Vitória da cidadania

0

Tem muita gente agoniada por aí afora. Tudo porque o Supremo Tribunal Federal aprovou a súmula vinculante vetando a contratação de parentes nos três Poderes. A medida atingirá familiares até o terceiro grau. Também está proibido o nepotismo cruzado, em que um servidor contrata parentes de outro. Isso quer dizer que os agentes públicos brasileiros não poderão contratar seus pais, avós, bisavós, filhos, netos, bisnetos, tios, sobrinhos, sogros, cunhados, genros e noras para trabalhar no Executivo, no Legislativo e no Judiciário. Embora contrarie muita gente, a sumula vinculante representa uma vitória da cidadania. Nada mais angustiante para um cidadão comum do que ver um prefeito nomear mulher, filho, irmão, gatos e cachorros. Cabe a nós e às entidades sérias deste país fiscalizar e denunciar aqueles que insistirem em praticar nepotismo.

O
AB elogia

O presidente nacional da OAB, Cezar Britto, elogiou a preocupação do Supremo de inserir no texto da súmula vinculante, que veda a contratação de parentes nos órgãos públicos, a proibição também da prática do nepotismo cruzado. “A decisão do Supremo oficializa o fim das diversas formas do nepotismo que existem nos três poderes, uma luta que constitui bandeira histórica da Ordem e da sociedade brasileira”, afirmou Cezar Britto.

Unidos pelos royalties

O governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), pediu cautela na discussão sobre a destinação dos recursos financeiros que serão gerados da extração de petróleo da camada de pré-sal, descoberto pela Petrobras. O apelo do petista foi feito ontem, no Rio de Janeiro, durante reunião entre ele e os governadores do Rio, Sérgio Cabral, e do Espírito Santo, Paulo Hartung. Para Déda, a descoberta de novas reservas de petróleo deve ser encarada com felicidade num momento em que o mundo discute a escassez de combustíveis. “É preciso, assim, travar um debate racional sem desfazer da sistemática jurídica e legal em cima de uma realidade que sequer está bem dimensionada”, afirmou Déda.

Compra de votos
 

Pelo menos três deputados estaduais colocaram a boca no trombone contra a escancarada compra de votos que vem acontecendo no interior de Sergipe. Armando Batalha (PSB), Arnaldo Bispo (DEM) e Paulinho da Varzinha (PT do B) denunciaram que seus adversários estão comprando o eleitorado com dinheiro e mercadorias, como cimento, tijolo, telhas e cestas básicas. Os três deputados pediram mais agilidade do Ministério Público para que a campanha eleitoral do interior sergipano não se transforme num verdadeiro mercado persa. Danou-se sô!
 

Registro de chapas
 

Quem pretende disputar a eleição indireta para a Prefeitura de São Cristóvão tem até hoje à tarde para registrar a candidatura. O pleito vai acontecer para substituir o prefeito Zezinho da Evereste (PMDB), que faleceu recentemente. Na cidade há quem garanta que entre os candidatos estarão o prefeito interino e vereador Alexsander Rocha (PDT), a ex-vice-primeira dama de Sergipe, Marília Mandarino (PSC) e Wanderlan Correia (PMDB). Qualquer pessoa em dia com as obrigações civis e militares poderá se candidatar a prefeito de São Cristóvão. A eleição, que terá como eleitores os vereadoeres sancristovences, está marcada para o próximo dia 29 na Câmara de Vereadores. 

Camisas proibidas

O candidato a prefeito de Aracaju, senador Almeida Lima (PMDB), está proibido de mandar fazer e distribuir camisas com seu nome, número e fotografia. A proibição é da juíza Patrícia de Almeida Menezes, da 36ª Zona Eleitoral de Aracaju (SE), e atendeu a um pedido do promotor eleitoral Marcílio de Siqueira Pinto. A decisão da magistrada se estende a todas as pessoas que trabalham na campanha de Almeida. Caso o candidato insista com a ilegalidade, será multado em R$ 10 mil por dia.

Números da indústria

A Federação das Indústrias – FIES divulga às 11 horas de hoje a Sondagem Industrial do segundo trimestre de 2008. A pesquisa traz as expectativas do setor industrial para os próximos seis meses, a avaliação do trimestre anterior e os principais problemas apontados   pelos empresários do setor. Também constam na pesquisa os dados de estoques na indústria de transformação. A apresentação será coordenada  pelo economista Paulo Brandão. A Sondagem Industrial é feita trimestralmente pela FIES, onde acontecerá a divulgação, em conjunto com a Confederação Nacional das Indústrias.

Resíduos em debate

Está acontecendo desde ontem o Fórum sobre Alternativas Locacionais e Soluções Tecnológicas para Destinação Final dos Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Aracaju. O evento, que termina hoje à tarde, está sendo realizado no Hotel Parque dos Coqueiros. Ontem, o secretário-adjunto da Secretaria de Estado Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Marcos Santana, apresentou as diretrizes da política estadual do Meio Ambiente.

Papel a menos

O papel higiênico é o item de consumo popular que mais apresenta irregularidades entre os produtos pré-medidos (aqueles que trazem na embalagem as informações sobre peso ou volume). Dos 77 testes realizados pelo Instituto de Pesos e Medidas, entre janeiro e maio deste ano, o índice de reprovação foi de 32,5%. O principal problema encontrado durante a fiscalização é o rolo estar em tamanho menor do que o informado na embalagem. Em segundo lugar está o gás de cozinha, com índice de irregularidade de 22,5%. O terceiro item em irregularidades são os biscoitos (1,9%).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários