Torrando patrimônio

0

Você acha correto vender terrenos públicos para pagar dívidas e salários de servidores. Pois é isso que o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM) vai fazer com o apoio da Câmara Municipal. O projeto autorizando o Executivo a comercializar 45 lotes foi aprovado a toque de caixa e repique de sino. Muitos vereadores não se deram ao trabalho nem de saber quanto será apurado com o comércio do patrimônio público e em quanto tempo esse dinheiro será gasto. O certo é que imóveis que poderiam ser usados para construir creches, escolas e postos de saúde vão virar pó, pois terminando o dinheiro as dívidas com salários e prestadores de serviço continuarão crescendo e, certamente, ficarão para o próximo prefeito. É uma pena que apenas quatro ou cinco vereadores tenham se posicionado contra a dilapidação do patrimônio aracajuano. A maioria, como de costume, disse amém a mais essa “criatividade” do senhor João Alves Filho.

Lero lero

Políticos do semiárido sergipano insistem em protestar contra a transferência da base do Pelotão da Caatinga de Porto da Folha para Glória. Interessante que essa galera ficou caladinha quando a Polícia Militar pediu a recuperação do imóvel instalado no povoado Vaca Serrada. A Prefeitura de Porto da Folha prometeu restaurar a casa velha, caindo aos pedaços, mas ficou só na promessa. Na verdade, esses políticos loroteiros querem mesmo é os votos dos sertanejos.

Quaquaraquaquá

Piada da semana: o líder do PSC no Senado, Eduardo Amorim, anunciou a saída do partido da base aliada do governo da presidenta Dilma Rousseff (PT). Ué, e desde quando ele apoiava a petista? Não foi Eduardo Amorim quem comandou em Sergipe a campanha eleitoral do presidenciável Aécio Neves (PSDB)? E quem é o novo proprietário do ninho tucano no Estado? Durma com um barulho desses!

Casa alheia

De olho nos votos dos “personaltrainers” de Aracaju, os vereadores aprovaram projeto garantindo a estes profissionais acesso gratuito às academias de ginástica para acompanhar seus clientes. E desde quando vereador pode legislar sobre patrimônio privado? Claro que a aprovação deste projeto é mais uma sandice da Câmara que será contestada judicialmente.

Duas perdas

Este 13 de agosto é de tristes lembranças. Há exatamente um ano, Sergipe perdeu dois filhos ilustres: O cantor e compositor Rogério, vítima de câncer, e o ex-deputado federal Pedrinho Valadares (PSB), morto no acidente aéreo, que também matou o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB).  Às 17h, na Igreja São Pedro e São Paulo, será celebrada uma missa em memória de Pedrinho. Prestigie!

Tapa na macaca

O Supremo Tribunal Federal julga hoje a descriminalização do porte de drogas para uso próprio. Autora da ação, a Defensoria Pública de São Paulo alega que o porte de entorpecentes, tipificado no Artigo 28 da Lei de Drogas (Lei 11.343/2006), não pode ser configurado crime, por não gerar conduta lesiva a terceiros. É relator da matéria o ministro Gilmar Mendes.

É só lixo

E a coleta de lixo segue suspensa em Aracaju porque a Prefeitura não paga o que deve. A empresa Torre, responsável pela limpeza da capital, reclama uma dívida de R$ 28 milhões e promete só retomar a coleta quando o Executivo pagar essa ninharia ou, pelo menos, acertar o parcelamento do débito. Esta é a terceira vez em menos de dois meses que a coleta de lixo é suspensa pelo mesmo motivo. Uma calamidade!

Desabonados

Os juízes de direito aposentados José Rivaldo Santos e José Alves Neto tiveram cassadas as liminares lhes garantindo auxílio moradia no valor de R$ 4.337,73. Os magistrados que retiraram os benefícios dos colegas alegaram que a “ajudinha” é de natureza eminentemente indenizatória e não remuneratória, ou seja, só tem direito à mordomia quem está na atividade. Claro que os dois desabonados vão recorrer contra as decisões monocráticas.

Casa nova

O deputado estadual Capitão Samuel (PSL) é o novo “dono” do Partido Ecológico Nacional (PEN), que era comando em Sergipe por Antônio Luiz, o “Luizinho”. Segundo o site nenoticias, o parlamentar “aguarda apenas a definição da "janela' de 30 dias, a ser confirmada no que chamam de reforma política, para mudar oficialmente do PSL para o PEN”. Por sua vez, “Luizinho” está organizando o Partido da Acessibilidade e Inclusão Social (PAIS). Portanto, vem aí mais uma legenda política para se somar as 32 já existentes.

Rasteira

O presidente da Federação Sergipana de Futebol, Carivaldo Souza, vai ter que rebolar para não perder o cargo. Depois que 27 dirigentes de clubes exigiram a definição de data para eleger um novo presidente, agora foi o governador Jackson Barreto (PMDB) quem anunciou apoio a Milton Dantas, que pretende desalojar Souza do comando da Federação. Na verdade, a posição de Jackson é uma represália por ter Carivaldo votado contra ele na eleição para governador.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Tribuna em 21 de março de 1933.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários