Tortura nunca mais

0

O ex-deputado federal Rubens Paiva (PTB/SP) foi assassinado em 1971 pelo 1º Exército. A conclusão é do coordenador da Comissão Nacional da Verdade (CNV), Cláudio Fonteles. Segundo ele, “a prova documental é muito forte. Ela vem do próprio sistema ditatorial militar com a tarja de secreto”. Em Sergipe, o procurador Ramiro Rockenbach, do Ministério Público Federal, está colhendo informações para a abrir inquérito sobre os crimes praticados por militares durante a Operação Cajueiro, instituída em fevereiro de 1976 para prender no estado militantes políticos de esquerda. Acobertados pela tenebrosa operação, que completa 37 anos este mês, os militares também torturaram os presos no quartel do 28º Batalhão de Caçadores, em Aracaju. Um deles, o hoje vice-governador Jackson Barreto (PMDB) lembra de um coronel que, ao chegar na sala de interrogatório, gritava com o dedo em riste: “Aqui a pessoa fala o que quer e o que não quer”. A decisão do procurador Rockenbach é fundamental para restabelecer a verdade da fatídica operação, desencadeada pelos militares golpistas para torturar e matar quem não pensava como eles.

Atrasado

Por que será que o governo de Sergipe ainda não instituiu a Comissão da Verdade no estado? Seria bom para que os sergipanos de agora e os do futuro estejam atentos para evitar que a dor causada pelas torturas e mortes não ocorra mais. A Comissão é o caminho mais democrático de passar a limpo parte da história de Sergipe. Portanto, que o governo sergipano encaminhe o quanto antes o processo junto com a sociedade civil.

Agora vai!

Aconteceu ontem na Assembleia importante reunião para discutir o empréstimo de R$ 727 milhões pretendido pelo governo sergipano. Participaram a presidente do Legislativo, Angélica Guimarães (PSC), o senador Eduardo Amorim (PSC) e o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM). Os três avaliaram as obras estruturantes a serem realizadas com a dinheirama e defenderam o consenso para a aprovação do Proinveste. É, parece que agora a coisa vai!

Redução

As micro e pequenas empresas que devem ao Simples Nacional passarão a pagar R$ 300 de parcela mínima. Até agora, esse valor correspondia a R$ 500. A mudança valerá a partir de março. Para os parcelamentos requeridos a partir do mês que vem, a parcela mínima deverá ser paga até o último dia útil do mês em que for registrado o pedido.

Pré-Caju

Vai acontecer amanhã uma panfletagem em defesa da mudança do Pré-Caju para outro local. Organizada pelo Fórum em Defesa da Grande Aracaju, a manifestação será realizada às 6h30 no cruzamento das avenidas Beira Mar e Santos Santana. A entidade destaca a importância da prévia carnavalesca, mas propõe a mudança de seu ‘endereço’ para garantir a mobilidade urbana, a acessibilidade e preservar o sossego dos moradores dos bairros 13 de Julho e Garcia. Está certo!

Abra o olho

A Companhia de Polícia Rodoviária Estadual deflagra na próxima sexta-feira a Operação Carnaval 2013 nas rodovias sergipanas. Um efetivo de 60 homens fará policiamento ostensivo e observará principalmente se o motorista ingeriu bebida alcoólica antes de dirigir. Portanto é bom evitar encher a cara para não começar o carnaval engaiolado. Como dizia ontem um popular, antigamente cana dava álcool, mas hoje álcool dá cana.

Tá fora

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Carlos Ayres de Britto, não pensa em disputar um mandato eletivo. “A vida política está descartada totalmente", disse ele ao Portal Brasil247. Em O Globo, o jornalista sergipano Ancelmo Góis publica que as escolas de direito da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo e do Rio criaram uma nova cátedra conjunta Democracia e Direito Fundamentais. O primeiro ocupante será Carlos Brito, que dará conferências, cursos e orientará pesquisas sobre a constituição e cidadania.

Novos cargos

O vereador Emmanuel Nascimento (PT) cobrou ontem ao colega Manuel Marcos (DEM), líder do prefeito, quantos cargos em comissão estão sendo criados pela nova administração de Aracaju. O demista disse que não daria o número dos novos CC’s “porque eles não aumentaram. O projeto do prefeito João Alves Filho apenas regulamenta os cargos já existentes e que não estavam atrelados a nada”. Ah, bom!

Enferma

É grave o estado de saúde da ex-prefeita de Simão Dias, dona Caçula Valadares. Ontem o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) postou no twitter que a mãe está internada no Hospital São Lucas, em Aracaju e  pediu aos sergipanos uma corrente de orações pedindo a Deus pela recuperação de dona Caçula, “uma mulher firme, solidária, corajosa e de muita personalidade, que soube criar seus oito filhos”.

Do baú político

Esta é da lavra do saudoso jornalista Benvindo Sales de Campos: O prefeito de Carira, Antônio Conrado, costumava circular pela feira da cidade para ouvir o povo e comprar bons queijos coalhos para presentear os amigos de Aracaju. Certo dia, aproxima-se dele um tabaréu, chapelão de abas largas e com um capote de flanela conhecido por “Colonial”, dobrado na cintura, escondendo, naturalmente, a pistola. Após dar bom dia ao velho Conrado, o sujeito despacha um recado: “Seu “Ocrides” (Euclides Paes Mendonça, líder político de Itabaiana) mandou dizer que vem domingo fazer um comício da UDN aqui em Carira. Ele quer saber do senhor como será recebido?”. Sereno, sem pestanejar, com os olhos fixos nos movimentos do “cabra”, Conrado respondeu, sobranceiro: – “Diga a Euclides que se vier como amigo, será recebido com foguetes, banda de música e abraços, mas se vier como inimigo, será recebido à bala”.  O tabaréu deu meia volta e sumiu, misteriosamente, no meio da multidão. Euclides foi a Carira como amigo.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais