Transições difíceis no interior

0

Em muitos municípios sergipanos democracia ainda é artigo de luxo e, naturalmente, em falta no mercado. Isso fica evidente agora nesta fase pós-eleições, quando boa parte dos prefeitos derrotados se recusa a discutir a transição com seus sucessores e fazem de tudo paras dificultar as próximas administrações. Exemplo disso é a pequena e pobre Santana do São Francisco, às margens do “Velho Chico”. O prefeito eleito Ricardo Roriz (PT) já tentou, sem sucesso, sentar com o atual administrador Valdeci Muniz (PR). “Diante da recusa dele, vamos procurar tomar conhecimento da situação do município de forma extra-oficialmente para evitarmos surpresas em 1º de janeiro”, explica o petista. Essa má vontade não é privilégio de Santa do São Francisco. Em dezenas de outros municípios os eleitos não podem passar nem nas portas das prefeituras, quanto mais ter acesso à escrituração. É uma pena que, em peno século XXI, ainda existam lideranças políticas afeiçoadas ao coronelismo e que confundem o público com o privado.

Noite de autógrafos

O ex-governador João Alves Filho (DEM) está convidando para o lançamento do livro “Toda a verdade sobre a transposição do rio São Francisco”. Será a partir das 19 horas desta terça-feira (28), na Livraria Escariz do Shopping Jardins, em Aracaju. Com prefácio de Ives Gandra da Silva Martins, o livro é assinado por João Alves, Antônio Thomaz Gonzaga da Mata Machado, Apolo Noringer Lisboa, Eduardo Lima de Matos, João Abner Guimarães Jr., João Suassuna, Jorge Khoury, Luiz Carlos da Silveira Fontes, e Manoel Bomfim Ribeiro.

Petrobras Cultural

Chegará a Aracaju nesta quinta-feira (30) a Caravana Petrobras Cultural, que tem o objetivo de apresentar o Programa Petrobras Cultural (PPC) e realizar ações de capacitação de produtores culturais da região. Para participar é necessário fazer a inscrição pelos telefones 79-3246-5657 e 9958-8509. Além da apresentação do Programa, a Caravana vai realizar a Oficina Petrobras de Projetos Culturais. Será no Espaço Cultural Semear, das 9 às 13 horas.

Crise à vista
 

A indústria já reduziu seu ritmo de consumo de energia elétrica por conta da falta de crédito gerada pela crise financeira mundial. O pé no freio ficou evidente nos números da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), que apontou desaceleração na demanda por eletricidade do segmento industrial em setembro. Pela primeira vez, o consumo industrial de energia elétrica registrou, no período de 12 meses encerrado em setembro, volume inferior ao mês anterior. O setor apresentou, na variação anualizada, a menor taxa de crescimento para o período, de 4,6%. 
 

Correndo atrás
 

O prefeito eleito de Nossa Senhora da Glória, Sérgio Oliveira (PR), que teve o registro de sua candidatura cassada pelo ministro do TSE, Joaquim Barbosa, vai impetrar recurso nesta terça-feira (28) no TSE. A impugnação fundamentou-se em problemas administrativos denunciados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Sérgio Oliveira espera que o Pleno do TSE aceite os argumentos de que a posição do TCE foi desconsiderada pela Câmara de Vereadores. Ele foi eleito com 61,14% dos votos válidos, derrotando o ex-prefeito Aparecido Dias (PSB). 
 

Cafeteria é sucesso

Quem visita a Mostra Aracaju 2008 não deixa de dar uma passadinha na “Cafeteria Maratá”. Sua idealizadora, arquiteta Lília Duarte, diz que apostou no retrô com materiais modernos. Segundo ela, a parceria com o Grupo Maratá só reforçou o regionalismo discreto, fortalecendo um produto da terra que hoje se encontra nas vitrines do país e do mundo. A Mostra Aracaju vai prosseguir até o dia 23 de novembro na avenida Beira Mar, 2.186, vizinho ao Palácio de Veraneio do Governo do Sergipe.

Na boca do cofre

Dezenas de prefeitos sergipanos estão chegando à Brasília desde ontem (27) visando discutir com os parlamentares federais sobre as emendas ao próximo Orçamento da União. Todos querem contemplar seus municípios com um pouquinho de dinheiro para garantir obras e serviços. O prefeito eleito de Socorro, Fábio Henrique (PDT), vai defender a inclusão de uma emenda coletiva para o município que o elegeu com mais de 60% dos votos. Com o mesmo objetivo dos prefeitos, o governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), participará de uma reunião em Brasília com a bancada federal. Será às 18 horas de amanhã (29).

De olho em Nagô

 

O prefeito de Divina Pastora, José Carlos dos Santos, o “Nagô”, poderá ter seus bens bloqueados pela Justiça. Pedido neste sentido foi feito pelo Ministério Público de Sergipe. “Nagô” é acusado de improbidade administrativa por ter pago mais de R$ 140 mil pela obra de um estádio de futebol que nunca foi efetuada. Os promotores afirmam que houve superfaturamento do contrato assinado entre a Prefeitura e a construtora Atlântica. Danou-se!

 

Fazenda modelo

Será inaugurada hoje (29) em Itabaiana a fazenda modelo do Projeto Pequeno Produtor, Grande Empreendedor. O Instituto GBarbosa (IGB), a Universidade Federal de Sergipe (UFS) e a Emdagro vão promover um café da manhã nordestino, seguido de uma visita de conhecimento da propriedade. A fazenda irá beneficiar cerca de 30 produtores da olericultura (cultura de legumes), oferecendo subsídios para uma gestão mais eficiente dos seus pequenos negócios. Itabaiana é responsável hoje por parte significativa de toda a produção de olericultura do Estado.

Bebendo em casa


A galera está mudando sua maneira de beber cerveja. Conforme pesquisas do setor, as pessoas estão bebendo mais. Os estudos mostram, no entanto, que tem aumentado o número de consumidores que preferem comprar a bebida no supermercado para tomar em casa. Já o consumo do produto em bares e restaurantes está caindo. Outro dado que deixa clara a influência da chamada Lei Seca foi a queda do consumo do chope, que chegou a 50% depois da aprovação da nova regra. Isso porque 98% do consumo só é possível em bares.


O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários