UFC é realizado dentro das igrejas

0

Por causa do campeonato de lutas conhecido como UFC (Ultimate Fighting Championship), o MMA (Artes Marciais Mistas em português) é um esporte que tem atraído milhões de fãs no mundo todo e, consequentemente, no Brasil. Considerado por muitos como um esporte violento o MMA tem sido usado por diversas igrejas como forma de atrair jovens para seus templos.

Diante do sucesso do esporte e de alguns atletas evangélicos, como Vitor Belfort, algumas igrejas têm organizado campeonatos de MMA e de

outras modalidades de lutas dentro dos templos como forma de atrair jovens e evangelizar. Porém essa nova moda nas igrejas também tem sido alvo de polêmicas por parte de pastores mais conservadores que consideram o esporte impróprio para cristãos por causa da violência.

Mas as críticas não impedem que ocorram a cada dia mais eventos desse tipo nas igrejas. Grandes denominações já promoveram lutas e até mesmo campeonatos dentro de seus templos, como a Renascer e a Bola de Neve. Pastores famosos, como Mark Driscoll, também estão na lista dos amantes desse esporte.

Organizador de um campeonato que aconteceu no último dia 25 na Igreja Apostólica Vida Nova da Mooca, São Paulo, o apóstolo Willy Garcia rebate as críticas: “Muitas pessoas criticam o MMA por ser um esporte violento, mas hoje ele é o esporte do momento e para nós, da igreja, é uma boa oportunidade de fazer evangelismo. Temos pessoas aqui hoje que jamais entrariam em uma igreja”.

O “Primeiro MMA Power Fight”, evento que ocorreu na igreja de Garcia, aconteceu dentro do templo, onde foi montado um octógono que recebeu 12 combates que, segundo a organização, tinham como objetivo “lutar por vidas”.

Com informações do Gospel +

Saiba +

Após entrar no octógono ouvindo música gospel, lutador brasileiro de MMA vence confronto no UFC: “Sou um cara abençoado”

Apesar da rejeição ao esporte por parte de alguns pastores o UFC tem proporcionado a atletas cristãos uma visibilidade que eles não tinham no esporte, e as manifestações religiosas deles é constante. Essa relação entre a religião e o MMA tem sido motivo de diversas críticas, como a do jornalista João Carlos Assumpção, que questionou atletas que agradecem a Deus por suas vitórias no octógono.

Um dos mais conhecidos lutares de MMA também falou, de acordo com o The Christian Post, da relação entre o MMA e a religião: “Cristianismo

e MMA são totalmente compatíveis. Um olhar superficial pode ver apenas dois homens lutando como cães enjaulados. É um esporte e as pessoas se machucam, mas não há nenhuma animosidade real contra o seu adversário. Depois de entender a história por trás os estilos, o aspecto técnico e o respeito que é inerente a este esporte, você consegue apreciar o que ele tem para oferecer”.

Um cristão lutador de MMA chamou a atenção por sua vitória no UFC: o brasileiro Charles “Do Bronx” Oliveira, venceu a luta no último fim de semana com um golpe considerado raro, a chave de panturrilha, segundo informações do site Uol.

Ao entrar no octógono para a luta, escolheu uma música gospel: “Entrei para o octógono ouvindo a música “Fidelidade”, da cantora Danielle Cristina, e consegui executar tudo o que treinamos. Graças a Deus consegui dar um show. Sinto que estou na categoria certa e agora é seguir trabalhando”, afirmou Charles.

Antes do evento, o lutador precisou perder peso para se enquadrar na categoria “peso pena”. Essa luta era sua estreia nessa categoria e Charles afirma que teve dificuldades para alcançar o número exigido: “Sou um cara abençoado. Eu sofri um pouco, mas consegui cortar o peso para esta estreia nos penas”.

Treinando no Brasil, Charles “Do Bronx”, como é conhecido, afirma que aproveitou a volta do reconhecido técnico Jorge Macaco ao Brasil para se preparar melhor: “Graças a Deus a preparação foi 100%. Aproveitei que o Macaco voltou ao Brasil após morar quatro anos nos EUA para assistir aos seminários e tirar o que eu podia dele. Treinamos muito. Eu batalho para dar um show para todos os torcedores”, afirmou o lutador.

Ludmila Ferber em Propriá

Na próxima terça, dia 7 de fevereiro, a cidade de Propriá, a 98km da capital sergipana, receberá um dos principais nomes do cenário da música gospel nacional. A cantora e pastora Ludmila Ferber, que já vendeu mais de 3 milhões de discos, fará um show para comemorar o aniversário da cidade.

A festa em comemoração aos 210 anos de Propriá acontece na praça de eventos do município, e contará, também, com a participação da Banda Inocência, Daniel Diau e Amanda Neuman.

“Poder estar em um grande encontro como este é uma chance que Deus me dá pra que mais pessoas conheçam meu ministério e sejam abençoadas pelo que vamos fazer ali. Sei que vai ser uma noite de impacto nas nossas vidas”, disse Amanda que, além de cantora e compositora, é colunista e revisora do Vertical Gospel. Então, faça sua caravana e não perca essa festa.

Famoso personagem infantil Smilinguido completa 32 anos de vida

O personagem infantil Smilinguido completou ontem, dia 31 de janeiro, o seu 32º aniversário. A formiguinha que foi criada na década de oitenta por um grupo de jovens cristãos foi criada para levar mensagens cristãs e valores universais.

No Facebook diversas pessoas comemoraram o aniversário da formiguinha: “Mais velho do que eu!”, disse a usuária Alexanne Rodrigues.

“Parabéns Smilingüido! 32 anos mostrando ao mundo a luz de Deus!”, comemorou Rose Viana, também fã do personagem infantil.

Smilinguido é uma produção da Editora Luz e Vida. A Editora direciona atualmente 80% de seus produtos ao público infanto-juvenil. Smilinguido e sua Turma aparecem estampados em aproximadamente 200 produtos como livros, DVSs, agendas, marcadores, camisetas, canecas etc.

Os produtos da formiguinha são produzidos também em espanhol e inglês e exportados para mais de 30 países como: Chile, Peru, Espanha, Alemanha, Holanda, Itália, Nova Zelândia, Austrália, Angola, Moçambique, Egito, Japão (para a colônia brasileira), Malta, Bolívia, Paraguai, Uruguai, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Porto Rico, República Dominicana, Costa Rica, Argentina, Canadá, Estados Unidos, México, Equador, Colômbia, Venezuela, Portugal e Inglaterra.

Durante Parada Gay, cristãos pedem desculpas aos homossexuais pela forma como a igreja os trata

Durante a Parada do Orgulho Gay em Chicago, um grupo de cristãos foi ao evento vestido com camisetas que tinham a frase “I’m Sorry” (Me desculpe, em inglês) e cartazes dizendo “Desculpem pela forma como a Igreja trata vocês”.

Um dos manifestantes do grupo cristão, Nathan, afirmou que recebeu um abraço de um rapaz que dançava só de cuecas, mas que parou, leu o recado nos cartazes e disse: “Obrigado”, segundo informações do site “Babado Certo”. A imagem do abraço percorreu o mundo através das redes sociais.

A postagem original, no site Imgur, uma espécie de rede social para imagens, recebeu mais de dois milhões de visualizações.

Nathan ressaltou que a atitude tomada por ele e seu grupo foi inspirada na compaixão de Jesus para com as pessoas: “Infelizmente, a maioria dos cristãos prefere julgar, em vez de procurar compreender. A maioria não vai nem saber se essa pessoa dançando de cueca tem um nome.

No entanto, acho que Jesus também o abraçaria. Mais do que a aceitação, é a reconciliação. Falar sobre reconciliação é lembrar dos erros cometidos. É algo forte e transformador pois dois partidos contrários e que possuem todo direito de se odiar, se unem para o bem de todos”, refletiu o manifestante.

Cruzada Evangelística  ao som do Pr. Antônio Cirilo

Na noite da última segunda-feira, 30, a praça do mercado tornou-se um lugar de adoração na Cruzada Evangelística Som de Milagres. Pr. Antônio Cirilo, líder da banda Santa Geração, ministrou suas principais músicas, entre elas "Poderoso Deus" . Estiveram no palco também Lucas Abreu e o Ministério Som de Milagres, realizadores do evento. Durante a Cruzada Evangelística foram arrecadados quilos de alimento para ajudar instituições. A cruzada ficou marcada como um evento abençoado, bem realizado e com a adoração como o seu foco principal.
Quem foi ao evento, saiu de lá abençoado. Via http://www.cidadeacesa.com/

Ex-BBB em Aracaju

A ex-BBB 12, Jakeline Leal, esteve em Aracaju e aproveitei para bater um papo . Segundo a modelo, ela não é crente mas confessa que tem um carinho especial por esse povo. Ela aproveitou para revelar que já se batizou numa igreja evangélica. ' A Globo quis criar todo movimento de,  crente no BBB, mas eu não sou", afirmou Leal.

gleicequeiroz@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários