Título de Cidadania para Bolsonaro

0

Tramita pela Assembleia Legislativa um projeto de lei da autoria do deputado Capitão Samuel concedendo o título de cidadania ao Capitão reformado e Presidente eleito da República brasileira Jair Bolsonaro. O projeto deveria ter sido votado ontem nas Comissões Temáticas – que se reuniram improvisadamente na Sala Governador Albano Franco no sétimo andar do prédio Construtor João Alves visto que a sala de reuniões das Comissões Temáticas, no primeiro andar já entrou em processo de reforma – e levado ao plenário para votação final, em única discussão. Um motivo prosaico, porém, impediu a votação da matérias:o autor do projeto em não estando presente, levou o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, deputado Francisco Gualberto, a retirá-lo de pauta. Embora não tenha dito assim com todas as letras, foi por questão ideológica mesmo: Gualberto, como se sabe, é do PT, partido que tem feito oposição sistemática ao Presidente Eleito. Como o projeto foi retirado de pauta, ele não pode ser apreciado pela Comissão de Economia e Finanças, agora só numa outra oportunidade para sua apreciação. Ademais, o Governador do Estado, Belivaldo Chagas, não foi consultado a respeito do projeto.

Aniversário de Albano é lembrado

O aniversário de 78 anos de idade do ex-Senador, ex-Governador do Estado e ex-Presidente da Confederação Nacional das Indústrias, o Dr. Albano Franco, foi relembrado  pela Assembleia Legislativa, que inclusive aprovou na sua sessão de ontem pela manhã, requerimento de congratulações da autoria do deputado Luciano Bispo em parceria com o deputado Adelson Filho. No “Jornal da Cidade”, em sua edição de ontem, algumas mensagens de congratulações foram divulgadas patrocinadas por empresas locais. Também na Assembleia circulou anteontem  o número 4 da revista “Tribuna Municipal”, que traz um perfil do político sergipano, dos mais bem sucedidos de sua geração.

O lançamento de “Só Sotero”

O médico endocrinologista Raimundo Sotero ainda degusta o verdadeiro sucesso que foi o lançamento do seu primeiro livro “Só Sotero” na tarde/noite de terça-feira no Museu da Gente Sergipana. Trata-se de um livro de poesia, algumas crônicas e muitas fotos ilustrando a carreira vitoriosa do médico, um dos mais queridos do Estado. Nota dez para o Dr. Sotero.

Workshop de energias renováveis

Aracaju sedia desde ontem e prossegue até este sábado, a VII Edição do Workshop de Energias Alternativas. O evento está sendo realizda na sede do Sebrae e busca promover um amplo debte sobre a utilização de fontes de energia renováveis e difundir as mais recentes pesquisas relacionadas ao tema no Estado. A programação terá mesas redondas, minicursos, clínicas tecnológicas, exposições e visitas técnicas. Ontem, no primeiro dia de abertura do workshop foi realizada uma conferência e uma mesa redonda sobre energia solar. Na parte da tarde, foram realizadas as oficinas clínicas. Nesta sexta-feira, os participantes terão a oportunidade de acompanhar duas mesas redondas sobre energia eólica e energia da biomassa. À tarde, a programação continua  com a oferta de novos minicursos, clínicas tecnológicas e oficinas. Ao longo do workshop também acontecem as exposições de equipamentos e apresentações de pesquisas relacionadas ao setor.,

Vendas do comércio varejista

As vendas do comércio varejista ampliado sergipano no mês de setembro, registrou expansão de 0,6% sobre o último mês de agosto, na série com ajuste sazonal utilizado para uniformizar os períodos de comparação. Em relação ao mês de setembro do ano passado, as vendas retraíram-se em um por cento. O movimento de alta foi observado no desempenho das vendas no acumulado do ano, janeiro a setembro que registrou variação positiva de 3,3%. A receita nominal das  vendas das vendas do comércioi varejista ampliado apresentou aumento de 1,4% na série ajustada, em rela~~ao ao último mês de agosto. Na comparação com setembro de 2w017, verificou-se elevação de 2,1%. No acumulado do ano, até setembro de 2018, a receita nominal cresceu 5,1%, quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

Comissão Suprapartidária

O radialista e deputado Gilmar Carvalho sugeriu ontem a criação de uma Comissão Suprapartidária  para estudar o problema com os matadouros  que estão instalados no interior do Estado. Segundo o parlamentar “não podemos cruzar os braços enquanto a situação se agrava a cada dia que passa”.  O deputado Georgeo Passos informou ontem ao Legislativo que o Prefeito municipal de Ribeiropolis recebeu uma multa de 30 mil reais porque não fechou o matadouro local, conforme mandado  por entidade fiscalizadora das atividades de matadouros. Depois de uma fiscalização, foi ordenado o fechamento do abatedouro de carne. O tema foi objeto de um acordo com os principais envolvidos nas atividades do Matadouro, por isso o prefeito entendeu que não precisava mais partir para medidas extremas. Esta semana,a  fiscalização voltou ao municipio e ao constatar que o abatedouro continuava funcionando aplicou a multa de 30 mil reais.  Já a deputada Maria Mendonça disse que sua irmã, Carminha Mendonça, que hoje responde pelo expediente da Prefeitura de Itabaiana, reuniu-se com todos os protagonistas da crise do Matadouro e chegou-se a conclusão que a situação “é muito grave”.  “Os descumprimentos às  determinações de órgãos federais ligados ao setor precisam ser apreciados pela Justiça”.

 

 

Comentários