Tempo de Travessia. Algumas Memórias do irrequieto Chico Rollemberg

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.


Aquilo que chamam “morrer” não é senão acabar de viver e o que chamam “nascer” é começar
a morrer. E aquilo que chamam “viver” é morrer vivendo. Não esperamos pela morte: vivemos com ela perpetuamente. Jean Baudrillard.

Tempo de Travessia é do nome do mais recente livro do ex-senador, médico e irrequieto historiador Francisco Rollemberg, ou Chico, como os amigos chamam carinhosamente. Prestes a completar 86 anos no próximo 07 de abril, Chico tem uma memória fantástica lembra de fatos da juventude como ninguém. Cada bate papo é uma verdadeira aula de história de Sergipe, além dos fatos pitorescos que Chico viu ou participou diretamente.

A irrequietude de Chico não se abalou com a pandemia e a necessidade de ficar em casa. Sem os cafés matinais do fim de semana com a turma de amigos no bar do buraqueiro Zé Carlos no mercado Vereador Milton Santos, no conjunto Augusto Franco e as reuniões quase que diária com amigos, Chico resolveu “parir” um novo livro.

Chico aproveitou para escrever sobre alguns sergipanos ilustres que marcaram a vida dele e estão registrados na história de Sergipe: professor Barreto Fontes, Walter Cardoso, Garcia Moreno, Luiz Garcia, entre outros. A frase de Baudrillard que abriu este artigo abriu o texto em referência ao jornalista, escritor e historiador Luiz Antônio Barreto. Chico o conheceu desde estudante “foca” da Gazeta de Sergipe, a passagem pelo Rio de Janeiro e no Recife (PE), onde conheceu Gilberto Freyre e começou a se dedicar à pesquisa histórica e as obras de Tobias Barreto.

Chama a atenção o texto sobre Maquiavel na sua conclusão: “Um pessimista ou um lúcido, que ousou com seus conselhos situar a ética no nível de responsabilidade e não da consciência; a ética que analisa as ações não em função da hierarquia interna de valores, mas em vista, sim, das consequências dos resultados previsíveis, da ação que procura comandar e torná-la efetiva. Uma ética essencialmente politica, da ação eficaz, tão bem já definida pelo senhor ministro Delfim Neto, que, em governo anterior, disse: “O governo, o ato de governar, é aético.” A máxima maior, a mais conhecida de Maquiavel, do amoralismo: “os fins justificam os meios” seria, então, o que já foi intitulado de “moralização da necessidade.”

E na terceira parte do livro, Chico reuniu alguns trabalhos quando senador e deputado federal, inclusive quando representou o Congresso Nacional na Assembleia Geral da ONU.

Bem escreveu João Lover na orelha do livro homenageando Chico Rollemberg:

Um sujeito sempre a demonstrar
como devemos ser humanidade
a voar sereno com simplicidade
do varão que vive a nos inspirar.

A nobreza na defesa da vocação
com o agir habilidoso pela vida
o faz figura premiada e querida,
um excelente médico-cirurgião.

Um raro político imaculado,
atuando como a força da razão,
foi brilhante senador e deputado.

A atitude a nos doar a lição,
um mestre: escritor iluminado,
um pensador que tem coração.



Para quem ainda não leu. Carta Aberta à Humanidade: Chico Buarque, Boff, Lancellotti e outros denunciam Bolsonaro ao mundo: Brasil é uma câmara de gás a céu aberto (Publicado pelo 247) Em um manifesto em tom dramático e que está colhendo adesões, Chico Buarque, Leonardo Boff, Zélia Duncan, dom Mauro Morelli, Padre Júlio Lancellotti, Carol Proner, Zélia Ducan e outros lançaram neste sábado (6) uma “carta aberta à humanidade” na qual denunciam que o Brasil se tornou uma “câmara de gás a céu aberto”. No manifesto, há um apelo para que STF, OAB, Congresso Nacional, CNBB e Nações Unidas entrem em ação: “Pedimos urgência ao Tribunal Penal Internacional (TPI) na condenação da política genocida desse governo que ameaça a civilização”. No texto, os autores e autoras afirmam que “o monstruoso governo genocida de Bolsonaro deixou de ser apenas uma ameaça para o Brasil para se tornar uma ameaça global”. Leia a íntegra do texto:


Banese X Vergonha do Lucro sem vergonha Se for motivo para comemorar, estranhe. As manchetes na mídia mostraram o aumento dos ativos do Banese em 2020. Esqueceram de colocar na manchete que o lucro caiu 35% no ano passado. O lucro define a nota de uma administração já que é objetivo da empresa. Se você tem uma padaria e vai receber 35% a menos de lucro não é motivo para comemorar ou é? Se o presidente comemorou, o Banese é muita areia para o caminhão dele, como é muito ativo para pouco lucro.

Banese: o Presidente chegou? Ex-secretário da Fazenda Ademário Alves e, por enquanto, diretor de crédito do Banese já está em ação. Após muita confusão na sua indicação à presidência do banco no ano passado, o homem de confiança do governador cria expectativa para que resultados melhores venham, possivelmente assumindo a presidência. Considerado de bom trato, primeiramente, deve conhecer o território e depois assumir a cadeira principal. Nome indiscutível de Belivaldo, acredita-se que ele não irá puxar o tapete, mas ver o que jogaram embaixo dele.

Tobias Barreto confirma interesse de adesão ao consórcio para compra de vacinas A Prefeitura de Tobias Barreto confirmou o interesse do município em participar do consórcio para adquirir vacinas por conta própria. A comprovação da adesão foi registrada no sábado, 06. A confirmação de interesse foi feita para tentar garantir maior agilidade na vacinação da população tobiense. A intenção é ampliar e acelerar a vacinação, disponibilizando mais doses. No dia 26 de fevereiro, a prefeitura já havia protocolado junto a três laboratórios a compra de 20 mil doses. O interesse foi demonstrado após autorização do Supremo Tribunal Federal (STF) para que estados e municípios adquiram o imunizante com recursos próprios.

Com covid, senador Alessandro Vieira foi transferido para hospital em SP O senador Alessandro Vieira (Cidadania/SE) foi transferido ontem, domingo (07), para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para tratamento da covid-19. O parlamentar chegou a ser hospitalizado mais cedo em uma unidade particular da capital sergipana. A internação foi decidida pelos médicos para um acompanhamento contínuo da doença. “O senador responde bem aos tratamentos e, com fé, estará recuperado o quanto antes”, informou a assessoria de imprensa


                           
Nova edição da Revista dos Advogados de Sergipe A partir da amanhã, 09, a versão impressa da nova edição da Revista dos Advogados de Sergipe estará circulando nos escritórios de advocacia, instituições jurídicas e nas livrarias Escariz. Nesta edição a revista tem um excelente entrevista com o novo presidente do TJSE, Edson Ulisses de Melo; o advogado Juvenal Rocha Neto, no espaço Checklist, onde ele trata de um assunto interessante: o fazer advocatício artesanal; tem também a posse da advogada Clarisse Ribeiro como membro do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE); a posse de Fabio Túlio Ribeiro como presidente do Tribunal Regional do Trabalho / 20ª Região
(TRT-20) e muito mais. Acesse a versão digital: 
REVISTA ADVOGADOS ed. 09 FINAL (04-03-2021)-OPT

Coordenação do Inova + Sergipe discute continuação das ações para 2021 Na última sexta-feira, 05, o presidente do Sinformática Sergipe e coordenador da Câmara de TI e Inovação vinculada a Fecomércio, Roger Barros, teve uma reunião virtual com a coordenação do Movimento Inova + Sergipe. Durante quase duas horas, os participantes de diversas entidades e instituições que compõem a equipe apresentaram as dificuldades existentes no dia a dia das atividades que executam e destacaram estratégias de melhorias que visam contribuir com o desenvolvimento do ecossistema de inovação do Estado.

Incentivos Os presentes também debateram sobre ações que incentivam o setor, a começar pela conscientização nas escolas e o fomento a criação de novas startups. Foram apresentados projetos que estão para ser iniciados na Universidade Federal de Sergipe (UFS) e no Instituto Federal de Sergipe (IFS) e que trarão boas perspectivas, tanto para os alunos como para as empresas que tiverem interesse em participar. Além disso foi destacada a importância da criação de parcerias com entidades públicas e privadas.

Projetos Os responsáveis pela área de Inovação no SEBRAE SE e na Federação das Indústrias (FIES) evidenciaram que existem projetos em desenvolvimento e que estarão contando com o apoio dos consultores que fazem parte do Movimento Inova + Sergipe, para que possam auxiliar nas diversas ações que estão programadas para este ano de 2021. Além dos temas citados, os participantes ressaltaram as barreiras causadas pela pandemia da Covid-19 e elencaram medidas adotadas por instituições de outros Estados do país, para o enfrentamento deste momento.

Soluções criativas “Diante de todo este cenário adverso que estamos vivendo, precisamos cada vez mais da união de todos os atores que compõem o nosso ecossistema de inovação, a fim de podermos apoiar novos projetos e termos soluções criativas para os diversos desafios que temos pela frente. Queremos dar uma maior visibilidade em tudo que está sendo feito em termos de inovação em Sergipe e no Mundo”, disse Roger Barros, coordenador do Inova + Sergipe.

Aracaju: morador coloca pedras com ferro no leito da rua impedindo veículos estacionarem em frente a sua residência localizada na Rua Campo do Brito, em frente ao Parreira Hortas. Com a palavra a Emsurb.


PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018


Povoado Segredo, em Aquidabã, mais de 100 famílias sofrem com falta d`água. 11 famílias sem encanação. Descaso do poder público municipal e estadual Do professor segredense, Carlos Alexandre: “Estamos no verão e o dilema de abastecimento de água na comunidade do Povoado Segredo, em Aquidabã, poderia ser algo periódico, mas essa não é a realidade de mais de 100 famílias que vivem neste estimado e sofredor lugar. A grande maioria das residências é provida da rede da DESO, mas quase sempre o líquido não chega na torneira. É preciso que populares se humilhem atrás de uma carrada d’Água de um caminhão pipa, porque não há um planejamento regular de distribuição. Além disso, cerca de 11 famílias são jogadas à própria sorte, por não terem a encanação, nenhum abastecimento é feito. As vias terrestres com destino à casa de seu Pedro, senhor de 110 anos de idade, e de seu Raulito, homem trabalhador, são riscadas do mapa de distribuição de água, só lembradas no período eleitoral quando os seus votos e de seus familiares são importantes. Como cidadãos (ãs) aposentados (ãs) conseguem sobreviver recebendo um salário mínimo para a compra de alimentos, remédios, com a alta da inflação, e água? Assistimos a um descaso do poder público municipal e estadual. Talvez em 2022 com as eleições e a esposa do prefeito sendo candidata à deputada estadual o cenário seja diferente. Até lá, os moradores devem buscar meios para preencherem a ausência do líquido vital à sua existência.”

Realidade brasileira Do leitor Roosevelt Ferreira de Oliveira: “Em relação à matéria “MPE entra com ação cautelar com pedido de liminar contra o TCE” reflete a realidade brasileira, onde os Tribunais Superiores e Especiais de Contas são todos aparelhados com a indicação de políticos ou pessoas por eles indicadas. O caso do TCE de Sergipe não foge à regra. Os seus membros são constituídos em sua grande maioria por ex-deputados estaduais que mantém parentes ou pessoas próximas como deputados estaduais, deputados federais e prefeito. Então, basta alguém ter um pouco de discernimento para perceber que esse desleixo, essa leniência do TCE não passa de um enredo por demais conhecido da população. Resta saber até quando o povo vai assistir a toda essa falta de compromisso em apurar a verdade dos fatos, sem que sobre nenhuma sombra de dúvida na lisura do comportamento desses executivos?”

10º Prix Photo Aliança Francesa. Inscrições abertas até 10 de abril Nessa décima edição do Prix Photo Aliança Francesa, o tema Reflexos, ilustrado por uma fotografia de Benoît Fournier, vencedor do prêmio em 2013, propõe uma reinterpretação da essência da fotografia diante das transformações do mundo contemporâneo e dos desafios atuais. O reflexo se encontra nas bases da fotografia, desde sua invenção no século XIX: nos primeiros experimentos, para se produzir uma foto era necessário captar o reflexo da luz sob uma superfície. Apesar das muitas mudanças desse dispositivo até o surgimento das câmeras digitais e smartphones, a fotografia continua sendo feita de reflexos. Mesmo nesse momento de crise mundial, a fotografia continua sendo uma das principais ferramentas para retratar e denunciar os reflexos da pandemia nas relações humanas.Participe, é para todo público, sendo profissional ou amante da arte de fotografar. Regulamento e inscrição no site: http://prixphotoaf.com.br/home


EVENTOS ONLINE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO


Live no Dia da Mulher, hoje, 08, a partir das 19h: Atuação e luta por direitos nas esferas da sociedade Hoje, 8, Dia Internacional da Mulher, o Conselho Regional de Serviço Social 18ª Região (CRESS Sergipe) realiza uma live especial com o tema “Atuação e luta por direitos das mulheres nas diversas esferas da sociedade”. A live será transmitida no Youtube do CRESS Sergipe, a partir das 19h. O objetivo é retratar os diversos espaços ocupados pelas mulheres nas diversas áreas da sociedade e a temática pela luta por direitos. A mediadora será a assistente social do INSS, mestra em Serviço Social pela UFS e conselheira do CRESS-SE, Rita Regina; e as palestrantes serão: Verônica Santana, militante dos movimentos feminista e agroecológico e do Movimento da Mulher Trabalhadora (MMT) de Sergipe e Nordeste, com o tema “As mulheres rurais do Nordeste e a luta por direitos”. A advogada de Família e Criminalista e presidente da Comissão de Direitos Humanos do Instituto Ressurgir Sergipe, Valdilene Oliveira, falará sobre a “A evolução das leis que ampliam os direitos das mulheres”. A palestrante Tathiane Araújo, presidente da Astra Sergipe e da Rede Nacional de Pessoas Trans no Brasil, irá abordar “A constante Deslegitimação da sociedade a identidade de gênero de mulheres travestis e transexuais”. Já a assistente social da Coordenadoria da Mulher do TJ-SE, Shirley Leite, irá falar sobre o “Papel da Coordenadoria da Mulher no Enfrentamento da Violência Doméstica”. E a vereadora de Aracaju Linda Brasil, que é mestra em Educação e ativista dos Direitos Humanos, vai abordar o tema “O papel e atuação da mulher trans na política”.

PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br E FACEBOOK


OPINIÃO

Mulher: obra prima do criador Por Clarkson Ramos Moura

A despeito do advento do III milênio, do século XXI, da Era Cristã, do curso da Idade Contemporânea, ainda assim remanesce uma superabundância de caricatos tipos humano-sociais, cujas racionalidade, sensibilidade percepção e espiritualidade os aproximam mais do “homo rusticus” que do “homo sapiens sapiens”.

Daí a excessiva e hodierna presença dos moralistas, preceptores preconceituosos, ignotos, messiânicos, fanáticos religiosos, censores, “paus-mandados, conselheiros-acacianos, intolerantes, neonazistas, machões, fundamentalistas, “santos de pau oco”, “pintas-cegas” e “beatos fingidos”, os quais, por motivos óbvios, consideram o SEXO FEMININO — FRÁGIL, a ORIENTAÇÃO SEXUAL e a IDENTIDADE DE GÊNERO, respectivamente — DOENÇA, TRANSTORNO e DISTÚRBIO PSICOSSOCIAIS.

A diferença de potencialidade e efetividade entre os dois sexos, seja na esfera biológico-afetiva, seja na órbita cognitivo-intelectual, seja no âmbito social-cultural, seja no domínio dinâmico-motor, só existe na “anatomia dos órgãos genitais” e nas “cabeças retrógradas” desses intrometidos mentores éticos de plantão.

Atualmente, a cada dia, resta mais comprovado o que as ciências humanas e naturais já tinham verificado experimentalmente: os seres humanos, quer do sexo masculino, quer do sexo feminino, são equivalentes e equipotentes entre si, em qualquer ramo, área, setor e domínio de atividade humana.

Portanto, não hesito em proclamar-me DEFENSOR confesso do autêntico “FEMINISMO” e das irrestritas “LIBERDADES PSICOSSOCIAL, AFETIVO-SEXUAL E COGNITIVO-IDEOLÓGICA”.

Em tempo, acrescento, sem subsentido de machismo, corroborar, de plano, a verdade axiomática da Sabedoria Popular: “Deus fez a mulher cheia de graças”. Portanto, admito-me declarado “GINECÓFILO”.

Além disso, parafraseando o genial escritor e sacerdote luso-brasileiro Padre Antônio Vieira, criador do neologismo “Mátria” (do latim “matre”, declinação de “Mater”: mãe), o qual disse e escreveu: “Se a Pátria deriva da Terra, que é a mãe que nos cria, havia-se de chamar Mátria.”; não hesito em com ele concordar e, doravante, proclamar: “Eu não tenho Pátria, senão “Mátria!”

O restante que se possa dizer, a meu falível juízo, não passa de hipocrisia, mentira, ignorância e preconceito, Gente!

Aliás, mesmo que eu considere a “Mulher”, a “obra-prima” do maior criador do Universo, em todos os tempos, o Deus Todo-poderoso; discordo veementemente da mera convenção político-social de instituir um só dia como data comemorativa de um fato histórico que — por sua magnitude — transcende à dimensão temporal.

Logo, compreendo que “todo dia é o Dia Universal da Mulher”, assim como – no ditado popular – “todo dia é dia de Índio”.

Em tempo, para que não se diga que não falei das flores — pedindo-lhes vênia pela verdadeira e remansosa premissa de que “memoria hominis fragilis est” (a memória humana é frágil ou falível) — me atrevo a fazer uma concisa enumeração exemplificativa de pró-mulheres, de examulheres, de mulheraças, de divas, tanto de nacionalidade brasileira, quanto de nacionalidade estrangeira, cuja perfomance existencial as tornou e as torna cidadãs perenes e cosmopolitas:

Ei-las:

De nacionalidade brasileira: Maria Quitéria, Chica da Silva, Anita Garibaldi, Tarcila do Amaral, Bertha Lutz, Chiquinha Gonzaga, Ana Néri, Nise de Oliveira, Irmã Dulce, Zuzu Angel, Zilda Arns, Leila Diniz, Dalva de Oliveira, Clementina de Jesus, Clarice Lispector (naturalizada) Elis Regina, Janete Clair, Hebe Camargo, Maria da Penha, Beth Carvalho, Lucinha Araújo, Cidinha Campos, Bibi Ferreira, Raquel de Queiroz, Maria Ester Bueno, Fernanda Montenegro, Emilinha Borba, Marlene, Dona Ivone Lara, Aracy de Almeida, Marinês, Maysa, Luíza Erundina, Jaqueline de Jesus, Ester Sabino, Mayana Zatz, Marta, Hortência, Mãe Menininha do Gantois, Ruth Cardoso, Dilma Rousseff, Luíza Trajano, Marielle Franco, Elza Soares, Benedita da Silva, Lélia Gonzalez, Grada Kilomba, Djamila Ribeiro, Jandira Feghali, Rita Lee, Zezé Mota, Alcione, Teresa Cristina etc.

De nacionalidade estrangeira: Rainha Cleópatra VII (egípcia), Imperadora Wu Zetian (chibesa), Imperadora Agnes de Poitou (romano-germânico), Rainha Tamar da Geórgia (georgiana), Rainha Isabel I de Castela (espanhola), Rainha Elisabeth I (inglesa, 1558-1603), Rainha Maria Stuart (escocesa, 1542-1567), Rainha Maria de Medici (francesa, 1610-1617), Rainha Anna da Áustria (francesa, 1643-1651), Cristina da Suécia (sueca), Madame Pompadour, conselheira secreta do Rei Luís XV; Catarina II (russa), Rainha Vitória (britânica, 1837-1901), Primeira-ministra Indira Gandhi (indiana, 1966-1984, foi assassinada), Primeira-ministra Golda Meir (israelense, 1969-1974), Presidente Isabel de Perón (argentina, 1974-1977), Primeira-ministra Margatet Thatcher, “A Dama de Ferro” (britânica, 1979-1990); Primeira-ministra Benazir Bhutto (paquistanesa, 1988-1999, foi assassinada), Presidente Michelle Bachelet (chilena, 2006-2010, 2014-2018), Presidente Cristina Kirchner (argentina, 2007-2015), Escritora, Ativista Betty Friedan (estadunidense, autora do “best seller” A Mística Feminina, 1963), Filósofa Angela Davis (estadunidense), Princesa Lady Diana (britânica), Cientista e atriz Hedy Lamarr, “A Mãe da Telefonia Celular” (austríaca, radicada estadunidense), Atriz Marilyn Monroe (estadunidense), Cantora Whitney Houston, Matemática Katherine Johnson (estadunidense), Katalin Karikó, “A Mãe da  Vacina de mRNA” (húngara), Escritora Virginia Woolf (britânica), Filósofa Hannah Arendt (alemã de origem judaica), Cantora Lady Gaga (estadunidense), Cantora Diana Ross (estafunidense), Cantora Édith Piaf (francesa), Primeira-ministra Jacinda Ardern (neozelandesa), Primeira-ministra Angela Merkel (alemã), Vice-presidente Kamala Harris (estadunidense) etc.

O Feminismo, enquanto movimento e ideologia, sociais, políticos, culturais e históricos, tem como, dentre tantas outras, as quatro mais importantes, pioneiras e notórias protagonistas:

CHRISTINE DE PISAN, escritora francesa do século XIV, na obra “A Cidade das Mulheres”;

MARY WOLLSTONECRAFT, nas obras da escritora inglesa do século XVIII; e

SIMONE DE BEAUVOIR e BETTY FRIEDAN, em meados do século XX, com duas obras principais, “O Segundo Sexo” (1949) e “A Mística Feminina (1963), respectivamente, de autorias de tais renomadas, consagradas e especializadas escritoras, cientistas e ativistas do Feminismo planetário.

Para rematar este sóbrio texto:

Parabéns! Mulheres, vivas ou extintas, de todos os biotipos, de todas as cores, raças, crenças religiosas, orientação sexual, gêneros, convicções políticas ou ideológicas, por serdes ou terdes sido nossa razão de ser!

Viva! a dignidade humana!

Salve! todas as Mulheres do Mundo, indistintamente!

Abaixo! o feminicídio!

Fora! Todas as formas de violência contra as Mulheres!



OPINIÃO

Diretas Já, em Sergipe. Por Antônio Samarone, médico sanitarista

Em 26 de fevereiro de 1984, a apática e conservadora sociedade civil aracajuana surpreendeu o Brasil, com a maior manifestação política de sua história, o Comício das Diretas Já.

Mais de 30 mil pessoas, na Praça Fausto Cardoso.

Além das celebridades políticas nacionais (Ulisses Guimaraes, Lula e Juruna), entre os políticos nativos, destaque para Jackson Barreto (PMDB), Rosalvo Alexandre, Nilton Vieira Lima (PDT), Marcélio Bomfim (PT) e Nelson Araújo (PMDB), para o atual Prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (presidente do DCE) e Dionísio Cruz (presidente da CUT).

Os artistas nacionais Martinho da Vila e Agnaldo Timóteo, marcaram presença. Entre os artistas da terra, os cantores Paulo Lobo e Antônio Carlos Du Aracaju, e as bandas Bolo de Feira e Cataluzes.

O inusitado foram os locutores que apresentaram o grande comício. O Jornalista Zenóbio Melo (foto), recém falecido no Piauí, e Marcelo Déda. Ele mesmo, o Governador Marcelo Déda foi o locutor do comício. A brilhante carreira política dele só começaria a despontar com as eleições para prefeito de Aracaju, final de 1985.

A Emenda Dante de Oliveira foi derrotada, em 25 de abril de 1984, entretanto, o movimento das “Diretas Já” acordou a sociedade.

No Brasil, a Sociedade acorda de vez em quando.

As forças democráticas em Sergipe, se fortaleceram a partir da Campanha das Diretas Já, chegando depois à Prefeitura de Aracaju e ao Governo do Estado.

Hoje, na política, quase todos os gatos são pardos!

Na tenebrosa conjuntura que atravessamos, não sei o que restou das forças de 1984, se elas ainda existem, se podem aglutinar-se, pelo menos, em defesa da democracia e dos direitos sociais.

As eleições de 2022, podem ser uma oportunidade.



PELO TWITTER

www.twitter.com/ISMARVIANA Ao eleger as pautas a serem abraçadas e defendidas, o indivíduo, ainda que inconscientemente, revela o seu real valor.

www.twitter.com/ayres_britto Há quem não converse com seus próprios botões, por saber que só vai tomar reprimenda. Não a reprimenda de um único botão a falar pelos demais, porém a reprimenda de cada um deles a fazer questão de ser mais duro que o outro.

www.twitter.com/gilbertotv Aqui em Aracaju, quando o vento vem do oceano, tenho a impressão que ele traz junto com ele o som do fado português.

www.twitter.com/tonidagostinho #ImpeachmentOuMorte #BolsonaroCoveiroDoBrasil

www.twitter.com/Marcelo19827278 Sensação estranha essa de acordar todo dia sabendo que você é mais inteligente do que o presidente do seu país.

www.twitter.com/Vitor__RJ Que imagem triste da poha!




Siga Blog Cláudio Nunes:           

Instragram

 Facebook

 Twitter

 


Frase do Dia
“Fogo Amigo – Ouvir. Analisar. Às vezes sofrer. Quase sempre calar.” Marcelo Déda, pelo twitter, 04/03/2013.
#DédaEterno #61Anos11demarço.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais