Vaga do TC e incoerência do PSC e PR

0

Política é realmente a arte do “faça o que eu mando, mas não faça o que eu faço”. São várias incoerências no dia a dia, até mesmo por parte de aliados do atual governo. Uma destas incoerências vem acontecendo em Sergipe por parte das lideranças do PSC e do PR que anunciaram na semana passada que só apóiam  Ulices Andrade a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas, se ele não lançar o filho, o jovem Jefferson Andrade para disputar uma cadeira na Assembléia Legislativa.

 

Pela ética e lógica administrativa os tribunais de contas deveriam ser órgãos isentos e sem influência política partidária. Mas o sistema de escolha dos conselheiros é meramente política. O certo seria concurso público ou até mesmo um mandato de conselheiro de cinco ou seis anos, no máximo, acabando com o cargo vitalício.

 

O blog deixa claro que é contra a atual forma de indicação, mas para mudar é preciso uma mudança na Constituição Federal e é lógico que os parlamentares federais não têm interesse em mudar um sistema onde eles são favorecidos politicamente.

 

Mas onde está a incoerência do PSC e do PR? Em um dos próprios deputados que querem a retirada da candidatura de Jefferson Andrade: André Moura. Todo Sergipe sabe que André Moura é filho do hoje conselheiro do TC, Reinaldo Moura, que foi deputado estadual por várias legislaturas. Quando renunciou o mandato de deputado em 2001, para assumir o cargo de conselheiro, Reinaldo não teve condicionado que não iria lançar mais ninguém da família como candidato. Pelo contrário, em 2002, lançou a esposa, Lila Moura, como candidatura, obtendo cerca de 27 mil votos. Tudo porque André, naquele momento era prefeito de Pirambu. Ou sejam, dois membros da família na política. E depois, em 2006, André chegou a AL.

 

O mérito se Ulices Andrade, merece ou não ser escolhido como conselheiro cabe aos deputados e ao governador decidir. Mas a pressão para retirar a candidatura do filho, Jefferson Andrade, é incoerente, sobretudo que parte de quem já fez isso no passado bem recente. Ou seja, Faça o que eu mando, mas não faça o que eu faço, é o ditado do PSC e do PR que escorrega no próprio passado. É melhor procurar outro caminho porque esse é desmoralizante pela própria natureza.

 

Boicote no Hospital João Alves

Em matéria publicada no final de semana no JC os dirigentes sindicais da saúde afirmaram que a denúncia feita pelo radialista Gilmar Carvalho, de boicote em uma das áreas do Hospital João Alves é grave e precisa ser apurada. Espera-se que a investigação não fique dependendo de Gilmar. Todo mundo sabe nos bastidores o que vem ocorrendo. É muito fácil descobrir, mas resta saber se os interesses partidários não vão ficar a frente de tudo.

 

Lixo

E o lixo retorna com toda força nas investigações do Ministério Público em dois municípios. Quem pensa que o lixo foi parar embaixo do tapete pode esquecer. Vem com força total.

 

Distribuição de Peixe e eleições

E os promotores e juízes de vários municípios estão de olho na tradicional distribuição de peixes em alguns municípios. Devem enquadrar como propaganda eleitoral antecipada. No Vale do Cotinguiba tem gente preparada para a distribuição com propaganda de alguns candidatos. Pelo jeito o peixe pode prejudicar algumas candidaturas.

 

Usina Nuclear: competência é federal

A discussão em torno da instalação de uma usina nuclear no Estado, envolvendo a proibição da Constituição Estadual não tem amparo legal. Ocorre que o STF já decidiu, reiteradas vezes, que a competência legislativa para legislar sobre a instalação de usina nuclear é da União, e não dos Estados, pois o interesse nacional se sobrepõe ao interesse local.Uma destas decisões envolvendo uma Ação Direta de Inconstitucionalidade referente a AL de Santa Catarina:

http://redir.stf.jus.br/paginador/paginador.jsp?docTP=AC&docID=266303

 

4 coronéis vão para a reserva

O BGO da PM do último dia 16, sexta-feira, publicou a determinação do comandante geral colocando para reserva remunerada os coronéis Dilson Ferraz de Souza, Durvaltécio Bonfim Silva Santos, Agnaldo Edson Ramos Ferreira e Salvador Braulino Sobrinho. Por coincidência ou não, os quatros estavam na denúncia feita pela Caixa Beneficente no MP e a Controladoria Geral do Estado, no processo referente aos R-2.

 

Mendonça prado para governador

Se o ex-governador João Alves Filho não disputar o governo estadual a solução será caseira: lançará o genro, o deputado federal Mendonça Prado.

 

Fontes para a história do Poder Legislativo

Os escritores Jorge Carvalho do Nascimento e  Ester Fraga Vilas Boas Carvalho do Nascimento lançam amanhã, 30, às 9h, no plenário da Câmara de Aracaju o livro Fontes para a História do Poder Legislativo da Cidade de Aracaju.

 

Insinuações contra membros do TRE

Ontem, 28, um membro do pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe estava indignado com os meios de comunicação da família do ex-governador João Alves Filho por conta das especulações sobre influencia do PT no processo de cassação do mandato da senadora Maria do Carmo, que fez carreata com as ambulâncias do Samu em 2006.

 

Processos cíveis e criminais

Segundo este membro a intenção é intimidar, mas o pleno vem mostrando que casa, independente de partido político. No caso da senadora as provas são fortes.  Os textos publicados no Correio de Sergipe do último domingo serão alvos de diversos processos cíveis e criminais.

 

Caixas coletoras: quem fiscaliza?

O blog já alertou uma vez mais não adianta: a Emurb precisa disciplinar o uso das caixas coletoras de entulhos em Aracaju. Tem caixa na calçada em pleno centro (rua de Itabaininha) e colocando em risco o trânsito, como por exemplo na rua Euclides Paes Mendonça esquina com Beira Mar onde uma caixa encontra-se quase na esquina há quase dois meses. Ninguém faz nada. E a caixa coletora é da empresa com um nome sugestivo: Planeta Limpo. Pelo jeito a responsabilidade social não existe, porque se existisse a caixa não ficaria num local tão perigoso para os motoristas.

 

Respeito aos funcionários da Deso I

Em entrevista concedida na manhã de ontem, 28, no programa de Osmar Farias na FM Boca da Mata em Nossa Senhora da Glória, o deputado Augusto Bezerra insinuou que os funcionários da Deso são os culpados pela descontinuidade do abastecimento de água durante o verão.

 

Respeito aos funcionários da Deso II

Os funcionários da Deso em sua maioria esmagadora são pessoas sérias e abnegadas  e não têm culpa dos desmandos de diretorias passadas. Inclusive é preciso lembrar que num passado recente Augusto Bezerra vivia na Deso em determinada diretoria. Bem que ele poderia dá uma lida nas páginas policiais da Operação Navalha e os envolvidos em Sergipe. São da cozinha de quem mesmo?

 

Nova regra eleitoral amplia exposição de Lula I

Instituído no fim de 2009, um único parágrafo promete revolucionar a propaganda eleitoral deste ano e se transformar no novo cabo de guerra entre PT e PSDB na corrida presidencial.A nova regra permite, por exemplo, a aparição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de sua candidata, Dilma Rousseff, nos programas estaduais de todos os partidos que integram sua aliança nacional, ainda que o PT não participe da coligação no Estado.Até hoje, a presença de um político no horário eleitoral estava restrita ao tempo destinado a seu partido ou coligação.

 

Nova regra eleitoral amplia exposição de Lula II

Aprovada pelo Congresso, dentro da minirreforma eleitoral, a norma amplia o potencial de exposição dos candidatos à Presidência para além do tempo reservado para suas campanhas em rádio e TV. A regra se aplica a todos os pré-candidatos. Mas, como o arco de alianças da oposição tende a ser restrito, Lula e Dilma teriam maior margem de manobra. Os tempos de TV de cada pré-candidato ainda não estão fechados, pois dependem da oficialização das coligações.Com índice recorde de popularidade -de 76%, segundo o Datafolha-, Lula será importante cabo eleitoral. E a possibilidade de contar com sua presença nos programas estaduais poderá funcionar como estímulo para a costura de alianças. (FSP).

 

Cursos em Japaratuba I

A política de incentivo à realização de cursos semi e profissionalizantes tem sido uma constante no município de Japaratuba, atingindo a jovens, adultos e idosos. A coordenação das atividades fica a cargo da Secretaria do Combate à Pobreza, com participação efetiva do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e o Centro de Referência do Idoso Nossa Senhora da Saúde.

 

Cursos em Japaratuba II

Na tarde-noite da quarta-feira, 24, a prefeita do município, Lara Moura, acompanhada dos coordenadores dos Centros dos Idosos e do CRAS, Maria Aparecida e João Prado, deu por encerrado mais um curso semi-profissionalizantes – de Porcelana Fria (Biscuí)- e anunciou o início de outro – corte costura.   No curso de Biscuí, cerca de 45 pessoas participaram ativamente das atividades dividas em dois turnos durante cerca de dois meses. O resultado agradou os administradores municipais e os participantes que já pensam em montar pequenos negócios para comercializam o que aprenderam a fazer.

 

COE conclui curso

O Comando de Operações Especiais (COE) concluiu o 2º Curso de Contraterrorismo e Operações Antibombas na sexta-feira, 19, em Aracaju. As atividades objetivaram formar efetivo habilitado para atuar na Copa de 2014, já que Sergipe será sub-sede da competição. O curso foi realizado em três turnos, entre os dias 15 e 19 de março, teve 34 alunos e formou 28, todos vindos das Polícias Militar, Civil, Federal e do Corpo de Bombeiros.

 

Explosivos

As atividades foram desenvolvidas no Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), Companhia de Polícia de Radiopatrulha (CPRp), num terreno localizado no bairro Santa Maria e no Centro da capital. Durante dois dias de aulas teóricas e quatro de prática, os participantes conheceram os principais conceitos referentes a explosivos e explosões, além das técnicas mais importantes para desativação de artefatos explosivos, chegando a aprender a fabricar granadas.

 

Provas

Segundo o major Silvio César Aragão, comandante do COE, “com o término das atividades, os alunos estão aptos a desativar artefatos industriais e bombas caseiras, desde que devidamente equipados”. Eles passaram por três provas, uma teórica e duas práticas, nas quais os policiais e bombeiros tiveram que reconhecer componentes de um artefato, a exemplo de gatilho, segurança, detonador, espoleta, sob ambiente de estresse. Num segundo momento, todos tiveram que construir um artefato.

 

USES fará Passeata I

No dia 28 de Março de 1968 na cidade do Rio de Janeiro no restaurante calabouço foi morto de forma covarde e cruel pela ditadura militar o estudante secundarista Edson Luiz. Aquele estudante virou o símbolo da covardia do regime e ocasional a famosa passeata dos 100 mil que além de reunir os estudantes reuniu também artistas, intelectuais, políticos e outros segmentos da sociedade civil brasileira engrossaram a passeata, tornando-a uma das maiores e mais expressivas manifestações populares da história republicana brasileira que tinha como tema: Um estudante morreu. Poderia ser seu filho. Além de símbolo daquele regime, Edson Luiz virou o símbolo de toda uma geração do Movimento Estudantil em todo o país. Todos os anos por todas as capitais do Brasil são realizadas diversas homenagens aquele bravo estudante que deu a vida na luta pela democracia no nosso país. Em Sergipe não será diferente. Para o estudante Aby Custódio, presidente da União Sergipana dos Estudantes Secundaristas a entidade não poderia deixar de fazer essa homenagem a este guerreiro que sempre será lembrado na história do Movimento Estudantil.

 

USES fará Passeata II

A USES irá volta às ruas com a homenagem mais também, com algumas outras pautas como, por exemplo:         50% do fundo social do Pré – Sal para a educação; Pela criação da Universidade Estadual; Regulamentação da lei estadual da Meia Entrada; Apoio irrestrito as cotas na UFS;Gestão democrática nas escolas da rede pública estadual e eleições para diretor das unidades de ensino; Reforma das escolas das redes públicas Estadual e Municipais; Melhorias no Transporte Escolar; Debate mais amplo sobre políticas Públicas de Juventude e Pela Reunificação das carteiras de passe escolar e Meia Entrada em Aracaju. Ainda no mês de abril a passeata deverá acontecer nas ruas do centro de Aracaju, mais além da passeata a USES deverá fazer uma atividade no município de Itabaiana com as pautas locais, outra na região norte com o tema: o CRACK além de atos na capital sergipana.

 

Rubens Lisboa mistura ritmos em seu novo álbum intitulado de Arteiro

Arteiro no dicionário português quer dizer que revela arte ou artifício, que faz artes ou traquinices. Esse é o título do quarto e mais novo disco do artista sergipano Rubens Lisboa que conta com um repertório autoral variado mostrando a face da cultura sergipana com ritmos que vão desde o baião, rock, blues, maracatu e ciranda.Todas as 14 faixas são de autoria do próprio músico, que foi acompanhado pelos sergipanos Saulo Ferreira (arranjos e violão), Róbson Souza (baixo violão) e Pequeno (percussão).

 

Lançamento em maio

“Esse é um disco eminentemente acústico com violão, baixo violão e percussão, diferente dos meus outros trabalhos que não eram somente autorais e eram sempre acompanhados por bandas”, disse Rubens.Algumas músicas ganham participações como a bela linha de flauta que desenha Coração tambor. Na canção Fim do mundo, é acompanhado pelo violoncelo de Thiago Salvino e pelo piano de Diogo Montalvão, enquanto no samba Doce salgado conta com cavaquinho de Alan Davidson e cuíca de Bico. O lançamento do novo álbum será no mês de maio, possivelmente na biblioteca pública Epiphânio Dórea, mas o CD já pode ser encontrado na Internet onde é vendido a R$ 23,20 através do site da livraria Cultura.

 

Elogios da critica nacional

Mesmo antes do seu lançamento o trabalho já ganhou elogios da crítica nacional. “É muito importante um trabalho começar com essa repercussão, no último sábado concedi uma entrevista no programa ‘Show da Notícia’ da rádio carioca CBN, fiquei muito contente também ao saber que no segundo caderno do jornal ‘O Globo’ saiu no dia 16 deste mês uma resenha do álbum feita pelo crítico João Pimentel. Além disso, saíram matérias no site ziriguidum e no Blog Notas Musicais”, contou Lisboa. (Infonet).

 

Amanhã, 30, show de lançamento de Edelson Pantera

Amanhã, 30, no Teatro Tobias Barreto, a partir das 21h, será realizado o show de lançamento do CD “Belas Imagens”, do músico Edelson Pantera. O show terá a participação especial de Toninho Horta. Informações: (079)3179-1490/1496.

 

Programação Matinée dançante

E continua o sucesso da Matinée Dancante do Iate Clube, que é realizada nos dois primeiros domingos de cada mês. Confira a programação para abril: Dia 04, Euclides Neto/Rafael & Santiago; Dia 11, Lucinha Fontes, Rita Melody e Dudua Ferazy. Já para o mês das mães, maio é a seguinte programação: 02, a orquestra do Maestro Petrúcio; Dia 09, Maria Augusta/Medeiros, Sax e seresta.            Qualquer contato: (079) 9977-3304 ou destes e-mails: lueventos50@gmail.com ou entreamigosnatv@hotmail.com

 

 

DO LEITOR

 

Pais estacionam veículos na faixa de pedestre

E-mail recebido: “Sou um pai que vai buscar seu filho diariamente no colégio Módulo. Lá, encontro

todos os dias pessoas que deveriam dar o exemplo de civilidade e respeito às normas de trânsito. Mas não é o que acontece. Diariamente eles estacionam os carros na faixa de pedestres.Imagino o que deve passar nas cabecinhas dos seus filhos quando aprendem no colégio as regras de trânsito e ao saírem vêem seus pais agirem assim”. 

 

 

 

 

 

 

 

Renovação em Itabaiana Já

De Carlinhos do PT: “Não sou eleitor de Itabaiana,  mas quero afirmar que uma cidade com 100 mil habitantes não poderá ficar eternamente na mesmice de Luciano e Maria, quando não são eles são os laranjas concordo plenamente com Alysson, Itabaiana, não é a mesma depois da Unit e UFS, que estão formando jovens que certamente vão se interessar pela política e vai aposentar aqueles que fazem da câmera de vereadores emprego definitivo como fosse um servidor público concursado que nunca vai sair do trabalho, a não ser por problemas administrativos, Itabaiana é grande é uma cidade referencial para o Brasil e não pode ficar eternamente na mesmice, e político que não almeja subir ou galgar novos cargos deve encomendar uma urna funerária”.

 

Quanto mais velas acesas, mais fáceis serão as queimaduras

Do leitor Messias Gonçalves: “Sergipe ou Confiança, Flamengo ou Botafogo, Corinthians ou Palmeiras? Católico ou Espírita? Branco ou Preto? Brasil ou Argentina? PSD ou UDN? Lula ou FHC? Déda ou João Alves? Ao longo de nossas vidas, devemos nos comportar e agir dentro destas lógicas. Termos lado. Até mesmo para sermos respeitados pelos dois. Uma hora você quer ser isso, numa outra aquilo. Você tem que ser contra ou a favor a alguma coisa. Não ficar em cima do murro, achando que as pessoas não perceberão. Assim devem agir os nossos políticos. Se é que podemos chamá-los todos assim. Porque tem cada um, pelo amor de Deus. São verdadeiros camaleões. Mudam de lado e de causas quase que diariamente. Defende um amanhã, depois o outro, depois os dois, nenhum dos dois. Por fim acaba sem o apoio de nenhum. Ai quando o barco afunda, vão reclamar pra quem? Não sobram nem os consoladores. A ganância pelo poder faz com muitas das vezes, cometam verdadeiros absurdos. São discursos tão evasivos que chega até ser cômico se não fosse trágico. São verdadeiras transformações. Acordam santos. Verdadeiros paladinos da moralidade. E num piscar de olhos, transformam em verdadeiros satanases. Veneno para todos os lados. É impressionante a capacidade de se enganarem, achando que estão enganando os povos, os eleitores. Na vida, todo homem deve ter um rumo a seguir. Claro que durante o percurso qualquer um tem o direito de refletir, verificar se está correta essa trilha e ter o direito de poder até voltar a atrás. Agora, ter esses hábitos como meta de vida, isso é imperdoável. Não defendo a intransigência e nem o radicalismo. O que eu defendo são os princípios básicos da racionalidade, da respeitabilidade. Quando você fere, magoa, ataca por motivos pessoais, interesseiros, com certeza está também ferindo, magoando e atacando outr os. E esses outros marcharão contra as suas ações. Essas pessoas carregam com si geralmente a ingratidão. Não reconhecem em público algo que alguns fizeram em seus benefícios. Mas em nome de uma falsa independência, demonstram essas ingratidões. Quase que diariamente. Quer dizer, para serem ingratas, as suas éticas os permitem. Mas para reconhecerem atos e gestos que foram empregados em seus benefícios, isso de hipótese nenhuma. Isso caracterizaria subserviência. Vejam como é fácil mascarar os verdadeiros e bons princípios. O problema é que essas inúmeras velas acesas, de tantas maldades nelas, que acabarão indo adorarem os santos de paus ocos. Mas como disse Jesus, ainda dá tempo para a conversão. Mas terá que ser verdadeira. Se for mais um joguinho de cena teatral, ai Papai do céu castigará já agora em outubro”. Messias Gonçalves.

 

 

ARTIGO

 

Segurança Pública – Narcizo Machado Filho*

 

A revista época edição nº 2103/3março, trouxe uma reportagem sobre segurança, que deveria ser seguida pelo Estado de Sergipe, seria mais uma demonstração de maturidade e desejo de ver uma segurança moderna.

 

A prefeitura de SEATTLE nos Estados Unidos, para combater radicalmente a violência, apostou no programa desenvolvido por dois especialistas em violência, o médico Dr. GARY SLUTKIIN, da universidade de Illinois, o programa consiste em tratar a violência como uma epidemia, “conter a violência é como incentivar o uso de camisinha para evitar uma epidemia de AIDS”. O outro é o criminalista DAVID KENNDY, a ação consiste em, a polícia identificar os responsáveis pela “quantidade de mortes, tentativas de assassinatos e tráfico de drogas”. Segundo ele, os meliantes conhecem os “códigos das ruas” e ainda “são instruídos a transmitir os recados da polícia aos bandidos”, continua ele, “se os infratores, monitorados, não exibem nenhuma demonstração de recuperação, a polícia entra em ação”. Para os especialistas investir na “prevenção da violência” é primordial.

 

A cúpula da segurança pública poderia começar a pensar em investir nesse aspecto, ao invés de ir atrás de patrocínio para premio no final do ano, mandar polícias brincar de futebol e fazer turismo fora do Brasil. Será que essas mesmas pessoas, patrocinavam uma ida de alguns polícias militares ou civis, para aprimorar seus conhecimentos fora do Brasil, e aplicá-los em benefício da população sergipana?

 

Segundo a reportagem 30 cidades adotaram a estratégia, resultados positivos, na cidade de Boston a criminalidade entre jovens de 17 anos caiu para zero. Devemos programar políticas de segurança mais visíveis. Pergunta-se – Existem política e plano de segurança em nosso Estado? Pelo que se vê não há, o que há é briga de poder, Secretário, Comando, Comandante do policiamento da capital, Delegados, e por tabela Associações.

 

As cabeças pensantes da segurança pública têm condições de fazer um grande trabalho com austeridade, profissionalismo e com inteligência, existem bons profissionais dentro da segurança pública, há resultados positivos, a população tem observado, mas em outros casos é possível visualizar incompetência, desinteresse ou até mesmo comprometimento. Nós, ouvintes, leitores e povo, sabemos discernir o bem do mal.  

 

*Narcizo Machado Filho – graduado em ciências contábeis e pós-graduado em gestão fiscal e planejamento tributário. WWW.narcizofilho.com.br

 

Participe ou indique este blog para um amigo: 

claudionunes@infonet.com.br

 

Frase do Dia

“Os políticos não conhecem nem o ódio, nem o amor. São conduzidos pelo interesse e não pelo sentimento”.Philip Chesterfield.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários