Vergonha p/ AJU. Beber pode, dirigir e beber não!

0

  “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

É lamentável você ouvir de muitas pessoas, inclusive esclarecidas, frases como “Estamos proibidos de beber”. Ou “o governo está cometendo um crime contra os donos de bares”.  Dizer que é “cultura” dos brasileiros ingerir bebida alcoólica e dirigir é o cúmulo da idiotice.

Ninguém está proibido de beber. Você pode ingerir a bebida alcoólica que quiser, na quantidade que desejar e no lugar que achar mais conveniente. O que está proibido Não é ingerir bebida alcoólica. É sim, beber e dirigir.

Foi uma vergonha para Aracaju a comparação dos índices de prisões em todo país por conta da lei seca. A Cptran apreendeu até o último dia 2, 610 carteiras de motoristas e destes 373 foram presos por beber e dirigir. Aracaju ocupa o terceiro lugar entre as capitais com mais apreensões proporcionalmente e é a Primeira no Nordeste. É ou não é uma vergonha! Ou algum cara de pau vai culpar as blitzs da polícia?

É preciso que as autoridades realizem uma parceria para levar a conscientização para os alunos das redes publica e privada. Educar e sensibilizar os jovens sobre a importância de não misturar álcool e direção. Foi importante o Enem deste no abordar o assunto como tema da redação.  Agora para os pais e avós que insistem em transgredir a lei, só resta a punição. A eficiência da lei já é uma realidade com a redução do número de acidentes.

Para quem apostava que a lei seca seria mais uma que não “pegaria” os números estão mostrando o contrário.

E para os que querem continuar bebendo e dirigindo só tem uma opção: cerveja sem álcool. Essa passa com louvor no bafômetro.

Atualização do Blog só na segunda, 18
Devido ao feriado desta sexta-feira, 15, o blog só retorna a ser atualizado na próxima segunda-feira, 18. Um bom descanso a todos. Saúde e Paz.

Militante petista rebate nota da Comissão Eleitoral PED PT/SE
Ao ler a nota de esclarecimento da Comissão Eleitoral do PED do PT/SE, o ex-vereador e militante petista do município de Propriá, Paulinho Campos reforçou que nunca foi presidente ou membro do diretório municipal e que no mandato de vereador contribuía para o partido através do desconto. “Depois nunca recebi nenhum boleto para pagamento”, disse.

“Como três mortos quitaram a contribuição com o PT?”, questiona Paulinho
Paulinho cobra que a Comissão Eleitoral explique a sociedade sergipana como três mortos estavam aptos para votar com suas contribuições quitadas. “Como eles pagaram?”, questiona o militante petista que juntamente com outros não teve direito a voto no PED de Propriá.

Benefícios
O Governo do Estado, através da Secretaria da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides), beneficiou dezenas de famílias da comunidade do Almirante Tamandaré, em Aracaju,  com a entrega de cestas básicas, colchões, fronhas, lençóis e travesseiros.

Chuvas
A ação atendeu a um pedido do governador em exercício, Jackson Barreto, que sensibilizado com a tragédia vivida por aquelas famílias, solicitou, logo após as chuvas, que fosse feito cadastros das pessoas carentes mais afetadas para receberem o auxílio do governo.

Situação
“Como o governador Jackson Barreto conhece Aracaju como a palma da sua mão e sabe da situação de cada ponto da cidade, ele se preocupou principalmente com a situação da população do final da canal do Almirante Tamandaré e fizemos o levanto inicial de 69 famílias que estavam à beira do canal e sofreram um estrago maior. O governador  autorizou o auxilio imediato para estas pessoas”, explica Marta Leão, que esteve no local representado o governador em exercício e lembrou que um lote de roupa de doação da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) também já havia sido encaminhado para as famílias atingidas.

Diretor geral da FHS estranha mobilização na Oncologia
O diretor geral da Fundação Hospitalar de Saúde, Hamilton Santana, esclarece que o abastecimento é uma das prioridades do Governo do Estado, inclusive o da Oncologia, por determinação do governador em exercício, Jackson Barreto. Informa que resolveu  o problema no sentido de adquirir o medicamento Dasatinibe de forma imediata para atender toda a demanda cadastrada hoje no serviço. O medicamento não é de fácil aquisição e foi comprado em um laboratório multinacional em São Paulo.

Licitação
Para isso, a licitação foi realizada, o processo homologado e o pedido feito. A previsão agora é de que a entrega seja realizada pelo fornecedor em 10 dias.O valor da caixa com 60 comprimidos é de R$4066,80. Para atender a demanda por um período de 60 dias, o Governo do Estado realizou uma compra de quase R$200 mil reais. Além disso, o pedido foi feito para o ano inteiro no valor total R$1.618.395,00 apenas para o Dasatinibe, processo que está sendo feito para todas as medicações.

Cunho político
O diretor geral estranha essa mobilização, já que ele mesmo ligou e conversou com o padre Marcos Santos e avisou da aquisição do medicamento que irá atender não só ao padre, mas a todos os pacientes que necessitam dessa medicação. O diretor estranhou, também, a informação que recebeu do cunho político deste movimento, tendo como uma de suas lideranças o deputado Zé Franco, ligado ao grupo Amorim.Em apenas 10 dias da nova gestão, os fornecedores estão sendo recebidos sem distinção, sendo atualizados os pagamentos e a rede abastecida normalmente.

SE-100 ligando Pirambu a Pacatuba. Explanação sem a presença da comunidade
Falhou a assessoria do governador em exercício, Jackson Barreto, quando foi na última quarta-feira, 13, para a Câmara de Pirambu expor o projeto da rodovia SE-100, ligando povoados de Pirambu e Pacatuba e não foi feito convite para que a comunidade participasse. Nem o prefeito Élio Martins, foi convidado. A maioria presente no plenário era da comitiva do governo.

Decisão correta e nota para os fornecedores
Foi correta a tomada de posição do governador em exercício Jackson Barreto, reduzir os repasses dos custeios das empresas e órgãos públicos, em detrimento ao pagamento do salário de dezembro e o restante do 13º salário. Porém, como ato de responsabilidade, a secretaria da fazenda deveria emitir uma nota pública em consideração a todos os fornecedores do estado esclarecendo quando as dívidas serão pagas.

PSTU avalia como demagogia briga de Jackson e Amorim
“Estamos acompanhando pela mídia a troca de farpas entre o senador Amorim (PSC) e o governador, em exercício, Jackson Barreto (PMDB). Esses senhores são iguais, até ontem comiam no mesmo prato. O Senador só rompeu com o governo estadual quando o barco começou afundar. E se a vida do povo não melhorou a culpa não é somente de um ou de outro, a culpa é dos dois. Ambos governam contra os trabalhadores e o povo pobre”, afirma Vera Lúcia, presidente estadual do PSTU.

Desabafo na rede social
Na última quarta-feira, 13, o deputado federal Valadares Filho postou o seguinte textoc nas redes sociais:  “Haverá o momento de Aracaju ser  debatida e da gente comparar o programa que apresentei na campanha eleitoral com o programa que está sendo executado pelo prefeito João Alves. E quando este tempo chegar não fugirei da minha responsabilidade. Agora não espere de mim uma oposição retórica e nenhuma antecipação da eleição 2016. A minha grande responsabilidade hoje, é de como deputado federal, defender os interesses de Aracaju, de Sergipe e do Brasil.”

Prefeitura de Lagarto vai licitar folha de pagamento
A Prefeitura Municipal de Lagarto publicou no Diário Oficial do Estado de Sergipe de ontem, 13, (página 19) edital de licitação, através de pregão presencial, para contratação de empresa para realização de serviços de pesquisa e desenvolvimento de projeto com o objetivo de promover a avaliação econômico-financeira dos serviços bancários, de folha de pagamento dos servidores municipais, concessão de crédito consignado, arrecadação de tributos e preços, entre outros.

Esclarecimentos DNIT/SE
Nota enviada pelo Subst.Superintendente Regional – DNIT/SE, engenheiro Carlos Alberto de Moreira Sarmento:  Ao contrário do que pensa o nobre Jornalista, o DNIT não está retirando asfalto de boa qualidade.Através do Programa CREMA 1ª ETAPA em andamento na rodovia BR-101/SE (Acesso a Aracaju) com tráfego de aproximadamente 30.000 veículos/dia, revestimento asfáltico já apresentava trincas de rodas, solevamento da massa asfáltica e trincamento tipos ( transversais, longitudinais, blocos e etc…).Dessa forma estão sendo fresados segmentos alternados para substituição do segmento betuminoso.

Esclarecimentos DNIT/SE II
A duplicação da rodovia BR-101/SE não se encontra paralisada. Estão em andamento os segmentos:- Km 40,0 (Capela) – Km 52,0 (Carmópolis) – a cargo do Exército Brasileiro;- Km 52,0 (Capela) – Km 77,3 (Pedra Branca) – a cargo do Consórcio VMP – Vilasa –MAC-Pavotec;- Km 93,9 (Nossa Senhora do Socorro) – Km 153,0 (Estância) a cargo do Consórcio Queiroz Glavão/Delta;- Km 0,0 (Div. SE/AL) – Km 40,0 (Capela) em licitação através do Regime RDC – Regime Diferenciado de Licitação.

Univasf começa a virar realidade
O senador Eduardo Amorim (PSC) foi recepcionado pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, na manhã da quarta-feira, 13, para tratar de um assunto de grande importância para todos os sergipanos: a instalação da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) em Sergipe. E o resultado não poderia ser melhor, já que Mercadante – que aliás, tem raízes sergipanas, pois seu avô nasceu em Lagarto – autorizou a divulgação de que Sergipe e Alagoas serão contemplados com um campus da Univasf.

Ainda na luta
E nesta quinta-feira, 14, o senador, acompanhado de uma comitiva composta por prefeitos, deputados estaduais e federais, visita a cidade de Petrolina (PE), onde fica a reitoria da Univasf. Eles serão recepcionados pelo reitor, Julianeli Tolentino de Lima. “O ministro sinalizou positivamente com essa implantação, em Sergipe, vamos ampliar esse tema em Petrolina e conhecer o funcionamento, instalações e seus estudantes. A luta apenas começou, só iremos descansar quando tivermos a aula inaugural”, informou Amorim. Como a escolha do local do campus sergipano cabe ao MEC, a partir de estudo que será realizado, cabe as quase 30 cidades localizadas no semiárido nordestinos batalharem por esta conquista que é, sem dúvida, de todos os sergipanos.

Deputada quer adoção de políticas públicas para evitar poluição do rio Poxim
A deputada estadual Maria Mendonça (PP) apresentou Moção de Apelo para que o governador em exercício Jackson Barreto e ao secretário do Meio Ambiente, Genival Nunes, para que sejam envidados esforços para atender o pleito dos ciclistas e remadores sergipanos, os quais clamam pela Adoção de Políticas Públicas capazes de evitar a poluição do Rio Poxim.

Moção de Apelo alerta para histórico de poluição
Na Moção, a deputada Maria Mendonça lembra que mesmo com a identificação desde 1958 de poluição do Rio Poxim ele tem sido uma das fontes de suprimento de água para Aracaju. “Todas as praias que recebem água do rio supracitado são consideradas impróprias para o banho e os vários bairros da capital sergipana que o rio percorre, os quais, na sua maioria não possuem uma rede de saneamento correta e, todos os dejetos que saem das casas, sejam eles, orgânicos ou artificiais são diretamente jogados neste.

Infraestrutura de saneamento precária em São Cristovão
A deputada alerta ainda que no trecho do rio que corta o município de São Cristóvão, toda a infraestrutura de saneamento é precária, principalmente em termos de rede de esgotos, de disposição de lixo e de coleta das águas pluviais e que nas comunidades Parque dos Faróis e Rosa Elze existem invasões (áreas de favelas) na faixa de domínio do rio, o que acentua ainda mais o problema da poluição.

Lixo e desmatamento
Na Moção a parlamentar lembra também do lixo nas margens do rio bem como, de plantas aquáticas em especial, o Junco e o Jacinto Aquático responsáveis por alterações substanciais no ambiente. “O desmatamento das margens e nascentes do rio em tela, a exploração irregular, o despejo de efluentes domésticos, industriais, agroindustriais e, sobretudo, a ocupação inadequada de seu entorno justificam a necessidade da adoção de políticas públicas, com o fito de combater tais problemas”, lamentou.

“Salve o Rio Poxim”
Por fim, para referendar a Moção de Apelo para adoção de políticas públicas para evitar a poluição do Rio Poxim a deputada citou que a sociedade civil, nno último dia 10 de novembro mais uma vez, se mobilizou em prol da causa em tela e, realizou a Campanha intitulada “Salve o Rio Poxim”, um evento em defesa de sua preservação e balneabilidade. “A grandiosidade da bandeira abraçada pelo movimento “Salve o Rio Poxim” que clama por obras de saneamento e construções de Estações de Tratamento de água e esgoto na região abrangida pelo mencionado rio”, concluiu.

Conceição Vieira reafirma apoio a Márcio Macedo
Ao reafirmar o apoio a candidatura do deputado federal Márcio Macedo, para presidir o diretório estadual do PT/SE, a deputada estadual Conceição Vieira disse acreditar que o grupo da colega deputada Ana Lúcia apoiará Márcio. “Apoio o nome do deputado Márcio Macêdo. Avalio que ele tem o perfil mais adequado para este momento do PT. Ele é de mais paciência e de mais disponibilidade para ouvir a diversidade de forças que compõem o partido”, disse.

Democracia
Conceição ressaltou também que, diferentemente, do que tem sido dito por algumas lideranças e por alguns setores da imprensa, a disputa no Processo de Eleições Diretas (PED) não enfraquece o partido. “O PED é um processo democrático. Tanto que eu defendo que Rogério Carvalho, se assim desejar, se integre à diretoria do partido na gestão de Márcio Macêdo”, afirmou.

Em Poço Redondo, prefeito perdeu
O PED teve alguns casos curiosos. Em Poço Redondo o prefeito Roberto Araújo perdeu com a derrota do seu líder o vereador José Augusto que tentava presidir o diretório municipal.

Tim garante a deputado Fabio Reis melhorias em Sergipe
Em novo encontro com representante da TIM, o deputado federal Fábio Reis (PMDB) recebeu informações de novos investimentos da operadora no Estado de Sergipe. As melhorias serão feitas ainda este ano e incluem a instalação de dez novas antenas e de fibra ótica.

Melhorias
O deputado espera que os clientes também sejam beneficiados com as melhorias o quanto antes. “Queremos melhorias e queremos, mais ainda, resultados rápidos e notáveis. Não adianta só investir, o cliente tem que notar, no dia a dia, que o serviço está melhor”, afirmou.

Novas antenas
A TIM é a quarta operadora em Sergipe, com dois milhões de celulares ativos e 30% dos municípios cobertos. O parlamentar destaca que “quanto mais a empresa investir no Estado, mais clientes vai ganhar”.Para a instalação das dez novas antenas, serão investidos R$ 15 milhões e, para instalar a fibra ótica em todo o Estado, a TIM gastará R$ 1,7 milhão.

Capacidade da rede
André Gustavo, representante da operadora, disse que o objetivo é aumentar a capacidade da rede. A previsão de conclusão dos projetos é o fim de 2013. Para André, a aprovação do Projeto de Lei 5013/2013, conhecido popularmente como PL das Antenas, sanará 80% dos problemas de expansão dos serviços. “Mas para garantir este efeito, o projeto necessita de convergência entre os setores envolvidos e de uma previsão de regulamentação”, ressaltou.

Câmara Aracaju poderá retirar folha de pagamento do Banese
A Câmara de Vereadores de Aracaju vai interpelar judicialmente o Banese por falta de transparência em suas operações e também não descarta a possibilidade de retirar a folha de pagamento da instituição. De acordo com o presidente da Casa, Vinícius Porto (DEM) há dois meses foi aprovado requerimento, de sua autoria, o qual solicita ao banco que torne públicas informações sobre  financiamentos e patrocínios feitos no período de 2011 a 2013. “Até o momento não houve nenhuma resposta do Banese sobre o assunto, o que demonstra o total descaso e falta de respeito com a Câmara”, enfatiza Vinícius.

Informações
O requerimento aprovado em 19 de setembro deste ano e assinado por 15 dos 24 vereadores solicita do Banese informações referentes ao total de empréstimos consignados de janeiro de 2011 a agosto deste ano. O requerimento também pede de forma detalhada quais os eventos patrocinados pelo banco neste mesmo período, especificando datas, os valores, locais, os responsáveis pelos eventos e o tipo de evento.

Detalhamento
“O que solicitei foi o detalhamento desses negócios. Saber de que forma os recursos estão sendo investidos, os riscos das operações. Queremos ter acesso a informações, mas o Banese demonstra não ser transparente”. É o que lamenta o presidente Vinícius Porto ao destacar que a Câmara de Vereadores de Aracaju também é cliente do Banco e por esse motivo não pode se destratada da forma como está sendo. “Por diversas vezes tentei contato com a presidente do Banco, Vera Lúcia de Oliveira e ainda com a diretoria, mas o silêncio foi a resposta”, lamenta ele.

Possibilidade
Diante da situação, Vinícius Porto afirma que estuda a possibilidade de retirar a conta da CMA do Banese. “Não descarto retirar a folha de pagamento dessa instituição financeira por conta da arrogância da presidência do Banco e da sua tentativa de desqualificar a Casa do Povo composta por 24 vereadores eleitos pela vontade do povo”, disse ele.

Iran destaca reunião sobre a Zona de Expansão
O vereador Iran Barbosa, do PT, destacou a reunião realizada ontem, na OAB de Sergipe, com representantes da Frente Ampla em Defesa da Zona de Expansão para Aracaju (Faze) e a deputada estadual Ana Lúcia (PT).Nesta reunião, o presidente da OAB/SE, Carlos Augusto Monteiro, apontou que todo o material apresentando pela Faze, relativo à disputa judicial entre Aracaju e São Cristóvão pela incorporação da Zona de Expansão, será encaminhado para a Comissão de Estudos Constitucionais, que irá fazer um estudo aprofundado e encaminhar os resultados ao Conselho Seccional da Ordem.

Deliberação
“E este Conselho poderá deliberar pelo acompanhamento do processo que já está no STJ, ou para ajuizar novas ações relativas a esta questão, que envolve a Zona de Expansão de Aracaju. É mais um passo importante nessa discussão polêmica”, disse o vereador.

Concurso PM/SE
Chegou a hora do governador em exercício Jackson Barreto acelerar esse concurso para Polícia Militar, pois o que acontece hoje é um caos generalizado na segurança pública. A polícia precisa estar na prevenção, precisa estar nas ruas, porém o efetivo é pequeno e não acompanha o crescimento populacional”, iniciou assim o seu pronunciamento o vereador Max Prejuízo (PSB) em pronunciamento na Câmara de Aracaju.

Insegurança
O parlamentar informou que diariamente tem sido surpreendido com as ações dos marginais e citou o conjunto Augusto Franco, onde furtos e roubos têm sido uma constante no dia a dia da comunidade. “Todos os dias acontecem assaltos no conjunto Augusto Franco. Os marginais estão à solta amedrontando a comunidade que fica a mercê da falta de segurança. As cidades do interior de Sergipe vivem de forma assustada. São delegacias com apenas dois policiais, fora que cerca de 80% dos municípios não tem a guarda Municipal, que seria a grande parceira da Polícia Militar”, disse Max.

Serviços advocatícios
A fim de regularizar a situação das empresas registradas na Junta Comercial de Sergipe e que têm serviços advocatícios em seu objeto social, a Jucese solicita que os representantes dessas empresas compareçam ao órgão o mais breve possível. Isso porque o cadastro delas deve ser feito pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de cada Estado, segundo decreto da própria entidade.

Lotação em escola de Umbaúba
Através da Assessoria de comunicação a Secretaria de Estado da Educação esclarece que tem conhecimento do número excessivo de alunos no Colégio Estadual Garcia Filho, em Umbaúba, porém, não conseguiu convencer aos alunos a se matricularem na unidade BBN, como sugere o seu leitor. É que o Colégio Garcia Filho fica no centro da cidade e melhor localizada, enquanto a BBN fica num bairro mais afastado, o que não atrai aos estudantes.

Debate no Fórum Empresarial de Sergipe
“As reuniões internas do Fórum Empresarial são encontros que enriquecem as agendas e as pautas das entidades e dos participantes”. Foi assim que Jorge Santana, CEO da INFOX, definiu os encontros que a entidade passou a realizar este mês. Dentre os objetivos, a iniciativa visa melhorar o fluxo de comunicação no Fórum. “Não são temas limitados à ação das entidades. Nas reuniões internas discutimos questões como as de hoje: reforma política, questões nacionais, ligadas à democracia e sociedade participativa”, comenta Santana.

Interação
Segundo o presidente da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia de Informação, Software e Internet do Estado de Sergipe (Assespro/SE), Antônio Henrique dos Santos, as discussões são comuns às entidades e a temática vai desde questões tributárias, econômicas, políticas àquelas de interesse geral da sociedade. “A função da nossa entidade, por exemplo, é transversal e envolve todas as outras, por isso necessitávamos desta percepção geral. Agora também temos uma interação maior com outros órgãos. Através do Fórum, por exemplo, hoje temos uma comunicação mais próxima com a Sefaz e conseguimos até antecipar algumas informações”, revela Santos.

Soluções práticas
O coordenador do Fórum Empresarial de Sergipe, Roger Barros, destaca os estudos que surgiram após o primeiro encontro interno, realizado no início deste mês. “Queremos soluções práticas para mudanças importantes, como as reformas tributária, política e trabalhista. Assim não ficaremos só no discurso e poderemos resolver as demandas do setor produtivo. Nesta segunda reunião encaminhamos, dentre outros temas, pautas futuras como: o papel do SergipeTec, as eleições da nova Coordenação e o nosso próximo convidado da reunião-almoço, o governador em exercício Jackson Barreto”, informa Barros.

Legalidade
Durante o encontro, que aconteceu na terça-feira(12), no Hotel Aquários, os representantes do Fórum debateram também a antiga taxa de iluminação pública, agora Contribuição de Iluminação Pública (CIP). “Estaremos encaminhando um ofício para OAB/SE para que ela coloque em seu Conselho sobre a legalidade desta taxa. Se for possível, entraremos com uma ação pública a este respeito”, garante Barros.

Os demônios
O Juiz Manoel Costa Neto estará na segunda´feira, 18, no Centro Espírita Casa da Fraternidade, proferindo palestra  as 20,horas sobre:"Os demônios Segundo o Espiritismo. Uma opoetunidade ímpar de ser mostrada uma outra realidade e infomando ao público sobre a visao espírita de forma racional sobre o assunto. O pubico pode interagir com o palestrantre e assim dirimir dúvidas. A palestra é aberta e a Casa da Fraternidade fica situada Rua Porto da Folha, 1236, bairro Cirurgia.

Executivos do Grupo Estácio FASE visitam SE
Sergipe recebe  nesta quinta-feira, 14, a visita de executivos do Grupo Estácio FASE. Rogério Melzi, presidente do Grupo Estácio, chega acompanhado de Elísio Alcântara, diretor da regional nordeste, e de Virgilio Gibbon, diretor executivo de finanças e de relações com investidores. Os diretores estão sendo recepcionados por Paulo Rafael Nascimento, diretor da Estácio FASE, e pelos professores da instituição. Na agenda dos executivos, visita ao campus da faculdade e palestra do presidente do grupo Estácio para os docentes da FASE.

Novidades
Novidades devem ser anunciadas para o nordeste, importante mercado para o grupo. Um dos maiores e mais conceituados grupos de ensino superior da América Latina, a Estácio atua há 43 anos no país. A instituição, presente em todas as regiões geográficas do Brasil, possui cerca de 4 mil funcionários, corpo docente de 7,5 mil professores e 340,4 mil alunos matriculados.  O Grupo é formado por 39 instituições de Ensino Superior, entre Universidades, Centros Universitários e Faculdades, está presente em 20 estados e no Distrito Federal.

Volta de Aracaju terá suporte do Hospital Primavera
O Hospital Primavera é um dos grandes apoiadores da 5ª edição da Volta de Aracaju, tradicional evento esportivo organizado pela TV Sergipe, que acontecerá no próximo dia 15 de novembro. A competição reunirá atletas de Sergipe e outros Estados, distribuídos em diversas categorias, sendo que a concentração será na Avenida Oviêdo Teixeira, em frente ao Planetário.

Dia do Funcionário Público
Em comemoração ao dia do funcionário público, a Associação de Servidores de Câmaras Municipais do Estado de Sergipe – ASCAM/SE realizou no dia 1º de novembro um passeio com destino a cidade de Canindé de São Francisco, com direito a passeio de catamarã e uma visita a cidade de Piranhas no Estado de Alagoas. “Sabemos que o funcionário público não tem muito que comemorar, mas foi uma forma que encontramos para unir a categoria e conhecer os pontos turísticos da nossa região”, disse o presidente da entidade Elias Aureliano, informando que outros eventos já estão programados.

Vida Bela Praia Mar é financiado pelo BB
No último dia 6, os clientes do  Vida Bela Praia Mar Condomínio Clube, obra em execução na Barra dos Coqueiros, foram recebidos no Hotel Mercure para pela Jotanunes e Banco do Brasil (BB) para evento de financiamento. Além de apresentar informações sobre o acompanhamento de obra, que agora pode ser conferida através de vídeo no canal da Jotanunes no youtube, a empresa forneceu  previsões de cada etapa do empreendimento e prazos de entrega. A equipe do BB também acolheu o público e apresentou as vantagens da antecipação do processo de financiamento, inclusive, disseminando a possibilidade de ganhos financeiros com a adesão. Os clientes saíram contentes com tudo o que viram.

Agenda
14 de novembro – Dia MUNDIAL DO DIABETES, NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO e também dia dos BANDEIRANTES.
Em 1864 é fundada a PRIMEIRA INTERNACIONAL DOS TRABALHADORES, associação do proletariado socialista, dirigida, entre outros, por Karl Marx. O objetivo é coordenar a ação política de partidos de esquerda em vários países. Foi dissolvida em 1876. Enquanto isso, no mesmo ano (1864), irrompe a Guerra do Paraguai, o maior conflito da história da América do Sul, que se estenderá até 1870.
FRASE – “Uma coisa só existe na medida em que ela percebe ou é percebida.” – George Berkeley, filósofo irlandês (1685/1753).
O papa Francisco profere homilia em que condena radicalmente a corrupção em todo o mundo. TV paga fica longe da meta de 20 milhões de assinantes em 2014. Contusão de Messi pode tirá-lo da Copa, afirmam médicos espanhóis. Ciclone mata pelo menos 100 pessoas na Somália. Proposta de contribuição para a saúde é derrotada em comissão do Congresso. Irã e ONU fazem acordo para inspeções nucleares. Kassab mantém apoio a Dilma mesmo depois que bateu de frente com Haddad. Para Serra, Lula será candidato em 2014. Filho de José Alencar poderá ser ministro. Aloísio Mercadante deverá assumir a Casa Civil. Hotéis vão enfiar a faca nos turistas que virão para a Copa. No Rio de Janeiro, no período dos jogos, uma diária vai custar quase10 vezes mais que o normal. Consultoria afirma que expectativa de fusões está menor no país. Centrais sindicais promovem campanha contra o fator previdenciário. Dívidas acumuladas reduzirão fatia do décimo-terceiro salário para presentes. São Paulo recebe, diariamente, 1 milhão de pessoas no Brás e 800 mil na 25 de março.

Curtas
STF DECIDE SOBRE PRISÕES DO MENSALÃO. /// CONGRESSO PODE ANULAR SESSÃO QUE TIROU JANGO DO PODER. /// JUSTIÇA MANDA SOLTAR ESTUDANTES PRESOS EM DESOCUPAÇÃO DA USP. /// ANS SUSPENDE COMERCIALIZAÇÃO DE 150 PLANOS DE SAÚDE. /// TRIBUNAL DE JUSTIÇA DERRUBA LIMINAR E AUMENTO DO IPTU VOLTA A VIGORAR EM SÃO PAULO. /// EXUMAÇÃO DE JANGO NÃO TEM PREVISÃO PARA SER CONCLUÍDA. /// AURÉLIO MIGUEL É ACUSADO DE PARTICIPAR DA MÁFIA DO ISS. /// CAMPO DE FRANCO, NA BACIA DE SANTOS, PODE SER TÃO GRANDE QUANTO O DE LIBRA.

ESPORTE  – O  ESPAÇO DO ALCEU –  por Alceu Monteiro

Carlos Rodrigues
Um dos mais combativos, competentes e dedicados radialistas de Sergipe, Carlos Rodolfo Rodrigues Góis foi chamado por Deus, há dois anos. Amanhã, 15 de novembro, feriado em que se comemora a proclamação da República, às 8 horas da manhã, na Catedral Metropolitana, será celebrada missa em sufrágio de sua alma. Não conheço alguém que possa ter tido, em sua existência, tanto amor ao rádio quanto esse velho companheiro.  Sua dedicação era incomparável. Mestre da improvisação, Rodrigues era, ao mesmo tempo, firme em suas críticas. Vamos renovar, nesta sexta-feira, nossas orações pelo antigo militante das boas causas.

Copa de Natação
O bancário aposentado Milton Oliveira (BB) voltou a brilhar na Copa TV Sergipe de Natação. Laureado em anos anteriores, Milton conquistou a medalha de prata na categoria Seniores (acima de 55 anos). Além de esportista, Milton Oliveira é diretor do departamento de aposentados do Sindicato dos Bancários e secretário do Conselho de Usuários da CASSI. É, também, membro atuante da Central dos Trabalhadores do Brasil.

Circuito Caixa de ginástica
Grandes nomes da ginástica artística masculina e feminina, e também da ginástica rítmica participarão, no próximo domingo, da etapa final do Circuito Caixa da referida modalidade. As competições ocorrerão no Ginásio de Esportes do Augusto Franco.

Pré-Infantil
Outra atividade importante na ginástica nacional terá lugar no próximo fim-de-semana, em nossa capital. Trata-se do Campeonato Brasileiro Pré-Infantil de Ginástica Artística, que terá como local, de igual forma, o Ginásio de Esportes do Augusto Franco. Hoje, quinta-feira, às 19 horas. Amanhã, sexta-feira, às 15 e no sábado, às 14 horas.

Memória esportiva
14 de novembro – Em 1959, o Coritiba vence o Atlético do Paraná, por 6 X 0, e registra a maior goleada sobre o rival em todos os tempos.
15 de novembro –  Em 1972, o Botafogo goleia o Flamengo por 6 X 0, no Maracanã, pelo campeonato brasileiro. Os gols foram marcados por Jairzinho (3), Fischer (2) e Ferreti.
16 de novembro –  Em 1963, o Santos torna-se bicampeão mundial interclubes ao derrotar o Milan, da Itália, no jogo-desempate, realizado no Maracanã. O autor do gol da vitória do Santos foi o lateral-esquerdo Dalmo, de pênalti.

Prêmio FIFA
Finalistas do troféu Ferenc Puskas, cujo vencedor será anunciado pela FIFA em 13 de janeiro de 2014: 1. Peter Ankersen, Lisa de Vanna, Antonio di Natale, Zlatan Ibrahimovich, Panagiotis Kone, Daniel Ludueña, Nemanja Matic, Louisa Nécib, Neymar e Juan Manuel Olivera. Este último foi classificado por causa de gol assinalado pelo Náutico, contra o Sport do Recife, na Copa Sul-Americana. Neymar concorre com o gol marcado contra o Japão, na Copa das Confederações. O craque brasileiro, que brilha atualmente no Barcelona, ganhou o prêmio do gol mais bonito em 2011, com um belo gol, em alto estilo, marcado contra o Flamengo, quando jogava pelo Santos.

Messi
O craque argentino do Barcelona não mais atuará em 2013. O jogador, considerado o número um do mundo, na atualidade, sofreu ruptura muscular na perna esquerda. Ao contrário do que foi anunciado pela imprensa espanhola, num primeiro momento, já no início de 2014 Messi estará de volta ao Barça.

Brasil X Honduras
O amistoso será disputado sábado, às 22,30 horas, em Miami, nos Estados Unidos. No dia 19, terça-feira, a seleção brasileira fará sua última apresentação em 2013. Será em Toronto, no Canadá, contra o Chile.

Big Brother
As torcidas de Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo serão as mais vigiadas, em 2014. Acordo com o MPE prevê a instalação de uma grande quantidade de câmeras para vigiar os membros das torcidas “organizadas”.

Brasileirão
Resultados de ontem: O Cruzeiro venceu o Vitória por 3 X 1 e conquistou o título da série A.
Grêmio 1 X 0 Vasco – Goiás 2 X 0 Ponte Preta – Criciúma 2 X 1 Atlético PR – São Paulo 2 X 0 Flamengo – Corinthians 1 X 0 Coritiba – Botafogo 0 X 0 Portuguesa.
Jogos de hoje – Santos X Bahia – Fluminense X Náutico  – Atlético Mineiro X Internacional.

PELO TWITTER

www.twitter.com/79opaulino  #Bomdia #bomcaminho  Conectar-se com a consciência e conversar com o anjo da guarda é um forte remédio para manter o foco no que é essencial

www.twitter.com/ManuSanthiago  Pessoas que vivem no cárcere da própria mente, não é capaz de coibir uma mente livre.

www.twitter.com/mendoncaprado  Infelizmente, a reforma política não foi realizada e, por essa razão, o país continuará com esse sistema deformado e improdutivo. A quantidade de siglas partidárias prejudica o bom debate.  A maioria delas serve apenas de instrumento para exigência de cargos públicos.

www.twitter.com/ThalesBrandao  Existem muitas pessoas que estão próximas de vc – e prontas para meter a rasteira no seu caminho.

www.twitter.com/jrobertotgomes  Nunca vi um horóscopo, por menos otimista, que começasse com: ih, hoje você vai se dar mal,vai quebrar a cara e perder tudo…

www.twitter.com/AdrianoArgolo  O monopólio da mídia no BR não existe em nenhuma grande democracia no mundo! O que existe no Brasil é uma ditadura midiática de 5 famílias!

PARA DEBATE / INTOLERÂNCIA RELIGIOSA

Mais um Terreiro de candomblé pode ser fechado em SE.Blog é solidário a luta em defesa da liberdade religiosa

O caso chegou à secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República que emitiu nota em que afirma que as práticas estão protegidas pela constituição

Hoje, 14, às 10h, no Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de São Cristóvão, no Fórum José Gonçalo Rollemberg Leite( Campus UFS) será julgada a Ação Penal contra o professor Rivaldino Santos, pai de santo, pertencente à religiosidade de Matriz Africana (candomblé).  O vizinho do pai de santo fez a denúncia sob a alegação de maus tratos a animais e perturbação do sossego público.  Ao tomar conhecimento do processo, Rivaldino procurou a Ouvidoria Estadual dos Direitos Humanos e da Cidadania solicitando, por meio do Ouvidor Elito Vasconcelos, apoio na defesa da liberdade religiosa e pleno exercício do culto afrodescendente. O pai de Santo garante que está sendo vítima de Intolerância Religiosa.

O caso chegou à Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da presidência da República, que por sua vez emitiu nota sobre o caso. Terreiros de candomblé realizarão amanhã, às 9h em frente ao Fórum da UFS um ato de protesto em defesa ao culto das religiões de matrizes africanas.

De acordo com Rivaldino, há uma articulação para a criação de uma igreja católica na comunidade, e as testemunhas do denunciante, que também são policiais  estariam à frente da mobilização para essa construção. “É muito claro que este é um caso de Intolerância Religiosa por vários motivos. Primeiro, o denunciante afirma que perturbo o sossego alheio, mas ele mesmo coloca o som do carro muito alto, o que prova a postura contraditória dele; Depois fala de maus tratos aos animais, acontece que tenho oito cachorros que crio com cuidado e amor, ele se refere à prática  denominada imolação, um dia antes do ritual, compro o animal, ele não convive comigo.  O toque do tambor e a imolação são os pilares, a base da prática religiosa. É totalmente contraditório e claro que estou sendo vítima de intolerância religiosa”, argumenta o pai de santo.

Para o Ouvidor Estadual dos Direitos Humanos, Elito Vasconcelos é preciso compreender a prática religiosa, que tem uma legislação específica e é protegida constitucionalmente. “É preciso haver uma maior compreensão e conscientização cultural dos membros dos vários segmentos da sociedade (Executivo, Judiciário, Ministério Público, etc), para que saibam conduzir esses processos sabendo diferenciar o que é a perturbação do sossego e maus tratos aos animais da prática do ritual religioso. Os rituais do candomblé, da umbanda e outras práticas da religiosidade de matriz africana são amparados pela Carta Magna e legislações ordinárias. Não podemos permitir que em pleno século XXI a prática de Intolerância Religiosa pela sociedade que se camuflam em justificativas como a do senhor autor do processo”, explica o Ouvidor.

A Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e da Cidadania, através da Ouvidoria dos Direitos Humanos e da Cidadania vem acompanhando vários casos desta natureza, inclusive, com fechamento de terreiros de umbanda e candomblé pela Justiça. Confira a nota emitida pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da presidência da República sobre o caso:

NOTA DA SECRETARIA DE POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL/ SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA COMUNIDADES TRADICIONAIS

            A Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República, SEPPIR/PR, ciente do processo nº 201383500735, em curso perante o Juizado Especial Cível e Criminal de São Cristóvão-SE, no qual é réu o senhor Rivaldino Santos, denunciado com base no art. 42, I e III da Lei das Contravenções Penais (Lei 3.688/1941); e no art. 32, caput, da Lei de Crimes Ambientais (Lei nº. 9.605/1998), apresenta o quanto segue:

1.VEDAÇÃO DE EMBARAÇO ÀS PRÁTICAS TRADICIONAIS DE MATRIZ AFRICANA – As práticas tradicionais de matriz africana, como expressão de religiosidade e manifestação cultural de povos e comunidades tradicionais, encontram-se protegidas pelas seguintes normas:

a)      Constituição Federal, cujo art. 5º, VI, estabelece a inviolabilidade da liberdade de consciência e crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e à sua liturgia. No mesmo sentido, o art. 19, I veda à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança.

b)      Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho, aprovada em 1989, instrumento internacional vinculante e supralegal, do qual o Brasil é signatário, que trata especificamente dos direitos dos povos tradicionais, cujo art. 5º estatui o dever de reconhecimento, na aplicação da Convenção, dos valores e práticas sociais, culturais, religiosos e espirituais dos povos e comunidades tradicionais.

c)      Convenção sobre a Proteção e Promoção da Diversidade das Expressões Culturais, de 2005, aprovada pelo Congresso Nacional por meio do Decreto Legislativo nº. 485, de 20 de dezembro de 2006.
2.AUSÊNCIA DE MAUS-TRATOS A ANIMAIS – A sacralização de animais é parte essencial das práticas tradicionais de matriz africana, de modo que se encontra protegida pelo conjunto normativo anteriormente exposto, constituindo a sua criminalização um constrangimento à renúncia de crença, em clara transgressão aos direitos fundamentais. Ao se exigir a supressão total de um direito fundamental em detrimento de outro, afronta-se o princípio hermenêutico da concordância prática ou da harmonização, que impõe a coordenação dos bens jurídicos em conflito, de maneira a evitar a anulação total de um em função do outro. A melhor interpretação, portanto, exclui a sacralização do tipo do art. 32 da lei nº. 9.605/1998: “Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”. Ao analisar mais detidamente a norma, é possível distinguir quais ações foram objetivadas pelo legislador. “Abuso” se trata, literalmente, da prática que ultrapassa o uso regular, referindo-se, portanto, à utilização econômica do animal, ausente no caso em questão por sua natureza ritual. Tampouco há que se falar em “maus-tratos”, uma vez que os ritos pertinentes ao abate de animais de pequeno porte em práticas tradicionais de matriz africana exigem que a sacralização ocorra sem violência ou crueldade contra o animal, o que exclui a prática enunciada no tipo. Por fim, ressalte-se que a legislação tem o cuidado de não incluir a ação de “matar animal” entre ações típicas enunciadas pela norma.
3.EXERCÍCIO REGULAR DE DIREITO – Raciocínio idêntico é aplicável quanto à utilização da voz e de sinais sonoros, aspecto que está longe de ser exclusivo das práticas tradicionais de matriz africana, encontrando-se presente na generalidade das manifestações deste tipo nas diversas culturas. O enquadramento da manifestação sonora no tipo do art. 42 da Lei das Contravenções Penais significaria, de fato, a inviabilidade da prática tradicional, não cabendo, portanto, entre as hipóteses do tipo.
4.CONCLUSÃO. Conclui-se, portanto, que os fatos discutidos no processo em comento não configuram ilícito penal, uma vez que se encontram protegidos explicitamente por normas constitucionais e pela aplicação dos princípios consagrados de hermenêutica constitucional.

Silvany Euclênio Silva
Secretária de Políticas para Comunidades Tradicionais
SECOMT/SEPPIR/PR

ARTIGO

Desafios da Segurança Pública e capacitação profissional. por Eduardo Marcelo Silva Rocha

Em qualquer organização que se dispõe a obter resultado através de pessoas a capacitação profissional deve ser questão central em toda sua amplitude, não apenas na formação, mas no constante treinamento das técnicas usuais e na reciclagem frente às novas tecnologias.

Essa mesma assertiva cabe no serviço público, notadamente na segurança, quando sabemos que as policias estão legalmente autorizadas ao uso da força. Uma peculiaridade dentro da já peculiar atividade policial.

Se pensarmos que as polícias (militares) estão na linha de frente das ruas, lidando com as mais diversas situações e riscos, deparando-se com questões limites que lhe exigem raciocínio rápido e atuação imediata, é fácil entender a complexidade e os riscos da atividade.

Podemos dizer tratar-se de “mistura explosiva”, pois o policial é um dos poucos profissionais que ao cometer um erro no desempenho de suas funções corre risco de morrer e/ou  cometer  crime. Duas péssimas possibilidades.

O fato de ser essa a natureza do serviço policial, além de voluntário, não exime o estado da sua obrigação de gestor. A ele cabe ser fomentador e mantenedor das políticas de capacitação através dos seus órgãos em cada  escalão, pois o destinatário de tais serviços públicos é o povo, que necessita do profissional corretamente preparado.

Pois a linha por sobre a qual o policial militar anda é tênue. Tênue e instável.

Pensemos hipoteticamente: um turno de serviço transcorre sem maiores alterações – sem nenhum registro de delitos – em dado momento é possível o policial  deparar-se com uma ocorrência e ao atendê-la, um instante de dúvida ou hesitação significa a diferença entre a vida e a morte de um inocente, o êxito ou o fracasso da sua missão.

Se um professor falhar em um dado momento ele pode se corrigir adiante sem prejudicar seu aluno, o policial dificilmente tem essa opção.

Não é incomum que profissionais não percebam estar errando, por absoluto desconhecimento da lei, quando não devidamente capacitados em uma situação muito específica e nova. Mas sequer podem alegar que não agiram de modo diversos por não saber que a lei  vedava aquela conduta adotada, pois em nosso sistema jurídico não é possível alegar desconhecimento da lei em defesa própria (a importância da capacitação, nos termos aqui colocado, se avoluma).

A título de exemplo, quando passou a vigorar a “Lei Maria da Penha”, soube-se que muitos policiais continuaram a não fazer a condução das partes ao distrito policial, apesar da nova Lei obrigar que tal condução seja feita, independente da vontade da vítima,  (na verdade, é possível que ainda se ocorra isso, por mais ilegal que o seja).

Essa não condução, na inteligência da lei (ao menos na época que a lei foi sancionada) configura-se crime de prevaricação.

Se a própria administração pensar em termos de economia – desconsiderando até o profissional – perceberá que o investimento em capacitação significa uma imensa redução de custos, na medida que evita gastos adicionais gerados pelo afastamento de policiais. E, principalmente, ao se ter  o profissional desempenhado seu papel com elevado grau de conhecimento das técnicas e da Lei, estará assegurando à sociedade uma maior plenitude de um serviço público – segurança pública – tão sensível.

(Mas que não esqueça o policial, afinal ele também é um pai de família, é um cidadão, apesar de o policial militar ser um cidadão com menos direitos de cidadania que a maioria esmagadora da população.)
Portanto, a obrigação estatal de zelar pela capacitação dos seus membros é importantíssima, vez que a correta preservação da ordem pública – levando aos cidadãos a sensação verdadeira de segurança – perpassa, ou melhor exige, que os  profissionais que  desenvolvem tais funções sejam bem treinados, afinal a segurança defende de forma incisiva o maior bem do ser humano: a vida!

*Mestre em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública.

ARTIGO

Gestão Pública: política ou técnica? Por Carlos Augusto Meneses Marçal

No Brasil não é fácil ser gestor público. Não é fácil lidar com uma legislação complexa e controversa em diversos pontos, ser eficiente, e ainda ter de prestar contas a diferentes instituições com diferentes modos de pensar.

É cada vez maior a busca pela eficiência e por resultados na gestão pública, o que tem levado os gestores públicos a se cercarem de pessoas capacitadas tecnicamente para melhor enfrentar os desafios cotidianos. O que se observa na prática é que, na maioria das vezes, os gestores assumem sem a real consciência de todos os aspectos que envolvem a gestão pública, e ainda para piorar, nomeiam auxiliares por indicação política, ao invés de buscar profissionais capacitados e cada vez mais prontos para o exercício da gestão pública, ferindo de morte a qualidade do serviço público. São os arranjos políticos de campanhas eleitorais que acompanham os gestores.  A gestão pública moderna requer do administrador, critério profissional ao invés do político.

O gestor político cumprimenta todo mundo nas ruas, tem uma boa relação com lideranças partidárias, tem visão política e mantém uma boa relação com o seu partido político. O gestor político em sua maioria tem receio de ser transparente, pois teme ser questionado sobre suas ações. Quando falta transparência na gestão pública, evidencia a intenção de ocultar erros e/ou falhas na administração. Já gestor técnico possui uma boa qualificação técnica, sabe planejar e controlar gastos e ações.  Afinal, o bom gestor público deve ser político ou técnico?  Deve saber mesclar as duas qualidades: conhecimento técnico e habilidade política para ter sucesso.

Segundo dados da FIRJAN a maioria das cidades brasileiras não administra seus recursos de forma satisfatória. Os dados são do IFGF 2013 (Índice Firjan de Gestão Fiscal – dados de 2011) que mede cinco indicadores: Receita Própria, Gasto com Pessoal, Investimentos, Liquidez e Custo da Dívida.  A região Sul sustenta o melhor desempenho, com 47,8% de seus municípios entre os 500 com melhores gestões, enquanto 72,2% dos 500 piores resultados pertencem ao Nordeste.  Na lista dos dez priores colocados, quatro são da Paraíba, dois do Rio Grande do Norte, além de cidades de Alagoas, Sergipe, Maranhão e Pernambuco.

A maioria absoluta das prefeituras não tem capacidade de gerar os recursos próprios, por isso 83,8% foram avaliadas em situação crítica no indicador IFGF Receita Própria. No caso de Sergipe, dos 74 municípios analisados, 52 cidades (70,3%) apresentam situação crítica e 19 cidades (25,7%) foram classificadas com gestão difícil. Nenhum município foi avaliado com gestão de excelência. Para piorar, Sergipe é o estado com maior presença relativa na parte inferior do ranking nacional: 41,9% de suas prefeituras (31) ficaram entre as 500 mais mal avaliadas do país, sendo  que Aquidabã figura entre os dez piores resultados nacionais.

Enquanto o município de Santa Isabel-GO (3.686 hab.) obteve um IFGF Receita Própria de 0,6301 ocupando o 228° do ranking nacional, municípios bem maiores e desenvolvidos em nosso Estado, como Lagarto (0,1744 – 2.635°); Tobias Barreto (0,1558 – 2.894°); Itabaiana (0,2790 – 1.499°); NS. Socorro (0,2838 – 1.448°) e Estância (0,3405 – 1.088°) obtiveram índice bem baixo no ranking nacional, o que demonstra falta de capacidade na administração fiscal do município.

Na contramão destas evidências, pipocou na mídia o ato público promovido pelas associações dos municípios do Estado de Sergipe, realizado no dia 28 de outubro de 2013 nas dependências da Assembleia Legislativa, intitulado “Sergipe unido contra a crise financeira dos municípios”. No geral os pronunciamentos defenderam basicamente que a queda de receita, o aumento das despesas, bem como o cumprimento da LRF, estão afetando as finanças e comprometendo os serviços públicos ofertados nos municípios. Neste ato o governo Federal foi considerado o principal culpado pela crise financeira vivida pelos municípios sergipanos. Claro que o governo Federal tem a sua parcela de culpa, no entanto a má gestão tem contribuído também para o agravamento desta crise. A maioria dos municípios não consegue sequer arrecadar as suas próprias receitas e enquadrar suas despesas e dívidas à LRF. Os municípios reclamam da crise financeira: mas gastam os minguados recursos também com festas, consultorias, publicidades e proliferam as suas administrações com cargos comissionados para abrigar pessoas do grupo político e/ou aliado do gestor de plantão. E ainda mais, ficou acordado no ato público que em sinal de protesto as prefeituras iriam parar no dia 01 de novembro de 2013. E de fato pararam. Ora se as prefeituras com as portas abertas, a referida crise financeira compromete os serviços públicos ofertados aos municípios. Imagine o comprometimento que foi com as prefeituras fechadas.

Os municípios são responsáveis pelo desenvolvimento local e dessa forma podem assumir a responsabilidade pelo seu desenvolvimento, aproveitando nas vocações econômicas, seus recursos e potencialidades com o objetivo de reduzir a sua independência dos recursos da União, ao invés de ficarem reclamando do governo Federal.  Daí a necessidade de gestores públicos com capacidade profissional para gerir os recursos públicos e melhorar a qualidade de vida no seu município.

Gestores Públicos: presidentes, governadores e prefeitos, na sua essência já é político; indicado por partido político, e eleito pelo povo através do voto.  E a gestão pública dos Tribunais de Contas é política ou técnica? Considerando que nos Tribunais de Contas, predomina a indicação política de seus membros, e a maioria dos seus atos são efetivados de forma colegiada. Com certeza a sua gestão é mais política do que técnica. Tribunais de Contas apesar desse entrave tem buscado uma gestão mais técnica do que política com o objetivo de aperfeiçoar o controle externo. Em nosso Tribunal, com certeza a gestão política se sobrepõe a técnica: basta verificar a quantidade excessiva de cargos comissionados, a ausência de transparência integral dos seus atos, a morosidade na apreciação e julgamento de processos, a publicidade demasiada, e o mais grave; a precarização da sua atividade de controle externo (atividade técnica), razão de ser dos Tribunais de Contas. Quando a gestão política nos Tribunais de Contas se sobrepõe a técnica, a qualidade dos serviços públicos tende também a piorar.

Não podemos aceitar a tese da maioria dos gestores das cidades brasileiras, principalmente do Estado de Sergipe: que a culpa da crise financeira da maioria dos municípios se deve tão somente ao governo Federal em virtude da concentração de receitas e da LRF. Dados do IFGF evidenciam que municípios pequenos e também dependentes de repasses do governo Federal, tem boa gestão. Se politicamente não rende votos e ou dividendos políticos, cobrar impostos próprios como IPTU, ISSQN, ITBI e também se adequar a LRF: não podemos culpar tão somente o governo Federal pela crise financeira que afeta os municípios. O que realmente falta é uma gestão pública onde a capacidade técnica para gerir os recursos públicos e ofertar um serviço público de qualidade se sobreponha a política.

“ Gestor público inteligente é aquele que compõe a sua equipe com pessoas mais inteligentes do que ele, pois isto lhe possibilitará assimilar conhecimento. “ (Agileu Batista)

* Analista de Controle Externo/TCE.Sergipe

ARTIGO

Vestibular! Qual a profissão a seguir  por Robson Carvalho*

Final ano chegando, muitos jovens indecisos qual a carreira a seguir, qual o curso deve prestar vestibular. Escutar opiniões para se decidir é importante, mas cuidado…

Sou Professor, Gestor Financeiro, Especialista em Gestão Empresarial, Finanças e Recursos Humanos. Converso com várias pessoas e jovens sobre esse assunto e dificilmente se chegam a um denominador comum. Um dia desses na empresa em que trabalho, os colegas estavam discutindo sobre qual carreira certa a seguir. Coincidentemente, no momento em que entrei na copa onde estavam escuto a frase: “Administração não é curso que dê futuro”, Licenciatura trabalha demais e ganha pouco, Cursos da área de Saúde pagam bem, mas em faculdades particulares custam muito caro, outro disse: “Direito dá dinheiro”, mais soltou, “Engenharia é bom porque tem teto salarial exigido pelo CREA”, Medicina é ótimo, Recursos Humanos ganham pouco e por ai se estendeu a discussão.

Como administrador, professor e especialista em áreas da administração, parei, e decidi me envolver no assunto e dar minha opinião. Muitas pessoas não poupam comentários negativos quando não se dão bem na carreira, tanto na Administração ou em qualquer área que não foi bem sucedida na carreira.

Fiquei ali contemplando a quantidade de absurdo que as pessoas falam, sem ao menos se darem conta de que os culpados pelo não desenvolvimento na carreira são elas mesmas. Tudo irá depender da quantidade de energia que você está disposto a se doar para alcançar o sucesso tão desejado, não é somente se formar e achar que vai conquistar aquele sucesso tão desejado.
O Bilionário e autor do livro “Os segredos da mente milionária” T. Harv Eker tem uma bela frase para este assunto:
“Se você só tiver disposto a realizar o que é fácil, a vida será difícil. Mas se concordar em fazer o que é difícil à vida será fácil”.

Essa é a tese, as pessoas se acomodam e só querem fazer o que é fácil, daí conquistar o sucesso se torna cada vez mais difícil. Outra frase de T. Harv Eker é:
”O que impede a maioria das pessoas de conseguir o que quer é não saber o que ela realmente quer”. Ou seja, as pessoas nem ao menos sabem o que elas realmente querem. Todos querem encontrar a fórmula mágica para ganhar dinheiro, ter sucesso e garantir um futuro promissor.

Eu digo com convicção que se fosse fácil, todo mundo conseguia, por serem difícil, poucos conseguem.
Uma aluna me perguntou? Professor como fazem para decidir qual profissão seguir?
Ela indagava que ela queria ser advogada, ser professora de educação física, nutricionista, e ainda dizia que o pai dela queria que ela fizesse administração para cuidar dos negócios dele.
Realmente ela estava perdida. Com minha experiência explicitei a ela e aconselho aos jovens e os que ainda têm dúvidas em qual profissão seguir que:

Considere que você já iniciou seu processo de escolha profissional há muitos anos, mesmo sem se dar conta disso. Comece resgatando sua história pessoal, interesses já desenvolvidos, desafios superados ou que ainda deseja superar e valores pessoais. Para os que já trabalham ou trabalharam os contatos com profissões que foram positivos ou que instigaram sua curiosidade. Avalie inclusive se as informações e impressões que teve foram amplas e bem refletidas.

Observe em seguida todo o universo das profissões. Procure pesquisar a descrição de cada uma delas. Depois de descartar aquelas que passam muito longe de seus interesses, aprofunde sua pesquisa sobre as que permaneceram, conversando com estudantes, professores e profissionais da área.

É importante também que você se informe sobre o posicionamento dessa profissão dentro do mercado trabalho em nossa sociedade, as variações econômicas dessa profissão, qualidade de vida deste trabalho e o salário médio desta profissão.

Alguns podem questionar: “Professor o salário”? Claro que sim.
Seu objetivo de vida financeira irá depender do seu comprometimento e dedicação total em seu trabalho e da profissão que você escolheu, para atingir todos os seus objetivos. É lógico que algumas profissões têm salários maiores que outras, e algumas trabalham mais ou menos que outras. Algumas vocês pode atingir o sucesso mais rapidamente, e em todas você pode empreender e abrir seu próprio negócio.
Isso tudo irá depender do seu modelo financeiro de vida escolhido, seus sonhos, metas e objetivos.

Um fator importante é considerar que o trabalho é remunerado de acordo com a qualificação profissional, bem como pelo poder econômico de quem contrata os serviços do profissional qualificado, ou seja, capital intelectual em alta e onde você está trabalhando. Como você pode perceber, escolher uma profissão é um processo que exige dedicação. Não há uma resposta simples e direta. É você que deve construir esta resposta depois de pensar sobre as questões expostas.

Depois de refletir sobre você mesmo (a), sobre a realidade do trabalho em nossa sociedade, sobre as profissões, sobre quanto quer ganhar, sobre o quanto está disposto a se comprometer na carreira e nos estudos, haverá um momento em que você terá que tomar um "ato de coragem", ou seja, em que terá que assumir os riscos inevitáveis diante do futuro. Mas serão riscos conscientes, que você correrá com confiança.

Fator crucial deste assunto é justamente a tecnologia, você enquanto profissional deve se atentar em acompanhar a tecnologia, ou seja, novamente repito o capital intelectual. Cursar a faculdade e o curso escolhido é somente um começo, após a conclusão do curso e o canudo na mão, não ache que a batalha terminou. Simplesmente a guerra está começando. Seguir as especializações da carreira: Pós Graduação, MBA, mestrado, doutorado… “isso é buscar o sucesso continuo”.

Caso ao concluir o curso ou no meio do curso você reveja e decida que escolheu errado e não é a carreira que deseja para o futuro. Não se desespere e não se lamente. Errar é normal, às vezes fazemos escolhas erradas na vida. Eu digo que comece tudo de novo, uma nova carreira, um novo curso, um novo começo.

Como dizia o espirita Chico Xavier: “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim. Começar de novo, trazendo as marcas de experiências passadas, mas com mais leveza, como se fosse uma folha de papel em branco… Um recomeço”.
Sucesso na Carreira e até a próxima!

*Por: Prof. Esp.
Site: http://robsongestor.blogspot.com/
Twitter: gestor_robson
Facebook: Robson Gestor Empresarial

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

   
Frases do Dia
“O homem dá a vida pelo amor, e julga não ter dado nada.”

“Há aparências de dureza que ocultam tesouros de sensibilidade e de afeto.”

Júlio Dinis, médico e escritor português, nasceu em 14 de Novembro de 1839 e morreu em  1871.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários