Tentando antecipar 2010

0

 

 

Quem conhece os bastidores da política de Sergipe já percebeu que estão aproveitando o episódio da saída de Nilson Lima do PT e sua disposição para ser candidato ao governo do Estado como barganha política. Essa barganha é feita de forma estratégica, num jogo de xadrez montado com alguns meios de comunicação onde os recados são dados indiretamente e através de pesquisas “encomendadas” de todas as formas e para todos os gostos.

 

O estilo de governar de Marcelo Déda está deixando alguns aliados, sobretudo os que chegaram depois da vitória em 2008, nervosos e irritados. Se o estilo do governador tem alguns erros, como por exemplo, a demora para receber as lideranças e até mesmo secretários, por outro lado é preciso lembrar que a relação mudou para melhor diminuindo com as barganhas políticas, principalmente o uso da máquina pública em campanha eleitoral.

 

O governador vem tendo um relacionamento respeitoso com o empresário Edvan Amorim, que comanda o PSC e o PR em Sergipe. O apoio da bancada do PSC na Assembléia foi importante para construção da maioria, porém todo mundo sabe nos bastidores que os deputados tiveram a contra partida que solicitaram participando do governo estadual com a indicação de cargos comissionados em várias secretarias. Infelizmente em todo país essa prática é comum e o governante que não faz maioria no legislativo não trabalha. Um bom exemplo foi Luiza Erundina quando foi eleita prefeita de São Paulo e não submeteu-se aos ditames dos vereadores. Foram quatro anos de dificuldade e sem condições de administrar de verdade.

 

  O pleito do PSC, de lançar um candidato ao Senado, é justo. Qualquer partido quer crescer, porém no bloco que vem dando sustentação a Marcelo Déda, há muito tempo foram construídas as candidaturas de Valadares e Jackson ao Senado. A chance do PSC ter um candidato ao senador nesta chapa só pode acontecer se um dos dois desistir. Que é algo impossível, pelo menos neste momento.  E o cargo de vice no próximo ano, será uma escolha dos partidos da coligação, mas quem vai bater o martelo final é o governador, já que o futuro vice (em caso de reeleição de Déda) deve assumir o governo em 2014, se Déda renunciar para disputar a única vaga ao Senado Federal.

 

 Será que o PSC não ver outro caminho para continuar apoiando Déda que não seja uma candidatura ao Senado? E mais: será a janela partidária que vai se abrir este ano, por um mês, não provocará a saída de alguns deputados do PSC, que estão bem confortáveis na máquina administrativa estadual? Não seria desgastante para estes deputados e para o próprio Amorim retornar para o palanque de João Alves? As feridas são grandes e extrapolam os limites da política partidária.

 

Ninguém se espante. O governador já disse por várias vezes que não aceita pressão e quem entende de política tem clareza que o episódio de Nilson Lima está servindo como instrumento de barganha. É uma pena que o próprio Nilson não percebeu isso, mas até a definição das coligações no próximo ano, muita coisa pode acontecer, inclusive a manutenção da aliança partidária que elegeu Déda governador do Estado.

 

TC: Blog acertou mais uma vez

Como este jornalista publicou ontem, após lembrar todo episódio jurídico do caso Flávio Conceição, o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Reinaldo Moura, disse que a decisão proferida pelo ministro presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, em atendimento a medida judicial apresentada pela Procuradoria Geral do Estado (PGE), que pedia a anulação da liminar do ministro que suspende a aposentadoria de Flávio Conceição, remete a decisão sobre a situação do conselheiro Clóvis Barbosa e do próprio Flávio, para o Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ).

 

Posição do STF

Assim sendo, argumentou Reinaldo Moura, “estamos aguardando a posição do STF na impugnação (consulta) feita àquela Corte Judicial pelo Tribunal de Contas sobre como fica a situação de Dr. Clóvis Barbosa ou uma decisão, no mérito, do Tribunal de Justiça, quanto a liminar concedida pelo desembargador Cesário Siqueira, que suspendeu o ato de aposentadoria do hoje conselheiro afastado Flávio Conceição de Oliveira Neto”.

 

Posição do TJ

Ele explica ainda que na atual conjuntura jurídica só existem duas formas de afastar Clóvis Barbosa da função de conselheiro do TCE: “uma é através de decisão judicial transitada em julgado, o que certamente demanda muito tempo e a outra, seria a abertura de um processo administrativo no próprio Tribunal de Contas. Só que, nesta hipótese, não há nada contra o conselheiro Clóvis Barbosa que justifique um ato dessa natureza”. Resta ao Tribunal de Contas a espera da decisão do Poder Judiciário sobre o assunto, disse Reinaldo, que complementou: “enquanto isso não acontece o conselheiro Clóvis Barbosa continua atuando normalmente no Tribunal de Contas”.

 

E-mails dos leitores

O blog pede desculpa aos leitores, mas devido ao grande número de e-mails nos últimos dias não teve tempo de responder a todos e publicar alguns. Fará isso nos próximos dias.

 

Qualidade no Turismo

A informação do Ministério do Turismo e da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República que Sergipe é o estado nordestino com menor número de denúncias de exploração sexual de crianças e adolescentes, não aconteceu por acaso. Para o presidente da EMSETUR, este fato decorre de uma política de governo, coordenada pela primeira dama Eliane Aquino, que combate com rigor este tipo de prática. “O que queremos é tornar Sergipe uma referência no turismo brasileiro, não repetindo os erros de outros estados”.

 

Cursos de formação

Além da campanha de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo, a Emsetur aborda este tema em todos os cursos de formação profissional, para que os profissionais que atuam no setor sejam os primeiros a coibir esta prática que só denigre a imagem de um destino turístico.

 

Repasse

O Prefeito de Porto da Folha Manoel de Rosinha (PT), até ontem,  30, não repassou o dinheiro da câmara de vereadores. Passando por cima da Lei.

 

Sobre a livraria no TJ

Sobre o questionamento de um leitor sobre a livraria que funciona no Fórum, o O Tribunal de Justiça de Sergipe informa que o espaço ocupado pela livraria jurídica no Fórum Gumersindo Bessa foi cedido através de um processo licitatório no ano de 2006, cujo contrato previu funcionamento por um período de três anos. Findo o prazo, a administração do Poder Judiciário resolveu aproveitar aquele espaço, por se tratar de uma área estratégica do maior Fórum do Estado, para alocar os serviços de reprografia, que deve ficar eqüidistante das Varas, tanto quanto possível. A necessidade do deslocamento deste serviço decorreu do atendimento de um pleito da OAB para ampliação da sala para ela destinada no Fórum. Informamos, ainda, que o Tribunal de Justiça estuda a possibilidade de conseguir um novo espaço para alguma livraria, mediante  um novo processo licitatório.

 

Reforma pode anistiar 51 mil candidatos das eleições 2008 I

A reforma eleitoral aprovada neste mês pela Câmara dos Deputados poderá representar uma anistia para cerca de 51 mil políticos que concorreram nas eleições municipais do ano passado e não prestaram contas, como manda a lei.Eles representam 14% dos candidatos do Brasil, mas em alguns Estados, a proporção é bem maior, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral.No Amapá, por exemplo, 35,8% dos 1.494 candidatos a prefeito e vereador em 2008 descumpriram a norma de apresentar a prestação de suas contas de campanha nos 30 dias seguintes ao pleito.Boa parte deles correria o risco de se tornar inelegível, já que o TSE entende que um candidato só pode concorrer numa eleição se tiver contas de campanhas anteriores aprovadas.

 

Reforma pode anistiar 51 mil candidatos das eleições 2008 II

Mas, se a reforma eleitoral for confirmada no Senado da maneira que foi aprovada pelos deputados, poderá beneficiar esse grupo de inadimplentes. O projeto afirma que basta a apresentação das contas para que o candidatos se tornem elegíveis. Significa dizer que o político estaria apto para se eleger se, por exemplo, apresentar suas contas anteriores no dia em que fizer o registro de sua nova candidatura, inviabilizando uma análise da Justiça Eleitoral por falta de tempo hábil.”A lei em debate no Congresso esvazia por completo a função de fiscalizar as contas de campanha. Basta a apresentação, ainda que apenas formal”, afirma o presidente do TSE, Carlos Ayres Britto. Hoje, se o candidato não prestou contas nos 30 dias seguintes à eleição, recebe um ofício da Justiça Eleitoral, para que as apresente em 72 horas. Caso contrário, ele se torna automaticamente inelegível. (FSP).

 

 

 

Crescem adesões ao Fórum em Defesa de Aracaju

Na noite da última quinta-feira, 30, o “Fórum em Defesa de Aracaju – Qual modelo de cidade você quer?” realizou mais uma reunião na Sede do Sindiprev.Na reunião debateu-se, entre outros assuntos, as atividades e a forma de mobilização da Sociedade. Ficou definido que o Fórum utilizará meios acessíveis à população para explicar o que Plano Diretor e como o Plano Diretor interfere na vida de todos os moradores da cidade.Assim, o fórum deverá adotar cartilhas, panfletos e peças teatrais para explicar com uma linguagem fácil os principais pontos do Plano Diretor.Por outro lado o Fórum vai dar início às palestras sobre o que é Plano Diretor. A primeira palestra acontece no Sindiprev, no dia 04/08/2009, às 18:00h, quando a Arquiteta Vera Ferreira vai fazer uma exposição para os componentes do Fórum e demais presentes.

 

Visita a entidades

Integrantes do Fórum vão à Câmara Municipal na próxima segunda-feira, quando da abertura dos trabalhos do Poder Legislativo Municipal. A intenção da visita é de se apresentar aos vereadores de Aracaju, dizer do propósito do Fórum e convidar os vereadores para a palestra da próxima quarta-feira e convidar todos os vereadores a se integrar ao Fórum. Ainda no decorrer da próxima semana a Coordenação do Fórum fará uma série de visitas a entidades para solicitar a indicação de representante junto ao Fórum.

 

Novas entidades

 A reunião dessa quinta-feira foi muito proveitosa e bastante concorrida, quando novas entidades aderiram e novos parlamentares se fizeram presentes. Entre as novas entidades que aderiram destacam-se a AMOJOP, a CMP e a Associação dos Moradores do Coqueiral. Além dos deputados e vereadores que já haviam declarado apoio ao Fórum anteriormente, os Deputados Federais Iram Barbosa (PT) e José Carlos Machado (DEM) e os Vereadores Chico Buchinho (PT) e Josenito Vitale (DEM), também participaram da reunião e colocaram os seus mandatos à disposição do Fórum. Todos os parlamentares fizeram questão de destacar a importância do tema para a vida da cidade e os reflexos que o Plano Diretor de Aracaju pode levar aos demais municípios.

 

Silvio Rocha faz show hoje no Viva Ara Café I

O palco do Viva Ara Café recebe na noite de hoje, sexta-feira, o cantor e compositor Silvio Rocha, um dos mais talentosos e carismáticos artistas da noite sergipana. O show ‘emepebeando’, homônimo do primeiro cd gravado por Silvio em 2003, apresenta um repertório eclético e animador. “O importante será reunir os amigos em torno da música de boa qualidade e apresentar um pouco daquilo que a gente gosta de curtir e oferecer ao público sempre que temos essa oportunidade”, comentou o artista.

 

Silvio Rocha faz show hoje no Viva Ara Café II

A apresentação começa a partir das 21 horas no espaço erguido pelo também músico Paulo Lobo para valorizar a cultura local. O Viva Ara Café, antigo Al Bar, no bairro Grageru, vem se destacando por abrir as portas para talentos consagrados e jovens revelações da música sergipana. E com Silvio Rocha a história não é diferente. O aracajuano de 43 anos de idade já tocou e cantou em quase todos os bares de Aracaju, além de cidades como Itabaiana e Lagarto. No palco, Silvio Rocha estará acompanhado dos músicos Márcio Alegria (teclados e acordeon), Júnior (baixo) e Josimar (bateria). O ingresso custa R$ 10,00 e a casa de show estará aberta a partir das 20 horas.

 

Premiação

A Construtora Celi recebeu o prêmio TOP CORREIO 2009 em três categorias pelo conjunto da obra: Construtora mais lembrada, Construtora com Responsabilidade Social, Construtora de Obras Públicas.

 

Em Busca de Abrigo

‘Em Busca de Abrigo’, este é o título da exposição que o fotógrafo José Aquino traz ao público sergipano.  As fotografias foram produzidas por 11 alunos do curso Compacto de Fotografia Digital, ministrado por Aquino. As imagens, realizadas entre os meses de janeiro a julho, trazem um pouco do cotidiano dos ribeirinhos, da Atalaia e da Ilha do Rato, no município de Barra dos Coqueiros, famílias humildes, compostas na maioria por pescadores, que tiram das águas o sustento de cada dia. A abertura da exposição será no próximo dia 6 de agosto, quinta-feira, às 20h, no Mirante da 13 de Julho, e vai até o dia 19.

 

DO LEITOR

 

“O Filho de Deus” I

Do leitor Messias Gonçalves: “Há exato um ano, partia ao plano superior, para está junto do Pai Todo Poderoso, José Correia Santos Neto. O Zezinho da Everest, como ficou sendo conhecido.  O Filho de Deus. Era com essa saudação que não se cansava de dirigir-se ao seu povo. Não importava se era branco, preto, mulato, rico, pobre, criança ou idosa. Se morava na cidade, no campo, nos povoados, no Rosa Elze, Eduardo Gomes, Tijuquinha. Vejam o caso do “menino” Biriba. Que ficou conhecido nacionalmente e até no exterior, graças a sua participação no programa da Rede Globo, o Caldeirão do Hulk. Quando o mesmo esteve aqui em Sergipe, na cidade de São Cristóvão, para gravar o seu programa de final de ano.  Logo depois, ficamos sabendo que foi por ter conhecido o Zezinho da Everest durante a sua eleição para prefeito que despertou naquela criança, o desejo inocente de ser um dia prefeito da sua cidade. Assim era Zezinho da Everest. Filho de Valter Correia. O Valter do INPS e de dona Vanda. Em vida teve a companhia dos seus irmãos Wanderlê (hoje deputado estadual), Vânia. Vanderlã, Valéria, Valdison, Valdeilson. Foi por muitos anos casado com a senhora Maria Carmo, conhecida por “meu bem”. Dessa união teve dois filhos: Graziely e Jonatha. Era um excelente jogador de futebol, assim com fora também o seu pai e o seu irmão Wanderlê. Fundaram e fizeram parte do time dos POP´S (Grêmio Olímpico Sancristovense)”. 

 

“O Filho de Deus” II

Continua Messias:Concluiu os seus estudos secundários em São Cristóvão. Na sua maioridade, fomos juntos trabalhar em Japaratuba, na recém chegada TGG (Temag Geosource Geofísica). Uma empresa contratada da Petrobrás. Ele trilhou seguiu e eu fui por outros caminhos.  Depois trabalha em diversos estados deste País. Cria a Everest. Empresa de prestação de serviços. Porém nas suas veias, corre o sangue da política. O seu tio, Paulo Correia dos Santos, o Paulo da Farmácia foi prefeito de São Cristóvão. O seu pai, Valter fora vereador. O seu irmão Wanderlê é um dos fundadores do PT em São Cristóvão. Portanto, não foi nenhum oportunista ou caroneiro. Tinha e teve história. O seu pecado, ser adversário de um “poderoso” grupo. Elege-se prefeito de São Cristóvão com exatos 17.001 votos. O que representou 51,062% dos votos válidos. O seu segundo pecado. Lançar o seu irmão como candidato a uma vaga para deputado estadual. Mais revolta desse grupo adversário. E mais uma vez, o seu povo lhe diz: “você estava certo”. É o mais votado entre todos na cidade. No plano estadual, sua maior marca fora ser o primeiro prefeito do interior a tomar como iniciativa, a aglutinação dos demais prefeitos, em favor da candidatura do então candidato Marcelo Deda. E para que se perpetue, a sua família neste dia em que se celebrará a missa de 01 ano da sua morte, estará entregando ao seu povo, ao povo de São Cristóvão, a Fundação “Zezinho da Everest”. Portanto meus amigos. Este foi Zezinho da Everest que eu conheci e convivi. “O Filho de Deus”. Messias Gonçalves.

 

Banese

Do jornalista Abrahão Crispim Filho: “Os funcionários do Banese andam revoltados com a direção do banco, pois a diretoria está retirando todos concursados dos postos de serviços e trocando por terceirizados”.

 

Frase do Dia

“A união do rebanho obriga o leão a deitar-se com fome”. Provérbio Africano.

 

 

 

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários