TCE: Clóvis extrapola para agradar Sintese

0

  “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

No dia 21 de janeiro, o presidente do TCE/SE, Clóvis Barbosa ao lado da equipe técnica do órgão, se reuniu com a direção do Sintese, que denunciou que alguns prefeitos estão enviando números irreais para o TCE para justificar a falta de negociação salarial.

Até aí tudo normal, mas na última sexta-feira, 29, Clóvis Barbosa cometeu um erro grave à frente da presidência do TCE.  Como o órgão está em recesso, ele, numa decisão monocrática, “proibiu” prefeitos de 53 municípios de realizarem festejos carnavalescos, tendo como motivo o atraso no pagamento do salário e do décimo terceiro do magistério. E um erro grave: no meio dos 53 municípios tem alguns que vem pagando a folha em dia e sem atraso, como Areia Branca, por exemplo, que no sábado enviou uma nota a imprensa (leia nesta edição). Inclusive 1/3 de férias em janeiro como  Itabaiana e Divina Pastora que vêm cumprindo em dia também. Como foi no fim de semana o blog não teve como realizar uma pesquisa completa, mas tem outros que pagam em dia também.

Aracaju – Um detalhe chamou a atenção. Aracaju, que vem atrasando os salários nos últimos meses, inclusive em janeiro os professores na segunda quinzena, Clóvis “esqueceu”. O blog não acredita que o esquecimento foi para agradar alguns colegas, nomeados no TCE por João Alves. Foi “puro esquecimento” mesmo. Clóvis deveria ter mandado a equipe dele verificar através do SISAP.

E um detalhe: a “proibição” do TCE não tem valor jurídico. O próprio Clóvis sabe que é um órgão auxiliar e fiscalizador. Não tem poder  de Justiça.

A proibição soa como uma intimidação e um ato que Clóvis não faria, pelo menos antes do poder de presidente.  Quem começou com tanta vontade de acertar e mudar a imagem desgastada do TCE, não pode desviar do caminho. Começar perdendo a credibilidade é um sinal que a mesmice mudou apenas de nome.

Devagar Clóvis. Você tem a obrigação de passar para a história do TCE como o presidente mais Transparente e não o mais Prepotente.

Programação feita e planejada com a PMSE
E tem mais: o TCE deveria tomar as devidas recomendações e não determinações, muito antes. Vários deles estão com programações feitas e planejadas pela Policia Militar. Por exemplo no último fim de semana:- Tobias Barreto, Propriá, Ribeirópolis, Feira Nova, Santa Luzia do Itanhy. E de 05 a 09: Pirambu, Neópolis, Simão Dias, Itabaianinha, Estância (Abais e sede), Santa Rosa de Lima, Glória, Santa Luzia do Itanhy, Poço Redondo (povoado Curralinho), Cumbe, Canindé (blocos de rua), Carmópolis (sede e povoado Aguada), Malhador, Moita Bonita.

Esclarecimentos sobre TCE e a folha de pessoal
Que o Tribunal de contas precisa enxugar sua folha de pessoal, disso ninguém duvida.  Acrescentaria também como órgãos que devem enxugar a folha o TJ, a ALESE e o MP.Diversos sites jornalísticos vem dando ênfase as declarações do presidente do TCE que para diminuir a folha de pagamento daquele órgão precisa devolver os policiais militares que lá trabalham.

PMs no TCE não, mas eles não são os culpados
O blog não concorda com a presença de PMs naquele órgão. Porém, não acredita que é por conta deles que a folha ultrapassa R$ 7 milhões. Há anos que o executivo vem pagando o salário em sua totalidade de todos os servidores cedidos à outros órgãos. Diante da crise, decidiu o executivo que os órgãos que tiverem funcionários deste poder a disposição irá arcar com a totalidade dos salários dos mesmos.

Devolva os PMs, mas não culpem eles pelo comprometimento da LRF
A verdade é que para o TJ, TCE, MP, ALESE, Justiça federal, é interessante ter os serviços de policiais militares sem arcar com suas respectivas folhas de pagamento.Há anos, por exemplo, que existem 4 PMs a disposição da justiça federal e ninguém remove estes PMs para o policiamento ostensivo. Eles chegam a andar fardado com uniforme de segurança da justiça federal.Querem devolver os PMs para a corporação, o façam, tem o apoio de todos os policiais militares, mas não creditem a estes a causa da folha está comprometendo o limite prudencial da lei de responsabilidade fiscal.

Omissão clandestinos Aracaju: George tem que continuar. Denúncia foi grave
Na última sexta-feira, 29, o radialista George Magalhães, na 103 FM, colocou no ar o tenente Silvan Nascimento, que até quinta-feira era coordenador de transportes da SMTT em Aracaju, responsável pela fiscalização dos táxis clandestinos. Segundo Silvan, no programa de George, o coronel Pericles, o chefe dele na SMTT, pediu “para que tirasse o pé do acelerador” na fiscalização. Algo grave que merece uma apuração rigorosa do MPE, através da competente Eusa Missano.

Tenente Silvan denunciou até policiais  com clandestinos
Em julho do ano passado, em matéria aqui na Infonet, o tenente Silvan Nascimento disse que a SMTT constatou a atuação clandestina no sistema de transporte coletivo de policiais civis e militares, agentes penitenciários e até de guardas municipais. “Inclusive com reincidência”. Leia matéria: https://.infonet.com.br/cidade/ler.asp?id=175717

MPE tem que pedir que servidores públicos que agem na ilegalidade percam a função pública
Espera-se que o MPE não deixe em vão o trabalho realizado pelo tenente Silvan que foi exonerado porque queria apenas cumprir com a função dele. E mais: é fácil descobrir os servidores públicos, inclusive policiais que estão com táxis clandestinos (usando defensores) e que peça o procedimento administrativo para que eles percam a função pública. Quem tem que dar exemplo, não pode usar a função para coagir e impor medo a legalidade.

Pressão na SSP
Uma pessoa bem próxima do governador disse que está existindo uma pressão de alguns setores para que ele coloque um delegado que fazia parte da cúpula da gestão anterior. O problema não é pessoal com o delegado, mas porque ele fez campanha aberta para Eduardo Amorim.

Bispo prejudicar acordos para possível candidatura de Zezinho
Nas últimas semanas quando Zezinho Sobral, vai aos bairros falar sobre a campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti, Luciano Bispo, presidente da Alese aparece. A justificativa é que os dois são do PMDB.

Bispo prejudicar acordos para possível candidatura de Zezinho II
O problema é que Bispo, nunca seria presidente da Alese, com Déda. Aliás, já doente, em julho de 2013, pelo twitter, Déda postou sua indignação com a nomeação de Roberto Bispo para a Codise: “estou triste e decepcionado”. Ou seja, se Zezinho quer Eliane Aquino de vice, tem que afastar Luciano do seu lado. Eliane não subirá no palanque em Aracaju ao lado dos Bispos. Ou subirá?

Na Caueira, loteamento vem dando calote
O blog recebeu reclamação de alguns corretores que venderam lotes na praia da Caueira (Itaporanga) com a construção da casa e não receberam a comissão devida. Segundo informações até o arquiteto responsável, não recebeu ainda. Se o empresário está dando calote nos colaboradores, imagine nos clientes. O blog está confirmando todos os detalhes para revelar o nome do responsável.

Sal e Brasa: churrascaria perde qualidade em Sergipe
A churrascaria Sal e Brasa, localizada na Orla de Atalaia e que conquistou diversos clientes com o padrão existente em outras unidades da rede no Nordeste, parece que mudou de comando em Aracaju. A qualidade das carnas não é mais a mesma como também o atendimento. O cliente agora, para ter acesso a alguns tipos de carnes tem que implorar. Lamentável!

É verdade que Batistão é aberto para “peladas”? Até de radialistas e jornalistas?
O blog recebeu muitos e-mails confirmando os problemas na Arena Batistão após o artigo postado no sábado. E alguns cobram que a imprensa também faça o dever de casa. Denunciam que radialistas e jornalistas também aproveitam da arena para jogarem pelada. Só pode ser mentira. Se for verdade Jackson deveria exonerar o responsável pela Arena. “Arena Batistão já apresenta problemas. Jackson deveria ter terceirizado.” O artigo que repercutiu no fim de semana: em:https://.infonet.com.br/claudionunes/ler.asp?id=182415

Pavimentação para o povoado Pedrinhas. São apenas 7 quilômetros
Na última sexta-feira, em solenidade em Areia Branca,  a prefeita Acácia Sousa, solicitou a Jackson Barreto a pavimentação da Rodovia SE-160, que liga o povoado Pedrinhas à SE-235. O pedido reforça um já feito ao ex-governador Marcelo Déda, em anos anteriores, e tem por objetivo de melhorar o escoamento da produção hortifrutigranjeira do agreste sergipano.

Com visão homem de visão, Jackson fará a obra que abrirá outra rota para BR-101
Mesmo com as dificuldades financeiras Jackson Barreto, como homem de visão vai procurar recursos para realizar a oba de apenas 7 quilômetros, que ligaria o povoado Pedrinha até a BR-235, com acesso a Riachuelo (BR-101) e consequentemente a Fafen, criando outra rota para Alagoas.

Pensionistas universitários: é chegada a hora do recadastramento!
Começa nesta segunda-feira, 1º, o recadastramento para os pensionistas universitários. O procedimento será realizado durante todo o mês de fevereiro e é necessário para os beneficiários entre 18 e 21 anos que estão cursando o nível superior e usufruem dos proventos.

Documentação
Para isso é necessário comparecer à Sede do Sergipeprevidência com os seguintes documentos:Carteira de Identidade;CPF (Cadastro de Pessoa Física); Documento Comprobatório de Estado Civil;Comprovante de Residência; Comprovante de Inscrição no PIS (Programa de Integração Social) ou PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público); NIT (Número de Inscrição do Trabalhador); Extrato do Cadastro Nacional de Informação Social (CNIS); Extrato de Negativa de Benefício (PESNOM) – obtidos junto ao INSS, além do atestado de matrícula e histórico escolar.As fotocópias das declarações deverão vir acompanhadas de suas originais ou autenticadas em Cartório. O recadastramento é feito duas vezes por ano e o próximo acontecerá em agosto.

Galo do Augusto Franco comemora sete anos de tradição
O Galo do Augusto Franco abriu alas para o carnaval da capital sergipana e comemorou sete anos de tradição com muito frevo e folia, neste sábado, 30/1. A festa atraiu todas as gerações e cumpriu o que diz seu hino: "o bloco de frevo de toda a família".

Galo do Augusto Franco comemora sete anos de tradição II
Alegria e tranquilidade marcaram a festa que reuniu mais de cinco mil foliões. O ponto alto foi o grande cortejo puxado pelo Galo de quatro metros de altura, pela rainha Fabrícia, bonecos gigantes e bandas de frevo, que fizeram a alegria dos foliões. A folia continuou na Praça do Galo com o som contagiante de Cissy Freitas, Gugu Brasil e a Banda Art Mania.O Galo do Augusto Franco, idealizado pelo psicólogo Max Prejuízo, é uma realização da Casa Cultural Careca e Camaradas e faz parte de um projeto cultural que tem como proposta resgatar a tradição dos antigos carnavais.

Carnaval de rua precisa de organização para não prejudicar moradores
O blog recebeu reclamações de moradores da Alameda das Árvores, no bairro Luzia em Aracaju porque o carnaval de rua realizado

Moradores querem apenas garantir o direito de ir e vir. Festa fechou rua principal.

no local fechou a principal rua de acesso/saída do condomínio. As autoridades precisam controlar melhor o local onde são escolhidas estas concentrações para evitar fatos como este no bairro Luzia. Que façam o Carnaval, mas deixem sempre um acesso de entrada e saída para os moradores. A foto ao lado mostra o caos criado.

Serigy Rugby na Copa Nordeste de Rugby XV.
O Serigy Rugby (https://.facebook.com/serigyrugby ), único representante do estado na modalidade, participa a partir do dia 20 de fevereiro, da Copa Nordeste de Rugby XV. A primeira partida, que será realizada no Estádio Municipal André Moura em Pirambu, será contra o ASA/Arapiraca Rugby de Alagoas. O grupo ainda conta com o time do Orixás da Bahia. O campeão do torneio classifica-se automaticamente para a Copa Brasil de Rugby XV. De volta às Olimpíadas depois de 92 anos, o Rugby é o esporte que mais cresce no país: quase 16% ao ano. O público em potencial também é grande: é o segundo esporte com mais interessados em conhecer e praticar. Os treinos do Serigy Rugby acontecem: aos sábados a partir das 15hs para as categorias sub-18 masculino e feminino e aos domingos a partir das 08hs da manhã para a categoria adulto masculino, sempre no parque da Sementeira. Maiores informações através dos telefones (79) 99927-7374 / (79) 99823-9748 / (79) 99159-3363 ou através do e-mail http://rugbyserigy@gmail.com

PELO TWITTER

www.twitter.com/WilliamFonseca  O ser humano descobre territórios distantes, até outros planetas, mas desconhece totalmente o terreno em que está situado o coração.

www.twitter.com/tarsogenro  Li, toda a vida, Veja, Isto é, Estadão, Folha, "Revistas do Globo", etc, interpretando-as. Hoje não dá mais. Faz mal. É só ódio de classe.

www.twitter.com/olhosdosertao  Globo não teme satisfazer sua sanha por sangue porque cresceu sob à tortura de muitos brasileiros, mas pode alimentar o desejo de muitos.

www.twitter.com/juliobatista_  Reflexão pré carnavalesca: se comunista não pode ter iphone, neoliberal pode ter emprego público?

NOTA DE ESCLARECIMENTO – Prefeitura de Areia Branca

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Areia Branca entende que – mesmo respeitando a decisão da Presidência do TCE que proíbe municípios de realizar Carnaval em virtude do não pagamento do salário dos professores, numa relação de 53 cidades -, a inclusão do município nessa lista foi feita de forma equivocada, baseada apenas nas informações passadas pelo Sindicato dos Professores (Sintese). Segundo o despacho da Presidência, no que se refere ao 13º salário do magistério, Areia Branca registrou “Ausência de pagamento de qualquer parcela”. Trata-se de uma informação errônea, uma vez que o 13º salário dos professores foi pago no dia 10 de dezembro de 2015, não existindo nenhuma pendência dessa natureza no Município.

Além disso, desde o início da atual gestão que todos os direitos do magistério estão sendo respeitados e os vencimentos pagos em dia, incluindo o 13º de 2015. Prova disso é que hoje, 29 de janeiro, os professores receberam o salário de janeiro dentro do mês e atualizado de acordo com o Piso do Magistério 2016. O terço de férias foi pago juntamente com a folha do mês de dezembro.

Esse mesmo tratamento tem sido dado a todos os demais servidores (efetivos, contratados e comissionados), que recebem seus vencimentos em dia, sem nenhum tipo de atraso. Portanto, esperamos que esse equívoco seja corrigido, já que a Administração Municipal tem mantido em dia todas as suas obrigações com o magistério. A Prefeitura de Areia Branca está à disposição do Tribunal de Contas com toda a documentação necessária para que tal informação seja retificada em tempo hábil.

ASCOM PREFEITURA DE AREIA BRANCA

DO LEITOR

Servidores Públicos
Uma postagem de Antônio Samarone, ontem, 31, no FacebooK: “Hoje cedinho, ao retornar da feira, cruzei com mais um acidente

na tal curva da Rodovia dos Náufragos. Um táxi invadiu o canteiro central derrubando um poste da iluminação pública, obstruindo uma das vias. O acidente não teve vítimas. Até aí nenhuma novidade.O que me chamou a atenção foi o comportamento da guarnição da Polícia Militar de Sergipe. Mesmo chovendo, os três policiais não se limitaram a fazer a segurança (strictu sensu), foram atrás de cordas, vassouras, e começaram a desobstruir e limpar a via. Em poucos minutos o transito voltou a fluir. Enquanto cidadão, quero rasgar elogios ao Sargento Paulo, ao Cabo Arimateia e Soldado Ramos, que anonimamente, prestaram esse bom serviço a sociedade.”

Obs: Parabéns a todos os policiais envolvidos. Que os outros meios de comunicação divulguem. Tem alguns que só gostam de divulgar notícias contra a polícia.

O Ministério do Trabalho precisa fiscalizar a Segurança do Funcionário Público no Interior                                   

Como se não bastasse acidentes corriqueiros envolvendo veículos da prefeitura, agora outro flagrante. Funcionários da prefeitura de Frei Paulo sendo transportados de forma irresponsável como podemos ver na imagem tirada ontem, 28/01/2016.

ARTIGO

A “mudança” de comando da PM (De um oficial da PMSE que pediu para não ser identificado)

Muito se tem especulado acerca da “provável” saída do Coronel Iunes do cargo de Comandante Geral da PMSE. Contudo, após a notícia de crise de relacionamento entre o Secretário de Segurança e o Comandante da PM, o governador já conversou com os dois, em separado, sem qualquer manifestação do governador, do secretário ou do comandante.

A partir dai vários cenários já foram especulados na imprensa e nas redes sociais, dando conta da saída do Comandante, a saída do secretário ou a saída de ambos.
Contudo, na arte de especular, o jornalista Munir Darrage se superou fazendo análise de perfil de quatro coronéis em artigo por ele publicado no site de notícias Faxaju:

Na análise de perfil o jornalista demonstra desconhecimento do histórico profissional dos oficiais citados.

O período de comando do coronel Iunes foi de muito crescimento para a PM, com definições importantes na esfera administrativa e operacional, bem como com importantes conquistas para os policiais.

A desenvoltura do Comandante Iunes está relacionada ao seu histórico profissional ligado à atividade operacional da PM, com longa passagem pelo Comando de Operações Especiais, Comando do Policiamento da Capital e, por fim, no próprio Comando Geral.

Tal conhecimento da parte operacional, aliada a uma boa desenvoltura da gestão administrativa, permitiu ao Comandante Iunes melhorar significativamente o resultado do trabalho da PM, que mesmo sofrendo aguda redução em seu efetivo, conservou o desempenho operacional de controle da criminalidade.

Agora, no momento que se discute sucessores para o atual comandante, importante conhecer o histórico profissional dos coronéis.

O Coronel Jackson, atual Subcomandante da PM, foi Comandante do Policiamento da Capital, comandante de batalhões da capital e do interior (entre eles os de Itabaiana e Lagarto no interior, e o 1º Batalhão da Capital quando Iunes era o Comandante da Capital), foi chefe da Seção de Inteligência. Além disso, é o coronel mais antigo da PM depois de Iunes (o que não obriga a aposentação compulsória de nenhum outro coronel). Tem boa aceitação entre o oficialato e praças, mas é tido também como muito duro no trato interno.

Logo após vem o coronel Daltro, que passou por funções importantes na PM, mas sempre de menos visibilidade, como Corregedoria, Ajudancia, Diretoria de Ensino, e foi comandante do 5º BPM da capital. Contudo, em todas sem nenhum destaque especial. Não tem boa liderança e é tido como de difícil relacionamento e sem expressividade pelos oficiais e praças.

Em seguida vem a Coronel Cristina, que foi promovida ao atual posto por medida judicial. Em toda a sua carreira deve ter trabalhado na PM por cerca de dois anos, o restante da carreira ficou cedida à Assembleia Legislativa. Não tem liderança e expressividade que justifiquem a cogitação de assumir o comando da PM.

Coronel Paulo, trabalhou até capitão em unidades operacionais, orbitando entre a CPRv e CPTran (última unidade operacional que comandou quando ainda Capitão), depois ficou cerca de 10 anos cedido à Camara Municipal de Aracaju, de onde só voltou para “disputar a promoção a coronel”. Esteve por breve período no 1º BPM e depois ficou algum tempo no CFAP (quando a unidade escola estava ociosa). Além disso, foi Diretor de Ensino. Não teve expressividade em tais funções, não tem liderança nem boa aceitação entre oficiais e praças.

Coronel Marcony, trabalhou no interior e capital até capitão e foi comandante da CPRv, já Major e Tenente Coronel foi Comandante de Batalhões no interior, entre eles Itabaiana e Lagarto, comandante do CFAP e chefe de gabinete do comando geral (na gestão do Comandante Resende). Por fim, foi Ajudante Geral, Comandante do Policiamento do Interior e Diretor do PRESMIL. É tido como reservado no trato pessoal.

Coronel Pontual, trabalhou em unidades operacionais até capitão e depois como auxiliar do Comando da capital. Depois ficou cerca de 10 anos cedido à Prefeitura Municipal de Socorro, quando voltou foi diretor do PRESMIL e Diretor de Pessoal da PM. É tido como de difícil relacionamento com oficiais e praças. Por conta de lei específica será aposentado compulsoriamente no mês de novembro deste ano.

Coronel Julio Cesar, trabalhou na cavalaria até capitão e depois foi cedido para a UFS, onde passou mais de 10 anos sem nenhuma função na área de segurança pública (nesse período fez mestrado e doutorado em física). Após retornar para a PM, foi comandante do CFAP (quando a unidade escola estava ociosa) e Diretor de Ensino (embora tenha doutorado, pouco ou nada fez pelo ensino na PM). Atualmente é Ouvidor Geral, uma função sem qualquer expressividade. É tido pelos oficiais e praças como uma figura exótica, sem qualquer liderança. Não tem experiência operacional na PM.

Coronel Luiz, trabalhou até Tenente coronel com Albano Franco (08 anos quando governador e mais 08 à disposição da segurança do ex-governador). Ao terminar o período cedido, passou mais 02 anos no Tribunal de Contas. Voltou para a PM no comando de Iunes, quando foi chefe de gabinete de Iunes e depois de promovido a coronel foi comandante do policiamento do interior e agora do comando da capital. É visto com desconfiança pelos oficiais e praças por conta do histórico longe do trabalho operacional da PM.  Por conta de lei específica será aposentado compulsoriamente no mês de julho deste ano.

Coronel Lúcio, trabalhou em várias unidades operacionais e na assessoria do comando Geral (no comando dos coronéis Jaime e Alcantara), sendo comandante da CPRv, comandante de batalhões na capital e no interior, foi Chefe do Estado Maior do Comando da Capital e do comando do Interior, trabalhou nas Diretorias de Logística e atualmente é o diretor de finanças da PM. Tem boa liderança e é visto com bons olhos pelos oficiais e praças.

Coronel Rocha, trabalhou em varias unidades operacionais da capital/interior até o posto de Capitão. Foi diretor da Guarda municipal de Aracaju (no 1º mandato de Deda). Depois trabalhou no batalhão de choque, fez mestrado em direitos humanos e foi Secretário Adjunto de Justiça (no 1º mandato do Gov Deda). Depois foi coordenador de medidas socioeducativas (na gestão da deputada Ana Lucia na Secretaria de Inclusão Social). Quando retornou à PM foi comandante de batalhões na capital e interior (Socorro 5º BPM e Estância 6º BPM).  Atualmente é chefe de inteligência da PM. Tem bom relacionamento entre oficiais e praças.

Coronel Blauner. Está afastado (férias e licenças) e será aposentado compulsoriamente por lei específica no mês de julho deste ano.

Coronel Rita. É a atual corregedora, tendo sido antes diretor de logística e passou por diversas unidades da Corporação. Tem transito fácil entre oficiais e praças.

Dispositivo em lei determina que os coronéis que já foram Comandante Geral ou Subcomandantes são compulsoriamente aposentados ao serem exonerados das respectivas funções. Outro dispositivo determina que os coronéis mais antigos que o comandante geral ou subcomandante são compulsoriamente aposentados quando um mais moderno assume o comando. Em ambos os casos é necessário tempo mínimo de 25 anos de serviço.

Qualquer coronel pode ser comandante geral, pois reúne os requisitos legais necessários. Já a aptidão para o cargo é determinada pela capacidade gerencial adquirida com a experiência na gestão de unidades operacionais e administrativas da PM ao longo da carreira. Além disso, liderança e fácil relacionamento com a tropa (oficiais e praças) são fundamentais para o desempenho no cargo.

Blog no twitter: https://.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“Prefiro o inferno do caos ao inferno da ordem…” Wislawa Szymborska, escritora polonesa, morreu em 01 de  Fevereiro de 2012 (nasceu em 02 de Julho de  1923).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários