Vende-se votos

0

Vende-se votos
Muitas lideranças políticas do interior estão rindo de orelha a orelha com a chegada da campanha eleitoral. Para elas, chegou a hora de vender votos a quem precisa deles para se eleger. Embora proibido, esse comércio não é feito às escondidas. Claro que não se coloca placas na porta anunciando “Vende-se votos”, mas os “negócios” fechados são do conhecimento público. Hoje mesmo, a amiga Rita Oliveira publica no Jornal do Dia a seguinte nota: “Um candidato proporcional afirmou que o pleito está muito inflacionado. Segundo ele, tem vereadores do interior cobrando R$ 50 mil para apoiar um deputado estadual e R$ 100 mil para votar num deputado federal. ‘Eles garantem mil votos, quando sabe-se que não têm 200”, assegura o rapaz. É preciso dizer que esse ‘comércio” criminoso só existe porque há quem compre, porque tem políticos que enxergam o povo como um rebanho de gado e acham que o mandato é um instrumento para aumentar suas fortunas pessoais.

Maus lençóis
Embora ainda comemorando a eleição de seu candidato Ivan Macedo (PT do B) para a Prefeitura de Riachão do Dantas, o ex-prefeito Laelson Menezes tem que se preocupar com a Justiça. É que o Ministério Público Federal está processando-o por improbidade administrativa. Contra ele pesam acusações de irregularidades em licitações e mau uso de recursos federais. Caso seja condenado, Laelson pode ser obrigado a ressarcir o dano causado ao erário, pagar multa, ter os direitos políticos suspensos e ficar proibido de contratar com o poder público por até oito anos.

Bola cheia
Os desportistas de Socorro estão em festa. É que será lançado hoje o Socorrense, time que já chega na 2ª divisão do futebol sergipano e com disposição para logo, logo chegar à 1ª divisão. Pelo menos essa é a disposição de seu presidente Dalmo Prata. Ele garante ter o irrestrito apoio do prefeito de Socorro, Fábio Henrique (PDT). O lançamento do novo clube está marcado para às 19h, no Centro Cultural Maria Franco.

Com empresários
O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do B) fará palestra nesta quinta-feira para os empresários da capital. Será a partir das 12 horas na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas de Aracaju (CDL), localizada na rua Santa Luzia, e faz parte do Projeto “Conversando com os Lojistas”. O prefeito vai fazer uma explanação sobre as diversas obras concluídas ou em andamento na capital, com ênfase para o segmento do comércio. Deverá falar também sobre as opções de estacionamentos, a revitalização e investimentos no centro de Aracaju.

Manutenção suspensa
A Petrobras não é mais responsável pela manutenção da Praça Ignácio Barbosa (Mini-Golf) e do Calçadão da 13 de Julho. Conforme a coluna apurou, a estatal e a Prefeitura de Aracaju decidiram não renovar o convenio que garantia a manutenção dos dois espaços públicos. A Petrobras mantinha a Praça do Mini-Golf desde 1999, enquanto o Calçadão da 13 de Julho era mantido pela companhia petrolífera desde 2003. Espera-se agora que outras empresas inseridas na economia aracajuana assumam a manutenção daqueles dois belos logradouros.

Cadê o dinheiro?
Fiel ao seu estilo porradão, o candidato a vice-governador Jackson Barreto (PMDB) não perde tempo quando é para fustigar os adversários. Ontem, ele postou no twitter o seguinte: “E parece que o cofre lá em cima não anda bem das pernas. Isso tudo tem deixado João com os nervos à flor da pele”. Noutra postagem, Barreto escreve: “E o negão ainda não encontrou as chaves do cofre. Serra não tem dado importância aos estados pequenos. Ele anda muito chateado com Sergipe”. Por que será?

Crime na rede
Falando em twitter, o deputado estadual Venâncio Fonseca (PP) garante que o seu foi hackeado. Ele descobriu a malandragem após a postagem de mensagens no twitter.com/venanciofonseca denunciando que uma prefeita do PSC está fazendo ‘trairagem’, e que a campanha está inflacionada. O parlamentar, que já denunciou a ação criminosa, adverte que o seu twitter é venancio11111. 

Lei Geral
Visando debater a implantação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas nos estados e municípios e os benefícios de sua aplicação para os pequenos empreendedores, aconteceu ontem o Encontro Estadual da Lei Geral. O evento, realizado no Centro de Convenções de Sergipe, foi organizado pelo Sebrae e Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, e contou com o apoio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia e do Turismo.

Verdes ‘queimados’
E os candidatos do Partido Verde vão esperar só até o final desta semana pela ajuda prometida por Albano Franco (PSDB). Caso a promessa, que garantiu a aliança entre os dois partidos, não seja honrada, os verdes desistem de suas candidaturas, pois não contam com numerário suficiente para bancar as despesas da campanha. Aliás, dois candidatos do PV a deputado estadual já desistiram da empreitada tendo um deles, inclusive, deixado o partido. Que horror!

Exportando mais
Em junho passado, o comércio exterior de Sergipe apresentou crescimento tanto nas exportações quanto nas importações em relação a maio. As exportações somaram US$ 4,21 milhões (crescimento de 33,9%) e as importações US$ 16,26 milhões (alta de 6,2%), atingindo um saldo negativo de US$ 12,0 milhões. No acumulado do primeiro semestre de 2010 com relação ao mesmo período de 2009, as exportações caíram 7% e as importações cresceram 12,3%. Os dados são do Boletim Sergipe Econômico.

Código exposto
Desde ontem, os estabelecimentos comerciais serão obrigados a dispor de uma cópia do Código de Defesa do Consumidor. De acordo com a Lei publicada no Diário Oficial da União, todas as casas comerciais e de prestação de serviços devem manter em local visível e de fácil acesso ao menos um exemplar do Código, para consulta dos consumidores. Quem não cumprir a lei está sujeito a multa de R$ 1.064,10. Fique de olho!

Votos reclusos
Os presos provisórios e adolescentes em unidades de internação vão poder votar nas próximas eleições. Embora a regra só alcance agora todos os estados – com exceção de Goiás -, Sergipe já oferece esse direito aos presos e menores desde 2002. Os candidatos poderão ir aos presídios para fiscalizar a votação, na qualidade de fiscais natos e o partido ou coligação também poderá designar um fiscal para acompanhar o pleito. O acesso dos presos e adolescentes à propaganda eleitoral é definido pelo juiz eleitoral.

Toma lá
E
aí, está pensando em ajudar seu candidato preferido? Pois a lei permite. Pessoas físicas e jurídicas podem fazer doações a candidatos e partidos para as campanhas eleitorais. Essas doações devem ser feitas mediante depósitos em espécie identificados, cheques cruzados e nominais, por meio de transferência bancária, internet. No caso de pessoa física as doações ficam limitadas a 10% da renda bruta obtida no ano anterior à eleição, desde que não ultrapasse R$ 50 mil. Já as empresas podem doar até 2% do faturamento bruto do ano anterior à eleição.

Do baú político
Esta é da lavra do saudoso jornalista Benvindo Sales de Campos: O prefeito de Carira, Antônio Conrado costumava circular pela feira da cidade para ouvir o povo e comprar bons queijos coalhos para presentear os amigos de Aracaju. Certo dia, aproxima-se dele um tabaréu, chapelão de abas largas e com um capote de flanela conhecido por “Colonial”, dobrado na cintura, escondendo, naturalmente, a pistola. Após dar bom dia ao velho Conrado, o sujeito despacha um recado: “Seu “Ocrides” (Euclides Paes Mendonça, líder político de Itabaiana) mandou dizer que vem domingo fazer um comício da UDN aqui em Carira. Ele quer saber do senhor como será recebido?”. Sereno, sem pestanejar, com os olhos fixos nos movimentos do “cabra”, Conrado respondeu, sobranceiro: – “Diga a Euclides que se vier como amigo, será recebido com foguetes, banda de música e abraços, mas se vier como inimigo, será recebido à bala”.  O tabaréu deu meia volta e sumiu, misteriosamente, no meio da multidão. Euclides foi como amigo”.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais