Vitória da corrupção

0

Os corruptos sergipanos estão festejando as exonerações dos delegados Gabriel Nogueira e Daniela Garcia da coordenação do Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap). Ambos são responsáveis por uma série de investigações que flagraram gente graúda colocando a mão grande nos recursos públicos. A ação dos dois delegados contrariou muitos pilantras endinheirados que se dizia acima de qualquer suspeita. Para alegria dos criminosos do colarinho branco, o governo decidiu fazer uma “limpa” no Deotap, removendo justamente as peças chaves para a continuidade das investigações. Com a saída de Daniela e Gabriel o crime organizado sai vitorioso novamente, para tristeza da sociedade sergipana. Lamentável!

Grana preta

O Congresso aprovou o projeto regulamentando o Fundo Especial de Financiamento de Campanhas eleitorais. Os recursos virão de emendas parlamentares de bancadas (30%) e do corte de gastos com propaganda eleitoral no rádio e TV. A previsão é que a disputa eleitoral de 2018 custe ao contribuinte algo em torno de R$ 1,7 bilhão. É muita grana!

Fichas sujas

Como já era esperado, o Supremo Tribunal Federal validou ontem, a aplicação da Lei da Ficha Limpa. Por maioria de votos – 6 a 5 – prevaleceu o entendimento de que é no momento do registro de candidatura na Justiça Eleitoral que se verifica os critérios da elegibilidade do candidato. Dessa forma, quem foi condenado por abuso político e econômico, mesmo que anterior à lei, está inelegível por oito anos e não poderá participar das eleições do ano que vem. O povo agradece!

Sem surpresa

E o deputado Jony Marcos (PRB) é o novo coordenador da bancada federal de Sergipe. Ele foi eleito ontem, em Brasília, e terá como vice a senadora Maria do Carmo Alves (DEM). Logo após a escolha, o governador Jackson Barreto (PMDB) se reuniu com os parlamentares e sugeriu que a emenda impositiva da bancada seja para a área da saúde. Jony já convocou uma reunião para o próximo dia 17, visando discutir as emendas de Sergipe ao Orçamento da União.

Crise braba

É grave a crise das prefeituras. Segundo a Federação dos Municípios de Sergipe, 90% delas estão com as contas zeradas devido a drástica redução do Fundo de Participação dos Municípios. Sem dinheiro para honrar os compromissos, os prefeitos estão exonerando em massa os comissionados, agravando ainda mais a crise do comércio interiorano. Misericórdia!

Endividados

Sem ter como pagar o que devem, cerca de três mil produtores rurais sergipanos podem ter suas propriedades penhoradas pelo Banco do Estado de Sergipe. Segundo o deputado estadual Jairo de Glória (PRP), o setor jurídico do Banese já começou a ajuizar ações de cobrança contra os devedores. O parlamentar defende uma anistia das dívidas, a exemplo do que já fizeram recentemente os Bancos do Nordeste, e do Brasil.

Pai coruja

E o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) não gostou de ouvir o governador Jackson Barreto (PMDB) acusá-lo de não ter sabido educar o herdeiro e deputado federal Vavazinho (PSB).  “A natureza não lhe deu a alegria de ter um filho. Jackson é um despeitado, um invejoso. Qual foi o trabalho dele a vida toda? Ser político. O governador teve um único emprego nos Correios, sem concurso, e depois se aposentou com um salário milionário na Receita Federal”. Aff Maria!

Carnificina

O governo está comemorando o fato de terem ocorrido em Sergipe 807 assassinatos de janeiro a setembro último. O número é deveras exagerado, porém é 16,1% menor do que os 962 homicídios registrado no estado em 2016. Mesmo com essa comemorada redução da violência, virou rotina o Instituto Médico Legal receber, nos finais de semana, entre 15 e 20 mortos a tiros e à faca. Só Jesus na causa!

Dois mais dois

Pesquisa feita com jovens que terminaram o ensino médio mostra que há uma desconexão entre o que é ensinado nas escolas e os conhecimentos exigidos na vida adulta. Elaborado pela Fundação Lemann, o estudo revela que no campo do raciocínio lógico os jovens não dominam conteúdos básicos da matemática, têm dificuldades com estimativas de valores, com cálculos de descontos e reajustes, e para ler planilhas e gráficos. Uma lástima!

Festa pra Dirceu

Defender a inocência do ex-ministro José Dirceu (PT). Este é o principal objetivo do “Quintal Cultural”, evento marcado para amanhã, na sede do diretório do PT, em Aracaju. O organizador da festa, deputado federal petista João Daniel, explica que Zé Dirceu tem sido muito perseguido judicialmente, apesar “de sua importância na defesa da democracia e dos trabalhadores”. Então, tá!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Folha de Sergipe, em 13 de dezembro de 1895

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais