Terceira via pode surpreender

0

Os que apostam num acordão político em Sergipe precisam levar em conta que eleição é uma caixinha de surpresa. No início da última campanha para a Prefeitura de Aracaju quase ninguém acreditava que a delegada Danielle Garcia (Cidadania) deixaria pelo caminho a candidatura do PT, vista como a principal ameaça à reeleição do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). Assim como os petistas alardeavam que estariam no 2º turno do pleito aracajuano, hoje alguns otimistas do barco da situação já dão como certa a eleição do candidato a governador que for indicado por Belivaldo Chagas (PSD). Ledo engano! As eleições estaduais de 2022 passam pela disputa presidencial e pela nova realidade do país pós-pandemia. Ademais, e quase certo que o PT pulará desta canoa para fazer carreira solo, devendo ser seguido por outros tantos políticos contrariados por terem sido preteridos da chapa majoritária. Embora de forma tímida, a oposição está se movimentando e pretende se beneficiar com o provável racha na base do governo, construindo uma 3ª via capaz de incomodar. E pode surpreender? Pode! Portanto, os governistas precisam manter os pés no chão, pois cautela e caldo de galinha nunca fizeram mal a ninguém. Marminino!

Volta aos estádios

Os torcedores sergipanos já podem voltar aos estádios de futebol. Conforme decisão do Comitê Técnico-Científico da Covid-19, as torcidas só devem ocupar até 20% da capacidade dos estádios. Nesta sexta-feira, os torcedores do Confiança já assistirão na Arena Batistão o lanterninha enfrentar o Sampaio Correia, em jogo válido pela Série B do Brasileiro. Legal!

Queiroga derrapou feio

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) pretende que a CPI da Covid-19 convoque o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para explicar sobre a confusa e contraditória decisão de suspender a vacinação de adolescentes. Segundo a mídia nacional, o ministro tomou a absurda decisão por ordem do presidente Jair Bolsonaro. Nem precisa dizer que a comunidade científica caiu de pau em Queiroga, tendo a maioria dos estados jogado no lixo a determinação ministerial. Crendeuspai!

PSD avalia o país

A cúpula do PSD se reuniu, ontem, para discutir o momento político, a econômica nacional e fortalecimento do partido. Além do presidente da sigla, Gilberto Kassab, participaram da reunião os deputados federais Fábio Mitidieri e Hugo Leal, além do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. Os pessedistas agendaram para outubro uma visita ao prefeito fluminense, que trocou o DEM pelo PSD em maio passado. Ah, bom!

Cachaça cara

Produtores de cachaça estão reivindicando a ampliação dos esforços de promoção e de proteção do produto. Eles pedem ainda a reavaliação da carga tributária sobre a bebida, que segundo o setor, é o produto mais taxado do país. Por fim, os produtores da boa “pinga” também defendem o combate à clandestinidade e à informalidade, superior a 85%. Aff Maria!

Hospital na Justiça

O Ministério Público Federal jura de pés juntos que houve irregularidades na concorrência para instalação do hospital de campanha em Aracaju. Com base nas investigações da Polícia Federal, o MPF está acusando sete pessoas por terem facilitando as coisas para a empresa Téo Santana Produções e Eventos, vencedora da suspeita licitação. Segundo a denúncia formulada à Justiça, a “arrumação” que teria sido feita por servidores da Prefeitura de Aracaju resultou num prejuízo de R$ 777 mil aos cofres públicos. Home vôte!

Perdeu o mandato

E o vereador de Riachão do Dantas, Ivan Macedo (PSD), foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), após ter sido condenado por improbidade administrativa. O crime foi praticado entre 2010 e 2011, quando Ivan era prefeito de Riachão e deixou de repassar a contribuição compulsória devida ao Sindicato dos Professores. Como não cabe mais recurso contra a decisão do TSE, a vaga de Macedo na Câmara será ocupada pela suplente Ana Fôrras (PSD), aliada da prefeita Simone Andrade (PCdoB). Então, tá!

Crack, a praga

Diferente do que o senso comum acredita, o crack não causa exclusão social. Pelo contrário, o uso da droga é consequência de uma vida precária que leva à dependência. A constatação é de pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz. Segundo o estudo, o uso da droga apenas piora a situação de pessoas que não tem laços familiares, moradia, trabalho e estudo, problemas que chegaram antes da dependência. Lastimável!

Fusão discutida

A cúpula do DEM sergipano se reuniu para discutir a possível fusão do partido com o PSL. A princípio, os demista não têm nada contra misturar as cores partidárias, mas querem discutir com quem ficará o comando da nova sigla em Sergipe. Segundo o presidente do DEM, José Carlos Machado, essa discussão passa pela senadora Maria do Carmo Alves, única filiada dos dois partidos no estado detentora de mandato federal. As direções do DEM e do PSL se reúnem na próxima terça-feira para discutir sobre a fusão. Aguardemos, portanto!

PSD avalia o país

A cúpula do PSD se reuniu, ontem, para discutir o momento político, a econômica nacional e fortalecimento do partido. Além do presidente da sigla, Gilberto Kassab, participaram da reunião os deputados federais Fábio Mitidieri e Hugo Leal, além do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. Os pessedistas agendaram para outubro uma visita ao prefeito fluminense, que trocou o DEM pelo PSD em maio passado. Ah, bom!

De olho no Zero 4

O senador Rogério Carvalho (PT) quer explicações sobre um suposto repasse de R$ 5 milhões para um projeto de Renan Bolsonaro, o filho 04 do presidente. Em requerimento enviado ao Ministério do Turismo, o petista questionada sobre o tal repasse de recursos para o herdeiro caçula do capitão de pijama: “Auxílio para o setor cultural não pode, mas desviar recursos para os filhos pode?”, fustiga Rogério. Misericórdia!

Recorte de jornal

Publicado no Jornal do Aracaju, em 8 de janeiro de 1873

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais