Vida mansa e cara

0

Os gordos salários e as mordomias oferecidas justificam a guerra travada pelos candidatos a uma cadeira no Congresso Nacional. Enquanto um trabalhador recebe mensalmente R$ 545 para suar a camisa de segunda a sábado, um deputado federal tem direito, além do polpudo vencimento, a uma cota de R$ 30 mil/mês para bancar uma série de despesas. Em sua coluna hoje no Jornal do Dia, o jornalista Gilvan Manoel destrincha as mordomias a quem têm direito nossos parlamentares federais. A ‘ajuda’ de R$ 30 mil é para gastar com passagens aéreas, telefone, correspondências, manutenção de escritório regional, assessoria, alimentação, hospedagem, aluguel de carro, combustível, segurança, consultoria e divulgação. Achou pouco? Pois os deputados federais ainda têm direito a 15 salários por ano, auxílio-moradia, gabinete com funcionários pagos pela Câmara e veículo oficial. Admitamos que, com tanta coisa boa para usufruir, deve sobrar muito pouco tempo para o congressista defender quem ganha míseros R$ 545 e mora num quartinho de vila.

Dia de posses

O governador Marcelo Déda (PT) empossa daqui a pouco os novos secretário dos Direitos Humanos e da Cidadania, Luiz Eduardo Alves de Oliva, presidente da Segrase, Jorge Carvalho, e presidente da Fundação Aperipê, Luciano Correia. A solenidade está marcada para as 10h, no auditório da Codise, localizado no Distrito Industrial de Aracaju. Oliva substitui Iran Barbosa e será substituído na Segrase por Jorge. Luciano assume o comando da Aperipê em substituição a Indira Amaral.

Mudança

O prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) convidou ontem o administrador e empresário Diego da Costa para assumir a vice-presidência da Fundação Municipal de Cultura e Turismo. O convite foi feito durante reunião entre Nogueira, o deputado federal Valadares Filho, a vereadora Miriam Ribeiro e o empresário Fabiano Oliveira. Diego aceitou o convite e aguardará os trâmites legais para assumir o cargo, que antes era ocupado por Sérgio Oliveira.

Está de volta

O prefeito de Canindé do São Francisco, Orlandinho Andrade (PDT), reassume amanhã o comando político e administrativo do município. Ele estava afastado há quatro meses para tratamento de saúde, tendo passado maior parte do tempo se recuperando em São Paulo. Neste período, Canindé foi administrada pelo vice-prefeito Marcondes Marinho.

Dúvida atroz

Aos que lhe perguntam se sai ou se fica no PSDB, o ex-deputado federal Albano Franco responde que continua em dúvida. Contrariado com a cúpula nacional do partido desde a intervenção na executiva sergipana, Albano tem recebido convites de várias agremiações partidárias, mas continua pensando. Há quem garanta, contudo, que depois de muito pensar, o ex-deputado vai permanecer no ninho tucano. Será?

Convenção

Será amanhã a convenção para escolher o novo diretório do DEM em Aracaju. Marcado para a sede do partido, ali na avenida Beira Mar, o evento vai eleger os novos titulares e suplentes do diretório, delegados e suplentes para a convenção estadual e os integrantes dos conselhos fiscal e consultivo. Os demistas também vão aproveitar para discutir sobre o próximo embate eleitoral em Aracaju.

Turismo em Sampa

A Prefeitura de Aracaju está participando da sexta edição do Salão do Turismo, que segue até o próximo dia 17 no pavilhão de exposições do Anhembi, em São Paulo. Considerada destino indutor do turismo em Sergipe, a capital sergipana tem seu lugar de destaque no estande do estado no evento, onde estão sendo divulgados o São João de Aracaju e a beleza de pontos turísticos, como a praia de Atalaia e a Orla Pôr do Sol.

Missão difícil

Aviso aos navegantes: não será fácil para os idealizadores do embrionário PSD registrá-lo na Justiça Eleitoral até o dia 7 de outubro deste ano, data milite para que o partido possa participar das eleições de 2012. Segundo a Folha de São Paulo, até quarta-feira passada os organizadores do PSD só haviam conseguido 238 mil assinatura de apoio à criação da legenda, o que significa apenas a metade das 490 mil exigidas pela lei. Portanto, quem está pensando em trocar de barco é bom pensar direito para não morrer afogado.

Contra as drogas

O escritor Plínio Almeida Bóson fará noite de autógrafos na próxima sexta-feira para lançar o livro “Drogas, uma luta incansável”. Será a partir das 19h, no Instituto Luciano Barreto Júnior, localizado na avenida Barão de Maruim, centro de Aracaju. Trata-se de um trabalho de fôlego, onde Plínio mostra com base em dados tudo que se precisa saber sobre as drogas. Prestigie!

Do baú político

A imprensa sergipana teve forte influência nas eleições de 1985 para a Prefeitura de Aracaju. Apoiado pelo então governador João Alves Filho (PFL), o candidato Jackson Barreto (PMDB) direcionou suas críticas contra a família Franco, que apoiava a candidatura de Gilton Garcia (PDS). Logo no início da campanha, o peemedebista batizou de Rede Cabaú de Notícias os veículos de comunicação pertencentes aos Franco. Sempre que era entrevistado na rádio Jornal/AM, de propriedade do governador, Jackson procurava desmoralizar as televisões e rádios dos adversários, a ponto de o eleitorado desacreditar por completo dos noticiários veiculados por essas emissoras. Quando alguém dizia que ouviu determinada notícia naqueles veículos, outro se apressava em dizer que se era da Rede Cabaú, não merecia crédito. Não há estudos mostrando até que ponto essa campanha difamante influenciou no resultado da eleição, mas o certo é que Jackson foi eleito com facilidade, enquanto Gilton Garcia ficou na terceira posição, perdendo, inclusive, para o ainda imberbe candidato do PT, Marcelo Déda.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais