@infonet.com.br

 

Frase do Dia

“A corrupção não deixa provas, mas nem sempre desfaz rastros e evidências.” (B. Calheiros Bomfim).

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários