Um poder sub judice!Culpa é de Luciano Bispo?Não,da maioria deputados

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Como já era “cantado” em prosa e verso nos bastidores da Alese e entre os correligionários de Luciano Bispo, a tão falada liminar saiu e ele não só será empossado para um novo mandato de deputado estadual como será reeleito presidente do Poder sem contestação. A decisão ainda passará pelo pleno do TSE, mas com todos os artifícios jurídicos existentes nem Deus sabe quando será votada. Aliás, a culpa não é de Luciano Bispo que como qualquer um político luta para ficar no mandato.

O alto desgaste da Assembleia Legislativa nos últimos anos com o caso das subvenções e deputados sendo afastados é fruto de um Poder carcomido pelo tempo. E a maioria de seus integrantes – inclusive os “novos” que assumirão agora – não está sintonizada com a mudança.

A prova maior é que Luciano Bispo mesmo sub judice será reeleito presidente podendo ser afastado depois como ocorreu alguns meses no atual mandato em 2016, quando o vice, Garibalde, assumiu a presidência.

Há três semanas o blog anunciou que terá a colaboração de um francês, militante dos chamados “coletes amarelos” (gilet jaunes, em francês) que está morando em Aracaju por conta das perseguições em Paris. Como gosta de ler o francês está espantado não só com as ações políticas no Brasil, mas em Sergipe Del Rey. É difícil explicar para ele que um deputado federal assumirá o mandato com uma tornozeleira eletrônica. E que um presidente de um poder como o legislativo, com diversos processos, há dois mandatos vive no comando através de liminares. Sem contar a subserviência de boa parte da imprensa.

Como não ficar estupefado com Sergipe Del Rey? Sergipe vai na contramão de tudo. Não é à toa que todo mês Sergipe aparece negativamente nas manchetes nacionais, seja na saúde, na segurança ou nas mazelas políticas.

A pergunta que fica: quando a Assembleia de Sergipe voltará a ser um Poder Legislativo de verdade, Sem submissão e combatendo a improbidade administrativa começando dentro da própria casa?

MPE entra com ação contra Alese para adequar número de cargos comissionados e convoque aprovados em concurso Na última quarta-feira, 23, o Ministério Público de Sergipe, através da 1ª Promotoria de Justiça dos Direitos do Cidadão especializada na defesa do patrimônio público, previdência pública e ordem tributária, ingressou com uma Ação Civil Pública para que a Assembleia Legislativa adeque o número de cargos comissionados de acordo com o percentual de servidores efetivos, para isso além de exonerações e pedida na ação, no máximo em 90 dias, a convocação dos aprovados no concurso público realizado no ano passado. Na ação é pedida também pelo MPE que a Assembleia, durante o prazo pedido de 90 dias, se abstenha de promover novas nomeações de servidores comissionados.

Comunicação: qual o critério do governo para pagamento? E o blog foi informado no fim de semana que um conselheiro do TCE/SE vai questionar o governo do Estado qual o critério utilizado para pagamento das faturas. Tem veículo e prestadores de serviços que estão com faturas atrasadas há vários meses. Outros quando emitem as notas com uma semana recebem. O órgão recebeu como exemplo os serviços de redes de TV indoor que são veiculados em shoppings e restaurantes. Interessante, muito interessante.

“Padrinho do pothoca” E um vereador de Aracaju deu risada quando soube que um cidadão oriundo de Socorro resolveu ser candidato em Aracaju sem nenhum serviço prestado. E fica anunciando que vai conquistar o mandato por conta dos votos do “padrinho.” E o vereador lembrou que o “padrinho do pothoca” perdeu feio em 2018.

Faleceu ex-comandante da PMSE Hélio Silva Faleceu ontem, 27, o coronel da reserva e ex-comandante da PMSE, Hélio Silva vitima de uma parada cardíaca aos 76 anos. O velório está ocorrendo no cemitério Colina da Saudade onde o corpo será sepultado às 11h.

Do ex-deputado federal João Fontes sempre inspirado nas redes sociais:
“Belivas,
Como é que vai o salário dos servidores?
R- Congelados. Tamu sem dinheiro!
Dos aposentados?
R- Atrasados. Tamu sem dinheiro!
Dos prestadores de serviços?
R- Não tô pagando. Tamu sem dinheiro!
E o décimo terceiro do funcionário público?
R- Tô pagando parcelado. Tamu sem dinheiro!
Mas me diz uma coisa: Como estão o seu salário e o da vice Eliane Aquino?
R- AUMENTEI!

Reunião PT de Aracaju O PT de Aracaju vai reunir a sua direção municipal hoje, 28, para intensificar a organização do partido para as eleições de 2020. Segundo o presidente municipal, Jeferson Lima, as forças internas demonstram hoje uma unidade importante para os desafios do pleito municipal. “O partido vai ampliar os debates sobre os problemas de Aracaju, realizar o diálogo com os partidos e com os movimentos sociais da capital com o objetivo de chegar mais forte nas eleições de 2020.”

Filiações Jeferson Lima disse que o PT deve também aumentar as suas filiações internas com lideranças de bairros e de diversos segmentos sociais. “Em relação às novas filiações, o Estatuto do PT diz que a filiação de líder de reconhecida expressão, detentores de cargos eletivos ou dirigentes de outros partidos deverá ser analisada, debatida e aprovada pela Direção Municipal a respeito das possíveis novas filiações”, explicou.

Atenção SMTT: mão única na Rua Ministro Nelson Hungria Será que a SMTT já fez algum estudo para viabilizar a mão única na Rua Ministro Nelson Hungria no Bairro Luzia? Onde hoje tem uma loja do supermercado G.Barbosa e mais adiante o colégio Cepi? Segundo informações os proprietários do posto de gasolina da rótula Sinhazinha e da delicatessen Regina têm uma liminar impedindo que a Rua Nestor Sampaio (que fica ao lado) vire mão única, que, se colocada em prática a mudança faria com que a Rua Nelson Hungria virasse mão única também. Os comerciantes alegam que que vai diminuir o movimento deles. Um absurdo! A prioridade deve ser a mobilidade urbana e o bem estar de todos e não de meia dúzia de interessados.                                                                                                                          

SINDIMED se reúne com o Promotor de Justiça Manoel Cabral Machado Neto Na pauta a “a suposta desassistência aos usuários da rede municipal de saúde, em decorrência da falta de médicos na escala do Hospital Municipal Zona Norte Nestor Piva, bem como analisar a terceirização do serviço naquela unidade, a cargo do Centro Médico de Trabalhador EPP Ltda.”

Bloquinhos em Aracaju Representantes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Aracaju, da Empresa de Serviços Urbanos (Emsurb) e da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), se reuniram na SMTT para discutir sobre a realização dos “bloquinhos” de carnaval, que movimentarão a capital sergipana. A Superintendência já recebeu, até o momento, mais de 50 pedidos de autorização para a realização de blocos de rua e cortejos, por exemplo.

Prejuízos Segundo o superintendente municipal de Transportes e Trânsito, Renato Telles, o objetivo da reunião é unificar os trabalhos dos órgãos envolvidos e analisar, em conjunto, os pedidos que já foram solicitados para a realização de bloquinhos em Aracaju. Renato ressalta que os pedidos são analisados com cautela para que não haja prejuízos para a população que não irá participar dos eventos.

Excelente O blog aplaude a ação da SMTT com os outros órgãos para chegar a um denominador comum sobre os bloquinhos de carnaval que dividem opiniões. Tem que encontrar um meio termo para que não causem transtornos e as pessoas possam brincar sem prejudicar quem gosta de descanso e paz. Principalmente no que diz respeito ao som alto. Principalmente proibindo os “paredões” que só causam problemas e brigas.                               

De malas e cordas vocais prontas Pois é, o cantor sergipano Gustavo Mattos, filho de Emerson Ferreira e Nuzia Costa, está de malas prontas para ir até São Paulo e aperfeiçoar a sua pegada em canto lírico, planejar a sua carreira e se capacitar para o ensino do Belting Contemporâneo, técnica muito usada em teatro musical e pop music, tudo isso sob os ensinamentos e a orientação do Maestro Marconi Araújo, que é pioneiro do Belting Contemporâneo no Brasil e um dos mais reconhecidos diretores musicais e vocais do país, com trabalhos em teatro musical, televisão e cinema, além de compositor, vocal coach, diretor musical, cantor e mestre de alunas como Sara Sarres, a musa dos musicais, e Claudia Raia, atriz global que tem imenso carinho e gratidão pelo maestro.

A saúde de São Cristóvão vive um tempo novo? Do site Coisas de São Cristóvão: “Que a saúde de São Cristóvão, tem problemas isso é antigo, que os problemas vêm se arrastando a algum tempo, isso é de conhecimento de todos, mas porque tanto barulho com essa situação de ineficiência antiga? Tudo por conta da atual administração municipal, que campanha política prometeu ser diferente das outras, sem usar de forma politica a pasta, coisa que não aconteceu. O prefeito no início da sua gestão colocou a técnica da área a Dra. Joelia, que o próprio prefeito dizia ser o que de melhor tínhamos na área da saúde em questão de gestão.
Com o passar do tempo, o prefeito centralizador e ciumento politicamente, começou a centralizar com isso ficou complicada as condições necessárias para o desenvolvimento de um bom trabalho para a Dra. Joelia, até um site local fez um pesquisa um tanto tosca, questionando a administração dela na pasta. O fato é que o prefeito fez a troca da Dra. Joelia pela sua filha, e dizem que antes queria trocar por um vereador, mas como não conseguiu na época, aguardou e como dissemos colocou a filha. Mas mesmo assim os resultados não conseguem ser visíveis, a secretária de saúde continua sendo mais uma pasta, os avanços ainda não são notados, uma demonstração clara de que nunca houve um programa de governo viável e pragmático, que ainda vivemos na era do improviso conveniente. Os propagados “Tempos Novos”, ficou mesmo na campanha política, e nas redes sociais.”

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Banese na berlinda De um banesiano pelo zap: Quando tiver um tempo verifique o processo 201500630511. Diz respeito a uma ação trabalhista. O problema é como alguém pode autorizar um pagamento para si próprio sendo o gestor maior? Arnaldo César Coelho isto pode? Aqui cresce o movimento pela venda do banco. Lamentável!”

Segurança de barragens Do advogado e engenheiro Ailton Rocha: “A Lei n° 12.334/2010 que estabelece a Política Nacional de Segurança de Barragens destinadas à acumulação de água para quaisquer usos, à disposição final ou temporária de rejeitos e à acumulação de resíduos industriais e cria o Sistema Nacional de Informações sobre Segurança de Barragens descreve no Capítulo III dos Fundamentos e Fiscalização no seu art. 4°, III ” o empreendedor é o responsável legal pela segurança da barragem, cabendo-lhe o desenvolvimento de ações para garanti-la” e no Capítulo IV relaciona os instrumentos da PNSB. Na prática o que se observa, na quase totalidade, é que enquanto se gasta milhões para construir, as ações para a manutenção, a fiscalização e o monitoramento são negligenciadas ou realizadas precariamente. O risco de rompimento é uma realidade presente em toda e qualquer barragem mesmo naquelas construídas com as mais modernas técnicas e tecnologia. E o que se observa é que para que haja segurança de barragens haver legislação não é suficiente é necessário se ter cultura de segurança, tal como acontece em outros países. A redundância é principal fator de segurança de aviões e as companhias aéreas são obrigadas, em tese, a seguir rigidamente o plano de manutenção previsto pelos fabricantes dos aviões. Em se tratando de barragens em que o risco de rompimento é um fator preponderante, algo semelhante poderia ser feito.”

Um Oasis no Governo do Estado. Por Antônio Samarone: “Ontem tive mais uma prova que o principal problema da Saúde é a falta de gestão. Fui com os meus alunos de medicina da UFS, visitar o IPES/Saúde. O que encontramos? Serviços funcionando, organização, planejamento, acolhimento, transparência, controle e uso de tecnologia moderna de gestão. O IPES/Saúde atende 110 mil beneficiários. Não é pouca gente. O que se gasta no IPES é o que o Estado gasta no HUSE. Nem é pouco, nem é muito. É o suficiente, se bem administrado, para prestar um serviço descente. Claro, não é uma maravilha de primeiro mundo, mas as pessoas são atendidas com dignidade. Vou dizer uma heresia: no dia que o SUS em Aracaju chegar ao padrão IPES, a população ficará satisfeita.”

Atenção! Não é a mesma foto da quarta-feira, 23. Esta foi tirada na sexta-feira, 25. Ou seja, a Emsurb não faz nada na esquina das Ruas Riachuelo com Dom José Thomaz, no Bairro São José: lixo tomando parte da rua e a faixa de pedestre. Essa é a cidade da qualidade de vida tão propalada nos discursos do prefeito Edvaldo Nogueira.

 

PELO E-MAIL E FACEBOOK

NOTA – BRUMADINHO

Três anos depois de Mariana, o rompimento da Barragem de Brumadinho (MG) torna-se o maior desastre humano e ambiental do país.

Segundo a Companhia Vale do Rio Doce já são 354 pessoas oficialmente declaradas desaparecidas e 7 mortos.

Os danos ambientais para a região são enormes, visto que os metais pesados se sedimentam no solo e contaminam o lençol freático.

Uma força tarefa precisa ser criada para garantir o apoio a estas famílias e todas as comunidades do entorno.

Outra iniciativa precisa ser realizada para impedir que a contaminação chegue à Furnas e ao Rio São Francisco e é necessário estudar formas de retirada da lama e descontaminação da região.

Em paralelo, precisamos de uma atuação integrada do legislativo, executivo e de representantes da indústria mineradora para pensar em formas de garantir a segurança das mais de 24.092* barragens que temos no país. Sendo 3.543 já classificadas em categoria de risco e 5.459 classificadas como dano potencial (Fonte: Relatório de Segurança de Barragens [ANA]).

Garantir o cumprimento da lei de licenciamento, fiscalizar intensivamente e readequar as análises de risco são medidas essenciais que precisam ser tomadas. Para isso precisamos fortalecer os órgãos de fiscalização, garantindo a sua efetiva atuação com equipes que conheçam as novas tecnologias de segurança e com infraestrutura que permita que este trabalho seja realizado.

Licenciamento e fiscalização precisam deixar de ser tratados como barreira ao desenvolvimento e ser reconhecidos como medidas para a garantia da segurança ambiental e social.

Neste momento é imperativo nos unirmos para apoiar a população de Brumadinho. Esta é a prioridade!

Mas temos, enquanto lideranças públicas, que nos empenhar para que não tenhamos nunca mais tragédias dessa natureza.

Senador Alessandro Vieira.

 

COMUNICADO – Trabalhadores do Judiciário paralisam atividades no dia 30

Desde novembro tentando negociar com o presidente do TJSE, o desembargador Cezário Siqueira Neto, porém sem sucesso, as trabalhadoras e trabalhadores do TJSE decidiram paralisar as atividades ‪na próxima quarta, 30 de janeiro.‬‬‬

A concentração do ato e o início das atividades acontecem no Fórum Gumersindo Bessa, no Centro Administrativo de Aracaju, das 7 às 10 horas. Em seguida, os servidores se dirigem à Praça Fausto Cardoso, em frente ao Palácio da Justiça, no Centro da cidade.

Na última quarta, 23 de janeiro, foi entregue ao presidente do TJSE o 8º ofício com a solicitação de tratar da pauta de reivindicações, aprovada em assembleia da categoria. Na ocasião, o presidente afirmou apenas que iria “examinar”.

Para a direção do Sindijus, a resposta curta e pouco amistosa é semelhante à postura de momentos anteriores, desprezando os trabalhadores e deixando evidente a diferença de tratamento entre os de cima e os de baixo. “Os servidores estão com reajuste de pouco mais de 100 reais, enquanto os juízes tiveram um aumento de 16%, incrementando seus supersalários em quase R$ 5 mil”, esclarece o dirigente sindical Alexandre Rollemberg.

Os pleitos dos servidores dentro do TJSE vêm sendo ignorados desde novembro de 2018, contra os quais a gestão passou não somente a convocar a polícia, mas a fechar as portas do Palácio. Situações que foram denunciadas ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Último pleno de Cezário – O dia da paralisação também é o dia da última sessão do Pleno presidida pelo desembargador Cezário Siqueira Neto, tendo em vista que, a partir de fevereiro, será empossado novo presidente no TJSE.

Dessa forma, além de fazer o ato da campanha salarial “Que Justiça é essa que só atende aos de cima?”, reivindicando as pautas da categoria, os trabalhadores do TJSE irão fazer um ato de despida àquela que consideram “a pior gestão do tribunal dos últimos tempos”.

ARTIGO

O mercado das doenças (por Antônio Samarone).

Recebi do Dr. Belisário Cruz, velho sanitarista, professor de Saúde Pública nas Minas Gerais, uma mensagem comovente. Após consultá-lo, decidi torná-la pública:

“Caro Samarone.”

“Após quase 50 anos de militância pela reforma sanitária, estou me aposentando. Entreguei os pontos! O meu sonho de professor, de formar médicos comprometidos em aliviar o sofrimento humano, chegou ao fim. A lógica do mercado invadiu a minha faculdade de medicina.”

“Como você sabe, as disciplinas da medicina preventiva (epidemiologia, saúde coletiva, saúde e sociedade); e das ciências humanas (antropologia, psicologia, sociologia, bioética, história da medicina, medicina legal) nunca foram bem vistas nos cursos de medicina. Eram toleradas! Os alunos, via de regra, cumpriam uma formalidade.”

“Hoje os alunos tripudiam sobre o pensamento crítico. A mediocridade tornou-se hegemônica. Qualquer conteúdo que não tenha fins práticos, que não desenvolva habilidades em produzir procedimentos, será rejeitado acintosamente. Uma aula que trate da alma, do sofrimento, da condição humana é vista como um desproposito. O aluno assumiu um pragmatismo arrogante. Uma autossuficiência centrada no Google.”

“Cada aluno guia a sua formação pela ética do resultado. O que eu posso ganhar com essa informação ou habilidade, ela serve para que? Esse é o caminho! Conhecer o que foi a medicina greco-romana, saber quem foi Hipócrates, Vesálius, Virchov, Pasteur; o que fez Oswaldo Cruz, etc., beira a inutilidade.”

“Perdi a esperança e a paciência, meu amigo Samarone.”

“Por fim, na última reunião do conselho do departamento de medicina, um fato me desapontou: um representante dos estudantes, propôs substituir as disciplinas de medicina preventiva por temas mais relevantes na formação médica. E sugeriu que no lugar da “saúde pública”, se colocasse “pequenas empresas, grandes negócios”; “propaganda e marketing”, “empreendedorismo”, etc. Tentei justificar a importância das ciências humanas, mas fui derrotado.”

“Foi a gota d’água! Após várias derrotas, de vê o nosso projeto de reforma sanitária afundando, confesso que esse foi baque mais profundo. Sair da sala meio zonzo. Baixei a cabeça, sair sem me despedi. Quando entrei no carro e fiquei só, percebi que estava chorando. Tive a sensação que a minha vida foi inútil.”

“Como não aceito a transformação da medicina de sacerdócio em negócio, tomei a decisão de me aposentar. Ia esquecendo, existe uma razão prática, eu não sei dar aulas nem sobre grandes, nem sobre pequenos negócios.”

Belo Horizonte, dezembro de 2018.

Confesso que fiquei abalado com a mensagem. Fiquei matutando: onde o Dr. Belisário tem razão, e onde ele está exagerando, dominado pela emoção? Essa realidade é geral, ou a faculdade dele é uma exceção? Após quase 60 dias inculcado, conclui uma resposta ao colega, dizendo o que eu acho e o que eu não acho. Espero em breve, ter a coragem de torná-la pública.

PELO TWITTER                                                                                                                                         

www.twitter.com/Pontifex_pt (Papa Francisco) Quero exprimir a minha dor pela tragédia que atingiu o Estado de Minas Gerais no Brasil. Recomendo à misericórdia de Deus todas as vítimas e ao mesmo tempo rezo pelos feridos e exprimo meu afeto e proximidade espiritual às suas famílias.

www.twitter.com/valadaotv A patologia do ódio é incurável.

www.twitter.com/jrobertotgomes O lado negro das redes sociais é dar voz aos sociopatas, quer se digam de esquerda ou de direita. Não há lado na desumanidade…

www.twitter.com/MarcosNazaPB Em resposta a @BlogClaudioNun Gostei de você usar, no texto de hoje, uma expressão que eu também uso há anos: “pode ser legal, mas não é moral”. Quanto ao descaso de Deso e SMTT no conserto do buraco, é apenas aquela história: quando Estado e prefeitura da capital estão com o mesmo grupo, o povo é quem perde.

www.twitter.com/Diogoringenberg O Tribunal de Contas de Goiás vem se mostrando um caso de polícia. Parte significativa dos seus membros já é/foi investigada. É necessário dar o próximo passo. Devem ser afastados daquela Corte. Uma Lava Jato dos TCs torna-se cada dia mais necessária.

 

www.twitter.com/ThalesBrandao A internet não é terra sem lei, man! A tal liberdade de expressão – precisa ser orientada pelo respeito coletivo.

www.twitter.com/dilton_luiz Recebi uma informação q uma amiga foi assaltada no ônibus 715 Tijuquinha perto do B. AMERICA sentido Rosa Elze, até quando esse governo vai deixar acontecer isso? Até quando as bases policiais deixaram de ser dormitórios e estacionamentos? Gov. @belivaldochagas VA TRABALHAR!

www.twitter.com/ISMARVIANA “Aquele que se vangloria de cuidar exclusivamente do que é seu, porque o que lhe cabe na vida é cuidar exclusivamente do que é seu, não é uma pessoa que cuida exclusivamente do que é seu. É um inútil.” Péricles – filósofo, estrategista militar e político grego.

www.twitter.com/PastorHeleno10 O nordeste é a região com o maior número de desempregados no Brasil. E o novo governo precisa diz que vai investir aqui. Tomará que isto aconteça mesmo. Será um alívio para tantas famílias que estão em dificuldades. situação. O nordeste tem que deixar de ser estatística ruim.                                                                                                                                                  

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“Vontade de não dar sentido algum às coisas, às palavras e à própria vida. Assim como é a vida na realidade ausente de sentido.” Hilda Hilst.

Comentários