Video é atribuído a campanha de Valadares

0

Na sessão desta terça-feira da Assembleia Legislativa, o deputado Francisco Gualberto, líder do Governo, protestou contra um vídeo que circula nas redes sociais denegrindo as imagens dos ex-presidentes Lula e Dilma, e dos candidatos a Prefeito Edvaldo Nogueira e a vice, Eliane Aquino. O parlamentar foi incisivo: “Não dá para engolir calado uma campanha feita por Amorim, André Moura, Eduardo Cunha e Fernando Bezerra. Não posso ouvir calado meus companheiros sendo atacados injustamente. Quem tem como escudo André Moura não pode vir com discurso moralista. E nós não podemos aceitar calados. Nunca desrespeitamos Valadares Filho, por isso cobramos respeito. Não somos um time de covardes, mas também não queremos agressividade”.

Uma sessão de lamúrias
O pronunciamento de Gualberto provocou uma sessão ordinária no Legislativo cheia de lamúrias. Posteriormente, o deputado Gilson Andrade, que foi eleito prefeito de Estância, disse ter sofrido o diabo nas mãos de um petista da cidade, que é vereador, que o acusava, pelas redes sociais de falcatruas “que só existiam em sua imaginação”. O deputado disse ter sido inocentado pela Justiça por sete a zero, mas quando se lembra dos fatos não gosta sequer lembrar o nome do agressor (que, na verdade, é o vereador Dominguinhos, que, aliás, não foi reeleito em Estância). Já o deputado Pastor Antônio, candidato a vice prefeitura na chapa de Valadares Filho, garantiu que a campanha de segundo turno, “vai ser igualmente limpa, como no primeiro turno”. Defendeu o deputado federal André Moura das acusações de Gualberto. “Ele hoje ocupa cargos de relevância nacional”. Segundo ele, serão quatro anos de dedicação ao povo de Aracaju, na esperança de minorar os seus problemas. “O político é um serviçal do povo”. Deu o seu testemunho de que a política desgastar.

Senador repassou seus projetos
Revelação do Pastor Antônio dos Santos: quando desistiu de sua candidatura a Prefeito, o Senador Eduardo Amorim passou para o deputado Valadares Filho o programa do seu futuro governo, se ele tivesse existido. Para ele, “foi um gesto nobre”. O programa estava pronto e muito do que ele previa fazer “nós observamos, in loco, a necessidade de intervenção do  Poder Municipal”. A deputada Ana Lúcia disse acreditar que Valadares Filho chamará seus auxiliares, pedindo o fim da baixaria. “Exijo respeito neste segundo turno”, disse a parlamentar petista.

Sondagem mostra posição do empresário
A Federação das Indústrias do Estado de Sergipe divulgou a Sondagem Industrial e a Sondagem Indústria da Construção, do mês de agosto. As pesquisas foram criadas pela Confederação Nacional da Indústria, com o objetivo de conhecer tendências e expectativas dos empresários do setor industrial. A Sondagem Industrial deu 44,2 pontos para o item Volume de Produção, o que indica uma retração na produção. Mas, os empresários mostraram que continuam otimistas quanto à demanda por produto, uma vez que o indicador de expectativa de Demanda por Produtos somou 53,7 pontos. Já a Sondagem Indústria da Construção mostrou que em agosto houve forte crescimento do Nível de Atividade, apresentando um aumento de 7,4 pontos, na comparação com o mês de julho, mas o indicador permanece abaixo do otimismo, somando 43,2 pontos. A Utilização da Capacidade de Operação das empresas sergipanas foi de 71% acima do usual para o mês e bem acima dos resultados apresentados pelo Brasil (56%) e pelo Nordeste (50%). A análise do Índice de Confiança do Empresário Industrial, no mês de setembro, mostrou que os empresários sergipanos permanecem confiantes e otimistas. O índice somou 50,3% no mês em análise, porém na comparação com o mês anterior, o Índice ficou 1,1 pontos menor. O Índice de Expectativas somou 55,8 pontos, confirmando o otimismo

Foi uma derrota humilhante
Bem que o prefeito atual, João Alves Filho, que tem uma enormidade de serviços prestados ao Estado, de modo em geral, e a Capital, de modo particular, não merecia a humilhação que lhe impôs as urnas. Ele teve votação de partido nanico, meros, 9,9% dos votos, num empate técnico com um noviço em candidatura à Prefeitura, vereador Dr. Emerson. Não se esperava que João obtivesse uma excelente votação, por conta de sua administração caótica nos últimos quatro anos, mas a derrota sem dúvida foi acachapante. Não foi essa a primeira derrota imposta a João Alves, que por duas vezes perdeu o Governo do Estado para “o menino” Marcelo Deda. Mas, João colheu o que plantou: aquela oscilação na hora de lançar a candidatura foi decisiva para que muitos dos seus correligionários o abandonassem a partir dali. Depois, foi uma campanha excessivamente tímida, sendo que o marketing teve que apelar para a mulher dele, a Senadora Maria do Carmo, desenterrou o seu velho discurso de que “quem votasse em João estaria votando nela”. João não preparou ninguém para a sua sucessão e até deixou ao desemparo os vereadores que engoliram o pão que o diabo amassou nos últimos anos, mas não dispensaram o apoio político que ele necessitava. Faria bem o prefeito João Alves se, nos próximos dias, retirasse todos os projetos que estão na Câmara aguardando aprovação, para deixar o próximo prefeito com liberdade de ação.

Só 14% de aprovação
Saiu uma pesquisa, na tarde de terça-feira, que mostra que o Presidente Michel Temer ainda não conseguiu conquistar a opinião pública. O seu governo só obteve 14% de aprovação uma rejeição de 39%, números mais ou menos semelhantes aos da ex-Presidente Dilma no último mês do seu governo. Melhorar esse índice é o grande desafio do Governo Temer no momento. Para evitar vaias pelo País afora, Temer muda a sua conveniência a agenda oficial. No dia das eleições, por exemplo, ele chegou ao posto de votação por volta das 8h da manhã. Naquele momento não havia ninguém para recepciona-lo com o grito de guerra “Fora Temer”.

Franquia é tema de curso
Para mostrar aos empreendedores as vantagens do setor de franquias, o Sebrae e a Associação Brasileira de Franchising promovem no próximo dia 20 o curso Entendendo o Franchising.  Capacitação será realizada das 9 às 18h, na sede do Sebrae, localizada na Avenida Tancredo Neves, 5.500, no bairro América. A ação faz parte do projeto Franquias Brasil, que vai passar por 18 Estados e 104 cidades. A custo popular, e com duração aproximada de 8 horas, o curso abrange temas como conceitos do franchising, aspectos legais, vantagens e desvantagens do sistema, entre outros temas. Pelo potencial econômico e para a implantação de franquias, Aracaju foi a cidade escolhida para a realização do curso neste mês. “O objetivo é tentar desmistificar o mercado de franquias, mostrando que ele traz oportunidades para empreendedores de todos os portes. Conhecendo como funciona o sistema e encontrando uma empresa adequada o seu perfil, o franqueado poderá aproveitar uma série de vantagens que esse sistema proporciona”, explica a coordenadora do curso e analista do Sebrae em Sergipe, Neuma Ferreira.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários