Uma campanha refinada

0

Apolônio saúda a chegada da redenção econômica da terra de Manoel Bonfim e Tobias
Barreto.

Lisboa, 22 de setembro de 2006

Caros amigos de Sergipe:

Mesmo depois de anunciar a falta d”água em 65% das casas de Aracaju depois da transposição que Lula promete lá e nega aqui, o big boss surpreendeu a todos ao anunciar que um grupo de milionários europeus está interessado em construir uma refinaria de petróleo nas terras do cacique Serigy. Ulalá!
Segundo comenta-se, um afamado sheik do Oriente é o sócio majoritário do negócio de quase dois bilhões de dólares. E eu pensando que o futuro de Sergipe estava em meia dúzia de fábricas de perfume. Meu Deus, como sou tacanho!
É claro que todos os segredos estão sendo guardados a sete chaves, afinal o setor é altamente competitivo, segundo dizem. Mas, numa coisa pelo menos o Osmário Santos pode ficar tranqüilo: “A tecnologia utilizada é zero poluente”, segundo afirmou um dos representantes dos investidores na festejada solenidade da assinatura de um protocolo das melhores intenções. Ainda bem!
Outra informação que vazou na concorrida efeméride, foi a de que o “óleo cru” virá da costa africana para ser refinado aqui, para depois ser exportado para a Europa. Não parece muito lógico, mas deve ser mais ou menos como jogador brasileiro, tem um pé na África, mas ganha dinheiro mesmo é com os europeus. Não tem como dar errado, meus amigos!
Soube que tem gente furando tudo o que é quintal na esperança de encontrar um poçinho de
petróleo, na esperança de cair nas graças do enigmático sheik e seus prepostos. To pensando até em comprar um terreninho em Carmópolis, afinal quem não arrisca não petisca.
Tá certo que o Beach Park que seria construído pelo grupo Choice International na Rodovia Sarney não deu certo. É verdade também que a grande cidade turística que o grupo Brasilivest iria construir no Rio Vaza Barris não saiu do papel. Mas isso são águas passadas e águas passadas não movem moinhos, como diz outro dito popular.
Por falar em águas, a polêmica da poluição ganhou mesmo as manchetes da imprensa barbosopolitana. Transposição, revitalização, poluição, omissão…haja “coração”, pra não dizer outra coisa. Até um grupo de voluntários da ong Eco Maré de Toinho Torres, viajou esta semana para a África com a missão de trazer cervos e gazelas para repovoarem as matas ciliares que serão brevemente reconstituídas em Sergipe. É capaz de toparem com um poço de “óleo cru” por lá. 

Até semana que vem.

Um abraço do

Apolônio Lisboa

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais